Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sporting 2 - SC Braga 0 1999-00 CN 8ª jornada 23.10.1999

Diário de um título 1999-00

Leão Zargo, em 02.06.20

SCP SCB 1999-00 2-0 CN 8ª jornada 23-10-1999.jpg

Expectativa em Alvalade depois da derrota em Alverca. Nós, os adeptos, ora ajudamos, ora complicamos. Na verdade, há uma lógica poderosa no mundo do futebol. As nossas faculdades críticas ficam diminuídas, quando a nossa equipa vence está tudo bem, quando perde cai o Carmo e a Trindade. É o poder do envolvimento emocional que determina isso mesmo.

Choveu durante quase todo o jogo que não podíamos perder nem sequer empatar. Valeu a simplicidade de processos. A defesa de Schmeichel naquele livre na pequena área fica para memória futura. Iordanov ainda faz a diferença, seja num cruzamento, num remate inesperado ou num momento de inspiração. Hoje, abriu o livro. De Franceschi estreou-se a marcar.

Jogaram os seguintes leões: Peter Schmeichel, Saber, Quiroga, Beto, Rui Jorge, Vidigal, Duscher, Pedro Barbosa (Toñito, 82’), Iordanov-capitão, Beto Acosta (Aiew, 48’) e De Franceschi (Hanuch, 72’). Golos por Iordanov (51′) e De Franceschi (60’).

publicado às 12:00

Alverca 2 - Sporting 1 1999-00 CN 7ª jornada 17.10.1999

Diário de um título 1999-00

Leão Zargo, em 30.05.20

Alverca SCP 1999-00 2-1 CN 7ª jornada 17.10.1999.

Uma derrota muito frustrante com o Alverca. Sete jogos, três vitórias, três empates e uma derrota. O 4º lugar na classificação a sete pontos do Benfica, a três do FC Porto e a dois do Guimarães. Doze golos marcados e sete sofridos. O todo, a equipa, tem de ser mais do que a soma das suas partes. Na verdade, não existe jogo colectivo.

Saiu Materazzi, entrou Inácio, a equipa não pode desiludir repetidamente os adeptos com jogos tão medíocres. Salvou-se o jogo com o Farense e, se houver boa vontade, com o Setúbal e o Boavista. Mas, o futebol tem a qualidade extraordinária de nos fazer crer que o que foi possível no passado voltará a ser possível outra vez.

O Sporting jogou com Schmeichel, Saber, Quiroga, Vidigal, Rui Jorge, Delfim (Iordanov, 81’), Duscher, Pedro Barbosa-capitão, Hanuch (Aiew, 61’), Acosta e De Franceschi (Krpan, 45’). O golo do Sporting foi marcado por Rui Jorge (5′), os golos do Alverca por Rui Borges (62’) e Anderson Luiz (77′).

publicado às 14:45

Sporting 2 - Boavista 0 1999-00 6ª jornada 4.10.1999

Diário de um título 1999-00

Leão Zargo, em 26.05.20

SCP BFC 1999-00  2-0 6ª jornada 4.10.1999.jpg

Noite de novidades. Quiroga e Vidigal no centro da defesa e as estreias de Hanuch, De Franceschi e Iordanov. Materazzi não aqueceu o lugar, estava escrito nas estrelas depois da eliminatória com o Viking e dos empates para o Campeonato. É melhor assim, quem espera nunca alcança. Augusto Inácio e Manolo Vidal sentaram-se no banco.

O jogo era para ganhar. Quem é resistente o acaso vai ao seu encontro. Livre directo de Delfim e golo. Foi o terceiro da contabilidade esta época. Ao cair do pano, Acosta segurou a vitória. Pelos vistos este ano não vai dar para ter um jogo tranquilo. Hanuch esforçou-se muito e De Franceschi não teve tempo para mostrar grande coisa. Para ver e rever.

Leões em campo: Schmeichel, Saber, Quiroga, Vidigal, Rui Jorge, Delfim, Duscher, Pedro Barbosa - capitão, Hanuch (De Franceschi, 75’), Acosta (Aiew, 89’) e Edmilson (Iordanov, 60’). Os golos foram marcados por Delfim (36′) e Acosta (87′).

publicado às 13:00

Gil Vicente 1 - Sporting 1 1999-00 CN 5ª jornada 25.9.1999

Diário de um título 1999-00

Leão Zargo, em 22.05.20

Gil Vicente SCP 1999-00 1-1 CN 5ª jornada 25.9.19

O terceiro empate em cinco jogos. Outra vez a primeira parte oferecida ao adversário. Um jogo para nunca esquecer e o penálti que o árbitro fez que não viu. Mas, viu bons motivos para expulsar Beto e Marcos, logo os dois centrais. A uma provocação, Beto achou normal responder à cabeçada. Marcos não dá para mais. Schmeichel pareceu mal batido.  

O futebol do Sporting é uma garrafa de vinho meia vazia. Valeu o Acosta, o Rui Jorge e o Delfim, talvez o Barbosa, o Aiew e o Toñito.  A angústia daquele jogo parecia não ter fim. A propósito de outras coisas, Mário Cesariny alertou: “Limito-me a dizer objectivamente o que penso. Chegámos ao extremo-limite do perigo”. Se houver vontade, é possível mudar.

O Sporting jogou com Schmeichel, Quim Berto, Marcos, Beto, Rui Jorge, Delfim, Duscher (Edmilson, 79’), Pedro Barbosa-capitão, Aiew, Acosta (Vidigal, 89’) e Viveros (Toñito, 45’). Golos de Fangueiro (12’) e Delfim (79’).

publicado às 13:15

Sporting 1 - Estrela da Amadora 1 1999-00 CN 4ª jornada 20.9.1999

Diário de um título 1999-00

Leão Zargo, em 19.05.20

SCP EA 1999-00 1-1 CN 4ª j 20.9.1999 2.jpg

J.P. Sartre escreveu que num jogo de futebol tudo se complica com a presença da equipa adversária”. Nem mais. A primeira parte a ver jogar, isto já parece sina. O segundo penálti falhado. A bola é redonda e são onze de cada lado, mas há ali muita conversa embalada. Depois foi o sufoco da segunda parte, lá à frente, mas a temer o contra-ataque.

Acosta jogou o jogo todo, nunca se escondeu, não fez gazeta nem um minuto. Marcou um golo, viu outro anulado. Extraordinário espírito colectivo e de luta, para dar e vender. Puxa pela equipa e pelos adeptos. Empatámos o jogo, apesar do trabalho dele. Precisamos de alguém assim, tem de jogar sempre. A seguir vamos a Barcelos.

O Sporting alinhou com Peter Schmeichel, Saber, Marcos, Beto, Rui Jorge (Vinicius, 66’), Delfim, Duscher, Pedro Barbosa-capitão (Edmilson, 45’), Aiew (Vidigal, 86’), Acosta e Viveros (Toñito, 71’). Golos por Gaúcho (9’) e Acosta (54’).

publicado às 14:00

SC Farense 0 - Sporting 3 1999-00 CN 3ª jornada 12.9.1999

Diário de um título (1999-00)

Leão Zargo, em 15.05.20

SCF SCP 1999-00 0-3 CN 3ª jornada 12.9.1999.jpg

Domingo cheio de sol em Faro, com o S. Luís completamente cheio. Foi ali que comecei a gostar do futebol. O Farense jogou com sua camisola Stromp, bipartida preta e branca. O Sporting não deu hipóteses, entrou logo com fome de bola. Há dias assim. Aiew aos dois minutos e Rui Jorge aos nove simplificaram o que seria complicado.

Aiew marcou um golo semelhante ao que fez ao Setúbal. O ganês entrou por ali a dentro como um leopardo na savana. Rui Jorge e Delfim marcaram de livre directo. Cada livre deles escaldou as luvas do Candeias. Delfim marcou e levantou a camisola. Por baixo dizia “Um golo por Timor”. O futebol tem muitas coisas bonitas de se ver.

Os leões em campo: Schmeichel, Saber, Marcos, Beto, Rui Jorge (Vinicius, 66’), Delfim, Duscher, Pedro Barbosa-capitão, Aiew (Acosta, 89’), Edmilson e Viveros (Vidigal, 83’).

publicado às 14:00

Sporting 2 - Vitória de Setúbal 1 1999-00 CN 2ª jornada 30.8.1999

Diário de um título (1999-00)

Leão Zargo, em 12.05.20

SCP VFC 1999-00 2-1 CN 2ª jornada 30.8.1999.jpg

Segunda feira à noite a reviver o passado em Alvalade. A primeira parte foi de arrepiar. No relvado, todos deram o litro, mas havia sempre um passe a mais ou a menos. Bola para um lado, jogador para outro. Um livre directo, o Chiquinho do Setúbal a fazer que faz, mas não fez, e o Schmeichel a ver o baile. Só nos sonhos é que o guarda-redes agarra sempre a bola.

Valeu a segunda parte que foi de grande luta, de muito esforço, com dois golos do Aiew e do Beto. Rapidez felina de um, impulsão espectacular do outro. Os adeptos puxaram pela equipa, também fazem parte do jogo. O futebol por vezes recompensa quem se entrega à luta. Não é uma ciência exacta, mas ainda existem coisas exactas no futebol.

Jogámos com Schmeichel, Saber, Marcos, Beto, Vinicius (Rui Jorge, 45’), Delfim, Duscher, Pedro Barbosa-capitão (Acosta, 86’), Toñito (Hanuch 62′), Aiew e Edmilson. Os golos do Sporting foram marcados por Aiew (53′) e Beto (79′). O Pedro Henriques marcou o livre directo que deixou o Schmeichel aos papéis (34’).

publicado às 13:30

Santa Clara 2 - Sporting 2 1999-00 CN 1ª jornada 20.8.1999

Diário de um título (1999-00)

Leão Zargo, em 08.05.20

SCP 1999-00 jogo Santa Clara 2 Sporting 2 CN 1ª j

O jejum vai longo, ninguém esquece o “luto” na época passada, ser sportinguista é sinal de sofrimento. O Santa Clara chegou ao 2-0, o Gamboa andou à boa vida na grande área sem que o pusessem em sentido. Dois golos, toma lá um, toma lá outro a seguir. E ainda podia ter entrado o terceiro. Aquilo não foi uma defesa, foi um passador. Um alívio quando chegou o intervalo.

O Beto Acosta sacou um penálti para o Edmilson falhar, fez-lhe uma assistência que foi só encostar a cabeça e ainda empatou o jogo. O “Grand Danois” fartou-se de gritar com os defesas, ficaram todos com as orelhas a arder. Curioso, nos pontapés de canto o primeiro poste é dele, nunca tinha visto assim. O empate nos Açores soube a pouco, não é grande começo. Aguenta coração.

Na jornada de abertura, jogámos com Peter Schmeichel, Quim Berto (Hanuch 61′), Beto, Quiroga, Rui Jorge, Vidigal, Duscher, Pedro Barbosa-capitão, Toñito (Saber 45′), Acosta e Edmilson (Krpan 80′). Os golos do Sporting foram marcados por Edmilson (53′) e Acosta (64′). Pelo Santa Clara bisou o Gamboa (23’ e 44’).

publicado às 03:04

O jogo de apresentação com o Belenenses (7.8.1999)

Diário de um título (1999-00)

Leão Zargo, em 05.05.20

SCP 1999-00 jogo com CFB apresentação.jpg

A bola já salta e parti à pressa para Alvalade. No relvado estavam todos no aquecimento. Fixei-me no Peter Schmeichel. No Hanuch roubado ao Benfica. De Franceschi  com nome de Ivone e Aiew correm muito, vão dar que fazer aos defesas. E os outros todos, se calhar até vamos ter equipa. O Toñito não equipou. Giuseppe Materazzi não convence, mas estão lá Manolo Vidal e José M. Torcato. A ver vamos. Muitas bandeiras, o entusiasmo, o clamor de sempre, começou o jogo e passou a existir apenas o que interessa.

O jogo não entusiasmou, o Belém não facilitou, mas ganhámos com um golinho do Aiew. Já está a render. O “Grand Danois” é um espectáculo dentro do espectáculo, o Barbosa passou o Verão sem comer “croissants”, o Duscher é um pêndulo e o Rui Jorge um relógio suíço, o Iorda está para as curvas, ainda mais o Beto, o Delfim, o Acosta, o Edmilson, o Vidigal… Estes jogos servem para aquecer os motores. À minha volta na bancada nova (sector 27 fila 21 cadeira 42) o pessoal do costume. Cumprimentos e polegares para cima.

Jogámos com Peter Schmeichel (Nelson, 80’), Saber (Quim Berto, 45’) Beto (Acosta, 81’), Marcos (Quiroga, 45’), Vinicius (Robaina, 6’ e Kmet, 57’), Delfim (Vidigal, 57’), Duscher (Viveros, 80’), Pedro Barbosa (Krpan, 45’), Rui Jorge, Iordanov-capitão (Hanuch, 45’) e Ayew (Edmilson, 45’).

publicado às 03:05

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo