Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



img_920x518$2021_09_30_14_29_02_1909973.jpg

Matheus Nunes é a grande novidade na lista de convocados de Fernando Santos para os duelos da Selecção Nacional com o Catar e o Luxemburgo. O médio do Sporting, que rejeitou representar o Brasil, faz a estreia absoluta em convocatórias por Portugal.

Na lista de 24 nomes divulgada hoje, destaque ainda para o regresso de William Carvalho e Diogo Dalot. Nota também para Pepe, que tem estado lesionado e falhou os últimos jogos do FC Porto, mas continua a figurar nas escolhas de Fernando Santos. Relativamente à convocatória anterior, Diogo Dalot também é novidade entre os eleitos. Em sentido inverso, saem Ricardo Pereira, Gonçalo Inácio, Pedro Gonçalves e Otávio.

Portugal vai enfrentar o Catar, em jogo de preparação, a 9 de Outubro no Estádio Algarve, com o início a estar marcado para as 20h15. A 12 de Outubro, novamente no Estádio Algarve, mas às 19h45, o conjunto lusitano recebe o Luxemburgo para a qualificação para o Campeonato do Mundo.

Convocados:

Guarda-redes: Anthony Lopes, Diogo Costa e Rui Patrício.

Defesas: Diogo Dalot, João Cancelo, Danilo Pereira, Domingos Duarte, Pepe, Rúben Dias, Nuno Mendes e Raphael Guerreiro

Médios: João Palhinha, Rúben Neves, Bruno Fernandes, João Mário, João Moutinho, Matheus Nunes e William Carvalho

Avançados: Bernardo Silva, André Silva, Cristiano Ronaldo, Diogo Jota, Gonçalo Guedes e Rafa Silva.

Fernando Santos comenta Matheus Nunes:

"Se convocámos o Matheus Nunes é porque entendemos, e como já tinha dito, é um jogador que acho que tem características que podem complementar relativamente aos que costumamos ter como opção. Agora é vê-lo em contexto de selecção, ao nível de clube joga numa linha de três e com dois no corpo central, aqui jogamos numa realidade diferente".

publicado às 19:50

fernando_santos_munique.jpg

É um lugar comum dizer que isto não é como começa, mas como acaba. Arrancámos bem, patinámos, e vamos ver como terminamos.

Voltou a fase da calculadora, depois das loas à competência da nossa selecção nacional, dada a categoria dos jogadores que possuímos. E aí começa o problema. Temos bons valores individuais, mas não temos uma equipa. O que vi, no jogo com a Alemanha, com olhos de simples apreciador de futebol, foi uma equipa a jogar futebol, e do outro lado onze individualidades, a ver jogar.

Porque aconteceu? Culpa de quem? Da equipa técnica e da sua estratégia? Da apatia e cansaço dos (alguns) jogadores? De reduzir as escolhas a cerca de metade do grupo? Da infelicidade de execução na defesa?

Talvez um pouco de tudo, e um muito de nada. Pouca ou nenhuma dinâmica, nenhuma agressividade. O que sei é que se não houver, uma mudança radical, na atitude, no esforço, na crença e na competência, não há calculadora que nos leve muito longe.

Texto da autoria de Nação Valente

________________________________________________________

Empate de Portugal frente à França basta

Ficou hoje fechado o segundo grupo do Euro'2020 e estão também já definidas mais duas selecções apuradas directamente para os 'oitavos'. São elas Holanda e Áustria, juntando-se a Itália, País de Gales e Bélgica. Para lá de ter servido para qualificar directamente estas selecções, os dois jogos permitiram também 'actualizar' o ranking dos melhores terceiros, que continua a ser comandado pela Suíça, e que tem a Ucrânia em posição delicada.

Ainda assim, a grande novidade, pelo menos para as contas nacionais, passa pelo facto de Portugal neste momento saber desde já que o empate diante da França chega para seguir em frente (pelo menos como um dos melhores terceiros). Isto porque, conseguindo uma igualdade, a Selecção Nacional chega aos 4 pontos, acaba com diferença de golos positiva e fica desde logo à frente de Suíça e Ucrânia, as duas equipas que já fecharam as suas contas. Relativamente aos suíços, Portugal terminaria com os mesmos 4 pontos, mas com melhor diferença de golos, ao passo que em relação aos ucranianos a vantagem é logo nos pontos (4 contra 3).

Eis a tabela actualizada dos melhores terceiros:

1. Suíça, 4 pontos/3 jogos (4 golos marcados/5 golos sofridos; -1 de diferença de golos)
2. PORTUGAL, 3/2 (5-4; +1)
3. Finlândia, 3/2 (1/1; 0)
4. Ucrânia, 3/3 (4/5; -1)
5. Espanha, 2/2 (1/1; 0)
6. Croácia, 1/2 (1/2; 0)

publicado às 20:00

img_920x518$2021_06_13_20_32_37_1863005.jpg

Carlos Brum é um dos adeptos mais famosos da Selecção Nacional. Assiste aos jogos todos de Portugal no estrangeiro, viajando de autocaravana e, como tal, não podia faltar ao Euro'2020. 

O adepto chegou a Budapeste no sábado, já assistiu ao embate com a Hungria na terça-feira e está agora em viagem para Munique, também de autocaravana, para estar nas bancadas do Allianz Arena no jogo com a Alemanha, no próximo sábado.

Faz-me lembrar quando em 1988 fui a Estugarda assistir à final da Liga dos Campeões entre Benfica e PSV Eindhoven (5-6 nas penalidades), e um português viajou de Portugal no antigo 1938 Mercedes 770 W07 do Marechal Carmona, que estava estacionado nos arredores da  Neckarstadion (Mercedes-Benz Arena).

publicado às 21:00

Boa sorte Portugal!

Rui Gomes, em 15.06.21

img_920x519$2021_06_12_12_33_35_1862351.jpg

Nota: João Cancelo, que figura nesta foto da Selecção Nacional, testou positivo à Covid-19 e foi substituído por Diogo Dalot.

E, já agora, o leitor ousa dar o seu palpite sobre o primeiro 'onze' de Portugal neste jogo de abertura contra a Hungria?

O ONZE OFICIAL de Portugal há instantes anunciado:

Rui Patrício, Nélson Semedo, Pepe, Rúben Dias, Raphael Guerreiro, Danilo, William Carvalho, Bruno Fernandes, Bernardo Silva, Diogo Jota e Cristiano Ronaldo.

Suplentes de Portugal: Anthony Lopes, Rui Silva, José Fonte, Nuno Mendes, João Moutinho, Rafa, Renato Sanches, Rúben Neves, Pedro Gonçalves, Sérgio Oliveira, André Silva e João Félix.

Para já, não concordo com William e Danilo em conjunto no onze inicial. E, pelos vistos, João Palhinha vai para a bancada. Grande Fernando Santos!?!

________________________________________________________

Screenshot (161).png

Dizem que Fernando Santos é "resultadista" e, em abono da verdade, é a única coisa que se pode dizer deste jogo, em que o resultado reflecte mais a mediocridade da Hungria do que a performance da Selecção Nacional.

O empate esteve bem à vista até surgir aquele golo às duas tabelas de Raphael Guerreiro e, daí, a grande penalidade convertida por Cristiano Ronaldo.

Passei o jogo todo irritado, muito pelo 'onze' inicial e depois por ver o Sr. seleccionador recusar mexer na equipa até 20 minutos do final. E... com tanto talento no banco, Rafa foi a escolha. Enfim...

Há muito mais para dizer, mas por agora ficamos por aqui para dar oportunidade aos comentários dos leitores. Portugal terá de elevar muitíssimo mais o seu jogo se ambiciona vencer à Alemanha e à França. E não o vai conseguir com o nível que demonstrou hoje.

P.S.: Uma última questão que eu acho nada menos que incrível. Diogo Dalot é chamado à última da hora face à indisponibilidade de João Cancelo e para não se ficar apenas com um lateral direito na equipa, Nélson Semedo. O que é que o Sr. Engenheiro fez hoje?... Manda Dalot para a bancada e equipa três guarda-redes.

publicado às 03:04

Os "tubarões" interessados em Nuno Mendes, nomeadamente Real Madrid, Manchester United e Manchester City, vão aproveitar o campeonato da Europa para tirarem dúvidas sobre o lateral-esquerdo do Sporting.

O jovem jogador, de apenas 18 anos, é o "benjamin" da Seleção Nacional no Euro'2020 e, pelo continente fora, há muita expectativa em redor daquilo que o canhoto poderá mostrar no grande palco internacional.

image.jpg

Tanto assim é que, este sábado, o diário espanhol As rende-se por completo aos atributos já evidenciados por Nuno Mendes, explicando que este é a "contratação" de Portugal por quem "toda a Europa suspira".

"O novo e jovem lateral-esquerdo Nuno Mendes é a maior revelação numa equipa que aspira a tudo", pode ler-se no artigo dedicado pela publicação ao internacional luso. "A selecção campeã da Europa em 2016 e da Liga das Nações de 2019 conserva a maior parte do seu bloco, mas acrescenta-lhe jogadores jovens que o vão melhorando. Já surgiram Rúben Dias, João Félix ou Diogo Jota.

E, neste torneio [Euro'2020], a maior inclusão é a de Nuno Mendes, um prodígio físico que maravilhou no Sporting e que já é seguido pelos grandes", acrescenta o As, antes de fazer eco do interesse dos colossos supracitados. E deixa uma sugestão clara ao Real...

"Com Marcelo a cair a pique, chegou a hora de apostar noutro grande lateral jovem, como o brasileiro foi em tempos. E Nuno Mendes tem tudo para ser seu sucessor", remata o jornal.

publicado às 13:30

E que tal a nossa Selecção?

Rui Gomes, em 10.06.21

Screenshot (155).png

Jogos de preparação não dão para ver tudo, mas sempre permitem algumas considerações:

- Não obstante a goleada de ontem - contra uma equipa bastante vulnerável - surpreende-me que a formação portuguesa tenha tanta dificuldade em marcar golos, especialmente se considerarmos os goleadores à disposição. Só entre Cristiano Ronaldo, André Silva, Pedro Gonçalves e Bruno Fernandes temos 116 golos na época. Ontem ilustrou bem que além da própria finalização, a eficácia de último passe deixa muito a desejar.

- Não gosto de ver a Selecção jogar sem ponta de lança de área, especialmente quando pode utilizar André Silva, que foi "apenas" o segundo melhor marcador da Bundesliga, com 28 golos. No mesmo contexto, Cristiano Ronaldo não rende tanto no corredor central.

- Sempre gostei muito do defesa Raphael Guerreiro - fez uma excelente época no Borussia Dortmund com 40 jogos realizados, 3195 minutos de jogo e 6 golos marcados - mas suspeito que o miúdo lhe "roubou" a titularidade.

- Apesar dos seus dois golos de ontem, parece-me que Bruno Fernandes está longe da melhor forma que já lhe vimos.

Em geral, Portugal tem uma excelente equipa. Veremos se conseguirá repetir a proeza de 2016.

publicado às 03:32

12718113_545621905617827_4809575101921652837_n.jpg

A Selecção Nacional defronta Israel no Estádio José Alvalade em jogo de preparação para o Campeonato da Europa.

O encontro realiza-se a 9 de Junho, às 19.45 horas, e será o último jogo antes da partida para a Hungria, onde defronta a 15 de Junho a equipa anfitriã na estreia da competição. 

A Selecção Nacional regressa a Alvalade depois de ter defrontado e vencido a Suécia (3-0) em Março de 2020 em jogo relativo da Liga das Nações.

Nuno Lobo, presidente da Associação de Futebol de Lisboa, sublinhou ser “com natural satisfação e orgulho que a Associação se junta à organização do jogo Portugal-Israel que se realiza no estádio do nosso filiado Sporting Clube de Portugal”.

Frederico Varandas, presidente do Sporting CP, congratula-se com a escolha:

É com grande sentimento de orgulho e uma enorme satisfação que o Sporting CP voltar a receber, em sua casa, a Selecção Nacional, naquele que é o último encontro a disputar antes do arranque do Euro 2020. Apesar do actual contexto em que vivemos esperamos um Estádio José Alvalade com ambiente de vitória. A Federação Portuguesa de Futebol sabe que da nossa parte terá toda a disponibilidade e garantias de segurança para que seja mais um espectáculo desportivo à altura da Selecção Nacional."

publicado às 03:31

Seis leões na Selecção Nacional

Rui Gomes, em 31.03.21

brand.gif

O Sporting CP é o emblema mais representado na convocatória da Selecção Nacional de futsal para os jogos diante de Marrocos e Noruega no próximo mês de Abril.

João Matos, Erick Mendonça, Pauleta, Pany Varela, Zicky e o estreante Tomás Paçó foram chamados pelo seleccionador Jorge Braz para os próximos compromissos.

A concentração está agendada para 4 de Abril. Até à partida com Marrocos estão previstos cinco treinos. Após a partida diante da formação africana, Portugal tem agendados mais três treinos antes do primeiro encontro com a Noruega.

Portugal lidera o Grupo 8 e procura preservar essa posição que lhe valerá o apuramento directo para a 11.ª edição do Campeonato da Europa que será disputado entre 19 de Janeiro e 6 de Fevereiro de 2022, em Amesterdão e em Groningen.

publicado às 05:16

img_920x519$2021_03_21_19_41_06_1828953.jpg

Luís Neto foi chamado à Selecção Nacional, em substituição do lesionado Pepe. O central do FC Porto foi dado como inapto pela Unidade de Saúde e Performance da FPF após lesão sofrida diante do Portimonense e, para o seu lugar, foi chamado o defesa do Sporting, tendo em vista os jogos de qualificação do Mundial'2022 frente ao Azerbaijão, Sérvia e Luxemburgo.

Não deixa de ser uma grande surpresa, embora não seja nada de novo para o próprio Luís Neto, que já regista 19 internacionalizações pela Equipa das Quinas.

Há quem tenha, mesmo entre sportinguistas, a tendência de menosprezar o trabalho deste defesa central, mas não tenhamos dúvidas que ele é uma grande parte - dentro e fora das quatros linhas - do sucesso do Sporting esta época. Esta chamada à Selecção Nacional acaba por ser justo reconhecimento por tudo isso.

Portugal enfrenta, dia 24, em Turim, o Azerbaijão e, dia 27, a Sérvia, em Belgrado. O terceiro jogo de qualificação terá lugar, dia 30, na Cidade do Luxemburgo.

publicado às 04:04

Foto do dia

Rui Gomes, em 15.10.20

mw-1280.jpg

Portugal venceu a Suécia por 3-0, sem Cristiano Ronaldo

mas com Diogo Jota em grande plano.

publicado às 03:00

1024px-Alvalade0023.jpg

O jogo amigável entre as selecções de Portugal e Espanha, agendado para esta quarta-feira, pelas 19h45, vai preencher 5% da lotação do Estádio José Alvalade. 

Foram distribuídos, via online, 2500 bilhetes para a partida. Os ingressos são nominais, isto é, cada adepto está devidamente identificado, pois a cada bilhete corresponde um email com os respectivos contactos de quem estará no estádio. 

Os bilhetes são destinados a adeptos do clube de fãs das selecções Portugal +, parceiros e família do futebol.

É absolutamente obrigatório o uso permanente de máscara, estarão disponíveis vários pontos de higienização das mãos nas entradas do estádio, onde será feito o controlo da temperatura (quem apresente igual ou superior a 38 graus não terá autorização para entrar). 

Os lugares foram atribuídos com o distanciamento físico e a entrada é desaconselhada a crianças, a pessoas com mobilidade reduzida ou pertencentes a grupo de risco para a COVID-19.

Os contactos dos adeptos presentes poderão ser, em caso de necessidade epidemiológica, disponibilizados às Autoridades de Saúde.

Em termos práticos e tendo sempre em conta a segurança de todos os presentes, foram desenhados perímetros de circulação bem definidos, com sinalética abundante e clara. A entrada dos espectadores será efectuada por várias portas, respeitando o distanciamento físico. Não haverá serviço de bar (a venda de produtos será feita ao lugar), nem guarda objectos.

Os adeptos com bilhete podem entrar no estádio a partir das 18h00.

publicado às 16:21

118792768_1258104724539998_5497135002090902551_o.j

Nove jogadoras do Sporting Clube de Portugal foram esta segunda-feira convocadas pelo seleccionador nacional feminino Francisco Neto para um estágio de observação que vai decorrer, entre os dias 11 e 20 de Setembro, na Cidade do Futebol.

Além de Ana Borges, Tatiana Pinto, Fátima Pinto, Mónica Mendes, Andreia Jacinto, Inês Pereira, Patrícia Morais e Ana Capeta, foi também chamada Alicia Correia, atleta da formação verde e branca que está a fazer a pré-época com a equipa A.

De referir que o Sporting é o Clube que regista o maior número de representantes nesta convocatória.

publicado às 04:15

shutterstock_1078814498.0.jpg

Budapeste será o quartel-general de Portugal durante o Euro2020, que se vai realizar em 12 cidades europeias. A cidade húngara será a sede da Selecção Nacional já que irá receber dois jogos da fase de grupos: o embate com um vencedor de play-off (Bulgária, Hungria, Islândia, Geórgia, Macedónia, Bielorrússia ou Kosovo) a 16 de Junho e o encontro com a França, a 24 do mesmo mês.

Já o encontro com a Alemanha será a 20 de Junho em Munique, cidade que fica a 560 km de Budapeste. A viagem para Budapeste está agendada para 11 de Junho, cinco dias antes da estreia no Campeonato Europeu de Futebol. Antes, Fernando Santos irá preparar o Euro2020 na Cidade do Futebol.

Portugal já tem agendado um amigável com a Espanha, a 5 de Junho, em Madrid. Mas, até ao Euro2020, poderá fazer ainda mais dois jogos de preparação.

Nota: Ainda estou para compreender a lógica de colocar a Alemanha a jogar em casa frente a Portugal.

publicado às 03:01

Manhã de passeio pelas ruas de Kiev

Rui Gomes, em 14.10.19

72672628_2690722077634002_8113076691091324928_o.jp

publicado às 17:14

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 07.10.19

Fernando_Santos_2018.jpg

Rúben Semedo é a novidade de Fernando Santos para o duplo-confronto com Luxemburgo e Ucrânia no mês de Outubro. O seleccionador nacional premeia o grande início de época do central no Olympiacos, ele que há pouco mais de um ano estava detido em Espanha, numa convocatória marcada ainda por muitos regressos.

Nem valerá a pena especular se este reconhecimento teria ocorrido se Rúben ainda jogasse de leão ao peito.

João Mário, actualmente ao serviço do Lokomotiv Moscovo e há muito afastado das contas da Equipa das Quinas, é um dos regressos, tal como Ricardo Pereira, lateral-direito do Leicester. Face à última convocatória, entram ainda André Silva e Bruma e caem João Cancelo, Daniel Carriço, Renato Sanches, Podence e Diogo Jota.

Esta é lista de Fernando Santos para os jogos com o Luxemburgo e Ucrânia:

Guarda-redes: Rui Patrício, José Sá e Beto

Defesas: Nelson Semedo, Ricardo Pereira, José Fonte, Pepe, Rúben Dias, Rúben Semedo, Mário Rui e Raphael Guerreiro

Médios: Danilo, Rúben Neves, William Carvalho, João Mário, João Moutinho, Pizzi e Bruno Fernandes

Avançados: Bernardo Silva, Bruma, Gonçalo Guedes, Rafa Silva, André Silva, João Félix e Cristiano Ronaldo.

A dupla jornada com o Luxemburgo, dia 11 no Estádio de Alvalade, e em Kiev, no dia 14, é decisiva para as contas do apuramento português para o Euro 2020.

Em caso de vitória nestes dois jogos, Portugal fica a um pequeno passo do apuramento directo. Que até pode acontecer caso às vitórias portuguesas se junte uma derrota ou um empate da Sérvia na Lituânia, jogo que se realiza no dia 14.

publicado às 04:36

Convocatória da Selecção Nacional

Rui Gomes, em 15.03.19

 

54436120_2317962018243345_3885000933746147328_n.jp

 

"Parece algo de intrigante que os dois jogos consecutivos da nossa Selecção - em 22 e 25 deste mês - se realizem no mesmo estádio. Não existirão em Lisboa outros estádios com condições para receber jogos internacionais que o da Luz? Porque razão? Ou será esta mais uma das inumeráveis provas do constante e injustificável favorecimento de que goza o clube vermelho por parte das mais variadas instâncias oficiais, e não só, deste país? Como justifica a Federação mais esta polémica decisão?".

 

Leitor: Leão da Guia

 

publicado às 12:58

Fotografia com história dentro (124)

Leão Zargo, em 02.12.18

 

SCP Taça de Portugal 1962-63.jpg

 

Um “brasileiro” na selecção portuguesa

 

O brasileiro Lúcio Soares representou o Sporting entre 1959 e 1964, tendo participado em 103 jogos oficiais (ou 111 conforme as fontes) e marcado 35 golos. Jogou a defesa central, ou na nova posição de quarto-defesa, e possuía um pontapé fortíssimo. Chamaram-lhe o “pé de canhão”. Conquistou o Campeonato Nacional (1962), a Taça de Portugal (1963) e a Taça das Taças (1964). Apesar de ser relativamente baixo, ganhava bolas de cabeça aos avançados adversários. É o defesa mais goleador da história leonina.

 

Lúcio e ainda o sul-africano David Julius, que também jogou no Sporting, naturalizaram-se portugueses e foram os primeiros estrangeiros a jogar pela Selecção Nacional. O pai de Lúcio era natural de Fafe. Foi cinco vezes internacional, estreando-se em Ludwigshafen, na República Federal Alemã, em 27 de Abril de 1960.

 

O próprio jogador descreveu o sentimento quando recebeu a convocatória de José Maria Antunes (seleccionador) e Béla Guttmann (treinador) para esse jogo na Alemanha: “Nem me pergunte se isso me dá prazer. Estou feliz e honrado, mas sei que não sou o único. Lá longe, numa casinha em Niterói onde deixei parte do meu coração, um homem e uma mulher devem ter chorado de alegria e de orgulho quando souberam que o filho tinha sido chamado para defender as cores de Portugal. Nasci no Brasil, sim, mas sou português de direito e de sangue. Sabe, é que eu não sou estrangeiro, não.”

 

Na fotografia, jogadores do Sporting com a Taça de Portugal de 1962-63. Reconhecem-se David Julius, Pérides, Lúcio, Hilário e João Morais.

 

publicado às 13:25

Foto do dia

Rui Gomes, em 18.11.18

 

image (1).jpg

Selecção Nacional celebra apuramento para a final four da Liga das Nações

 

publicado às 03:46

 

cristiano-ronaldo-portugal-spain-world-cup_1l1q8x3

 

Considerações de Domingos Paciência à Rádio Renascença sobre o eventual regresso de Cristiano Ronaldo à Selecção Nacional e a maior versatilidade táctica que proporcionará a Fernando Santos:

 

"É muito bom para Portugal, vai dar a possibilidade a Fernando Santos de jogar em dois sistemas, 4-4-2 ou 4-3-3. Pode jogar com André Silva e Cristiano Ronaldo na frente, ou só com o Cristiano e outros no corredor. É bom para um seleccionador ter dois sistemas rentabilizados.

 

Da forma como se está a fazer a renovação e com a qualidade que existe nos corredores, acho que o futuro passa por um 4-3-3 com o Cristiano Ronaldo a ser o ponta-de-lança, o homem de referência na área. Acho que cada vez mais o vamos ver como um 9. Ele usa o número sete, mas acho que cada vez mais vai ser um 9.

 

Fernando Santos não se vai limitar só a um grupo de 20 ou 25 jogadores. Temos de aproveitar esta boa fornada de jovens com muita qualidade. É sempre bom ter várias alternativas e a qualidade abunda. Temos muitos jogadores com criatividade que podem fazer uma selecção diferente".

 

publicado às 04:02

Não me parece...

Rui Gomes, em 07.09.18

 

download (1).jpg

 

Talvez seja mais desejo do que realidade. A Selecção Nacional fez uma boa exibição frente à Croácia, com construção de jogo quase brilhante mas com finalização deveras atroz. 

 

Seria possível recapitular as muitas oportunidades desperdiçadas, mas vem-me à ideia aquele lance em que André Silva é servido muitíssimo bem dentro da área e o seu remate foi para as núvens, sem sequer ameaçar a baliza croata. Os laterais a quererem marcar com remates em ângulos quase impossíveis.

 

No final das contas, foi necessário um defesa central - Pepe - marcar o nosso único golo da partida.

 

Cristiano Ronaldo já não será o que foi, mas ainda não chegámos ao ponto de não necessitar dele, tanto com o impacte nos adversários da sua presença em campo, como com a sua liderança e eventualmente os seus golos.

 

publicado às 12:08

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo