Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Sporting joga amanhã… (época de 2021-22)

Sporting - Tondela, 28 de Novembro de 2021, às 18h00

Leão Zargo, em 27.11.21

Sporting 4 - Tondela 0 1ª Liga 2020-21.jpg

Sporting CP e CD Tondela jogam amanhã para a 12ª jornada da 1ª Liga. Desde que os tondelenses subiram à 1ª Liga em 2015-16, os dois clubes defrontaram-se seis vezes em Alvalade, verificando-se três vitórias leoninas e três empates. Na época passada os leões venceram por 4-0, com golos de Pedro Gonçalves (dois), Pedro Porro (que se estreou a marcar) e Sporar. Com esta vitória, o Sporting ascendeu à liderança do campeonato, com mais um ponto do que o Benfica que perdeu no Bessa.

Na frente interna, Alvalade tem sido uma fortaleza inexpugnável. Entre 330 clubes de 20 campeonatos europeus, o Sporting é aquele que está há mais tempo sem sofrer derrotas perante o seu público em provas nacionais (Campeonato da Liga, Taça de Portugal e Taça da Liga). Segurança defensiva em primeiro lugar. Como Rúben Amorim costuma dizer, se não sofrermos golos com certeza que marcaremos um e ganharemos o jogo. Mas, não se trata apenas de segurança defensiva, mas sim de uma grande equipa com “personalidade de campeã” e cada vez “mais entrosada e adulta nos processos”, como salientou o Julius Coelho a propósito da jornada na Mata Real.

Na Champions League, o Sporting fez a quadratura do círculo: começou com uma derrota em casa, uma excepção em toda esta época, estabilizou em Dortmund apesar da derrota, reencontrou-se, e garantiu a passagem aos oitavos de final faltando um jogo. Em Alvalade, com o Borussia Dortmund, foi um “jogão”, num ambiente espectacular, com emoção a rodos, no relvado e nas bancadas. Agora, os jogadores têm de descer à terra, sintonizar para a competição interna, por que não pode de modo algum faltar arte e engenho para derrotar o Tondela.

Na fotografia, os jogadores leoninos festejam um dos golos no Sporting-Tondela disputado em 2020-21.

NOTA: São três o número de jogadores indisponíveis no plantel do Tondela para o jogo com o Sporting, devido à Covid-19, sendo que o treinador Pako Ayestarán, igualmente infectado, não vai estar no banco dos beirões em Alvalade. 

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Paços de Ferreira - Sporting, 7 de Novembro de 2021, 19h00

Leão Zargo, em 06.11.21

Paços de Ferreira 0 - Sporting 2 2020-21 Coates.j

O Sporting defronta amanhã o Paços de Ferreira para a 11ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, na Capital do Móvel, os leões venceram por 2-0 com golos de Jovane e de Coates. Foi a estreia leonina no campeonato em virtude do adiamento do jogo com o Gil Vicente por causa da Covid-19. O Clube vivia uma fase estranha, na véspera os sócios tinham rejeitado o Relatório e Contas e o orçamento, alguns jogadores e Rúben Amorim ficaram em casa a recuperar do coronavírus, mas a equipa mostrou em campo uma união que não existia no resto do universo sportinguista.

Espera-nos casa cheia em Paços de Ferreira, o presidente dos castores sonha com um bom resultado e avisa que “o Sporting vai ter de mostrar em campo a sua superioridade”. Sem dúvida, é lá dentro das quatro linhas que cada equipa mostra o que vale. De nós sabemos nós, o grupo está coeso, unido, muito forte defensivamente, e o tridente ofensivo está cada vez mais eficaz, melhor entrosado. Pote apura a sua condição física a olhos vistos, Sarabia está cheio de “ganas” e Paulinho tem a pontaria mais afinada.

No final do jogo com o Beksitas, Pote afirmou que “fomos fantásticos esta noite, tanto a defender como a atacar. Ficámos contentes que neste jogo os sportinguistas não tenham sofrido tanto. (...) Vamos entrar em todos os jogos para vencer”. Precisamente, todos nós, sportinguistas, até estamos habituados a vibrar e a sofrer até ao último instante, mas até gostamos de jogos que permitam um certo descanso ao coração. As dificuldades são motivações, os desafios oportunidades e a superação física o passaporte para a vitória.

Na fotografia, Coates marca o segundo golo no Paços de Ferreira - Sporting disputado em 2020-21 que os leões venceram por 2-0.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - V. Guimarães, 30 de Outubro de 2021, às 21h15

Leão Zargo, em 29.10.21

Sporting 1 - Guimarães 0 2020-21.jpg

O Sporting e o Vitória de Guimarães defrontam-se amanhã para a 10ª jornada da 1ª Liga. No jogo entre os dois clubes em Alvalade na época passada, os leões venceram por 1-0, com golo de Gonçalo Inácio. A equipa sportinguista apresentou-se com seis jogadores formados na Academia de Alcochete e aos 84 minutos de jogo entrou Dário Essugo, com 16 anos de idade, tornando-se no mais jovem a estrear-se de leão ao peito no campeonato português. Daniel Bragança alinhou pela primeira vez a titular. 

No final da partida com o Famalicão para a Taça da Liga, Rúben Amorim antecipou o desafio com os vimaranenses afirmando que “se formos ponto a ponto não há realmente uma equipa titular”. É evidente que os jogadores não têm a mesma qualidade, uns são mais decisivos do que outros, mas todos estão entrosados com os companheiros, com o colectivo. O treinador leonino acredita nos seus jogadores e trabalha para os fazer evoluir e refinar.

Ainda falta ritmo de jogo a Ugarte, mas deixou as melhores indicações. Presença física, posicionamento no campo, qualidade de passe, leitura de jogo. E ainda marca golos. Tiago Tomás continua a recuperar de uma mialgia na coxa direita e fez apenas tratamento. Se o Sporting vencer amanhã completa uma série vitoriosa de cinco jogos para o campeonato da Liga. Espera-se que o relvado de Alvalade esteja em boas condições.

Na fotografia, os leões festejam depois de Gonçalo Inácio ter marcado o golo no Sporting - V. Guimarães disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Moreirense, 23 de Outubro de 2021, às 20h30

Leão Zargo, em 22.10.21

Sporting 2 - Moreirense 1 2019-20 Pote.jpg

Sporting e Moreirense defrontam-se amanhã para a 9ª jornada da 1ª Liga. No jogo entre as duas equipas na época passada, os leões venceram por 2-1, com dois golos de Pote que marcava pelo quinto jogo consecutivo. Por essa altura era evidente que, apesar de parecer impossível, já tinha sido encontrado um sucessor à altura de Bruno Fernandes. Qualidade técnica, instinto de goleador e vibração competitiva. Oito golos em oito jogos.

Depois da excelente vitória em Istambul para a Liga dourada, segue-se o clube de Moreira de Cónegos para a Liga portuguesa. Cada jogo tem um resultado final imprevisível, mas se os jogadores sportinguistas mantiverem a pressão e o foco na baliza adversária ficarão mais perto de vencer. Se abrirem o marcador cedo tornarão o jogo menos complexo. Uma grande equipa tem de se apresentar com elevada qualidade em todos os palcos onde actua. Rúben Amorim bem avisou: “Agora temos de vencer o Moreirense, aí é que provamos que podemos estar na Champions”.

É previsível que o nosso adversário se apresente em Alvalade com um futebol defensivo, em bloco baixo e muita agressividade nos duelos individuais. A isso já estamos habituados, mas exige-se desportivismo, entradas sem violência, embora todos os jogadores disputem a posse da bola com querer e rigor. A única vez que o Moreirense conquistou pontos em Alvalade foi em 2014-15 (1-1).

Nota: Amanhã, não é apenas dia de jogo, mas também de Assembleia Geral do Clube, no Pavilhão João Rocha, com início da Ordem dos Trabalhos pelas 11h30, hora a partir da qual estará aberta a votação.

Na fotografia, o Sporting - Moreirense disputado em 2019-20. Os leões festejam um dos golos de Pote.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Arouca - Sporting, 2 de Outubro de 2021, 20h30

Leão Zargo, em 01.10.21

Arouca 1 Sporting 2 2016-17 1ª Liga.jpg

O Sporting e o FC Arouca defrontam-se amanhã para a 8ª jornada da 1ª Liga. Na última vez que os dois clubes se defrontaram em Arouca, em 2016-17, a equipa sportinguista conseguiu uma vitória por 2-1, com golos de Alan Ruiz e de Bruno César. Os arouquenses marcaram cedo, mas os leões passaram a controlar o jogo em todo o primeiro tempo, e colocaram-se à frente do marcador. Alan Ruiz, que atravessava a melhor fase na sua breve passagem por Alvalade, destacou-se e entendeu-se na perfeição com Bas Dost.

No final do jogo em Dortmund, Rúben Amorim garantiu que “aproveitámos cada minuto para crescer, porque o nosso plano não passa por um mês ou um ano. Temos de ganhar ao Arouca, depois há a paragem, e crescer enquanto clube”. Ele sabe que o sucesso não cai do árvore, apostou na juventude, com uma mistura de experiência, e com talento e competência colocou os leões a jogar bom futebol. Em campo, a equipa revela treino e conhecimento, joga com estratégia e tem uma ideia de jogo bem definida.

Um futebol menos convincente a nível interno e as duas derrotas na Champions League não alteraram a atitude de Rúben Amorim. Ele sabe como tudo começou e conhece bem as condições actuais. Nação Valente escreveu ontem no Camarote Leonino que “o caminho faz-se caminhando”. É verdade. Enquanto os jogadores continuarem a evoluir técnica e tacticamente e jogarem com desejo e paixão acredito que o êxito é possível, está ao nosso alcance. Amanhã no Municipal de Arouca perceberemos melhor o ponto da situação.

Na fotografia, imagem do Arouca - Sporting disputado em 2016-17.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (época 2021-22)

Sporting - Marítimo, 24 de Setembro de 2021, às 19h00

Leão Zargo, em 23.09.21

Sporting 5 Marítimo 1 2020-21 Pedro Gonçalves.jp

Sporting e Marítimo defrontam-se amanhã para a 7ª jornada da 1ª Liga. No jogo entre as duas equipas na época passada, em Alvalade, os leões venceram por 5-1 na 34ª e última jornada da temporada de 2020-21, que marcou o regresso da equipa sportinguista ao título de campeã nacional. Com esta vitória, o Sporting, que já tinha garantido o título, terminou a prova com 85 pontos e 5 de vantagem sobre o Porto. Pedro Gonçalves assinou um “hat-trick” e tornou-se o melhor marcador da 1ª Liga.

A forma como a equipa leonina foi capaz de reagir na Amoreira à derrota perante o Ajax diz muito sobre o seu valor. O futebol é um jogo com vários intervenientes, nomeadamente os dois adversários e os árbitros, mais justo do que frequentemente imaginamos. A equipa que estiver melhor preparada para ganhar tem mais probabilidades de vencer o desafio. A questão central reside na qualidade da liderança do plantel e Rúben Amorim já deu provas nessa matéria. É o treinador que prepara os jogadores para vencer, a sua função é a mais complexa no mundo do futebol.

Depois da vitória frente ao Estoril, o Marítimo vem na melhor altura. Querer entrar em campo para vencer e conseguir reforço emocional para a jornada europeia. Com melhores automatismos, a equipa sportinguista defende com maior eficácia, essencial para atacar muito e com perigo. Máxima segurança em dois terços do campo, máxima criatividade no último terço. Paulinho “mostra-se” muito mais, Neto justifica o seu estatuto, progride a integração de Sarabia, Porro regressou como sempre o conhecemos, Matheus Reis liberta-se de fantasmas. Há a curiosidade de ver Ugarte a estrear-se a titular. Pedro Gonçalves e Gonçalo Inácio ainda recuperam das suas lesões.

Na fotografia, os jogadores leoninos festejam um dos golos de Pedro Gonçalves no jogo com o Marítimo em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Estoril - Sporting, 19 de Setembro de 2021, 20h30

Leão Zargo, em 18.09.21

Estoril 2 Sporting 0 2017-18.jpg

O Sporting e o Estoril defrontam-se amanhã para a 6ª jornada da 1ª Liga. Para a 1ª Liga, no Estádio António Coimbra da Mota, os dois clubes defrontaram-se pela última vez em 2017-18 e a equipa da casa venceu por 2-0. Foi na 21ª jornada e constituiu a primeira derrota sportinguista para o campeonato. Os leões treinados por Jorge Jesus revelaram uma ineficácia enorme e sentiram bastante a ausência de Bas Dost e Gelson Martins. No final da prova, os estorilistas ficaram no último lugar da classificação e desceram à 2ª Liga, regressando esta época ao escalão principal do futebol português.

Amanhã, na Amoreira, vamos estar em campo ao lado da nossa equipa. No final do jogo com o Ajax, o “nós acreditamos em vocês” nas bancadas foi bem elucidativo. É essa a nossa convicção, todos nós temos memória, não esquecemos o que ficou para trás e reconhecemos o excelente trabalho que está a ser feito. O que havia para dizer já foi dito. Agora, é aprender com os erros e querer jogar o próximo jogo. E vencê-lo. Por vezes, o futebol recompensa quem se entrega à luta. Não é uma ciência exacta, é certo, mas existem coisas exactas no futebol. Numa das suas canções, Chico Buarque diz que “quem espera nunca alcança”. Nem mais. 

Na fotografia, imagem do Estoril - Sporting disputado em 2017-18.

publicado às 14:00

O Sporting joga amanhã

Sporting - FC Porto, 11 de Setembro de 2021, às 20h30

Leão Zargo, em 10.09.21

thumbnail_Sporting 2 Porto 2 2020-21 Pedro Gonçal

Sporting e FC Porto defrontam-se amanhã em Alvalade para 4ª jornada da 1ª Liga. Para o campeonato na casa dos leões, desde a época de 1934-35 (criação da Liga Experimental), os dois clubes defrontaram-se 86 vezes, com 45 vitórias leoninas, 21 vitórias dos portistas e 21 empates. Na época passada o jogo terminou com um empate (2-2). Actualmente têm os mesmos 10 pontos, a 2 pontos do líder, o Benfica, na classificação da 1ª Liga.

O clássico em Alvalade na época passada verificou-se num contexto especial: adiamento do jogo com Gil Vicente em virtude da covid-19, duas vitórias em Paços de Ferreira e em Portimão para a 1ª Liga e uma pesada derrota com o LASK Linz na qualificação para a Liga Europa. A vencer por 2-1, na 2ª parte os portistas controlaram o futebol ofensivo leonino, mas não impediram a cena caricata do penálti e do segundo amarelo a Zaidu, revertidos pelo VAR. A três minutos do fim, valeu o oportunismo de Vietto que aproveitou um desvio de calcanhar de Sporar que Marchesin defendeu para a frente. O Sporting não perdeu o jogo e preparou-se para as batalhas seguintes.

Para Rúben Amorim, a preparação para o desafio de sábado está a decorrer com alguns constrangimentos. Seba Coates, Gonçalo Inácio, Tiago Tomás e Pedro Gonçalves fizeram tratamento às respectivas lesões e Pablo Sarabia e Ugarte estiveram ao serviço das suas selecções. O jogador espanhol está habituado a chegar e jogar em partidas decisivas, e deve ser convocado, e o uruguaio é o previsível suplente de Palhinha que regressou da Selecção com problemas físicos.

Frequentemente um jogo de futebol é feito de pequenos nadas. E ganha quem controla os pequenos nadas. Um clássico frente ao FC Porto não escapa a essa regra. O Sporting já não se apresenta como o “outsider” da época passada disposto a mostrar no terreno do jogo o seu poder competitivo. Entretanto correu muita água por baixo das pontes. Como é habitual, os portistas vão apresentar-se fortes na redução dos espaços, com marcações apertadas e grande pressão sobre o adversário portador da bola. O seu futebol será viril, duro, intenso e em profundidade.

Na fotografia, imagem do Sporting 2 - FC Porto 2 disputado no Estádio de Alvalade, em 17 de Outubro de 2020.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã…

Famalicão - Sporting, 28 de Agosto de 2021, 20h30

Leão Zargo, em 27.08.21

Famalicão Sporting 2020-21 2-2 Coates.jpg

O Sporting defronta amanhã o Famalicão para a 4ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, no Estádio Municipal, tudo correu mal, verificou-se um empate (2-2), pondo termo a uma sequência de seis triunfos, numa partida em que o árbitro Luís Godinho foi o protagonista ao expulsar Pedro Gonçalves e Rúben Amorim e anular um golo limpo a Coates que daria a vitória aos leões. Os famalicenses marcaram nas duas oportunidades que tiveram e o jogo terminou com os sportinguistas exprimindo a sua revolta nas redes sociais.

O Sporting empatou o jogo, mas na verdade alcançou uma vitória decisiva. Na conferência de imprensa após o empate, Rúben Amorim afirmou que os jogadores estavam unidos e garantiu que “onde vai um vão todos”, frase premonitória que deu origem a uma onda de apoio por parte dos sportinguistas. O filósofo José Ortega y Gasset escreveu que “o homem é o homem e a sua circunstância”, na medida em que o ser humano é um sujeito activo determinado pela realidade que o rodeia. O que se passou no relvado em Famalicão foi a “circunstância” que cimentou tudo e todos até à conquista do título de campeão.

Frente ao Sporting, o treinador Ivo Vieira vai ser cauteloso e provavelmente substituir o habitual 4x3x3 por um 5x2x2x1 com marcações rigorosas em todo o seu meio campo e transições rápidas em direcção à baliza de Adán. O “Fama” parece não ter o brilho das épocas anteriores, ainda não venceu, mas isso torna o jogo ainda mais difícil para os leões. Os famalicenses vão dar tudo para finalmente conseguirem pontuar. Na memória deles vai estar o “off-side” milimétrico que na 2ª jornada lhes tirou o empate frente ao Porto.

Na fotografia, os jogadores leoninos festejam o golo de Coates, que seria anulado, no jogo em Famalicão disputado em 2020-21.

publicado às 17:16

O Sporting joga amanhã…

Sporting - B-SAD, 21 de Agosto de 2021, 20h30

Leão Zargo, em 20.08.21

Sporting - B-SAD 2020-21 Jovane Cabral.jpg

O Sporting defronta amanhã o B-SAD para a 3ª jornada da 1ª Liga. Na época passada, em Alvalade, os dois clubes empataram (2-2), com Coates (83’) e Jovane Cabral (90’+6’) a conseguirem perto do fim os golos que evitaram a quebra da invencibilidade leonina. A equipa sportinguista passou por grandes dificuldades perante a solidez defensiva dos adversários, que marcaram logo no primeiro remate à baliza de Adán. Depois, um penálti falhado por João Mário e o 0-2 aos 54 minutos, outra vez por Cassierra, tornaram ainda mais difícil a reviravolta no marcador.

Os leões revelaram na Pedreira que já alcançaram um bom nível de jogo colectivo. A organização defensiva a toda a largura do campo dificultou finalizações perigosas para a baliza de Adán até aos 80 minutos. Com Palhinha e Matheus Nunes o meio campo revela grande solidez. Lá à frente, o tridente mostra eficácia. A liderança, no futebol, não é um mito, e Rúben Amorim encarrega-se de provar isso. Todo o plantel está à disposição do treinador, o que é uma excelente notícia.

Apesar de ter sofrido derrotas nas duas primeiras jornadas, o jogo com o B-SAD constitui mais um teste difícil para o Sporting. Petit prepara os jogos com extrema cautela, e na época passada provocou enormes dificuldades a Rúben Amorim à custa do seu futebol superdefensivo com marcações individuais bastante agressivas. Em geral, marca poucos golos, mas também sofre poucos, revelando um grande aproveitamento nas oportunidades que consegue. Amanhã é fácil imaginar a disposição táctica do B-SAD.

Na fotografia, Jovane depois de ter conseguido o golo do empate no Sporting 2 - B-SAD 2 disputado em 2020-21.

publicado às 03:34

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Braga - Sporting, 14 de Agosto de 2021, 20h30

Leão Zargo, em 13.08.21

SCB 0 SCP 1 2020-21 Matheus Nunes.jpg

O Sporting e o Braga defrontam-se amanhã para a 2ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, na Pedreira, os leões venceram por 1-0 com um golo de Matheus Nunes a 9 minutos do fim da partida. Gonçalo Inácio viu o segundo amarelo logo aos 18 minutos, mas os companheiros de equipa organizaram-se, sofreram em conjunto, e conquistaram, com muito estorço, a vitória. Foi um jogo de enorme intensidade competitiva e com alguns momentos mais quentes de ambos os lados, mas de tal forma épico que os sportinguistas se convenceram que o título já não fugia. Foi na 29ª jornada do Campeonato.

Amanhã, na Pedreira, a partida é de elevado grau de dificuldade, o nosso futebol tem de ser positivo e jogado com paixão, energia e inspiração. A final da Supertaça revelou isso mesmo. O Campeonato está na sua fase inicial e cada ponto a mais ou a menos é precioso para a moral da equipa. Candeia que vai à frente alumia duas vezes. Grão a grão enche a galinha o papo. Se jogar como equipa grande, o Sporting é capaz de vencer em qualquer campo. Há algum tempo, Rúben Amorim sublinhou a importância de “assumir o jogo com empenho e jogar com arrogância positiva”. Nem mais!

Na fotografia, Matheus Nunes marca o golo solitário no Braga 0 - Sporting 1 disputado em 2020-21.

publicado às 03:04

O Sporting joga amanhã… (2021-22)

Sporting - Vizela, 6 de Agosto de 2021, 20h15

Leão Zargo, em 05.08.21

Vizela 2 Sporting 3 2014-15 Taça de Portugal.jpg

O Sporting defronta amanhã o FC Vizela para a 1ª jornada da 1ª Liga. Trinta e seis anos depois, o clube minhoto regressa ao escalão principal do futebol português para defrontar o campeão nacional em título. Em 2014-15 as duas equipas encontraram-se em Vizela em eliminatória da Taça de Portugal, que os leões venceram por 3-2. Foi o jogo que valeu um processo disciplinar ao treinador Marco Silva acusado de não ter vestido o fato oficial.

Depois da conquista da Supertaça, inicia-se agora a prova rainha do nosso futebol e renova-se a esperança de que o Sporting seja bicampeão nacional. A última vez que isso aconteceu foi em 1951-52, mas a dimensão competitiva leonina permite sonhar com aquilo que há pouco tempo pareceria impossível de alcançar. Os sportinguistas estão ansiosos por mais vitórias desportivas e desejam que as cores leoninas continuem a ser defendidas com brio, dedicação, competência, coragem, audácia e orgulho.

No futebol a única previsibilidade é a de que é... imprevisível. O Sporting parte com o estatuto de campeão em título e isso implica ainda maior responsabilidade e todas as outras equipas vão procurar vencê-lo. A participação na Liga dos Campeões constitui um novo desafio para Rúben Amorim. Haverá uma maior rotação no plantel que é mais equilibrado do que na época anterior. Isto se não saírem jogadores importantes, é claro. Uma coisa é certa, o mercado está aberto e podem verificar-se saídas ou entradas.

O FC Vizela vai competir novamente na 1ª Liga, manteve a estrutura da época passada e conseguiu reforços para este regresso, pretende assegurar a manutenção e, segundo o treinador Álvaro Pacheco, “lutar sempre pelos três pontos”. Tomás Silva e Nuno Moreira (ex-Sporting), Bruno Wilson (ex-Braga), Schettine (emprestado pelo Braga), Charles (ex-Marítimo), Igor Julião (ex-Fluminense), Méndez (ex-Ajax), Kévin Zohi (ex-Estrasburgo) e Claudemir (ex-Sivasspor) serão talvez as contratações mais sonantes.

Na fotografia, o Vizela - Sporting disputado em 2014-15 que os leões venceram por 3-2.

publicado às 13:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo