Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Manchetes do Dia

Rui Gomes, em 11.05.14
 

 

"Sá Pinto no lugar de Marco Silva"

 

( Marco Silva vai para onde ? )

 

"Leões querem fechar Rafael Martins de imediato

mas o SC Braga também está na corrida"

 

( Onde está a concorrência ? )

 

publicado às 10:00

A mágoa de Sá Pinto

Rui Gomes, em 01.06.13

 

Pelo seu grande sentido de sportinguismo, Ricardo Sá Pinto ainda mantém grande mágoa pela passagem como técnico no clube do seu coração e, muito em especial, pela sua saída, que ele entende ter sido injusta. Actualmente a treinar o Estrela Vermelha de Belgrado, Sá Pinto encontra-se em Portugal onde participou nas conferências do Professor Manuel Sérgio "Motricidade Humana e Futebol", e não resistiu abordar o seu consulado no Sporting.

 

Considera-se competente para a função e que foi vítima de circunstâncias várias, incluindo pouco tempo e condições para desenvolver o seu trabalho, que não assume responsabilidade pelo que "não o deixaram fazer" e que a sua parte pela época desastrosa só vai até ao dia em que saiu e não a partir daí.

 

Por muito que aprecie o "coração de leão", não vou dizer hoje diferente do que disse, vezes sem conta, logo a partir do seu primeiro dia ao lemo. A sua promoção à equipa principal foi indiscutivelmente prematura, pela sua inexperiência como treinador, nomeadamente em um clube com as responsabilidades do Sporting. Ainda não reconhece que não estava preparado para a enorme tarefa que lhe entregaram e ao lamentar não o terem deixado trabalhar como desejava e terem forçado a saída de alguns jogadores contra a sua vontade, coloca-se a si próprio num ainda mais agravado plano, porque era sua obrigação, então, ter assumido uma posição perante a liderança da SAD. Além do mais, não se deve desviar da verdade, porque a saída de um dos jogadores então considerado fulcral - Oguchi Onyewu - foi da sua autoria.

 

Como ele diz, e bem, conseguiu resultados imediatos, mas não passou disso, porque não havia o imprescendível trabalho de base e com o passar dos dias, e muito visivelmente a partir da final do Jamor e a organização da nova época, tudo começou a descarrilar. Aparentemente está a fazer um bom trabalho na Sérvia e, quem sabe, poderá um dia regressar a Alvalade melhor preparado para liderar o seu clube.

 

As suas declarações podem ser lidas aqui.

 

publicado às 11:33

O pior campeonato de sempre

Rui Gomes, em 13.05.13

 

Ricardo Sá Pinto: 5 jogos - 1 vitória - 3 empates - 1 derrota / 5 golos marcados e 5 sofridos.

 

 

 

 

Oceano Cruz: 2 jogos - 1 empate - 1 derrota / 2 golos sofridos.

 

 

 

 

Franky Vercauteren: 6 jogos - 1 vitória - 2 empates - 3 derrotas / 6 golos marcados e 9 sofridos.

 

 

 

 

Jesualdo Ferreira: 16 jogos - 8 vitórias - 3 empates - 5 derrotas / 21 golos marcados e 19 sofridos. 

 

 

 

Com 29 jogos realizados, o registo do Sporting na I liga é: 10 vitórias - 9 empates - 10 derrotas / 32 golos marcados - 35 golos sofridos. O único dos quatro treinadores  com uma percentagem positiva dos pontos que disputou é Jesualdo Ferreira, somando mais jogos do que Sá Pinto, Oceano e Franky Vercauteren juntos.

 

publicado às 04:20

O som da bancada

Rui Gomes, em 19.11.12

Uma série que visa dar destaque a opiniões oriundas da bancada que revelam perspicácia sobre o enquadramento futebolístico português e europeu, indiferente das simpatias emblemáticas. Iniciamos com um parecer que, por mera coincidência, reflecte uma boa parte da minha desde sempre apreciação relativamente ao desempenho de Ricardo Sá Pinto ao lemo da equipa principal do Sporting:

 

 

« Creio que os bons resultados que o Sá Pinto fez na última época, são o espelho do trabalho do Domingos, ao qual juntou vontade e garra que são as suas características, e que faltavam ao Domingos. O problema é que não teve mais nada para oferecer e quando teve de montar uma equipa sozinho, foi o que se viu ».

 

Adepto não identificado

 

publicado às 01:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo