Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fotografia com história dentro (147)

Leão Zargo, em 18.05.19

 

SCP 1978-79 Antas 1.4.1979.jpg

 

Um Porto - Sporting para o Campeonato Nacional (1978-79)

 

O Porto - Sporting que se disputou em Abril de 1979 para a 24ª jornada do Campeonato Nacional teve um aspecto em comum com o clássico de hoje: portistas e benfiquistas lutaram pelo título até ao último dia, enquanto que o 3º lugar ficou para os sportinguistas. Neste jogo nas Antas, os leões apresentaram-se muito bem organizados e disciplinados tacticamente, num 4x3x3 ameaçador que perturbou os jogadores azuis e brancos. 

 

Durante os noventa minutos da partida, a equipa do Sporting defendeu sempre com grande acerto, o guarda-redes Botelho realizou uma exibição brilhante, o meio campo foi laborioso e o tridente ofensivo com Keita, Manuel Fernandes e Jordão conseguiu manter a defensiva adversária em constante sobressalto. O empate (0-0) acabou por ser o resultado justo e, apesar do ponto perdido, o Porto acabaria por conquistar o Campeonato.

 

Mas, a história da fotografia não se esgota neste “clássico”, e permanece muito válida na actualidade. É que apesar de uma “guerra” declarada com o Benfica, o Sporting foi capaz de se reforçar e preparar a época seguinte, conquistando um título de Campeão Nacional invulgarmente épico, que premiou a orientação sábia e resiliente do treinador Fernando Mendes. Um triunfo inesquecível, de uma equipa com raça e querer inexcedíveis.

 

Na imagem, a equipa leonina que iniciou o Porto 0 - Sporting 0 em 1978-79:

 

Em cima - Laranjeira, Bastos, Keita, Marinho, Jordão e Botelho;

Em baixo - Ademar, Manuel Fernandes, Inácio, Zandonaide e Artur.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:06

Fotografia com história dentro (40)

Leão Zargo, em 09.04.17

 

SCP 3 - UL 0 1.6.1980.jpg

 

 O ano da “Santa Aliança”

 

 

A luta pelo título de Campeão Nacional em 1979-80 foi titânica. O Sporting, que não vencia o Campeonato desde 1974, queria quebrar aquele que, na altura, era o maior jejum da sua história. O FC Porto perseguia o Tri e pretendia afirmar a hegemonia no futebol português. Na última jornada, Alvalade encheu-se até quase rebentar pelas costuras para assistir a uma categórica vitória leonina sobre o União de Leiria (3-0). A resiliência sportinguista permitiu a conquista do desejado título.

 

Essa época ficou para a História como a da “Santa Aliança”. Foi assim mesmo que Pinto da Costa, o presidente do FC Porto, a crismou em virtude de uma invulgar união entre o Sporting e o Benfica. Águias torceram pela vitória dos leões no Campeonato Nacional. E vice-versa na Taça de Portugal. Houve benfiquistas em Alvalade a aplaudir no jogo do título com o União de Leiria. E muitos sportinguistas retribuíram uma semana depois, comparecendo na final do Jamor para apoiar o eterno rival numa vitória difícil contra os portistas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05

Fotografia com história dentro (12)

Leão Zargo, em 04.09.16

 

Jordão SCP-UL 1.Junho.1980.jpeg

O segundo golo de Jordão: invasão de campo

 

 

Jordão e a Bola de Prata (1979-80)

 

O sportinguista Rui Jordão conquistou a Bola de Prata em 1979-80, atribuída pelo jornal A Bola. Marcou 31 golos e repetiu o feito de 1975-76 no Benfica. O troféu foi disputadíssimo nesse ano e o vencedor ficou decidido na última jornada do Campeonato. Jordão marcou duas vezes (Sporting-União de Leiria) e Nené ficou em branco (Marítimo-Benfica).

 

Alguns anos mais tarde, Jordão recordou esse jogo: "Ao intervalo os meus colegas fizeram apostas entre eles que eu ainda iria conseguir marcar dois golos. Realmente, acabei por conseguir com a ajuda de todos eles. Jamais esquecerei aquela tarde de Alvalade.”

 

A fotografia documenta a invasão de campo que se verificou atrás da baliza sul logo a seguir ao segundo golo de Jordão, aos 88 minutos. Nesse dia, 1 de Junho de 1980, houve quatro invasões do relvado de Alvalade: por cada um dos três golos marcados ao União de Leiria e, no final do jogo, para festejar o título de Campeão Nacional.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

Fotografia com história dentro (11)

Leão Zargo, em 28.08.16

 

SCP 3 UL 0 01.06.1980.jpeg

 

A festa do título em 1979-80

 

A tarde de 1 de Junho de 1980 foi magnífica e inesquecível para todos os sportinguistas. Foi magnífica pela conquista de um título de Campeão Nacional invulgarmente épico, que premiou a orientação sábia e resiliente do treinador Fernando Mendes. Inesquecível porque, num gesto insólito de loucura e paixão, o capitão Manuel Fernandes correu sozinho de braços abertos direito à multidão que invadira o relvado, desaparecendo no meio do entusiasmo sem limites da festa leonina.

 

Foi o ano em que Sporting e Benfica se uniram para festejar. As águias torceram pela vitória dos leões no Campeonato Nacional. E vice-versa na Taça de Portugal. Houve benfiquistas em Alvalade a aplaudir no jogo do título com o União de Leiria na última jornada. Sportinguistas retribuíram uma semana depois, comparecendo na final do Jamor para apoiar o eterno rival numa vitória difícil contra os portistas. O ano da “Santa Aliança”, como lhe chamou Pinto da Costa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo