Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As Notas de Julius 2023/24 (29)

Julius Coelho, em 30.01.24

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting CP e a outros intervenientes do jogo com o Casa Pia AC da 19ª jornada da Liga BETCLIC, que resultou numa vitória por 8-0. Golos de Sebastián Coates 14' e 81'; Viktor Gyokeres 23' e 32' (Penálti); Pedro Gonçalves 25'; Francisco Trincão 43' e 90'+4'; Geny Catamo 64'.

LEÃO ASSASSINO, ESMAGOU E TRITUROU

Exibição demolidora do Sporting no regresso ao campeonato, brindaram os casapianos com 8 golos (a maior goleada da Liga) sem resposta, mostrando um nível altíssimo de eficácia. Gyokeres, Coates e Tricão bisaram, Pote e Geny Catamo também fizeram o seu golo num jogo de um só sentido, o da baliza do Casa Pia que nada pôde fazer para impedir o impressionante volume ofensivo dos leões durante toda a partida. Ao intervalo a vitória já estava garantida com cinco golos de vantagem, uma tremenda resposta que a equipa de Alvalade deu às vitórias dos rivais e ao resultado infeliz em Leiria contra o SC Braga na Taça da Liga. Os leões seguem isolados na liderança.

Screenshot (852).png

DESTAQUE - VKTOR GYOKERES - 6 - Surreal a forma como voltou a destruir os defesas adversários, todos eles vão ter pesadelos à noite, de um gigante Viking a correr na sua direcção. É um matador nato e nunca dá uma bola por perdida, incansável entretinha-se ainda a fazer sprinters nos descontos!. Já é o melhor marcador do campeonato e no total já leva 24 golos na época, a sua melhor marca de sempre.

ANTONIO ADÁN - 3.5 - A defesa à sua frente não o deixou brilhar, todas as ofensivas perigosas do Casa Pia foram anuladas antes de chegarem à sua baliza. Sempre bem colocado resolveu com facilidade os poucos problemas que lhe apareceram. Fez grande defesa num remate de cabeça à queima, mas o avançado estava fora de jogo.

RICARDO ESGAIO - 3 - Fez por não complicar, jogando simples no passe certo. Explorou sempre o espaço no seu corredor colocando-se como um extremo, cumprindo com a estratégia. Ganhou na raça várias bolas divididas mas pouco feliz nos cruzamentos e na decisão do ultimo passe que nunca resultaram.

EDUARDO QUARESMA - 5 - Está com a corda toda, voltou a exibir-se a um nível muito alto, ganhando todos os duelos, na velocidade, na raça, na técnica e na superação. Sempre concentrado, não facilitou no passe e na decisão com critério. Agarrou a oportunidade com unhas e dentes e a jogar assim...ninguém lhe saca o lugar.

SEBASTIÁN COATES - 5 - Voltou a bisar depois da época do título e igualmente de cabeça e pé direito, (um bom presságio dos astros). Intratável e implacável dentro da área adversária abriu o marcador com um tremendo cabezazo que fuzilou as redes do Ricardo Baptista, golo que desbloqueou o jogo.

GONÇALO INÁCIO - 4 - Está a tornar-se um mestre nos lançamentos longos teleguiados para as costas dos defesas adversários. Ontem voltou a executar vários que partiram os rins aos centrais casapianos.

NUNO SANTOS - 3.5 - Teve participação activa em 3 golos, na retina ficou o túnel brilhante na origem do 4º golo, mas voltou a somar más decisões e falta de concentração em vários lances que se perderam no ataque e em outros que ameaçaram dar vida ao ataque inexistente do Casa Pia.

MORTEN HJULMAND - 5 - O pêndulo perfeito, marcou a pauta do ritmo do jogo da equipa, indicando-lhe sempre os melhores atalhos para chegar à baliza do Casa Pia. Parecia estar em todo o lado do meio campo a bloquear as investidas do adversário e fez grande assistência para o golo do Pote. O melhor elogio, é já ninguém se lembrar do grande Manuel Ugarte.

PEDRO GONÇALVES - 5 - Que soberba exibição fez nos primeiros 45'. Marcou grande golo, assistiu e rubricou vários lances de grande classe só ao alcance dos predestinados. Já com a vitória garantida ao intervalo, foi poupado e já não regressou para a segunda parte.

FRANCISCO TRINCÃO - 5 - Por vezes excedeu-se no egoísmo do seu individualismo quando podia resolver de forma bem fácil, mas lutou como um leão durante toda a partida e teve o seu merecido prémio, bisou  e um dos golos foi um hino ao futebol.

MARCUS EDWARDS - 3 - O menos fulgurante da linha da frente, fez assistência para o 5º golo, mas raramente saiu ileso dos duelos, faltou-lhe mais rapidez e melhor decisão na execução.

DANIEL BRAGANÇA - 3 - Entrou para a segunda parte e já com o resultado muito desnivelado, procurou que a equipa não baixasse excessivamente o ritmo mas que ainda deu para marcar mais três golos. Cumpriu com exibição competente.

PAULINHO - 3 - Pouco mais de meia hora na segunda parte em que mostrou muita fome de bola e sede de marcar, por isso correu kilómetros atrás da bola e dos adversários e sem dar tréguas a ninguém.

GENY CATAMO - 4.5 - Brutal, acabado de chegar da Taça Africana bastaram-lhe 30' para fazer grande golo e assistência.

MATHEUS REIS - 2 - Jogou o quarto de hora final, a tempo de participar no 8º golo que fechou o placard da goleada.

DÁRIO ESSUGO - SEM NOTA - Entrou nos instantes finais.

RUBÉN AMORIM - 6 - Mesmo soberba, a forma como preparou a equipa para este jogo do campeonato após a derrota injusta com o Braga em Leiria. Era crucial dar uma boa resposta contra um adversário que se situava no meio da tabela e que organiza sempre bem a sua estratégia defensiva, saiu tudo perfeito. A equipa mostrou fome de bola e grande insatisfação em cada golo que ia marcando, foram 8 e ainda sobraram oportunidades para mais. Uma máquina assassina de esmagar e triturar ainda em crescimento e que deixaram muito satisfeitos os adeptos do Sporting. Chegar ao intervalo com 5-0 só mesmo há 50 anos atrás.

PEDRO MOREIRA - 1 - Nunca irá esquecer a noite humilhante de ontem, não contava com um leão tão forte e tão demolidor, viu a sua equipa completamente dizimada em apenas 45'. Um rolo compressor que lhe retirou todas as possibilidades de poder responder. Por ele o jogo acabava ao intervalo para não terem que passar por mais humilhação, menos mal na segunda parte porque o Sporting baixou o ritmo e tiveram mais espaços.

HÉLDER CARVALHO (Árbitro) - 4 - Não existem arbitragens perfeitas e o Hélder Carvalho cometeu os seus erros, correcto o cartão amarelo ao Hjulmand pelo forte pisão, errou depois ao não sancionar da mesma forma os outros pisões violentos a jogadores do Sporting. Ficou também a dúvida sobre um segundo amarelo que não mostrou ao defesa que fez penálti e que impediu o Gyokeres de fuzilar.

BRUNO ESTEVES (VAR) - 4 - Foram nove as vezes que teve que analisar lances e em todas decidiu bem.

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo