Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

05-05-2019-Braga-Sporting-05.jpg

 

O SC Braga sagrou-se este domingo campeão nacional de futebol feminino, ao empatar em casa sem golos diante do detentor do troféu, o Sporting CP. Uma vitória ou um empate permitiam às minhotos celebrar antecipadamente este momento histórico, quando falta ainda disputar uma jornada da Liga BPI.

 

O encontro teve grande equilíbrio e muitas oportunidades de golo, mas o Sporting, que precisava de vencer para adiar para a última jornada a decisão sobre o título, não foi capaz de se superiorizar ao seu adversário. Desta forma, é o SC Braga a festejar, depois de nas últimas duas temporadas ter terminado a prova no segundo lugar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 29.04.19

 

img_920x519$2019_04_28_19_40_45_1540020.jpg

 

O SC Braga emitiu um comunicado depois do encontro deste domingo com o Benfica, em que critica duramente a arbitragem dessa partida, assim como a arbitragem em geral em Portugal que, na sua óptica, impediu o clube minhoto de disputar o 3.º lugar, alegando... "que foi também flagrante a forma como o nosso competidor directo foi constantemente favorecido, jornada após jornada, para que o topo da tabela reflectisse a hierarquia crónica.

 

Eis o comunicado:

 

"Mais uma jornada, mais uma demonstração da falência da arbitragem em Portugal, da incoerência dos seus critérios e da sua clara interferência na classificação em prol do "status quo" vigente.


Este domingo, contra o SL Benfica, assistimos a mais um rol de decisões inacreditáveis em prejuízo do SC Braga. Desde logo, um penálti por assinalar por jogo perigoso com contacto sobre Paulinho (17’). Aos 57’, porém, seria indevidamente marcada grande penalidade a favor do SL Benfica, apesar de não existir falta de Esgaio. Tão instável como o critério técnico foi o critério disciplinar, com João Félix (61’) e Florentino (78’ e 79’) a escaparem a claras infracções merecedoras de segundo cartão amarelo.

 

Nos momentos de decisão, o SC Braga foi sempre impedido de disputar o terceiro lugar, sendo também flagrante a forma como o nosso competidor directo foi constantemente favorecido, jornada após jornada, para que o topo da tabela reflectisse a hierarquia crónica.

 

Há bons árbitros em Portugal, mas há também uma notória incapacidade de renovar o sector e isso exige uma profunda reflexão do Conselho de Arbitragem.


A evolução só é possível com autocrítica, exercício a que não são dadas as estruturas que gerem o futebol em Portugal, com responsabilidades a partilhar entre a FPF, o seu CA e a Liga. Em Itália, um erro no recente Juventus-AC Milan mereceu punição pública e pronta intervenção mediática dos responsáveis do sector. Em Portugal, continuamos a preferir o corporativismo e a negação.


Mas quando se desvirtua um campeonato desta maneira, algo vai profundamente mal no reino da arbitragem!"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:45

 

palhinha3.jpg

 

O empréstimo de João Palhinha ao SC Braga não é novidade, mas o assunto terá merecido renovada atenção dos media pelo aparente interesse do Sporting em o recuperar no final da temporada.

 

E, aí, reside a absurdidade do caso, nomeadamente as condições bastante favoráveis que foram concedidas ao emblema presidido por António Salvador.

 

O empréstimo foi com dois anos de validade, ou seja, até ao final da época de 2019/20. No acordo está prevista a recuperação do activo pelo Sporting, mas só compensando o SC Braga - valor não estipulado e a ser negociado - e, ainda, com o clube minhoto a ter direito a uma percentagem (não revelada) sobre uma eventual venda, caso ocorra durante o período original do empréstimo que termina em Junho 2020. Uma terceira cláusula concede ao SC Braga o direito de preferência numa futura venda.

 

Com tudo isto sobre a mesa, António Salvador ainda se deu ao desplante de se queixar do negócio, afirmando que "não foi o que mais desejávamos, mas foi o melhor entendimento possível entre as partes". Dá para pensar que melhor só o Sporting pagar ao SC Braga pelo "favor" de receberem o jogador.

 

João Palhinha está contratualmente ligado ao Sporting até Junho 2023, com uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

 

Mais um caso que não deixará Sousa Cintra muito bem visto, não obstante a reconhecida necessidade de dispor do então grande número de excedentários, na sua vasta maioria contratados pelo destituído ex-presidente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:50

 

img_920x518$2019_01_12_12_59_46_1492925.jpg

 

A equipa de juniores do Sporting não foi além de um empate (3-3), neste sábado, na recepção ao SC Braga, em jogo da 3.ª jornada da fase de apuramento de campeão nacional da categoria.

 

Em jogo disputado no Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete, a divisão de pontos foi ditada por golos de Félix Correia (24'), Bavikson Biai (53') e Rudolf Blagogee (73') para o Sporting e de Eynel Soares (9'), Leandro Sanca (20') e Vítor Oliveira (87') para o SC Braga.

 

Com este resultado, o Sporting é agora terceiro classificado, à condição, com cinco pontos e a dois do líder FC Porto, quando estão decorridas três jornadas do Campeonato Nacional de Juniores, fase de apuramento de campeão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:46

 

52592660_2366606996717769_302256974836269056_o.jpg

 

O Sporting venceu, este domingo, o SC Braga/AAUM por 4-1, em Braga, resultado que fechou a jornada 20 do campeonato português de futsal, permitindo repor a diferença de dois pontos para o líder Benfica.

 

Léo inaugurou o marcador aos seis minutos e Merlim dobrou a diferença logo a seguir, no Pavilhão da Universidade do Minho.

 

Ainda na primeira parte, Dieguinho fez o 3-0 para a formação de Nuno Dias (16’). Porém, os comandados de Paulo Tavares reduziram a diferença ainda no período inicial, fruto de um golo de Cássio (19’). Na segunda parte, Cavinato estabeleceu o resultado final, aos 28 minutos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:47

 

18371937_H8rOO.jpeg

 

Uma grande exibição do Sporting este domingo, numa partida em que foi senhor do jogo praticamente do primeiro ao último minuto, e demonstrando que apesar de alguns dias menos conseguidos, a prática de bom futebol não lhe é alheia.

 

Por muita crítica que se lhe tem dirigido, justo reconhecimento para Marcel Keizer pela estratégia quase perfeita para este jogo. Creio que nem os adeptos mais exigentes - embora hajam sempre os irreverentes espíritos de contradição - poderão apontar uma "vírgula" defeituosa. Houve uma altura que me pareceu ver um 3x4x1x2 em campo, mas não tenho a certeza absoluta. De qualquer modo, as ideias do Mister  resultaram em pleno.

 

img_920x519$2019_02_17_21_35_34_1506936.jpg

 

O Sporting alinhou de início com Renan; Ristovski, Coates, Ilori e Borja; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Diaby, Acuña e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jefferson, André Pinto, Geraldes, Raphinha, Luiz Phellype e Doumbia.

 

Dois jogadores terão realizado a sua melhor exibição de "leão ao peito": Wendel e Diaby. O francês a mostrar que é capaz de muito melhor do que temos assistido em alguns jogos. Bas Dost mudou o seu visual capilar e parece que a nova moda inspirou-o, com dois golos na partida e sempre muito agressivo na bola. Falar da importância de Bruno Fernandes nesta equipa, quase se torna redundante.

 

Desde o primeiro minuto, a equipa leonina exibiu uma excelente dinâmica de jogo, sólida defensivamente, a exercer pressão constante e criativa no ataque. O primeiro golo apenas surgiu aos 34', através de mais um soberbo livre directo do capitão Bruno Fernandes, mas até esse ponto o Sporting já tinha criado algumas oportunidades claras para violar a baliza do SC Braga.

 

img_920x519$2019_02_17_21_35_35_1506937.jpg

 

A satisfação global dos adeptos em Alvalade esteve em evidência. Veremos o que se segue, pela visita na quinta-feira ao Villarreal, em jogo da segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa. Nunca há dois jogos iguais, mas uma exibição ao mesmo nível permitirá a passagem à ronda seguinte.

 

Nota: Por muito provocador que Acuña seja, neste lance aos 81 minutos, foi vítima de clara agressão de Raúl Silva, que elidiu tanto Jorge Sousa como o VAR. Não sei se um sumaríssimo é aplicável neste caso.

 

P.S.: O Sporting terá dado entrada de um requerimento de elaboração de auto de flagrante delito na Comissão de Instrutores da Liga, relativamente à cotovelada de Raúl Silva a Acuña.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

Convocatória para o SC Braga

Rui Gomes, em 17.02.19

 

51951444_10155794918681555_8755290261665349632_n.j

 

A lista de 18 jogadores chamados por Marcel Keizer para o embate deste domingo com o SC Braga.

 

Depois de terem sido titulares na quinta-feira frente ao Villarreal, Miguel Luís, Jovane Cabral e Petrovic ficaram de fora desta convocatória. Também ausentes, ainda a recuperar de lesão, Mathieu, Nani e Bruno Gaspar.

 

Nem sei se me devo dar ao atrevimento de adiantar a equipa para este jogo, ou pelo menos o 'onze' inicial que o técnico terá em mente, mas aqui vai:

 

Renan; Ristovski, Coates, André Pinto e Borja; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes, Raphinha, Diaby e Bas Dost.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:02

 

DrHaKN3XgAAUtfM.jpg

 

A equipa de sub-23 do Sporting deslocou-se a Braga para disputar a partida da 26.ª e última jornada da 1.ª Fase da Liga Revelação, saindo vencedora com um golo solitário de Pedro Mendes, aos 29 minutos de jogo.

 

Com este resultado, os jovens leões situam-se em terceiro lugar, com 49 pontos, três atrás do líder Rio Ave e a um ponto do Estoril Praia. Aves e Benfica empataram (1-1) e registam 47 pontos. O registo leonino é de 15 vitórias - 4 empates - 7 derrotas; 47 golos marcados e 29 sofridos.

 

 

Ficha de jogo

 

SC BRAGA 0-1 SPORTING CP (0-1, ao intervalo)

Liga Revelação – 25ª Jornada (09.02.2019)
Complexo Desportivo do CF Fão

Árbitro: Patrick Marques.
Árbitros assistentes: José Alberto Fernandes e Jorge Rei.

 

SC Braga: Velho, Bernardo, Zé Pedro, Borges, Moura - Cap., David Veiga, Álvaro (Kiki, 55’), Kaito (Leandro, 66’), Namora (Jailson, 66’), Midana e Eynel (Vítor, 80’).


Suplentes não utilizados: Rogério, Xico, Baldé, Fábio Vianna, Rodrigo, Xavier, Ricciulli e Pedro Costa.


Treinador: José Carvalho Araújo


Disciplina: cartão amarelo para Zé Pedro (22’), Moura (37’) e David Veiga (50’).

Sporting CP: Diogo Sousa, Pedro Empis, Paulo Lucas (Nuno Moreira, 85’), João Oliveira, João Silva, João Ricciulli, Matheus Nunes, Bruno Paz - Cap., Tomás Silva (Mees de Wit, 67’), Marco Túlio (Pedro Marques, 78’) e Pedro Mendes (Bubacar Djaló, 85’).


Suplentes não utilizados: Stojkovic, Ronaldo Souza, Dimitar Mitrovski, Thierry Correia e João Queirós.


Treinador: Alexandre Santos


Disciplina: cartão amarelo para Bruno Paz (26’), João Oliveira (61’) e Mees de Wit (87’).


Marcador: 0-1, Pedro Mendes (29’)

 

Recorde-se que para a segunda fase – Apuramento de Campeão e Manutenção – todos os clubes transitam com metade dos pontos obtidos na primeira fase da prova.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:43

Renan salvou o dia !

Rui Gomes, em 24.01.19

 

imgS620I240371T20190122132115.jpg

 

Fundamentalmente, assistimos ao que já se esperava; um SC Braga bem organizado e muito lutador, perante um Sporting fisicamente desgastado e a insistir em consentir golos por lapsos defensivos inadmissíveis. Neste caso concreto, Mathieu falhou com a cobertura na área e Dyego Souza ficou com a baliza leonina à sua mercê, logo aos 3 minutos.

 

O Sporting iniciou o jogo com Renan; Ristovski, Coates, Mathieu e Acuña; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Nani, Raphinha e Luiz Phellype.

 

Suplentes: Salin; Jefferson, André Pinto, Diaby, Francisco Geraldes, Petrovic, Bas Dost.

 

Esta equipa do Sporting necessita de ser "refrescada" urgentemente e trocar Bas Dost por Luiz Phellype não é suficiente. Tanto assim, que o avançado que nos chegou do Paços de Ferreira não foi servido uma única vez durante os cerca de 70 minutos que esteve em jogo.

 

img_920x518$2019_01_23_22_29_35_1497053.jpg

 

Sebastián Coates - e não só pelo belo golo que marcou - e Wendel terão sido os melhores "leões" em campo. Ristovski, apesar de trapalhão, também não esteve mal. Estes, além de Renan, que salvou o dia para o Sporting ao defender três grandes penalidades.

 

Em sentido contrário, Bruno Fernandes esteve uma mera sombra do que nos habituou, e Acunã, fisicamente desgastado e cada vez mais a dar indicações que está mais focado no futuro do que no presente.

 

Reconhece-se que é tudo muito subjectivo, mas parece-me óbvio que Marcel Keizer tem de fazer algo para dar mais poder de luta à equipa. Insistir praticamente no mesmo onze, com jogos de três em três dias, só pode precipitar um colapso total.

 

download.jpg

 

Contrário à outra meia-final desta prova, o VAR esteve bem, muito embora o árbitro não tenha correspondido. A falta sobre Acuña no início do lance que levou ao golo anulado ao SC Braga foi bem visto pelo vídeo-árbitro. Também esteve bem quando chamou a atenção do árbitro para a falta para grande penalidade sobre Coates. Na minha opinião, o juiz Manuel Oliveira simplesmente não teve coragem para assinalar o castigo máximo.

 

Tanto António Salvador como Abel Ferreira surgiram a criticar a arbitragem pós-jogo - como já era de esperar, aliás - e no que ao VAR diz respeito, a fazerem comparações com o que se verificou no Benfica - FC Porto. Confesso, objectivamente, que não lhes reconheço justa causa para queixas.

 

No sábado, perante uma equipa portista muito motivada, o Sporting terá de jogar muito mais e melhor se pretende vencer a Taça da Liga pelo segundo ano consecutivo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

Foto do dia

Rui Gomes, em 24.01.19

 

mw-960.jpg

Renan Ribeiro está algures no "monte"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:00

Convocatória para o SC Braga

Rui Gomes, em 23.01.19

 

50755931_10155740854791555_513839257249382400_n.jp

 

Marcel Keizer chamou 22 jogadores para a deslocação ao Minho para a disputa da final four da Taça da Liga.

 

Já aqui debatemos as possibilidades de utilização de alguns jogadores além dos usuais, e ficamos agora na expectativa relativamente às opções do treinador.

 

Na minha opinião, o recém-contratado Luiz Phellype devia ter uma oportunidade para mostrar o que vale, muito além de uns meros minutos. Considerado um dos melhores jogadores da II Liga, talvez até o melhor, não deve ficar eternamente no banco à espera de render Bas Dost ocasionalmente nos minutos finais de jogos.

 

Idrissa Doumbia também foi integrado e seria muito interessante ver se ele conseguiria desempenhar a função de "6" ao nível que se exige e que esta equipa do Sporting necessita urgentemente.

 

Na defesa não há muito por onde escolher, podemos, portanto, esperar o usual quarteto, com Acuña novamente a lateral esquerdo.

 

Francisco Geraldes espera uma oportunidade para jogar e os jovens Miguel Luís e Jovane Cabral têm talento suficiente para render algumas pernas cansadas.

 

Não é de esperar que Marcel Keizer altere o modelo de jogo da equipa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49

 

 

O comediante Rui Xará, adepto do SC Braga, publicou no Facebook um vídeo onde deixa duras críticas à equipa depois da humilhante goleada sofrida no domingo diante do Benfica. Palavras que não deixaram nenhum adepto dos minhotos indiferente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:02

 

scp_scb_13.jpg

 

O SC Braga reforçou este domingo a liderança da Liga BPI, com uma vitória em Alcochete sobre o Sporting por 2-0, com golos apontados por Keane (17') e Machia (22'). Com este desfecho, as minhotas seguem na frente da Liga, agora com cinco pontos de vantagem sobre as leoas, e ainda sem qualquer ponto perdido.

 

Depois de uma primeira parte muito pouco conseguida, as leoas entraram em campo no segundo período com muito mais dinâmica de jogo e intensidade, mas foram incapazes de eliminar a desvantagem no marcador. Duas bolas aos ferros, uma na conversão de uma grande penalidade, acentuaram um domingo pouco feliz.

 

Onze inicial do Sporting: Patrícia Morais, Carlyn Baldwin, Rita Fontemanha, Joana Marchão, Ana Borges, Nevena Damjanovic, Tatiana Pinto, Carole Costa, Sharon Wojcik, Carolina Mendes e Diana Silva.

 

Entraram: Ana Capeta, Fátima Pinto e Solange Carvalhas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

Sub-23 empatam com o SC Braga

Rui Gomes, em 04.11.18

 

 (Resultado no vídeo está errado)

 

O Sporting recebeu na manhã deste sábado o SC Braga no Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete. O resultado cifrou-se numa igualdade a um golo, o que não reflectiu, de forma alguma, o que se passou em campo. Os bracarenses adiantaram-se no marcador aos nove minutos por intermédio de Denisson, na sequência de um passe mal medido do guardião Diogo Sousa.

Daí até ao apito final assistiu-se a um assalto à baliza do guarda-redes Velho, contudo, o golo leonino só apareceria aos 52 minutos através do ponta-de-lança Pedro Mendes.

  

SPORTING 1 - 1 SC BRAGA (0-1 ao intervalo)

 

Liga Revelação – 13.ª jornada – 03.11.2018
Estádio Aurélio Pereira
Árbitro: Diogo Vicente
Árbitros assistentes: Henrique Paula e Pedro Sousa.

 

SPORTING: Diogo Sousa, Pedro Mendes, Nuno Moreira (Mees de Wit, 86’), João Oliveira, Kiki Kouyate, João Silva, Daniel Bragança (cap), Abdu Conté, Bruno Paz, Tomás Silva e Elves Baldé.


Suplentes não utilizados: Vladimir Stojkovic, Paulinho, Euclides Cabral, Pedro Empis, Pedro Marques, Dimitar Mitrovski e João Queirós.


Treinador: José Lima.


Disciplina: cartão amarelo para Daniel Bragança (71’) e Elves Baldé (82’).

SC BRAGA: Velho, Fabiano, Zé Pedro, Baldé, Vianna, Veiga, Kiki (cap), Rodrigo (Xico, 72’), Leandro (Gustavo, 65’), Xavier (Reko, 58’) e Denisson ((Vítor, 65’).


Suplentes não utilizados: Rogério, Tiago Dias, Fonseca, Jaílson e Ricciulli.


Treinador: José Araújo.


Disciplina: cartão amarelo para Fabiano (9’) e Baldé (57’).

Marcadores: 0-1 Denisson (8’), 1-1 Pedro Mendes (57’)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:15

Futsal - Sporting 6 SC Braga 1

Rui Gomes, em 28.10.18

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:03

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 07.10.18

 

img_476x268$2018_10_06_22_44_15_1457114.jpg

 

O VAR, em geral, e em particular, em Portugal, tem muito que se lhe diga. Quer se queira quer não, a tecnologia continua a depender de decisão humana e esta é tudo menos infalível.

 

O SC Braga teve umas quantas oportunidades para vencer o Rio Ave, mas não concretizou, e como quase sempre acontece, quem não marca sofre. 

 

Ironicamente, podia ter sofrido ainda mais, se o árbitro ou o VAR tivessem assinalado a flagrante falta para grande penalidade cometida por Bruno Viana sobre Galeno, mesmo ao cair do pano. Tiago Martins até estava bem colocado no lance, e torna-se incompreensível a sua não decisão. A ausência de intervenção do VAR fica no segredo dos deuses.

 

Para "compensar", no entanto, Tiago Martins deu a ordem de expulsão a cinco elementos, durante os seis minutos de tempo extra e após o apito final. Abel Ferreira inaugurou a série, por protestos. Esgaio viu o segundo amarelo e a lista cresceu quando, separados por três minutos, André Vilas Boas e José Gomes receberam ordem para abandonar o banco do Rio Ave. Para finalizar o cenário, Wilson Eduardo viu o vermelho directo no acesso aos balneários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

 

mw-680.jpg

 

"Antes do jogo frente ao Sporting, Abel Ferreira não quis falar abertamente sobre um dos assuntos da época: é ou não o Sp. Braga candidato ao título. Não foi preciso. O que o treinador dos minhotos não disse em conferência de imprensa, disse em campo, ou ao lado dele. Porque o triunfo do Sp. Braga por 1-0 frente aos leões é um triunfo de um treinador que soube ler o jogo no meio da anarquia, dizendo-nos assim, sem palavras mas em acções, o que vale esta equipa.    

 

(...) E nós vimos, em campo vimos as respostas que se dão sem abrir a boca. E que há jogos que valem mais que mil conferências de imprensa. O Sp. Braga, sim, é candidato ao título, sem anúncios, sem frases bonitas, com pragmatismo e competência, numa vitória que teve muito de treinador.

 

Teve dedo de treinador porque numa altura em que o jogo pendia entre o anárquico e o exasperante, ali pelos 62 minutos, Abel apostou em Eduardo Teixeira, brasileiro que só tinha jogado na 1.ª ronda. Cinco minutos depois de entrar, Eduardo fez o cruzamento que encontrou Dyego Sousa demasiado sozinho na área do Sporting e o ponta de lança, oportuno, meteu o pé quando meter o pé era tudo o que era preciso para que a bola fosse para as entranhas da baliza de Salin".

 

Parte da crónica de Lídia Paralta Gomes, jornal Expresso, disponível aqui.

 

A usual infeliz análise em função do resultado. Abel Ferreira hoje é bestial, mas há pouco mais de um mês, quando o SC Braga foi eliminado na 3.ª pré-eliminatória da Liga Europa por aquele "galáctico" Zorya, da Ucrânia, não sei se besta satisfez os ânimos dos adeptos do clube minhoto.

 

Muito desta aclamação pela entrada de um suplente que fez um passe para o centro da área que calhou encontrar um colega sozinho que conseguiu desviar o esférico o suficiente para bater Salin. Refiro a mera casualidade do lance, porque o dito Eduardo Teixeira nem sequer viu Dyego Sousa no momento do passe.

 

De qualquer modo e indiferente das opiniões sobre este lance, esta vitória na 5.ª jornada da Liga não faz do SC Braga um candidato ao título, longe disso.

 

Não é nem será candidato, salvo António Salvador ter mais algum "saco azul" muito bem recheado em reserva.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:53

Convocatória para o SC Braga

Rui Gomes, em 24.09.18

 

42435022_10155515209706555_6034864027987869696_n.j

 

Relativamente ao 'onze' inicial que defrontou o Qarabag na quinta-feira, pelo menos uma alteração garantida: Mathieu, fora por lesão, vai dar lugar a André Pinto.

 

Em dúvida, se Acuña voltará a alinhar no lado esquerdo da defesa, relegando Jefferson para o banco. Quanto a Gudelj, titular algo inesperado no último jogo, mesmo sem ainda estar cem por cento integrado na equipa e no sistema de jogo, é muito provável que seja novamente chamado à titularidade por José Peseiro.

 

Nani e Raphinha vão preencher as alas, com Bruno Fernandes na construção de jogo nas costas de Fredy Montero. O ponta de lança colombiano continua a não encontrar a baliza ao nível que se deseja, mas tem registado boas exibições acentuadas por assistências de qualidade.

 

Como tem vindo acontecer até este momento, é de esperar a entrada de Jovane Cabral em qualquer altura mais necessitada da segunda parte e, desejamos, com a mesma eficácia que tem demonstrado.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:17

Pagamentos a bruxos ?

Rui Gomes, em 23.09.18

 

download.jpg

 

O Ministério Público abriu um inquérito-crime para investigar uma alegada existência de um "saco azul" na SAD do Braga, que terá sido denunciada num documento onde surgem indicados cerca de 2,5 milhões de euros em facturas falsas e pagamentos sem factura.

 

A notícia é avançada este domingo pelo Jornal de Notícias, que informa ainda que no documento constam 19 itens, com seis rubricas: facturas de "serviços nunca prestados", movimentos de comissões, pagamento para compensar silêncio do guarda-redes Cássio, "falsificação de documentos para eleições" e viagens e outras formas de compensação a pessoas externas ao clube, inseridos na designação "políticos e outros".

 

O documento conterá também um item de serviços pagos a "Bruxo", no valor de 200 mil euros, sendo que o JN avança que a SAD do Braga recorreria a um casal de bruxos para acompanhar a equipa. As facturas, essas, seriam emitidas como serviço de massagens em nome de uma empresa do casal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:45

Considerações de João Palhinha

Rui Gomes, em 12.08.18

 

palhinhabragaDR.jpg

 

"O Braga foi uma opção minha porque demonstrou todo o interesse em ter-me aqui. Tanto o presidente como o treinador já me vinham a querer a algum tempo. Eu quero estar num sítio onde me sinta desejado e foi aqui que acabei por o sentir. Encaro este desafio com a maior felicidade e a maior vontade possível de atingir os objectivos do Braga.

 

Estaria a mentir se não o dissesse. Conheço muito bem o mister Abel e ele a mim. Sabe aquilo que posso dar e naquilo em que posso ajudar. É com muito orgulho que o volto a encontrar. Um treinador com o qual gostei muito de trabalhar na altura em que era júnior. Espero que nos possamos ajudar mutuamente e assim ajudar o clube a ter sucesso.

 

Eu e o mister já falámos um pouco sobre isso. É claro que não há jogadores iguais, mas sei que posso acrescentar muito ao jogo da equipa. Espero, também, que o Braga me ajude a evoluir como jogador e tenho a certeza que no final da época não me vou arrepender da escolha que fiz.

 

Na altura, com 21 anos e aquando da passagem pelo Moreirense e Belenenses, já era dos jogadores da minha geração com mais jogos realizados na I Liga. Depois, quando cheguei ao Sporting, não tive a rotatividade que pretendia. Foi uma fase menos boa que passei. Um clube diferente, patamares diferentes e agora encaro este desafio com a máxima ambição, máxima vontade de ter tempo de jogo e a sentir a valorização que senti noutros momentos.

 

As primeiras impressões são óptimas. A cidade é bastante bonita. Já tive a oportunidade de visitar o Bom Jesus com os meus pais. Tenho aqui muitos amigos e tenho a certeza que me vou adaptar bastante bem à cidade e a um clube que é um grande do futebol português. Talvez há um tempo atrás não o era, mas hoje em dia todos olham para o Braga como tal. Quando cá cheguei, ao visitar o ginásio, os balneários, os campos de treino... São tudo condições de clube grande e tenho a certeza que não foi um passo atrás na minha carreira".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo