Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

31504596_1736231533087323_6530253168776480829_n.jp

 

O Sporting B, o Real Massamá e o Gil Vicente ficaram este domingo matematicamente despromovidos ao Campeonato de Portugal, após a realização da 36.ª e antepenúltima ronda da II Liga.

 

A equipa secundária leonina cedeu por 2-1 no reduto do Varzim, o Real Massamá perdeu por 3-2 na recepção ao Cova da Piedade e o Gil Vicente caiu por 1-0 fora com o Académico de Viseu.

 

Com apenas duas jornadas por disputar, o Real Massamá (31 pontos), o Gil Vicente (35) e o Sporting B (36) já não podem igualar Sporting de Braga B, Oliveirense e Sporting da Covilhã, as três equipas colocadas acima da ‘linha de ‘água’.

 

A formação lisboeta está a cumprir em 2017/18 a sua estreia na II Liga, depois de em 2016/17 ter sido o campeão do Campeonato de Portugal, o Gil Vicente aguarda a subida na ‘secretaria’ à I Liga e o Sporting já anunciou o fim da equipa B.

 

Na frente da tabela, o líder Nacional não conseguiu desde já garantir o regresso à I Liga, mas manteve-se com quatro pontos de avanço sobre o segundo classificado, pelo que subirá se na próxima ronda ganhar em Arouca.

 

publicado às 18:08

Equipa B: uma morte anunciada

Leão Zargo, em 09.03.18

 

Sporting B 2013-14.jpeg

 

O Sporting vai abandonar a 2ª Liga de futebol no final desta época, para passar a disputar o Campeonato de sub-23 proposto pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Segundo a agência Lusa, o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, enviou um ofício à Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) onde consta o seguinte:

 

“Informo da nossa decisão de não continuar a participar no Campeonato Nacional da 2ª Liga com uma Equipa B. (...) É nossa intenção competir no novo Campeonato de sub-23 que será inaugurado na próxima época desportiva.”

 

A nova competição foi apresentada numa reunião que decorreu na sede da FPF no dia 1 de Março, onde estiveram o presidente do organismo e os representantes de quase todos os clubes da Liga NOS. A FPF informou que pretende organizar uma prova aberta a todos os clubes da Liga NOS que queiram criar uma equipa de sub-23. A intenção é que se inicie já na próxima época, com dois escalões (1ª Divisão e 2ª Divisão). O número de formações no primeiro escalão ainda não ficou definido, sendo de doze a catorze. O modelo da prova também não está decidido, mas deve ser aprovado até 30 de Abril. Haverá uma Taça de Portugal sub-23.

 

A equipa leonina sub-23 será diferente da actual equipa B, passando a estar integrada na estrutura do futebol profissional. Deixará de ser, portanto, uma equipa de transição entre o futebol jovem e o futebol profissional. Terá um plantel com os jogadores considerados mais promissores que integram a B e alguns juniores, e os restantes serão contratados. Segundo a imprensa, os dirigentes leoninos estão entre os impulsionadores deste formato competitivo.

 

O Sporting B é uma das cinco equipas B que disputam a 2ª Liga, com as do Benfica, FC Porto, SC Braga e Vitória de Guimarães. Actualmente, está em risco de descer de escalão, reflectindo a ausência de projecto para esse importante patamar competitivo. Apesar do programa eleitoral de Bruno de Carvalho em 2013 destacar que “a existência de uma equipa B é de enorme importância para o desenvolvimento sustentado e servirá de ponte entre o futebol júnior e o futebol sénior” nunca houve uma estratégia sustentada. Isso revela-se no número de contratações entre 2013 e 2017 para os juniores e equipa B que ultrapassou os 70 jogadores.

 

A direcção do Sporting já tomou uma decisão embora ainda não haja certezas sobre a qualidade competitiva da nova competição, ou mesmo a sua viabilidade já na próxima época. Há dúvidas quanto à capacidade financeira da generalidade dos clubes da 1ª Liga NOS e da 2ª Liga LEDMAN para participarem simultaneamente nas provas da LPFP e da FPF, e receia-se que tenha menos nível do que o Campeonato Nacional de Seniores. Nesse caso será ainda mais difícil integrar os jogadores do plantel sub-23 no plantel principal. Uma coisa é certa, para os jogadores da equipa B será penoso e frustrante o cumprimento dos onze jogos que ainda faltam para a conclusão do Campeonato da 2ª Liga. Trata-se de uma saída da competição sem glória nem proveito. E o futuro não augura nada de bom.

 

Na fotografia, a equipa do Sporting B em 2013-14.

 

publicado às 12:51

 

21751626_1552647008133142_3899745302531051129_n.jp

 

No segundo jogo após a mudança de treinador, o Arouca bateu o Sporting B com dois golos sem resposta, ambos apontados no segundo tempo. Em jogo disputado no Estádio Municipal de Arouca, a contar para a 8.ª jornada da II Liga, Roberto inaugurou o marcador no regresso dos balneários (47') e Areias selou o resultado final aos 54 minutos.

 

Miguel Leal alcançou assim a primeira vitória após assumir o comando técnico do Arouca e quebrou um jejum que durava há já dois jogos. Por outro lado, a equipa leonina somou a terceira derrota consecutiva e o quarto jogo sem vencer.

 

Sporting B: Stoijkovic, Bruno Paz, Demiral, Ivanildo, Abdu, Ary Papel, Djaló (Rafael Leão, 61'), Miguel Luís, Rafael Barbosa, Jovane (Delgado, 46') e Pedro Marques (Budag, 61').


Treinador: Luís Martins

 

Arouca: Bracali, João Amorim, Hugo Basto, Nuno Coelho, Vítor Costa, Ericson, Bruno Alves (André Santos, 73'), Palocevic (Areias, 46'), Barnes, Bukia e Roberto (Nuno Valente, 84').


Treinador: Miguel Leal

 

O Sporting B situa-se em 10.º lugar da tabela classificativa, com 10 pontos, os mesmos do 9.º classificado Arouca.

 

A 30 de Setembro, o Sporting B recebe o Santa Clara, actual líder da classificação.

 

publicado às 04:03

Equiba B "cai" em Coimbra

Rui Gomes, em 16.09.17

 

 

A Académica venceu hoje o Sporting B, por 4-2, em jogo da 7.ª jornada da Liga Ledman Pro, disputado em Coimbra, conseguindo a segunda vitória consecutiva no campeonato. A 'briosa', que vinha moralizada por uma vitória fora frente ao Vitória de Guimarães B, por 3-0, na jornada anterior, venceu com mérito num excelente jogo de futebol e passou a somar 10 pontos, igualando o adversário de hoje na tabela classificativa. E, assim, ao quarto jogo fora de portas, o Sporting B perdeu.

 

O jogo começou praticamente com o primeiro golo da Académica, aos três minutos, apontado por João Real, após um desvio de cabeça de Yuri Matias na área 'leonina', após a marcação de um pontapé de canto. A vantagem dos 'estudantes' não demorou muito e quatro minutos depois os 'verde e brancos' chegaram à igualdade, numa grande penalidade convertida por Cristian Pode, após falta do defesa central João Real sobre Rafael Barbosa.

 

A Académica esteve mais dominadora na primeira parte e aos 22 minutos Yuri Matias quase marcava numa cabeçada de cima para baixo que passou a rasar a trave da baliza defendida por Pedro Silva. Aos 34 minutos, o guarda-redes 'leonino' parou o remate de primeira de Harramiz, após um cruzamento de trivela de Nélson Pedroso, com uma excelente defesa a desviar a bola pela linha final.

 

O Sporting voltou a assustar nos minutos finais da primeira parte, sobretudo aos 42 minutos num remate de Dala desviado pelo guarda-redes Ricardo Ribeiro. Já em cima do intervalo, a 'briosa' adiantou-se no marcador num golpe de cabeça de Ricardo Dias, a corresponder da melhor forma a um livre indirecto cobrado na direita do seu ataque.

 

A equipa 'leonina' empatou pouco depois do início da segunda parte, aos 50 minutos, num 'bis' de Cristian Ponde, a culminar um cruzamento para a área, em que a defesa da Académica foi muito passiva. Três minutos depois, os 'estudantes' voltaram a adiantar-se no marcador, com Ricardo Dias a 'bisar' na sequência de um pontapé de canto.

 

O quarto golo da Académica surgiu aos 55 minutos por Nélson Pedroso, na conversão de um livre directo, que levou a bola a entrar rasteiro junto ao poste mais distante do guarda-redes Pedro Silva. A 'briosa' continuou a ser mais perigosa do que o adversário, que procurou responder à desvantagem, mas sem criar grandes ocasiões, e poderia ter chegado ao quinto golo por Zé Tiago, aos 64 minutos, num remate dentro de área, mas a bola subiu muito. O mesmo jogador e Djoussé, ambos lançados no jogo durante a segunda parte, poderiam ter aumentado a vantagem aos 73 e 78 minutos.

 

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica - Sporting B, 4-2.

Ao intervalo: 2-1.

Árbitro: Luís Godinho (AF Évora)

 

Marcadores:

 

1-0, João Real, 03 minutos.

1-1, Cristian Ponde, 07.

2-1, Ricardo Dias, 45+1.

2-2, Cristian Ponde, 50.

3-2, Ricardo Dias, 53.

4-2, Nélson Pedroso, 55.

 

Equipas:

 

Académica: Ricardo Ribeiro, João Simões (João Simões, 78), João Real, Yuri, Nélson Pedroso, Ricardo Dias, Chiquinho, Ki (Zé Tiago, 63), Harramiz, Balogun e Tozé Marreco (Djoussé, 69).

 

Suplentes: Guilherme, Zé Tiago, Mike, Tiago Duque, David Teles, Djoussé e Diogo Ribeiro.

 

Treinador: Ivo Vieira.

 

Sporting B: Pedro Silva, Jovane, Bruno Paz, Demiral, Sualehe (Abdu, 57), Ivanildo, Cristian Ponde (Budag, 57), Ary Papel, Gelson Dala, Delgado (Marques, 71) e Rafael Barbosa.

 

Suplentes: Diogo Sousa, Kenedy Có, Djaló, Marques, Riquicho, Abdu e Budag.

 

Treinador: Luís Martins.

 

Ação disciplinar: Yuri Matias (34), Abdu (59), João Simões (60) e Djoussé (88).

 

Na quarta-feira, o Sporting B defronta fora o Arouca.

 

publicado às 15:48

A realidade do Sporting B

Leão Zargo, em 17.01.17

 

20191463_OzeCj.jpg

 

O programa eleitoral de Bruno de Carvalho, “Sporting no coração, confiança no futuro” (2013), realçava que “a existência de uma equipa B é de enorme importância para o desenvolvimento sustentado e servirá de ponte entre o futebol júnior e o futebol sénior. Utilizando as mesmas metodologias, práticas, organização e sistemas de jogo que a equipa sénior profissional, os jovens que integram a equipa B estarão aptos a integrar a equipa principal, seja em caso de necessidade, seja por mérito próprio, fruto do desempenho pessoal.”

 

Nada disto se verifica actualmente. Na realidade, não existe um projecto para a equipa B, não há um planeamento a médio prazo, tudo decorre de uma visão economicista e casuística. Tomam-se decisões de acordo com o contexto, com as oportunidades que surgem, com o que parece adequado em determinado momento. Não é visível qualquer articulação com a equipa principal.

 

A classificação do Sporting B na II Liga é péssima, a equipa leonina não consegue vencer um jogo desde 23 de Novembro, quando derrotou o União da Madeira. Depois dessa partida, sofreu cinco derrotas e um empate, ou seja, conseguiu um ponto em dezoito pontos possíveis. Mas, ainda pior será o cepticismo quanto há possibilidade de alguns jogadores da B integrarem o plantel principal nos próximos meses.

 

No Portimonense-Sporting do passado domingo, vestiram a camisola leonina os atletas Pedro Silva, Pedro Empis, Guilherme, Kiki, Abdu, Aouacheria, Gelson Dala, Bubacar, Delgado, Ary Papel e Ronaldo. Budag substituiu Bubacar aos 30 minutos e Pedro Marques entrou aos 73 minutos para o lugar de Aouacheria.

 

Verificando o ano do vínculo desportivo ao Sporting de cada um destes treze jogadores, constata-se o seguinte:

 

Pedro Silva desde 2010-11 (iniciados)

Pedro Empis desde 2010-11 (iniciados)

Guilherme Ramos desde 2012-13 (juvenis)

Kiki Kouyaté desde 2016-17

Abdu Conté desde 2011-12 (iniciados)

Bilel Aouacheria desde 2016-17

Gelson Dala desde 2016-17

Bubacar Djaló desde 2011-12 (iniciados)

Pedro Delgado desde 2010 a 2012 e 2016-17

Ary Papel desde 2016-17

Ronaldo Tavares desde 2013-14 (juvenis)

Budag Nasyrov desde 2016-17

Pedro Marques desde 2016-17

 

Isto é, dos treze jogadores sportinguistas que defrontaram o Portimonense, apenas seis fizeram o seu percurso formativo na Academia de Alcochete, seis foram contratados em 2016-17 e um começou a formação na Academia, esteve noutros clubes durante quatro anos e regressou no início desta época.

 

Estamos perante uma situação de grave descaracterização da equipa B. Não se percebe qual foi o modelo que presidiu à concepção da equipa, nem os princípios de complementaridade que determinaram a sua constituição. Nem os responsáveis dão a cara, mesmo sabendo que o programa eleitoral de Bruno de Carvalho em 2013 garantia que “o Presidente do Sporting terá a liderança directa do Futebol e da Academia. A equipa pluridisciplinar (da estrutura do futebol) reportará ao Presidente”.

 

Há sérios motivos para se recear que estamos perante um tempo dolosamente perdido.

 

publicado às 15:36

 

19920609_T6g9Z.jpg

 

O início de época (2016-17) da equipa B leonina suscita alguma apreensão. Tendo realizado sete jogos, menos um do que a maioria dos competidores, o Sporting está classificado em 20º lugar, apenas à frente da Covilhã e do Olhanense. A próxima partida disputa-se com o Cova da Piedade no Stadium Aurélio Pereira, em 28 de Setembro.

 

Através de três quadros pretende-se proporcionar uma visão global quantitativa do actual contexto competitivo da equipa B: os jogos até à 7ª jornada, o balanço estatístico dos jogos em casa e fora de casa e o plantel e respectiva utilização dos jogadores.

 

 

Quadro 1: jogos realizados até à 7ª jornada

 

Data

Jornada

Jogos

Resultados

6.8.2016

Sporting B - Portimonense

1 - 2

14.8.2016

Sp. Covilhã - Sporting B

1 - 2

20.8.2016

Sporting B - Fafe

2 - 4

24.8.2016

Famalicão - Sporting B

1 - 1

29.8.2016

Sporting B - Vizela

1 - 2

11.9.2016

Varzim - Sporting B

3 - 0

17.9.2016

Sporting B - Gil Vicente

2 - 2

 

 

Quadro 2: balanço dos jogos realizados

 

 

Jogos

Vitórias

Empates

Derrotas

Pontos

Golos

 

Em casa

4

-

1

3

1

6/10

 

Fora de casa

3

1

1

1

4

3/5

 

Total

7

1

2

4

5

9/15

 

 

 

A observação dos quadros 1 e 2 revela o insucesso do Sporting nos jogos disputados em casa (Alcochete). Um aspecto a rever com urgência. Pode-se considerar como equilibrado o desempenho fora de portas. É consensual que os jogadores de uma equipa B possuem ciclos específicos de crescimento e de afirmação, mas preocupa um panorama assim. Torna-se indispensável uma melhoria na tabela classificativa.

 

 

Quadro 3: plantel e respectiva utilização dos jogadores

 

Nome

Idade

Posição

Jogos

Banco

Golos

Tempo

Amarelos

Vermelhos

Equipa

Vladimir Stojkovic

20

GR

0

6

0

0

0

0

B

Luís Maximiano

17

GR

0

1

0

0

0

0

Sub19

Pedro Silva

19

GR

7

0

0

630m

1

0

B

Mama Baldé

21

DD

6

0

0

540m

1

0

B

Mauro Riquicho

21

DD

0

0

0

0

0

0

B

Ricardo Esgaio

23

DD

1

0

0

90m

0

0

A

David Sualehe

19

DE

5

1

0

415m

0

0

B

Pedro Empis

19

DE

5 (1)

1

0

464m

0

0

B

Ivanildo Fernandes

20

DC

5

2

1

450m

2

0

B

Fidel Escobar

21

DC

5 (1)

0

0

383m

1

0

B

Bruno Paz

18

DC

0 (2)

1

0

38m

0

0

B

Guilherme Ramos

19

DC

4

0

0

349m

3

1

B

Diogo Nunes

20

DC

0

2

0

0

0

0

B

Kiki Kouyaté

19

DC

2

1

0

180m

0

0

B

Bruno Paulista

21

M

1

0

0

90m

1

0

A

Fabrice Fokobo

22

M

0

2

0

0

0

0

B

Edu Pinheiro

19

M

0 (2)

4

0

17m

0

0

B

Bubacar Djaló

19

M

0 (2)

1

0

22m

0

0

B

Budaq Nasyrov

20

M

0 (1)

3

0

9m

0

0

B

Fabinho Martins

20

M

5 (1)

0

0

478m

1

0

B

Ricardo Guima

21

M

7

0

0

630m

1

0

B

Bilel Aouacheria

22

M

5 (1)

0

1

466m

1

0

B

Liam Jordan

18

M

0

0

0

0

0

0

B

Pedro Delgado

19

M

2

0

0

158m

0

0

B

Matheus Pereira

20

Ex

1

0

0

90m

0

0

A

Elves Baldé

17

Ex

3 (2)

0

0

266m

2

0

Sub19

Bruno Fernandes

19

Ex

0

0

0

0

0

0

B

Pedro Marques

18

Av

1 (5)

0

3

158m

0

0

Sub19

Leonardo Ruiz

20

Av

2 (1)

1

1

202m

0

0

B

Ronaldo Tavares

19

Av

5

0

1

417m

0

0

B

Ricardo Almeida

19

Av

4

1

1

284m

0

0

B

Luís Elói

20

Ex

0

1

0

0

0

0

B

Jovane Cabral

18

Ex

1 (2)

0

0

104m

0

0

Sub19

 

 

O quadro 3 permite algumas ilações quanto a esta fase da época. Um grupo de doze jogadores destaca-se no que refere à titularidade nas sete primeiras jornadas: Pedro Silva e Ricardo Guima (7 jogos), Mama Baldé (6 jogos), Fabinho Martins, Fidel Escobar, Bilel Aouacheria e Pedro Empis (5 jogos e 1 como suplentes utilizados), Ivanildo Fernandes, David Sualehe e Ronaldo Tavares (5 jogos) e Guilherme Ramos e Ricardo Almeida (4 jogos).

 

Pedro Marques, apesar de ser ainda sub 19, foi titular num jogo e cinco vezes suplente utilizado, sendo o melhor marcador com três golos. Outros sub 19 também foram convocados: Luís Maximiano (1 vez suplente não utilizado), Elves Baldé (3 vezes titular e 2 vezes suplente utilizado) e Jovane Cabral (1 vez titular e 2 vezes suplente utilizado).

 

Do plantel da equipa B apenas três jogadores é que nunca foram convocados: Mauro Riquicho, Liam Jordan e Bruno Fernandes. Recrutados na equipa principal, Ricardo Esgaio, Bruno Paulista e Matheus Pereira foram titulares uma vez.

 

Alguns atletas que integram o plantel da equipa B participaram no encontro de Madrid para Youth League: Pedro Silva, Elves Baldé, Bruno Paz, Bubacar Djaló e Pedro Marques. Outros competem regularmente em jogos dos sub 19. Este facto pode revelar uma boa articulação entre os Sub 19 e os B.

 

Os sportinguistas consideram que a equipa B de futebol constitui um escalão competitivo essencial no Clube. Essa convicção está associada ao histórico leonino na formação de jogadores e é apresentada com a finalidade de superar a ausência de um patamar na transição entre os juniores e os seniores. Com a reactivação da equipa B em 2012 pretende-se, precisamente, favorecer a passagem para o futebol profissional de um conjunto de atletas de elite que necessitam desse contexto específico. É do interesse do Sporting (e dos jogadores) o sucesso deste projecto.

 

 

Nota: Os dados constantes nas tabelas foram retirados da Wiki Sporting, Transfermark.pt e ForaDeJogo.net.

 

publicado às 14:50

 

256926_med_sporting_b_v_oriental_segunda_liga_j41_

 

O Sporting B regressou este sábado às vitórias ao bater o Oriental, por 3-0, num encontro da 29.ª jornada da II Liga, em que a equipa leonina jogou uma hora em inferioridade numérica.

Os golos que acabaram com dois meses de jejum, ao longo dos quais o Sporting somou sete derrotas e um empate, surgiram apenas na segunda parte, por intermédio de Tobias Figueiredo, aos 58 minutos, e por Matheus Pereira, que bisou aos 65' e 89', já depois da expulsão de Dramé, no primeiro tempo, aos 33'.

Com este triunfo, o Sporting B sobe ao 10.º lugar, com 39 pontos, enquanto o Oriental mantém a 23.ª posição, com 28.

Jogo no Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete.

Sporting B: Pedro Silva, Jorge Silva, Domingos Duarte, Tobias Figueiredo, Mica Pinto, Bubacar Djaló, Ryan Gauld, Daniel Podence (Kikas, 74), Matheus Pereira (Tomas Rukas, 90+1), Dramé e Betinho (Filipe Chaby, 59).

(Suplentes: Guilherme Oliveira, Tomas Rukas, Kikas, Cristian Ponde, Filipe Chaby, Francisco Geraldes e Rafael Barbosa).

Treinador: João de Deus.

Assistência: cerca de 200 espectadores

 

publicado às 04:29

"Bês" foram aos Açores vencer

Rui Gomes, em 26.10.15

 

15333.jpg

O Sporting B impôs este domingo a segunda derrota consecutiva na Segunda Liga ao Santa Clara, ao vencer em Ponta Delgada por 3-2, em jogo da 12.ª jornada. Com este resultado, resolvido na primeira parte, os leões isolaram-se no terceiro lugar, com 21 pontos, menos dois do que o Portimonense e menos cinco do que o FC Porto B, enquanto os açorianos cairam para o 18.º posto, com 14.

 

Os golos da equipa comandada por João de Deus foram marcados por Rafael Barbosa, aos 4', Valentin Viola, aos 22', e por Zakaria Labyad, aos 40'.

 

O Sporting alinhou com: Pedro Silva, Mama Baldé, Samba, Domingos Duarte, King, Fokobo, Ryan Gauld, Rafael Barbosa (Podence, 67), Diogo Salomão (Sacko, 62), Viola (Cissé, 89) e Labyad.

 

Suplentes: Stojkovic, Sacko, Cristian, Ruben Ribeiro, Podence, Zezinho e Cissé

 

Na próxima jornada o Sporting recebe o Varzim.

 

publicado às 02:52

 

232191_galeria_feirense_v_sporting_b_segunda_liga_

 

Mesmo com novo treinador, parece que pouco ou mesmo nada melhorou com esta segunda equipa do Sporting. Em jogo a contar para a 16.ª jornada da II Liga, os "leões" foram a Santa Maria da Feira registar a sua 6.ª derrota da época, por 2-0.

 

Este foi o quinto jogo consecutivo sem ganhar e sem marcar golos, com João de Deus ao leme. Mais uma vez questionamos a saída de Dominguez, para não evocar outros sportinguistas que até fazem falta.

 

Com este resultado, a equipa B situa-se em 15.º lugar na tabela classificativa, dez pontos atrás do líder Freamunde. Mais preocupante do que a classificação, será o impacte, que não pode ser positivo, nos jovens da formação e nos outros recém-contratados.

 

Mas o fim-de-semana apresentou mais positivos do que negativos. Os juniores venceram ontem o Sacavenense, por 2-1, e hoje, os juvenis foram a Alverca triunfar por 3-0 e os iniciados golearam o Belenenses, por 8-2. 

 

publicado às 17:44

 

 

Não assisti ao jogo entre o Sporting B e o Portimonense, por conseguinte, este breve post é fundamentado nas informações disponibilizadas pela comunicação social.

 

Um nulo entre duas equipas que desperdiçaram um bom número de oportunidades para golo, embora com o Sporting sempre mais em controlo. Até dá para ficar com a ideia que a equipa secundária leonina sofre de uma "doença" semelhante à da equipa principal - ligeiramente menos acentuada - com 8 golos marcados, em 6 jogos realizados, uma média de 1,3 golos por jogo.

 

O Sporting alinhou com: Luís Ribeiro - Riquicho - Samba - Tobias Figueiredo - Jonathan Silva - Fokobo (expulso aos 68') - Wallyson - Ryan Gauld - Podence - Dramé (Enoh 83') - e Hadi Sacko (Gelson Martins 71').

 

Suplentes não utilizados: Guilherme Oliveira - Iuri Medeiros - Francisco Geraldes - Rúben Ribeiro e Domingos Duarte.

 

Contrário à expectativa inicial, Slavchev não constou no grupo convocado, juntando-se a André Geraldes, Heldon, Shikabala, Cédric Soares e Ramy Rabia. Hadi Sacko estreou-se de "leão ao peito".

 

A expulsão de Fokobo foi por acumulação de amarelos, o primeiro dos quais aos 56 minutos.

 

Nota à parte - pelos comentários dos leitores - o jogo não foi transmitido pela Sporting TV. Não estou muito por dentro desta questão, mas era a minha impressão que o canal televisivo iria transmitir os jogos da equipa B em casa. Desconheço as razões que levaram à não transmissão. Mas como respondi aos leitores no outro post - meio a sério, meio a brincar - desde que o programa "Hora do Presidente" seja transmitido, o pessoal fica satisfeito !?

 

publicado às 06:39

Luís Boa Morte adjunto na equipa B

Rui Gomes, em 16.07.14
 

 

Muito embora ainda não se verifique confirmação oficial por parte do Sporting, a Rádio Renascença noticia esta quarta-feira que Luís Boa Morte regressa ao clube onde fez parte da sua formação, para ser adjunto de Francisco Barão na equipa B. Isto, segundo a mesma fonte, depois de ter estado a treinar as camadas jovens do Fulham, na Inglaterra, na época passada.

 

Como futebolista, Luís Boa Morte realizou duas épocas nos juniores do Sporting e uma, por empréstimo, no Lourinhanense, antes de rumar à Inglaterra onde decorreu a maior parte da sua carreira, representando clubes como o Arsenal, Southampton, Fulham, West Ham e mais recente o Chesterfield.

 

Não me é possível comentar os méritos da sua aparente nomeação para adjunto da equipa B uma vez que desconheço as suas qualidades como treinador. É indiscutível que conseguiu realizar uma muito boa carreira num país que privilegia uma mentalidade futebolística muito competitiva e será então possível que ele consiga ajudar a incutir esse mesmo estado de espírito nos jovens "leões" que irá agora orientar.

 

publicado às 12:46

"Lá vai Barão"

Ricardo Leão, em 04.07.14
 

 

Como era de prever, e só peca por tardia, a saída de Abel como treinador da equipa B do Sporting consumou-se. Já esteve para ser com Litos, que veio a renunciar à hipótese de substituir o colega e amigo. Agora foi de vez. Abel, um treinador "com pouca escola", nunca soube estar à altura das responsabilidades em sede de performance da equipa secundária dos leões e a sua prestação foi considerada negativa pela maioria dos adeptos. No seu lugar, de forma provisória(?), o nosso bem conhecido Francisco Barão, que bem me recordo de ver bastas vezes ao vivo no velhinho Alvalade. Que a Direcção de Bruno de Carvalho saiba agora encontrar um responsável à altura das ambições do clube é o que desejamos.

 

publicado às 06:54

Litos recusou convite do Sporting

Rui Gomes, em 06.06.14
 

 

Ficaram agora esclarecidos, de uma vez por todas, os rumores noticiosos que davam Litos como o novo treinador da equipa B do Sporting. Segundo as suas próprias declarações esta quinta-feira, o antigo n.º 10 leonino fez saber que a razão que o levou a recusar o convite foi "por não estarem reunidas as condições para dar o sim". O significado do termo fica á interpretação de cada um:

 

«Confirmo que fui alvo de um convite, mas, infelizmente, não estavam reunidas as condições para dar o sim. Todos sabem o muito que sinto pelo Sporting e quem sabe se um dia não voltarei pela porta grande, mas isso não será possível agora. Pelo respeito absoluto que me merece a instituição, os seus profissionais e adeptos, não poderia ser um factor de divisão, até porque o Sporting B tem um treinador chamado Abel Ferreira. Desejo a todos os maiores sucessos desportivos.»

 

"Não poderia ser um factor de divisão", leva a crer que a escolha de Litos não foi consensual entre os elementos da SAD ou, então, que ele não achou bem aceitar a posição com Abel Ferreira ainda no lugar. É muito provável que tenha sido este último cenário, dado que não vejo que o convite tenha sido endereçado sem haver um parecer comum entre Bruno de Carvalho, Inácio e, presume-se, Virgílio. Se assim foi, é por de mais incompreensível como se convida um novo técnico sem primeiro resolver a situação daquele que tem vindo a liderar a equipa.

 

Qual será a postura de Abel Ferreira perante esta situação que o deixa, no mínimo, fragilizado ?

 

As declarações de Litos também podem ser ouvidas aqui.

 

publicado às 05:36

Feirense 1 Sporting B 2

Rui Gomes, em 06.04.14
 

 

Em jogo da 37.ª jornada da II Liga, a equipa B do Sporting visitou e venceu o Feirense, por 1-2, com golos de Wallyson (52') e Wilson Eduardo (60').

 

O Sporting alinhou com o seguinte onze: Luís Ribeiro; Ricardo Esgaio, Matias Pérez, Rúben Semedo e King; Kikas, Wallyson e Filipe Chaby; Iuri Medeiros, Dramé e Wilson Eduardo. Ainda entraram no jogo Edelino Ié, Stojanovic e Enoh.

 

Com esta vitória, o Sporting classifica-se em 5.º lugar com 61 pontos - 8 pontos atrás do líder Moreirense - fruto de 18 vitórias, 7 empates e 12 derrotas. Esta equipa liderada por Abel Ferreira, embora registe uma média razoável de golos marcados: 50 - 1,35 por jogo, já sofreu 42 golos, ou seja, 1,13 por jogo.

 

Na próxima jornada - domingo, dia 13 de Abril - o Sporting recebe o Farense.

 

O resumo do jogo com o Feirense pode ser visto aqui.

 

publicado às 20:42

União da Madeira 2 Sporting B 3

Rui Gomes, em 03.11.13

 

 

O Sporting B foi ao Estádio Municipal do Machico, na Madeira, derrotar o União por 3-2, em jogo a contar para a 13.ª jornada da II Liga. Os leões alinharam com: Luís Ribeiro; Mauro Riquicho, Rúben Semedo, Nuno Reis e Hugo Sousa: Fokobo, João Mário e Gerson Magrão: Ricardo Esgaio, Iuri Medeiros e Betinho. Ainda jogaram Luka Stojanovich, Diogo Salomão e Cristian Ponde.

 

Os golos leoninos foram apontados por Ricardo Esgaio (2) - um de grande penalidade - e Cristian Ponde, aos 86 minutos, para dar a vitória ao Sporting, que ocupa agora o 5.º lugar, à condição, com 22 pontos, 7 atrás do líder Moreirense.

 

publicado às 17:27

Sporting B 2 Desportivo das Aves 2

Rui Gomes, em 09.12.12

 

A equipa do Sporting B empatou com o Desportivo das Aves, por 2-2, em jogo a contar para a 17.ª jornada da II Liga. Os «leões» desperdiçaram uma grande oportunidade para se aproximarem mais do Belenenses, deixando a vitória fugir mesmo ao fechar do pano. Os golos «leoninos» foram apontados por Jorge Chula e Betinho. Nota para a expulsão de Bruno Pereirinha aos 66 minutos, anulando a vantagem numérica do Sporting, pela expulsão de Élvis aos 26 minutos. O Belenenses lidera a tabela classificativa com 38 pontos, mais quatro do que o segundo classificado Sporting e sete do terceiro Arouca.

 

publicado às 20:37

Sporting B 2 Feirense 2

Rui Gomes, em 28.11.12

A equipa B do Sporting empatou com o Feirense, por 2-2, em jogo realizado no Estádio Municipal de Rio Maior a contar para a 15.ª jornada da II Liga. Os golos «leoninos» foram apontados por Ricardo Esgaio aos 37 minutos (g.p.) e Betinho aos 50. Com o seu terceiro empate da época, o Sporting soma 33 pontos e mantem-se na liderança, com mais um ponto que o segundo classificado Belenenses.

 

publicado às 21:08

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo