Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fotografia com história dentro (149)

Leão Zargo, em 02.06.19

SCP 1953-54 tetra e dobradinha.jpg

Galaz, o “pêndulo da equipa”

O algarvio João Galaz jogou no Sporting entre 1953 e 1960. Apesar de não possuir o currículo desportivo de outros atletas leoninos, estrelas no Clube e na Selecção, foi um dos jogadores nucleares do seu tempo. O brio que colocava na disputa do jogo e a confiança que transmitia tornaram-no quase imprescindível. Manteve com Caldeira e Pacheco uma luta acérrima pela titularidade na defesa. A polivalência permitia-lhe ocupar um lugar na linha média.

Galaz realizou grandes épocas no Sporting, sendo em algumas delas um dos atletas que participou em maior número de jogos. Aconteceu, por exemplo, no ano do tetra e da dobradinha, em 1953-54, e na conquista do título de Campeão Nacional, em 1957-58. Jogando, na defesa ou no meio campo, foi considerado o “pêndulo da equipa”. Por modéstia, costumava afirmar que isso se devia apenas à sua concentração em cada partida que disputava.

Participou em 137 jogos oficiais com o leão ao peito e esteve em 4 de Setembro de 1955 na histórica abertura da Taça dos Clubes Campeões Europeus frente ao Partizan de Belgrado. Uma das maiores desilusões da sua carreira de futebolista decorreu de nunca ter sido internacional A, embora tivesse vestido as camisolas das selecções B e Militar. Recebeu em 2009 o Prémio Stromp na categoria “Saudade”. Faleceu em 1 de Junho de 2016.

Na fotografia, uma equipa leonina na época do tetra e da dobradinha (1953-54):

De pé - Janos Hrotko, José Rita, Carlos Gomes, Passos, Galaz, Caldeira e Juca;

Em baixo - Hugo, Vasques, João Martins, Travassos e Fernando Mendonça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:49

Fotografia com história dentro (75)

Leão Zargo, em 10.12.17

 

SCP 3 VFC 2 final TP 1954 Travassos Pinto de Almei

 

O ano do tetra e da 3ª dobradinha

 

A época de 1953-54 foi verdadeiramente extraordinária para o Sporting. Apesar do início irregular no Campeonato Nacional em consequência das lesões de jogadores influentes e da substituição do orientador técnico Álvaro Cardoso por Tavares da Silva, sempre com Joseph Szabo como treinador de campo, a época foi coroada com a conquista do título de Campeão Nacional e da Taça de Portugal. Tratou-se do tetra e da terceira dobradinha da história leonina. O avançado João Martins, com 31 golos, recebeu a Bola de Prata.

 

Na fotografia, Travassos e Pinto de Almeida, capitães de equipa do Sporting e do Vitória de Setúbal, cumprimentam-se na final da Taça de Portugal que se realizou em 27 de Junho de 1954.  Os leões venceram por 3-2 uma partida que foi sempre bastante emotiva e com resultado incerto até ao último minuto. No entanto, a caminhada do Sporting até ao Jamor terá sido ainda mais impressionante do que o jogo dessa final. É que para lá chegar teve de eliminar sucessivamente o Benfica, nos oitavos de final, o FC Porto, nos quartos de final, e o Belenenses, nas meias finais. Trata-se de um caso único na história da prova rainha do futebol português!

 

Ficha de jogo:

 

Final da Taça de Portugal (1953-54)

Estádio Nacional, 27 de Junho de 1954

Sporting 3 - Vitória de Setúbal 2

Árbitro - Braga Barros (Leiria)

 

Sporting - Carlos Gomes, António Lourenço, João Galaz, Janos Hrotko, Gonçalves, Juca, Galileu, Vasques, João Martins, Fernando Mendonça e Travassos

 

Treinadores - Tavares da Silva e Joseph Szabo

 

Marcadores - Vasques, 15’, e Fernando Mendonça, 18’ e 54’

 

V. Setúbal - Francisco Batista, Jacinto Forreta, Manuel Joaquim, Artur Vaz, Emídio Graça, Orlando, António Inácio, Soares, João Mendonça, Pinto de Almeida e António Fernandes

 

Treinador - Janos Biri

 

Marcador - Soares, 24’ e 40’

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:31

Arquivo do Passado

Rui Gomes, em 30.04.15

 

14657288_CQZ0Y.jpg

 

Equipa da época 1953-54

 

De pé: Hrotko - Rita - Carlos Gomes - Passos - Galaz - Caldeira - Juca

 

Em baixo: Hugo - Vasques - Martins - Travassos - Fernando Mendonça

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:29

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo