Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"É uma expulsão que, na minha opinião, não faz sentido: não podemos estar a ver as imagens frame a frame, temos de ver o lance no seu todo. O jogador escorrega, e quando escorrega vai à disputa da bola, ainda consegue cortar a bola e depois...

Quanto muito o amarelo, por imprudência, ainda admito, mas a expulsão não, porque o jogador vem de uma escorregadela e não percebo como é que o VAR não consegue ver uma escorregadela. Amarelo ainda admitia".

Jorge Silas, no final do jogo.

Nota: O árbitro Nuno Almeida inicialmente não viu causa para expulsão, mas mudou de opinião depois de ser alertado por Artur Soares Dias, o VAR neste jogo.

Beto Severo na zona mista do estádio Municipal de Braga:

"Apanhei um balneário destroçado e revoltado com o que aconteceu na segunda parte. É muito fácil neste momento expulsar um jogador do Sporting. Ambos escorregaram e por isso o choque é inevitável. É uma vergonha o VAR expulsar o Bolasie, mas como já disse, é cada vez mais fácil expulsar jogadores do Sporting".

publicado às 04:02

img_920x519$2020_01_22_00_45_36_1653385.jpg

A mão direita de Paulinho (SC Braga) nas costas de Mathieu com a bola já a caminho. Mathieu protestou, mas em vão. Talvez ajude a explicar a sua abordagem a Ricardo Esgaio um pouco mais tarde.

Onde estava Artur Soares Dias (VAR) neste lance, depois de se 'esgrimir' para expulsar Bolasie?

publicado às 04:01

Este ano não teremos a Taça da Liga

Rui Pedro Barreiro, em 21.01.20

83513874_10156557006251555_2116841487294529536_o.j

No início do jogo, viu-se o carinho com que Mathieu cumprimentou Esgaio. Infelizmente, o lance que originou a expulsão do jogador do Sporting, com as cenas seguintes, ocorreu precisamente com o nosso ex-jogador.

Quanto ao jogo pareceu-me algo equilibrado. Demasiado para meu gosto, eu preferia que pudessemos ser dominadores e ganhar. Conseguimos empatar dada a sageza de Bruno Fernandes e de Mathieu, mas com a expulsão de Bolasie tudo ficou mais difícil.

Já a fazer contas aos penáltis decisivos, acabamos por sofrer o golo fatal que liquidou as nossas possibilidades de seguir para a final. Má abordagem de Mathieu que deixou nas costas o marcador do golo. Já não vou a Braga no sábado. Espero que o Guimarães vá à final. Brevemente ficaremos a saber.

publicado às 22:00

Convocatória para o SC Braga

Rui Gomes, em 21.01.20

82630852_10156553770911555_6253046365169909760_o.j

A lista de 20 jogadores convocados por Jorge Silas para o embate desta terça-feira com o SC Braga, da final four da Taça da Liga.

É muito provável que hajam algumas alterações ao 'onze' inicial que defrontou o Benfica na sexta-feira.

O meu palpite sobre as escolhas do treinador:

Renan; Ristovski, Coates, Mathieu e Acuña; Battaglia, Wendel e Bruno Fernandes; Rafael Camacho, Bolasie e Pedro Mendes.

publicado às 04:03

publicado às 03:45

Bravo leoas!

Rui Gomes, em 05.01.20

_20200105_bragavsscp_3581.jpg

Em jogo para a 12.ª jornada da Liga BPI, a equipa de futebol feminino do Sporting foi ao terreno do SC Braga vencer por 2-4, amealhando mais três pontos no campeonato.

As bracarenses entraram melhor na partida e marcaram por Keane, mas as leoas reagiram prontamente e viraram o resultado com tentos de Carolina Mendes e Raquel Fernades. Em cima do intervalo, Dolores restabeleceu a igualdade. 

_20200105_bragavsscp_3578.jpg

Na segunda metade do encontro a equipa leonina foi mais eficaz e sentenciou o jogo com golos de Nevena e Diana Silva. 

Com este resultado, o Sporting CP alcança provisoriamente o SL Benfica, que joga, esta tarde, no tereno do Clube Albergaria,  no topo da classificação. O SC Braga continua no terceiro lugar a oito pontos dos líderes. 

publicado às 16:17

aaac3853-f162-4208-acfc-318f26f740de.jpeg

A equipa sub-23 de futebol do Sporting empatou 2-2 na visita ao SC Braga referente à 16.ª jornada da Liga Revelação.

O Sporting inaugurou o marcador aos 16' através de João Oliveira, tendo este acabado por 'bisar' na partida, com o seu segundo tento aos 85', com o SC Braga então a ganhar por 2-1.

Com este resultado, a formação leonina lidera a tabela classificativa com 36 pontos, mais dois do que o Benfica, que perdeu nesta jornada frente ao Rio Ave.

Na próxima jornada, o Sporting recebe o CD Aves na Academia Sporting.

Ficha de Jogo

Liga Revelação, 16.ª jornada – 23.11.2019
Complexo Desportivo de Fão
Árbitro
: Patrick Marques
Árbitros assistentes: Rui Crisóstomo e Luís Castança

SC BRAGA: Leonardo, Chico, Zé Pedro, Baldé - Cap., Pedro Martins (Bernardo, 84), David Veiga, Eynel (Willian, 87'), Rodrigo (Jailson, 77'), Marna (Pedro Santos, 84'), Hernâni, Álvaro (Vítor, 84').

Suplentes nao utilizados: Rui Ribeiro, Jason, Vilela, Kaito, Zé Xavier, Pedro Costa. 

Treinador: José Carvalho Araújo

Disciplina: cartão amarelo para Leonardo (69')

SPORTING CP: Diogo Sousa, Joelson (Faty, 63'), Nuno Mendes (Diogo Brás, 75'), João Silva - Cap, Bruno Tavares (Loide Augusto, 87'), João Oliveira, Bernardo S., E. Quaresma, Matheus Nunes, Mitrovski (Tiago Rodrigues, 63'), Pedro Mendes.

Suplentes: Hugo Cunha, Echedey Verde, João Goulart, Gonçalo Costa, João Ricciulli.

Treinador: Leonel Pontes 

Disciplina: cartão amarelo para João Oliveira (66')

Golos: 0-1 João Oliveira (15'); 1-1 Rodrigo de g.p. (31'); 2-1 Rodrigo (44'); 2-2 João Oliveira (85')

publicado às 15:00

Liga BPI: Sporting 2 SC Braga 1

Rui Gomes, em 18.09.19

publicado às 02:30

70616588_10156233332776555_6397656367838003200_o.j

O Sporting derrotou o SC Braga, por 2-1, na partida que encerrou a jornada inaugural da Liga BPI, disputada em Alcochete. Num jogo com muita emoção e oportunidades de golo, foram as minhotas a adiantar-se no marcador, com um golo de Uchendu logo aos 3 minutos.

O Sporting procurou reagir ao golo sofrido, ao passo que as bracarenses procuravam evitar o empate, ao mesmo tempo que tentavam um outro golo que lhes permitisse controlar melhor o encontro. E tudo corria bem às campeãs nacionais até aos 15 minutos finais.

Aos 76 minutos, Diana Silva fez o empate para o Sporting, tirando a bola do alcance de Rute Costa no momento em que a guarda-redes saiu ao lance; três minutos depois, foi a vez de Damjanovic dar uma alegria aos sportinguistas, colocando a sua equipa em vantagem na execução de um livre directo.

futfembraga_6.jpeg

Os minutos finais foram de disputa intensa, mas com os papéis invertidos em relação a grande parte do encontro. Era agora o SC Braga a tentar pelo menos chegar ao empate, e o Sporting à procura de segurar o resultado ou de aumentar a sua vantagem.

A treinadora Susana Cova teve isto para dizer:

"É muito positivo ter gente que quer ganhar. E querer ganhar é aceitar quando não somos nós os preferidos para o onze inicial e mostrar que devíamos ter sido quando entramos em campo. É batalhar com todos no mesmo sentido. Foi uma vitória muito à campeão, sofrida. Estamos contentes neste momento, mas reconhecemos que precisamos de mais trabalho e mais jogos oficiais para melhorar".

publicado às 03:47

69006971_10156170113791555_8182637547625644032_n.j

Considerando o muito do que tem vindo a acontecer com este Sporting em dias recentes, o mais importante neste embate da 2.ª jornada com o SC Braga era vencer, e com algum sofrimento à mistura na segunda parte do desafio, a primeira vitória da época finalmente sorriu aos leões.

O controlo do jogo - aos 25 minutos, os arsenalistas ainda não tinham feito um remate enquadrado com a baliza de Renan - e os golos de Wendel e Bruno Fernandes, deram a ideia de que poderia ser uma noite tranquila para o Sporting, mas o desacerto defensivo da equipa, nomeadamente no segundo tempo, com mais brindes à lá mode, acabaram por dar alento ao adversário e por em dúvida os três pontos. Valeu sobretudo Renan com três defesas de grande nível, uma delas, ainda no primeiro período, espectacular.

download.jpg

É incompreensível o Sporting baixar tanto as linhas na segunda parte, aparentemente a defender um resultado que é reconhecidamente dos mais traiçoeiros no futebol. Sá Pinto identificou o elo defensivo mais fraco da equipa leonina, com a vasta maioria dos ataques do SC Braga a surgir do lado direito, com o lance do golo a ter origem precisamente daí.

À possível excepção de Diaby, Marcel Keizer lançou o 'onze' expectável, com Acuña ainda longe do seu melhor nível mas mesmo assim a reforçar o lado esquerdo da defesa.

download (2).jpg

É óbvio que Luiz Phellype não é Bas Dost, mas não se pode negar que trabalhou muito e foi dele a excelente assistência no golo de Wendel. Vietto entrou muito tardio e não deu para se ver muito, até porque nas poucas ocasiões que interviu com a bola nos pés, foi prontamente derrubado pelos homens do Minho.

O «capitão» Bruno Fernandes novamente em destaque, com um belo golo e sempre a comandar as operações. Por vezes, a perder a bola por querer fazer muito, mas não dá para imaginar o que seria desta equipa sem ele.

Não sou o tipo de adepto que anda na praça aos gritos a exigir a cabeça do treinador, mas é de admitir que o futebol do Sporting não inspira muita confiança. Veremos os próximos jogos...

publicado às 03:33

Antevisão de Ricardo Sá Pinto

Rui Gomes, em 18.08.19

sapinto.jpg

Considerações de Ricardo Sá Pinto, treinador do SC Braga, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo deste domingo frente ao Sporting:

"Não considero que o Sporting esteja ferido de algum modo, considero que é uma grande equipa, colectiva e individualmente, tem excelentes jogadores e até acho que o último resultado é injusto, merecia ter vencido na Madeira. 

Por isso, acho que será um jogo muito difícil, diante de uma equipa que quer ganhar, e ainda não ganhou esta época, mas está desejosa de conseguir outro resultado. Espero um Sporting com uma entrada forte em jogo, pressionante, a querer marcar cedo.

Da nossa parte, iremos tentar fazer o melhor jogo e o melhor resultado possível. Vamos para o nosso quarto jogo em 10 dias, depois teremos cinco em 15 dias. É muito exigente para nós, gostávamos de estar mais frescos - em termos mentais estamos - e de ter mais tempo para preparar este jogo".

publicado às 03:32

 

05-05-2019-Braga-Sporting-05.jpg

 

O SC Braga sagrou-se este domingo campeão nacional de futebol feminino, ao empatar em casa sem golos diante do detentor do troféu, o Sporting CP. Uma vitória ou um empate permitiam às minhotos celebrar antecipadamente este momento histórico, quando falta ainda disputar uma jornada da Liga BPI.

 

O encontro teve grande equilíbrio e muitas oportunidades de golo, mas o Sporting, que precisava de vencer para adiar para a última jornada a decisão sobre o título, não foi capaz de se superiorizar ao seu adversário. Desta forma, é o SC Braga a festejar, depois de nas últimas duas temporadas ter terminado a prova no segundo lugar.

 

publicado às 04:02

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 29.04.19

 

img_920x519$2019_04_28_19_40_45_1540020.jpg

 

O SC Braga emitiu um comunicado depois do encontro deste domingo com o Benfica, em que critica duramente a arbitragem dessa partida, assim como a arbitragem em geral em Portugal que, na sua óptica, impediu o clube minhoto de disputar o 3.º lugar, alegando... "que foi também flagrante a forma como o nosso competidor directo foi constantemente favorecido, jornada após jornada, para que o topo da tabela reflectisse a hierarquia crónica.

 

Eis o comunicado:

 

"Mais uma jornada, mais uma demonstração da falência da arbitragem em Portugal, da incoerência dos seus critérios e da sua clara interferência na classificação em prol do "status quo" vigente.


Este domingo, contra o SL Benfica, assistimos a mais um rol de decisões inacreditáveis em prejuízo do SC Braga. Desde logo, um penálti por assinalar por jogo perigoso com contacto sobre Paulinho (17’). Aos 57’, porém, seria indevidamente marcada grande penalidade a favor do SL Benfica, apesar de não existir falta de Esgaio. Tão instável como o critério técnico foi o critério disciplinar, com João Félix (61’) e Florentino (78’ e 79’) a escaparem a claras infracções merecedoras de segundo cartão amarelo.

 

Nos momentos de decisão, o SC Braga foi sempre impedido de disputar o terceiro lugar, sendo também flagrante a forma como o nosso competidor directo foi constantemente favorecido, jornada após jornada, para que o topo da tabela reflectisse a hierarquia crónica.

 

Há bons árbitros em Portugal, mas há também uma notória incapacidade de renovar o sector e isso exige uma profunda reflexão do Conselho de Arbitragem.


A evolução só é possível com autocrítica, exercício a que não são dadas as estruturas que gerem o futebol em Portugal, com responsabilidades a partilhar entre a FPF, o seu CA e a Liga. Em Itália, um erro no recente Juventus-AC Milan mereceu punição pública e pronta intervenção mediática dos responsáveis do sector. Em Portugal, continuamos a preferir o corporativismo e a negação.


Mas quando se desvirtua um campeonato desta maneira, algo vai profundamente mal no reino da arbitragem!"

 

publicado às 04:45

 

palhinha3.jpg

 

O empréstimo de João Palhinha ao SC Braga não é novidade, mas o assunto terá merecido renovada atenção dos media pelo aparente interesse do Sporting em o recuperar no final da temporada.

 

E, aí, reside a absurdidade do caso, nomeadamente as condições bastante favoráveis que foram concedidas ao emblema presidido por António Salvador.

 

O empréstimo foi com dois anos de validade, ou seja, até ao final da época de 2019/20. No acordo está prevista a recuperação do activo pelo Sporting, mas só compensando o SC Braga - valor não estipulado e a ser negociado - e, ainda, com o clube minhoto a ter direito a uma percentagem (não revelada) sobre uma eventual venda, caso ocorra durante o período original do empréstimo que termina em Junho 2020. Uma terceira cláusula concede ao SC Braga o direito de preferência numa futura venda.

 

Com tudo isto sobre a mesa, António Salvador ainda se deu ao desplante de se queixar do negócio, afirmando que "não foi o que mais desejávamos, mas foi o melhor entendimento possível entre as partes". Dá para pensar que melhor só o Sporting pagar ao SC Braga pelo "favor" de receberem o jogador.

 

João Palhinha está contratualmente ligado ao Sporting até Junho 2023, com uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

 

Mais um caso que não deixará Sousa Cintra muito bem visto, não obstante a reconhecida necessidade de dispor do então grande número de excedentários, na sua vasta maioria contratados pelo destituído ex-presidente.

 

publicado às 12:50

 

img_920x518$2019_01_12_12_59_46_1492925.jpg

 

A equipa de juniores do Sporting não foi além de um empate (3-3), neste sábado, na recepção ao SC Braga, em jogo da 3.ª jornada da fase de apuramento de campeão nacional da categoria.

 

Em jogo disputado no Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete, a divisão de pontos foi ditada por golos de Félix Correia (24'), Bavikson Biai (53') e Rudolf Blagogee (73') para o Sporting e de Eynel Soares (9'), Leandro Sanca (20') e Vítor Oliveira (87') para o SC Braga.

 

Com este resultado, o Sporting é agora terceiro classificado, à condição, com cinco pontos e a dois do líder FC Porto, quando estão decorridas três jornadas do Campeonato Nacional de Juniores, fase de apuramento de campeão.

 

publicado às 04:46

 

52592660_2366606996717769_302256974836269056_o.jpg

 

O Sporting venceu, este domingo, o SC Braga/AAUM por 4-1, em Braga, resultado que fechou a jornada 20 do campeonato português de futsal, permitindo repor a diferença de dois pontos para o líder Benfica.

 

Léo inaugurou o marcador aos seis minutos e Merlim dobrou a diferença logo a seguir, no Pavilhão da Universidade do Minho.

 

Ainda na primeira parte, Dieguinho fez o 3-0 para a formação de Nuno Dias (16’). Porém, os comandados de Paulo Tavares reduziram a diferença ainda no período inicial, fruto de um golo de Cássio (19’). Na segunda parte, Cavinato estabeleceu o resultado final, aos 28 minutos.

 

publicado às 02:47

 

18371937_H8rOO.jpeg

 

Uma grande exibição do Sporting este domingo, numa partida em que foi senhor do jogo praticamente do primeiro ao último minuto, e demonstrando que apesar de alguns dias menos conseguidos, a prática de bom futebol não lhe é alheia.

 

Por muita crítica que se lhe tem dirigido, justo reconhecimento para Marcel Keizer pela estratégia quase perfeita para este jogo. Creio que nem os adeptos mais exigentes - embora hajam sempre os irreverentes espíritos de contradição - poderão apontar uma "vírgula" defeituosa. Houve uma altura que me pareceu ver um 3x4x1x2 em campo, mas não tenho a certeza absoluta. De qualquer modo, as ideias do Mister  resultaram em pleno.

 

img_920x519$2019_02_17_21_35_34_1506936.jpg

 

O Sporting alinhou de início com Renan; Ristovski, Coates, Ilori e Borja; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Diaby, Acuña e Bas Dost.

 

Suplentes: Salin, Jefferson, André Pinto, Geraldes, Raphinha, Luiz Phellype e Doumbia.

 

Dois jogadores terão realizado a sua melhor exibição de "leão ao peito": Wendel e Diaby. O francês a mostrar que é capaz de muito melhor do que temos assistido em alguns jogos. Bas Dost mudou o seu visual capilar e parece que a nova moda inspirou-o, com dois golos na partida e sempre muito agressivo na bola. Falar da importância de Bruno Fernandes nesta equipa, quase se torna redundante.

 

Desde o primeiro minuto, a equipa leonina exibiu uma excelente dinâmica de jogo, sólida defensivamente, a exercer pressão constante e criativa no ataque. O primeiro golo apenas surgiu aos 34', através de mais um soberbo livre directo do capitão Bruno Fernandes, mas até esse ponto o Sporting já tinha criado algumas oportunidades claras para violar a baliza do SC Braga.

 

img_920x519$2019_02_17_21_35_35_1506937.jpg

 

A satisfação global dos adeptos em Alvalade esteve em evidência. Veremos o que se segue, pela visita na quinta-feira ao Villarreal, em jogo da segunda mão dos 16 avos-de-final da Liga Europa. Nunca há dois jogos iguais, mas uma exibição ao mesmo nível permitirá a passagem à ronda seguinte.

 

Nota: Por muito provocador que Acuña seja, neste lance aos 81 minutos, foi vítima de clara agressão de Raúl Silva, que elidiu tanto Jorge Sousa como o VAR. Não sei se um sumaríssimo é aplicável neste caso.

 

P.S.: O Sporting terá dado entrada de um requerimento de elaboração de auto de flagrante delito na Comissão de Instrutores da Liga, relativamente à cotovelada de Raúl Silva a Acuña.

 

publicado às 03:48

Convocatória para o SC Braga

Rui Gomes, em 17.02.19

 

51951444_10155794918681555_8755290261665349632_n.j

 

A lista de 18 jogadores chamados por Marcel Keizer para o embate deste domingo com o SC Braga.

 

Depois de terem sido titulares na quinta-feira frente ao Villarreal, Miguel Luís, Jovane Cabral e Petrovic ficaram de fora desta convocatória. Também ausentes, ainda a recuperar de lesão, Mathieu, Nani e Bruno Gaspar.

 

Nem sei se me devo dar ao atrevimento de adiantar a equipa para este jogo, ou pelo menos o 'onze' inicial que o técnico terá em mente, mas aqui vai:

 

Renan; Ristovski, Coates, André Pinto e Borja; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes, Raphinha, Diaby e Bas Dost.

 

publicado às 03:02

 

DrHaKN3XgAAUtfM.jpg

 

A equipa de sub-23 do Sporting deslocou-se a Braga para disputar a partida da 26.ª e última jornada da 1.ª Fase da Liga Revelação, saindo vencedora com um golo solitário de Pedro Mendes, aos 29 minutos de jogo.

 

Com este resultado, os jovens leões situam-se em terceiro lugar, com 49 pontos, três atrás do líder Rio Ave e a um ponto do Estoril Praia. Aves e Benfica empataram (1-1) e registam 47 pontos. O registo leonino é de 15 vitórias - 4 empates - 7 derrotas; 47 golos marcados e 29 sofridos.

 

 

Ficha de jogo

 

SC BRAGA 0-1 SPORTING CP (0-1, ao intervalo)

Liga Revelação – 25ª Jornada (09.02.2019)
Complexo Desportivo do CF Fão

Árbitro: Patrick Marques.
Árbitros assistentes: José Alberto Fernandes e Jorge Rei.

 

SC Braga: Velho, Bernardo, Zé Pedro, Borges, Moura - Cap., David Veiga, Álvaro (Kiki, 55’), Kaito (Leandro, 66’), Namora (Jailson, 66’), Midana e Eynel (Vítor, 80’).


Suplentes não utilizados: Rogério, Xico, Baldé, Fábio Vianna, Rodrigo, Xavier, Ricciulli e Pedro Costa.


Treinador: José Carvalho Araújo


Disciplina: cartão amarelo para Zé Pedro (22’), Moura (37’) e David Veiga (50’).

Sporting CP: Diogo Sousa, Pedro Empis, Paulo Lucas (Nuno Moreira, 85’), João Oliveira, João Silva, João Ricciulli, Matheus Nunes, Bruno Paz - Cap., Tomás Silva (Mees de Wit, 67’), Marco Túlio (Pedro Marques, 78’) e Pedro Mendes (Bubacar Djaló, 85’).


Suplentes não utilizados: Stojkovic, Ronaldo Souza, Dimitar Mitrovski, Thierry Correia e João Queirós.


Treinador: Alexandre Santos


Disciplina: cartão amarelo para Bruno Paz (26’), João Oliveira (61’) e Mees de Wit (87’).


Marcador: 0-1, Pedro Mendes (29’)

 

Recorde-se que para a segunda fase – Apuramento de Campeão e Manutenção – todos os clubes transitam com metade dos pontos obtidos na primeira fase da prova.

 

publicado às 14:43

Renan salvou o dia !

Rui Gomes, em 24.01.19

 

imgS620I240371T20190122132115.jpg

 

Fundamentalmente, assistimos ao que já se esperava; um SC Braga bem organizado e muito lutador, perante um Sporting fisicamente desgastado e a insistir em consentir golos por lapsos defensivos inadmissíveis. Neste caso concreto, Mathieu falhou com a cobertura na área e Dyego Souza ficou com a baliza leonina à sua mercê, logo aos 3 minutos.

 

O Sporting iniciou o jogo com Renan; Ristovski, Coates, Mathieu e Acuña; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Nani, Raphinha e Luiz Phellype.

 

Suplentes: Salin; Jefferson, André Pinto, Diaby, Francisco Geraldes, Petrovic, Bas Dost.

 

Esta equipa do Sporting necessita de ser "refrescada" urgentemente e trocar Bas Dost por Luiz Phellype não é suficiente. Tanto assim, que o avançado que nos chegou do Paços de Ferreira não foi servido uma única vez durante os cerca de 70 minutos que esteve em jogo.

 

img_920x518$2019_01_23_22_29_35_1497053.jpg

 

Sebastián Coates - e não só pelo belo golo que marcou - e Wendel terão sido os melhores "leões" em campo. Ristovski, apesar de trapalhão, também não esteve mal. Estes, além de Renan, que salvou o dia para o Sporting ao defender três grandes penalidades.

 

Em sentido contrário, Bruno Fernandes esteve uma mera sombra do que nos habituou, e Acunã, fisicamente desgastado e cada vez mais a dar indicações que está mais focado no futuro do que no presente.

 

Reconhece-se que é tudo muito subjectivo, mas parece-me óbvio que Marcel Keizer tem de fazer algo para dar mais poder de luta à equipa. Insistir praticamente no mesmo onze, com jogos de três em três dias, só pode precipitar um colapso total.

 

download.jpg

 

Contrário à outra meia-final desta prova, o VAR esteve bem, muito embora o árbitro não tenha correspondido. A falta sobre Acuña no início do lance que levou ao golo anulado ao SC Braga foi bem visto pelo vídeo-árbitro. Também esteve bem quando chamou a atenção do árbitro para a falta para grande penalidade sobre Coates. Na minha opinião, o juiz Manuel Oliveira simplesmente não teve coragem para assinalar o castigo máximo.

 

Tanto António Salvador como Abel Ferreira surgiram a criticar a arbitragem pós-jogo - como já era de esperar, aliás - e no que ao VAR diz respeito, a fazerem comparações com o que se verificou no Benfica - FC Porto. Confesso, objectivamente, que não lhes reconheço justa causa para queixas.

 

No sábado, perante uma equipa portista muito motivada, o Sporting terá de jogar muito mais e melhor se pretende vencer a Taça da Liga pelo segundo ano consecutivo.

 

publicado às 05:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo