Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 25.10.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«Sobre os 'vouchers' já disse o que tinha a dizer, mantenho a minha opinião de que eticamente é reprovável, do mesmo modo que uma rapariga gira ir às finanças e com um sorriso e algum 'flirt' conseguir o que uma velha desdentada não consegue, mas nesse caso cabe à FIFA proibir liminarmente a prática.

 

Quanto aos árbitros vamos ficar caladinhos para não agoirar: isto este ano está muito bom, pensando nos 4 primeiros não consigo apontar uma equipa mais prejudicada do que beneficiada claramente (talvez o Porto ligeiramente mais prejudicado), e OXALÁ possamos dizer o mesmo daqui a uns meses.

 

Para mim o destaque deste post (Isto não é como jogar o dominó) e o maior perigo, é a primeira frase de Rui Barreiro. A dinâmica e aquela coisa difícil de definir que é o "espírito de equipa" estão de férias no Sporting, e estamos naquele momento raro em que Jorge Jesus parece não estar a conseguir extrair dos jogadores o máximo, nem a conseguir que executem as suas ideias (principalmente a defesa).

 

Há muitos problemas claramente identificados, e soluções possíveis. A questão será, o que vai ser feito? Despedir Jorge Jesus nesta altura seria uma solução que não só hipotecaria esta época como provavelmente a próxima. Espero que não se vá por aí até ao fim da época, pelo menos. Mas o que pode Bruno de Carvalho efectivamente fazer?

 

Estamos todos reféns de Jorge Jesus e do que ele conseguir ou quiser fazer, no fim do dia. O que não é nada bom, e foi um desfecho previsto por algumas vozes críticas à sua contratação. Mas a procissão ainda nem saiu do adro, esperemos».

 

 

Leitora: SOFIA

 

Tags:

publicado às 03:53

"Estratégia de orgulhamente isolado"

Rui Gomes, em 17.05.16

 

opiniaodoleitor(1).jpg

 

«Falemos em isolamento. Li ontem um artigo de opinião de um Sportinguista que falava em como o Benfica "navegou" o facto de que a generalidade da comunicação social não gosta de Bruno de Carvalho. Eu sei que o argumento mais em voga é porque "ele diz verdades incómodas". Mas não preciso de ir mais longe do que ontem à noite, em que Bruno resolveu colocar uma série de posts sobre hipocrisias e ironias em que ataca três jornalistas.

 

Um deles é Gabriel Alves porque teria escrito no seu Facebook uma opinião crítica da reacção do Sporting à perda do campeonato. E que faz Bruno? Vai fazer 'copy paste' de uma lista de frases emblemáticas atribuídas a Gabriel Alves para o achincalhar. Não é uma palavra que eu use muito, mas que aqui se adequa perfeitamente. Quantos de nós não conhecem as frases de Gabriel Alves? Fazem parte do futebol português. Quantos não nos rimos já e as enviámos para amigos? Quantos de nós esperaríamos ver o presidente do Sporting fazer um post com elas para envergonhar a pessoa em causa? Foi mesquinho, e eu é que me senti envergonhada.

 

Infelizmente a história não fica por aqui. Hoje descubro que, ao que parece, não foi Gabriel Alves. É simplesmente uma página a gozar/tributo dele, como tantas há no Facebook. Não sei se é verdade, mas uma rápida visita à página em questão permite ler a auto-descrição "um simples amante da geometria desportiva". A ser verdade que a página é falsa, significa que Bruno de Carvalho nem se deu ao trabalho de verificar a fonte da notícia antes de se lançar num ataque despropositado em termos de agressividade contra um dos mais antigos jornalistas desportivos portugueses.

 

Estratégia de orgulhosamente isolado. Veremos no que dá tanto vinagre».

 

 

                                                                                                                    SOFIA

 

Tags:

publicado às 14:47

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 09.05.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«A discussão e clima andam rasteirinhos por todo o lado, caro Julius... As últimas semanas do futebol português conseguiram tirar-me a vontade de ler e discutir futebol, o que não é fácil.

O Benfica ganhou bem, nada a dizer, e apesar de ter amigos que me escreveram a dizer que iam perder o campeonato hoje quando o Renato foi expulso, estou completamente de acordo consigo: foi uma sorte para eles (resta ver as consequências físicas). E não alinho em teorias de conspiração sobre jogadores comprados a não se esforçarem; se é para ir por aí, o Setúbal deste fim de semana também não foi bem o mesmo que foi à Luz.

Infelizmente o tempo está a esgotar-se. Tinha genuína esperança tanto no Rio Ave como no V. Guimarães. Embora não esteja a dar a coisa como perdida, se realmente o que ficar para a história for o segundo lugar, fica também um enorme orgulho nesta equipa e um desejo profundo de que as lições desta época (fora do campo) sejam devida e completamente assimiladas e que o incrível momento físico e mental desta Equipa se consiga transportar para a época que vem - seremos difíceis de parar.

Beijinhos para todos!»

 

 

Leitora: SOFIA

 

Tags:

publicado às 05:17

 

opiniaodoleitor(1).jpg

 

«Não me querendo alongar na discussão total, mas muito brevemente em relação ao que o Carlos diz sobre o Gelson e lavagens cerebrais tenho de lhe dar razão. O Gelson jogou no início da temporada, e já se lia por aí que comparando o desenvolvimento nesta idade, era melhor que Carrillo. E jogou bem, mexeu com vários jogos, não acho que estivesse pronta para ser titular mas estava a evoluir bem.

 

No mercado do inverno entra Bruno César, e vá contar os minutos do Gelson não no total mas depois desse momento. BC é uma grande mais valia? Compensa o trabalho que se pôs em Gelson? E o mesmo raciocínio para Matheus e Barcos. Era mesmo preciso ou foi panca de JJ? Mas não me surpreende, o que espanta é quem no início do campeonato e ainda agora nega este traço de JJ. Mas é como tudo neste novo Sporting: provavelmente a equipa fica bem mais madura e competitiva. Mas é preciso ter noção das consequências a médio longo prazo».

 

                                                                                                                  SOFIA

 

 

«Um dos problemas que Bruno causa e causou, desde que o Sporting lhe deu um palco e visibilidade, é que mesmo aqueles que não suportamos, não fazem parte do nosso alinhamento de vida, acabam por expressar aquilo que todos pensam.

Graças à sua paixão por aparecer e se fazer ouvir sobre tudo e todos, não há nada nem ninguém que não venha a terreiro ridicularizá-lo ainda mais e lançar farpas com argumentos que nos fazem usar a palavra MAS. Não gosto de x MAS não deixa de ter razão nas suas apreciações... y é execrável MAS as críticas fazem todo o sentido...

Quanto ao timing a única pessoa que não se pode queixar é o Bruno que todos os dias e a toda a hora dá "lenha para a fogueira". Para várias - todas - as fogueiras. Um tonto».

 

 

                                                                                                                  MARIA BELÉN

 

 

A mensagem de Bruno de Carvalho na página de Facebook:

 

A tal "campanha" da comunicação social chega ao Norte...


Nunca pensei ver o jornal do Porto e os comentadores do Porto concertados para dar "moral" ao Benfica e desejar que eles vençam o campeonato...


Será que o Porto também contratou a T1?


Mudam-se os tempos.... mudam-se as vontades!

Com o jornal o jogo na sua histeria normal mantendo o seu registo de ataque constante para os seus 6 leitores em Lisboa, aliás de todo o Portugal, menos no Porto onde duplicam as vendas... um novo "reforço" veio a terreiro... Miguel Guedes "cantor" e "comentador" portista em entrevista ao zerozero disse que gostava de ter umas férias sem ter de me ouvir...

É fácil Miguel, faça como eu... Não vou aos seus péssimos concertos nem vejo o programa onde finge ser um intelectual das artes...


Se quer um conselho amigo dedique-se à pesca.... E se for do bacalhau o Quim Barreiros não se deve importar de ser seu "mentor".

__________________________________________________

«Um disse uma frase menos agradável para o BdC, mas era preciso tanta agressividade na resposta ??... De facto, há quem não aceite a crítica seja de que forma for, o presidente do Sporting é um deles. Podia responder claro, mas perde a razão com o modo utilizado».

 

                                                                                                                   CARLINHA

 

publicado às 12:17

 

opiniaodoleitor(1).jpg

 

«Vou acrescentar uma opinião que parte das conclusões expostas pelo Drake Wilson, relativamente às recentes notícias de "falências".

Penso que os chamados "grandes" em Portugal foram tomando consciência dessa realidade à vez. O Porto primeiro, pois por vencer tantas vezes nos últimos 20 anos, foi o clube que melhor pode verificar o real valor do mercado Português em termos de futebol, e daquilo que é possível investir e recuperar em valores mais ou menos equilibrados. O Porto, com a sua massa adepta tipicamente muito investida no clube, a reboque de questões regionais, e presença assídua na liga dos milhões além da fase de grupos. Acredito que muita da estratégia de parceria com a Doyen e afins para poder ter jogadores de topo com custos mais focados nos salários (com péssimas consequências devido a factores extra-financeiros que não foram previstos, como a perda de identidade com o clube) passou por aqui.

Em seguida o Benfica, que nos anos loucos de Vieira e dinheiro Angolano se queria intrometer na luta pela Champions (?!). Os anos de Jesus (e pelo menos 1 antes) foram de um enorme investimento. E o clube gerou muito mais receitas, é verdade - camisolas, patrocínios, aumento substancial na bilheteira, presenças na Champions e idas a 2 finais europeias. E mesmo assim o endividamento aumentou brutalmente, e quando rebentou o caso BES tiveram de inverter o rumo - e muito do despachar de JJ e o "investimento na formação", como se fosse uma mudança de paradigma e não por pressão financeira, passam por aí.

E quanto vale então este mercado, com o desaparecimento da competitividade e cultura desportiva de que fala o Drake? Vale pouco, como é por exemplo patente no peso desproporcional que os dinheiro das competições europeias têm nos orçamentos dos clubes. Vejamos a Premier League como contra-exemplo, que padece de alguns problemas mas que soube contornar bem outros. O ano passado, o Leicester ficou bastante mal classificado, e portanto teve direito a uma fatia muito reduzida dos direitos televisivos, uns meros.... 100 milhões. E atenção, não estou a apresentar um argumento a favor da centralização dos direitos televisivos, apenas a demonstrar a diferença abissal na capacidade de venda dos jogos de uns e de outros (e também não penso que se possa dissociar a tal competitividade e cultura desportiva da capacidade de se implementar a referida centralização). Portanto, até para um Leicester, o ano passado a lutar pela manutenção, uma ida aos quartos de final da Champions que este ano trouxe um rendimento recorde ao Benfica, seria... 'peanuts'.

Penso que tanto o Benfica como o Porto têm actualmente uma muito melhor noção de quanto vale o mercado futebolístico Português, no seu expoente máximo (com conquistas, estádios cheios, idas à Champions), do que o Sporting, por motivos de percurso desportivo recente. A verdade é que não podemos ter massas salariais equivalentes às de um Leicester porque o nosso campeonato e dimensão socio-económica da população não o consegue comportar, e não havendo uma inversão do valor do nosso campeonato (pouco provável), por mais que hajam sócios a aumentar e valores "loucos" de contratos com a NOS, falências técnicas e ainda mais acentuada perda de competitividade serão a ordem do dia».

 

 

Excelente texto da estimada leitora SOFIA

 

Tags:

publicado às 04:33

Frase do Dia

Rui Gomes, em 03.04.16

 

escritor-antigo-atrás-do-computador-13283616.jpg

 

«Atrasados mentais, vândalos e gente normal há em todos os clubes, sem excepção. No que concerne o respeito pela morte de símbolos de outros clubes, nós também não temos propriamente uma "ficha limpa". A questão é que se 20 mil estiverem em silêncio e 100 energúmenos a fazer barulho, são estes que se ouvem. Os ódios entre clubes neste momento estão a ficar descontrolados e espero que não aconteça nada de grave entre adeptos, porque ninguém, de nenhum lado, terá a consciência tranquila».

 

                                                                                                                      Sofia

 

Tags:

publicado às 12:08

Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 22.03.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

Antonio Santos

 
Dificilmente iremos ser campeões, e por culpa própria, Tondela e Rio-Ave por erros de crescimento e falta de cultura de vitória e de estofo de campeão e Benfica por manifesta infelicidade ditaram a história deste campeonato.

Não vão haver eleições antecipadas coisa nenhuma e o treinador tem contrato por 3 anos e vai cumpri-lo, se dá ouvidos ao que jornaleiros e a máquina lampiã inventam para especular e tentar arranjar confusão isso já é um problema seu, não é por acaso que o querem fora dali o mais depressa possível, estivesse ele a fazer um mau trabalho que elogios não faltariam, é tão básico que até mete dó que haja quem coma.

Como lhe disse poder continuar a sonhar mais um ano, estou bastante curioso para ver qual o fantoche que aparece desta vez para servir o clube, ops, peço perdão, servir a escumalha que está por trás dele e que acha que é dona do clube por direito e que trata os sócios como "aquela gente que se senta lá nas bancadas".
 

Sofia

 
A máquina lampiã... ou seja, o jornal o Jogo?

Sempre achei que a verdade estaria algures no meio, nem era o mar de rosas apregoado, nem a desgraça noticiada. Eu não gosto de andar a perguntar coisas e a chatear amigos no meio, mas por coincidência estive este sábado com uma pessoa muito amiga do JJ, profissional e pessoalmente, que me disse que desde antes de começarem a sair essas notícias ele andava a queixar-se abundantemente de estar farto. Então contactei outra pessoa que conheço com quem ele se dá e que confirmou o mesmo independentemente. Uma é benfiquista, a outra sportinguista. Se nem a minha convicção nem as minhas fontes me fazem duvidar de que JJ foi para o Sporting de coração e motivado, agora também não acredito que cumpra o contrato, só se não tiver alternativas remotamente atractivas financeiramente.
 
Antonio Santos
 
O jornal o Jogo da máquina de propaganda lampiã ?

Em que mundo vive?

É que se é certo que ela é bem abrangente e está implantada em praticamente todos os órgãos da CS o o jornal o Jogo é mesmo o ultimo reduto onde ela não chega nem dita leis.

Jorge Jesus vai cumprir o contrato e vai ser campeão pelo SCP, vai ver. E, se preferir, pode perfeitamente vir a ser como diz: "por não ter alternativas remotamente atractivas financeiramente". Assim faz-lhe a vontade a si a aos seus "amigos". :)
 

Sofia

 
Essa sua resposta é reveladora de má vontade ou incapacidade de compreender de todo o que escrevi. Mas siga para o bingo que fazer futurologia é fútil.
 

Antonio Santos

 
Percebi de todo o que escreveu, simplesmente tenho a convicção que as informações que lhe dão não são verdadeiras e até que haja provas em contrário estou no meu direito.

Agora se acha má vontade eu querer que JJ cumpra contrato e que seja campeão no Sporting também está no seu direito, mas isso não se trata de futurologia, é a minha vontade e o meu desejo.
 
 
Sofia
 
António, futurologia é usar premissas e impressões do presente para tentar adivinhar o que vai acontecer no futuro. É o que eu estava a fazer, e o António, e muitas mais pessoas, não era nenhuma acusação pessoal, mas como cada qual assume o que quer, considerei-o um exercício inútil.
 
Se acha que aquilo que duas pessoas independentes que nem se conhecem e que têm simpatias clubísticas distintas me disseram é falso, está no seu direito, mas inferir que a saída de Jesus é aquilo que "eu e os meus amigos" querem já é fantasiar sobre algo a que eu não aludi sequer entre linhas.
 
Embora não ache que ele vale o dinheiro que recebe, é o melhor em Portugal e o Sporting joga o melhor futebol do campeonato. Tem no entanto várias debilidades que já lhe eram reconhecidas e que agora, naturalmente, tendem a ser desculpadas. Mas nada disso tem a ver com o que se passa no clube e nas relações internas.
 

publicado às 06:35

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds