Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sporting sub-23 a perder gás…

Leão Zargo, em 02.11.19

75204653_3740982929260523_581725239747018752_n.jpg

O Sporting recebeu a Académica em partida da 14ª jornada da Liga Revelação e perdeu por 2-0. Trata-se do quarto jogo consecutivo (duas derrotas e dois empates) sem conseguir vencer. Sem organização e sem dinâmica colectiva, a equipa perdeu segurança defensiva e capacidade ofensiva, e a qualidade individual dos jogadores deixou de fazer a diferença em campo. Esta derrota com um adversário que era o penúltimo classificado e que apenas tinha conseguido uma vitória coloca isso mesmo em evidência.

No final do jogo, técnicos e jogadores reuniram-se em círculo perto do centro do terreno. Muito haverá para debater e rever já nos próximos dias, pois o futebol vencedor e galvanizador do Sporting como que se esfumou em determinado momento, anterior ao ciclo de insucessos que se iniciou com a derrota frente ao Benfica em 19 de Outubro. As alterações na equipa podem ter contribuído para isso, mas não justificará o que se passa, como Leonel Pontes considerou em entrevista.

2019-11-02.png

Liga Revelação, 14.ª jornada – 02.11.2019
CGD Stadium Aurélio Pereira
Árbitro: Fábio Varanda.
Árbitros assistentes: André Guerreiro e Mauro Santos.

SPORTING CP: Diogo Sousa, João Daniel (Bruno Tavares, 46´), João Silva, Nuno Mendes (Rodrigo, 72´), Eduardo Quaresma, Diogo Brás (João Oliveira, 46´), Matheus Nunes, Tomás Silva (cap.), Tiago Rodrigues, Joelson e Dimitar Mitrovski.

Suplentes não utilizados:Hugo Cunha, Echedey Verde, João Goulart, Gonçalo Costa, João Ricciolli e Bernardo Sousa. 

Treinador: Leonel Pontes 

Disciplina: cartão amarelo para João Daniel (39´.

ACADÉMICA: Daniel Azevedo, Sérgio Conceição, Bolgado, Sandro Cordovias (Aldair, 76´), Pedro Pinto (Cap.) (Nuno André, 76´), Nadson (António Ribeiro, 85´), Yuri, Sousa, Matheus, Gonçalo Chaves (Simão França, 85´) e Rodrigo (pedro Pinho, 68´)

Suplentes não utilizados: Sá, António Ribeiro, Pedro Rodrigues, José Gomes, Guilherme, Mvuka, Rui Bruno e Zé Maria. 

Treinador: Miguel Carvalho.

Disciplina cartão amarelo para Gonçalo Chaves (37´), Rodrigo (39´) e Aldair (82´).

Golos: 0-1 Yuri (25´); 0-2 Pedro Pinto (57´)

Com este resultado, o Sporting CP pode perder a liderança da classificação se o Benfica ganhar em Portimão. Na próxima jornada, em 9 de Novembro, a equipa leonina desloca-se a Setúbal para defrontar o Vitória.

publicado às 13:28

Rodrigo Fernandes

Leão Zargo, em 30.10.19

Rodrigo Fernandes SCP.jpg

Rodrigo Fernandes faz parte do plantel principal do Sporting desde 22 de Outubro e estreou-se no domingo na partida frente ao Vitória de Guimarães. A sua promoção foi referida no tempo de Marcel Keizer e de Leonel Pontes. No entanto, Jorge Silas alertou que o médio alinhará pelos sub 23 sempre que for conveniente para ele ou para a equipa. O jogador nasceu em 23 de Março de 2001, está na Academia de Alcochete desde 2009, e apesar de ser ainda sub 19 participou em 10 jogos pelos sub 23 nesta época. Tem 52 internacionalizações (sub 16, 17, 18 e 19).

Trata-se de um médio esquerdino que pode jogar numa posição defensiva e a interior, ou a lateral esquerdo, com um perfil físico raro num centrocampista (1m84). Nesta temporada tem sido médio defensivo, destacando-se como organizador em zonas mais recuadas e pela ligação entre defesas e médios na construção de jogo. O blogue Visão de Mercado salienta a elegância e a serenidade na recepção da bola e a qualidade de passe, o sentido posicional, a boa cobertura da bola através da capacidade física e técnica, a passada larga e o poder de remate. O blogue refere que precisa de melhorar a concentração e a atitude competitiva e de arriscar mais no remate à baliza adversária.

Rodrigo Fernandes tem contrato com o Sporting até 30 de Junho de 2020 e o empresário é Jorge Mendes.

publicado às 13:30

Leões perdem no dérbi sub 23

Leão Zargo, em 19.10.19

Benfica e Sporting, os dois primeiros classificados da Liga Revelação, defrontaram-se hoje de manhã no Seixal em jogo da 11ª jornada. Os encarnados venceram o dérbi por 2-1. Na véspera, o treinador Leonel Pontes tinha avisado que “o Benfica tem excelentes jogadores, vamos manter o critério de análise ao adversário. É importante estarmos tranquilos e manter a cabeça fria”. Rafael Camacho alinhou a titular. Antes do início da partida cumpriu-se um minuto de silêncio em memória de Rui Jordão.

A primeira parte foi equilibrada, representada no empate (1-1). O Benfica explorou mais o corredor esquerdo ofensivo através de Tiago Araújo, o Sporting procurou sempre jogar mais apoiado para se aproximar da baliza adversária. Ronaldo Camará na sequência de um pontapé de canto e Pedro Mendes de grande penalidade fizeram os golos.

A equipa da casa entrou muito forte depois do intervalo e Gonçalo Ramos marcou logo nos primeiros minutos. Leonel Pontes respondeu com a entrada de Joelson Fernandes aos 63 minutos, que no minuto seguinte atirou ao poste. Com a chuva intensa o jogo tornou-se mais físico, privilegiando-se os passes longos para o meio campo adversário. Os leões pressionaram muito na fase final, mas não conseguiram marcar e perderam pela primeira vez esta época.

Apesar deste resultado, o Sporting continua a liderar a classificação com 30 pontos. Na próxima jornada, em 26 de Outubro, os leões recebem o Estoril-Praia em Alcochete.

Benfica-Sporting.jpg

Ficha de jogo:

Liga Revelação - 11.ª jornada (19.10.2019)

Benfica 2 - Sporting 1

Caixa Futebol Campus, Seixal

Benfica: Leo Kokubo, Ebuehi, Miguel Nóbrega, Morato, Frimpong, Rafael Brito (Tomás Azevedo, 79’), Paulo Bernardo, Ronaldo Camará, Jair Tavares (Tiago Gouveia, 72’), Tiago Araújo e Gonçalo Ramos (Luís Lopes, 79’)

Treinador: Jorge Maciel

Sporting: Diogo Sousa, Echedey Verde (Joelson Fernandes, 63’), Eduardo Quaresma, João Ricciulli (Tiago Rodrigues, 80), João Silva, Matheus Nunes, Rodrigo Fernandes, Tomás Silva (Dimitar Mitrovski, 80’), Rafael Camacho (Diogo Brás, 68’), Bruno Tavares e Pedro Mendes

Treinador: Leonel Pontes

Golos: Ronaldo Camará (25’), Pedro Mendes (g.p. 32’) e Gonçalo Ramos (49’)

publicado às 13:07

Sub-23 continuam invencíveis

Leão Zargo, em 28.09.19

sub-23belemsad_1.jpeg

O Sporting sub 23 defrontou hoje o Belenenses SAD sub 23, em Odivelas, para a 9ª jornada da Liga Revelação. Os leões venceram por 2-1, permanecendo invictos na prova. Marco Santos, treinador-adjunto de Emanuel Ferro, sentou-se no banco para orientar a equipa.

O golo do Belenenses resultou de um autogolo de João Oliveira aos 27 minutos. Apesar da contrariedade, a equipa leonina não se desorganizou, continuou a exercer o domínio do jogo, mas os azuis criaram sempre perigo em ofensivas rápidas. Numa destas ocasiões, aos 70 minutos, o árbitro assinalou o castigo máximo por mão de Eduardo Quaresma, que Diogo Sousa defendeu. Uma intervenção importante do guarda-redes pois, logo a seguir, Pedro Mendes de cabeça fez o 1-1. A cinco minutos do fim do jogo, Tiago Rodrigues, que tinha substituído Pedro Mendes algum tempo antes, fez o golo da vitória na sequência de uma excelente abertura de Mitrovski.

O Sporting lidera a classificação com 27 pontos. Na próxima jornada, em 5 de Outubro, recebe o Feirense em Alcochete.

Ficha de jogo:

Liga Revelação - 9.ª jornada (28.09.2019)

Belenenses SAD 1 – Sporting 2

Complexo Desportivo de Odivelas

Árbitro: Gonçalo Nunes

BELENENSES SAD: João Monteiro, Gonçalo Agrelos, Luís Silva, Danny Henriques (Cap.), Luca Van der Gaag, Sithole, Simón Ramirez, Tomás Castro, Charles Brym, Edi Semedo e Edgar Pacheco

Treinador: Nélson Santos

SPORTING CP: Diogo Sousa, Nuno Mendes, Eduardo Quaresma, João Silva, João Oliveira, Bruno Tavares, Matheus Nunes, Tomás Silva (Cap.), Rodrigo Fernandes, Joelson Fernandes e Pedro Mendes (Diogo Brás, Nuno Moreira, Dimitar Mitrovski e Tiago Rodrigues entraram com o jogo a decorrer).

Treinador: Marco Santos

Golos: Diogo Sousa (p.b., 22’), Pedro Mendes (74’) e Tiago Rodrigues (86’)

publicado às 14:04

Sete jogos, sete vitórias

Leão Zargo, em 19.09.19

 

Leixões 1 Sporting 2 19.9.19.jpg

O Sporting sub 23 venceu o Leixões, em Matosinhos, por 2-1, e continua a invicto na Liga Revelação. Sete vitórias em sete jogos. A equipa leonina começou muito bem a partida e aos dezasseis minutos já tinha uma vantagem de dois golos. No entanto, os leixonenses equilibraram o jogo na segunda parte, reduziram o marcador, e podiam ter empatado nos minutos finais.

Os leões lideram a classificação com mais sete pontos do que o Belenenses SAD, que está em segundo lugar. Na próxima jornada, em 24 de Setembro, os leões recebem o Rio Ave em Alcochete.

Ficha de jogo:

Liga Revelação - 7.ª jornada (19.09.2019)

Leixões 1 - Sporting 2

Estádio do Mar

Árbitro - Bruno Costa

Leixões - Carlos Peixoto, Lamba (Camelo, 70'), João Filipe, Fontes (Cap.), Folha (Edu, 51'), Onana, Dinho, Ricardinho (Ferreirinha, 70'), Léo (Chidera, 51'), Italo (Alan Júnior, 76') e Franco 

Treinador - Rui Borges

Sporting - Diogo Sousa, Rodrigo Fernandes, Joelson Fernandes (Diogo Brás, 75'), Nuno Mendes, Bruno Tavares  (Echedey Verde, 88'), João Ricciulli, João Oliveira (João Silva, 65'), Eduardo Quaresma, Tiago Rodrigues, Nuno Moreira (Dimitar Mitrovski, 65') e Tomás Silva (cap.) (Bernardo Sousa, 75')

Treinador - Emanuel Ferro

Marcadores - 0-1 (Tiago Rodrigues, 8'); 0-2 (Tomás Silva, 16'); 1-2 (Ítalo, 55')

publicado às 19:11

Pedro Mendes decide

Leão Zargo, em 14.09.19

Pedro Mendes SCP Sub 23.jpg

O Sporting venceu hoje o Portimonense por 4-3 na Academia de Alcochete para a 6ª jornada da Liga Revelação. Em jogo aberto e muito disputado, defrontaram-se as duas equipas mais goleadoras da Liga Revelação, que não deixaram os créditos por mãos alheias. Antes os leões tinham sofrido apenas dois golos. O avançado Pedro Mendes esteve em destaque pelo “hat-trick” que conseguiu. Três golos à ponta de lança, como se costuma dizer.

O Sporting continua invicto, no entanto esteve duas vezes em desvantagem no marcador. A manhã inspirada de Pedro Mendes e um belo golo de João Oliveira garantiram a vitória leonina. Emanuel Ferro, que passou de adjunto a técnico principal, tinha garantido na véspera que a mudança no banco constitui apenas um “detalhe”. Considerou que a “não mudámos nada, a estrutura manteve-se toda (…) e o importante é dar continuidade ao bom trabalho que tem sido feito por todos”.

Com esta vitória, o Sporting lidera a classificação com dezoito pontos, mais cinco do que os segundos classificados, Benfica e Belenenses. Na próxima jornada, em 19 de Setembro, a equipa leonina defronta o Leixões.

Ficha de jogo:

Liga Revelação - 6.ª jornada (14.09.2019)

Sporting 4 - Portimonense 3

Estádio Aurélio Pereira, Alcochete

Árbitro - João Bernardo

Sporting - Diogo Sousa, Pedro Mendes (Bernardo Sousa, 87'), Rodrigo Fernandes, Joelson Fernandes (Dimitar Mitrovski, 87'), Nuno Mendes, Bruno Tavares (Nuno Moreira, 77'), João Ricciulli, João Oliveira (Diogo Brás, 90'), Eduardo Quaresma, Matheus Nunes e Tomás Silva (cap.)

Treinador - Emanuel Ferro

Portimonense - Nedja, Vilela, Paulo Estrela, Iago (Vasco Teixeira, 87'), Beto, Diogo Rodrigues (Francisco, 49'), Casagrande, Fali (cap.) (Sérgio Neto, 87'), Ohori (Payne, 65'), Thiago Moraes e Vinicius Bala (Cassio, 77')

Treinador - Bruno Lopes

Marcadores - 0-1 por Paulo Estrela (18' g.p.), 1-1 por Pedro Mendes (38'), 1-2 por Beto (49'), 2-2 por Pedro Mendes (67'), 2-3 por Pedro Mendes (70'), 2-4 por João Oliveira (79') e 3-4 por Casagrande (90')

publicado às 16:12

Leonel Pontes

Leão Zargo, em 29.08.19

Leonel Pontes.jpg

A equipa do Sporting sub 23 teve uma entrada de leão na Liga Revelação. Lidera isolada a tabela classificativa com quatro vitórias em quatro jogos, catorze golos marcados e apenas um sofrido (de grande penalidade). Da equipa faremos uma análise do desempenho lá mais para a frente na competição, ficamos agora por uma observação de carácter genérico sobre o treinador sportinguista.

O treinador Leonel Pontes é um “velho” conhecido da formação leonina, ainda anterior à construção da Academia de Alcochete, pois começou com os sub 15 em 1999-2000. Depois treinou outros escalões da formação, foi adjunto de Luís Alegria e de Jean Paul na equipa B (2002-03) e adjunto de Paulo Bento nos juniores e na equipa principal (2004 a 2010). Participou no crescimento desportivo de jogadores como Cristiano Ronaldo, Nani, Miguel Veloso, Quaresma, João Moutinho, Rui Patrício e Daniel Carriço, entre outros.

A seguir acompanhou Paulo Bento na selecção nacional (2010 a 2013) e foi o treinador principal no Marítimo, Panetolikos (Grécia), Al-Ittihad (Egito), Debreceni (Hungria) e Jumilla (Espanha). Em Junho de 2019 substituiu Alexandre Santos na orientação dos sub 23.

Leonel Pontes jogou futebol em clubes chamados pequenos, tem formação académica em Ciências do Desporto (Faculdade de Motricidade Humana) e o curso de treinadores UEFA Pro-Nível 4 (17,5 valores). O facto de ter alcançado até esta data pouco ou nenhum êxito no futebol profissional levou a que seja considerado por muitos como um técnico mais vocacionado para o futebol de formação, onde existe uma outra lógica de liderança e de tratamento dos jogadores, outra exigência e imediatismo nos resultados.

A especificidade da Liga Revelação sub 23 permitirá avaliar com mais rigor as suas capacidades como treinador e conhecer melhor os seus processos de treino e de modelo de jogo. Também saberemos se teve sucesso naquilo que se propôs: “criar uma equipa competitiva para ir ganhando as provas em que estamos inseridos ao mesmo tempo que promovemos jogadores desta equipa de forma a providenciarmos ferramentas mais exigentes para a alta competição”.

publicado às 13:30

Um dérbi com vitória tem mais sabor

Leão Zargo, em 14.03.19

 

Benfica 1 Sporting 2 Liga Revelação 2018-19.jpg

 

Um dérbi é sempre um dérbi, mas ainda tem mais sabor quando o Sporting vence depois de revelar superioridade competitiva. A vitória por 2-1 sobre o Benfica, no Seixal, foi justa e reveladora do espírito de luta e da boa organização da equipa leonina. Tratou-se de um jogo para a 5.ª jornada da fase de apuramento de campeão da Liga Revelação (sub 23).

 

Este Benfica-Sporting foi bem disputado pelas duas equipas, mas ao longo da segunda parte a equipa leonina superiorizou-se e passou a exercer um certo domínio do jogo. Ocorre considerar que a grande penalidade muito bem defendida por Luís Maximiliano inspirou os companheiros. Na altura faltavam pouco mais vinte minutos para o final do jogo e os leões, conduzidos por Bruno Paz, cresceram e tornaram-se progressivamente mais perigosos. A exibição do capitão sportinguista foi coroada por um bom golo através de um remate forte e bem colocado junto ao poste direito de Celton Biai, aos 80 minutos.

 

Com este resultado, o Sporting fica provisoriamente no primeiro lugar, com 33 pontos. Na próxima jornada, em 30 de Março, a equipa leonina viaja até Vila do Conde para defrontar o Rio Ave, uma das equipas sensação da prova.

 

 

Ficha de jogo:

 

Liga Revelação 2018-19 - Play-Off  Jornada 5

Benfica 1 – Sporting 2

Caixa Futebol Campus, Seixal, 14 de Março de 2019

 

Benfica: Celton Biai, João Ferreira, Tomás Tavares, Miguel Nóbrega, Loureiro, Diogo Capitão, Diogo Pinto (Henrique Jocú, 86), Gonçalo Ramos, Úmaru Embaló (Tiago Araújo, 86), Tiago Gouveia e José Gomes (Luís Lopes, 77)

 

Treinador: Luís Tralhão

 

Sporting: Luís Maximiano, João Oliveira (Mees de Wit, 71), João Ricciulli, João Silva, Abdu Conté, Nuno Moreira (Pedro Empis, 61), Paulinho, Tomás Silva, Marco Túlio (Dimitar Mitrovski, 71), Bruno Paz e Pedro Mendes (Pedro Marques, 90+1)

 

Treinador: Alexandre Santos

 

Marcadores: 1-0 Marco Túlio (31), 1-1 Tiago Gouveia (58) e 1-2 Bruno Paz (80)

 

P.S.: Acompanhei este dérbi através da transmissão na TVI24, mas em determinado momento retirei o som dos comentários. É que chegou a parecer que se tratava da Benfica TV pela análise ao jogo dos comentadores (!) e pela forma como vibraram com o golo e as jogadas ofensivas dos encarnados. No penálti exclamaram “golo”, não reparando no movimento de defesa de Maximiliano. A quinze minutos do final do jogo houve um lance com derrube na grande área benfiquista. À cautela não houve repetição.

 

publicado às 18:41

Uma vitória muito oportuna

Leão Zargo, em 04.03.19

 

21372692_Q2a8g.jpeg

 

É verdade que no futebol as vitórias são sempre oportunas, mas a vitória de hoje do Sporting sub 23 sobre o SC Braga por 3-2 foi particularmente oportuna. Na verdade, depois do empate e da derrota nas duas primeiras jornadas da fase de apuramento de campeão da Liga Revelação, era obrigatório vencer este jogo. Francisco Geraldes, Jovane e Miguel Luís foram titulares. Marcel Keizer assistiu ao desafio, acompanhado pelo team manager Beto.

 

A equipa leonina começou melhor o jogo e o inaugurou o marcador aos sete minutos, por intermédio de Pedro Mendes, e aos vinte minutos aumentou a vantagem por João Ricciuli, na sequência de um pontapé de canto. No entanto, antes do intervalo o Braga reduziu a desvantagem por Namora.

 

As duas equipas iniciaram a segunda parte com alguma cautela e um auto-golo de Vianna permitiu que os leões ampliassem a vantagem. Os bracarenses reagiram, o guarda-redes Luís Maximiano defendeu um pontapé de grande penalidade marcado por Reko, mas acabaram por marcar perto do fim com Midana a estabelecer o resultado final.

 

Com esta vitória, o Sporting sub 23 igualou o Estoril no topo da tabela classificativa, ainda que à condição. Estas duas equipas defrontam-se na próxima jornada na Academia de Alcochete, em 9 de Março.

 

 

Ficha de jogo:


3.ª Jornada, 2.ª fase (Apuramento de Campeão) - 04.03.2019

Sporting 3 - SC Braga 2

CGD Stadium Aurelio Pereira, Alcochete

Árbitro: Diogo Amado

 

Sporting: Luís Maximiano, Pedro Mendes (Dimitar Mitovski, 74’), Paulinho (Nuno Moreira, 60’), Francisco Geraldes, João Silva, João Ricciulli, Abdu, Jovane Cabral (Tomás Silva, 67’), Bruno Paz - Cap., Miguel Luís (Marco Túlio, 74’) e Thierry Correia

 

Treinador: Alexandre Santos

 

SC Braga: Velho, Xico, Zé Pedro, Borges, Vianna, Reko - Cap., Álvaro (Veiga, 45’), Jailson (Kiki, 90+2’), Namora (Vítor, 75’), Midana e Moura (Eynel, 69’)

 

Treinador: José Araújo

 

Golos: 1-0 Pedro Mendes (7’), 2-0 João Ricciuli (20’), 2-1 Namora (38’), 3-1 Vianna (ag 53’) e 3-2 Midana (85’)

 

publicado às 15:36

 

Sporting Sub 23.jpg

 

Terminou a primeira fase da Liga Revelação.  Com a vitória em Braga na última jornada, o Sporting sub 23 ficou no 3º lugar da classificação, apurando-se para a fase Apuramento de Campeão na qual participarão os seis primeiros classificados (Rio Ave, Estoril Praia, Sporting, Desportivo de Aves, Benfica e SC Braga). Estes clubes jogam duas vezes entre si, transitando para a segunda fase com metade dos pontos obtidos na primeira.  Os leões abrem a segunda fase com a recepção ao Rio Ave, em 23 de Fevereiro, e na última jornada defrontam o Benfica.

 

A época da equipa leonina foi marcada por significativa instabilidade. José Lima substituiu Luís Martins por razões de saúde no final do mês de Julho e foi o treinador até à 14ª jornada. Depois, Tiago Fernandes sentou-se no banco em dois jogos, Francisco Barão num jogo e Alexandre Santos a partir da 18.ª jornada, em 18 de Dezembro.

 

Os leões obtiveram 15 vitórias, 4 empates e 7 derrotas, marcaram 47 golos e sofreram 29. Pedro Mendes é o melhor marcador com 10 golos. Foram utilizados 29 jogadores nas vinte e seis jornadas da primeira fase (incluindo Jatobá que foi convocado, mas não saiu do banco).

 

Dos jogadores que integram (ou integraram) o plantel sub 23, apenas três alinharam até agora na equipa principal: Miguel Luís participou em onze jogos (distribuídos pela Liga Portuguesa, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa), Thierry Correia dois jogos (Liga Europa) e Bruno Paz um jogo (Liga Europa). No entanto, Luís Maximiano, Diogo Sousa, Abdu Conté, João Queirós, Daniel Bragança (emprestado ao Farense), Nuno Moreira, Paulinho, Elves Baldé (emprestado ao Paços de Ferreira), Pedro Mendes e Pedro Marques são (ou foram) assíduos nos treinos dirigidos por Marcel Keizer.

 

O número muito reduzido de estreias na equipa principal leonina pode decorrer da fraca competitividade da Liga Revelação, inferior ao que acontece na 2ª Liga. No caso do Sporting, a opção pela Liga Revelação conduziu ao fim da equipa B que permitia uma boa continuidade para os jovens provenientes dos juniores, como se pode verificar pelo número de jogadores que singrou no futebol profissional.

 

Na verdade, a nova Liga sub 23 parece responder essencialmente às necessidades dos clubes que não possuem equipas B. Por alguma razão, Benfica, FC Porto, Braga e Vitória de Guimarães continuam a competir na 2ª Liga. Os portistas não têm equipa sub 23. O presidente Frederico Varandas referiu recentemente que está a analisar a possibilidade do Sporting voltar a ter uma equipa B.

 

publicado às 12:00

Sporting Sub 23 - um breve balanço

Leão Zargo, em 02.01.19

 

SCP - SLB 2018-19 Sub 23.jpg

 

O Sporting Sub 23 está em 2º lugar na classificação da Liga Revelação a dois pontos do líder, o Benfica. A competição vai na 19ª jornada da primeira fase, num total de vinte e seis jornadas.

 

Os leões obtiveram 11 vitórias, 4 empates e 4 derrotas, marcaram 38 golos e sofreram 22 golos. A última derrota aconteceu frente ao Estoril Praia (0-1) na 9ª jornada, em 6 de Outubro, e desde então verificaram-se 7 vitórias e 3 empates. Esta sequência de resultados permitiu a aproximação da liderança.  Os seis primeiros classificados disputam uma segunda fase que determinará o campeão.

 

A equipa leonina sub 23 foi confrontada com grande instabilidade desde o início da época no que refere à orientação técnica. José Lima substituiu Luís Martins por razões de saúde no final do mês de Julho e foi o treinador até à 14ª jornada (sete vitórias, três empates e quatro derrotas). Depois, Tiago Fernandes sentou-se no banco em dois jogos (uma vitória e um empate), Francisco Barão num jogo (vitória) e Alexandre Santos nas duas últimas partidas (duas vitórias). O Sporting estava em 6º lugar, a sete pontos do primeiro, quando José Lima saiu.

 

Foram utilizados vinte e nove jogadores nas dezanove jornadas da Liga Revelação (dois não saíram do banco):

 

Guarda-redes

 

Diogo Sousa - 9 jogos 2º ano

Luís Maximiano - 5 jogos 1º ano

Vladimir Stojković - 5 jogos 4º ano

 

Defesas

 

Thierry Correia - 12 jogos 1º ano

João Oliveira - 10 jogos 1º ano

Euclides Cabral - 1 jogo 1º ano

Kiki Kouyaté - 15 jogos 3º ano

João Queirós - 9 jogos 2º ano

João Silva - 10 jogos 1 golo 1º ano

Tiago Djaló - 7 jogos júnior

Pedro Empis - 8 jogos 3º ano

Abdu Conté - 13 jogos 2º ano

João Ricciulli - ainda não jogou 2º ano

 

Médios

 

Bruno Paz - 13 jogos 2º ano

Daniel Bragança - 18 jogos 4 golos 1º ano

Bubacar Djaló - 2 jogos 2º ano

Tomás Silva - 18 jogos 1 golo 1º ano

Nuno Moreira - 12 jogos 3 golos 1º ano

Miguel Luís - 4 jogos 1 golo 1º ano

Paulinho Lucas - 16 jogos 1 golo 3º ano

Carlos Jatobá - ainda não jogou 5º ano

 

Avançados

 

Dimitar Mitrovski - 17 jogos 5 golos 1º ano

Marco Túlio - 12 jogos 3 golos 2º ano

Mees de Wit - 11 jogos 2º ano

Elves Baldé - 16 jogos 5 golos 1º ano

Diogo Brás - 2 jogos júnior

Pedro Mendes - 15 jogos 5 golos 1º ano

Pedro Marques - 12 jogos 3 golos 2º ano

Leonardo Ruiz - 1 jogo 3 golos 4º ano

 

*** (Dados da Wiki Sporting)

 

Miguel Luís e Thierry Correia foram integrados no plantel principal. De certa forma, passa-se o mesmo com Luís Maximiano e Diogo Sousa, enquanto que Abdu Conté, Bruno Paz, João Queirós, Daniel Bragança, Paulinho, Nuno Moreira, Tiago Djaló e Pedro Marques têm treinado com a primeira equipa. Leonardo Ruiz foi emprestado ao Zorya (Ucrânia), logo em Agosto, e Elves Baldé ao Paços de Ferreira, recentemente.

 

A equipa leonina atravessa a melhor fase da época. Consolidou processos e filosofia de jogo, o equilíbrio na defesa tornou mais difícil que sofra golos e possibilitou um futebol rápido envolvendo sempre vários jogadores no processo ofensivo em saídas de trás que procuram avançar de forma apoiada. Nos últimos cinco jogos alcançou quatro vitórias, marcou dez golos e sofreu o único golo no empate com o Benfica no Seixal.

 

Os guarda-redes Diogo Sousa e Maximiano revelam grande qualidade. Os defesas laterais (Thierry, João Oliveira, Empis e Conté) avançam muito no terreno, trocando de posição com os alas. Centrais rápidos (Kiki, Queirós e João Silva) permitem um posicionamento mais adiantado no terreno, médios tecnicistas (Bragança, Bruno Paz, Tomás Silva, Nuno Moreira e Paulinho Lucas) e médios ofensivos (Mitrovski e Túlio) favorecem saídas bem definidas em transição para uma linha avançada onde se destacam um nº 9 clássico (Pedro Mendes), um avançado de grande mobilidade (Pedro Marques) e um extremo (de Wit).

 

Fica então a faltar Elves Baldé que foi emprestado ao Paços de Ferreira e que poderá ser insubstituível pela velocidade e capacidade para desequilibrar no um para um. Hoje foi anunciada a chegada por empréstimo de extremo David Wang. O Sporting Sub 23 desloca-se a Portimão no dia 5 de Janeiro.

 

publicado às 12:59

Marco Túlio em destaque nos Sub 23

Leão Zargo, em 28.09.18

 

21185150_EUPii.jpeg

 

O Sporting - Portimonense disputado na terça-feira para a 7ª jornada da Liga Revelação correu muito bem aos leões (vitória por 4-1) e, em particular, ao brasileiro Marco Túlio que marcou dois golos e foi um dos dinamizadores do bom jogo ofensivo da equipa verde e branca. O seu futebol tecnicista, apoiado, envolvente, normalmente a partir da esquerda, possibilitou grande controlo de bola no meio campo algarvio e um número crescente de jogadas perigosas perto da grande área adversária.

 

Marco Túlio nasceu em 1998 e foi contratado pelo Sporting ao Atlético Mineiro em 2018. O passe desportivo custou 900 mil euros, tendo sido deduzido na dívida de 1,5 milhões de euros do clube brasileiro ao Sporting em virtude da contratação em 2017 do então sportinguista Elias. É internacional sub 17 (participou em cinco jogos na vitória do Brasil no Sudamericano Sub 17 em 2015) e conquistou o título de Campeão Mineiro em 2017. Realizou oito jogos na equipa principal do Atlético.

 

Marco Túlio chegou a Portugal em Abril de 2018, ainda a tempo de participar na vitória (7-1) do Sporting B sobre a Selecção de Macau, na digressão à China, e marcar um golo e fazer uma assistência para outro. O treinador José Lima reconhece-lhe qualidades importantes pois esteve presente nas sete jornadas da Liga Revelação, cinco vezes como titular e duas como suplente utilizado, como ala ou médio ofensivo. É um dos executantes dos lances de bola parada, nomeadamente livres directos. Marcou três golos, um ao Vitória de Setúbal e dois ao Portimonense. 

 

publicado às 12:55

Sporting Sub 23 2018-19.jpg

 

A primeira jornada da Liga Revelação (Campeonato Sub 23) está marcada para sábado, 18 de Agosto. A competição ficou organizada em duas fases, na primeira participam 14 equipas que jogam entre si em 26 jornadas. No final desta primeira fase, os seis primeiros classificados participam na fase de apuramento do campeão, jogando novamente todos contra todos. Os restantes disputam a fase de manutenção, jogando também todos contra todos. Na primeira jornada o Sporting desloca-se a Setúbal para defrontar o Vitória.

 

Francisco Barão, adjunto de Luís Martins na equipa B, é o treinador. Na pré-época, para além dos treinos com o plantel principal, a equipa Sub 23 realizou quatro jogos, obtendo duas vitórias (Moura 5-1 e Amora 3-0), um empate (Cova da Piedade 1-1) e uma derrota (Nacional da Madeira 3-4). Na imprensa há referências a dois jogos com o Mafra e o SL Cartaxo, mas não foi possível obter a confirmação.

 

Neste momento, o plantel leonino Sub 23 é constituído pelos seguintes jogadores:

 

Guarda-redes

 

Vladimir Stojkovic - 21 anos, no Sporting desde os Sub 13 em 2007-08

Diogo Sousa - 19 anos, no Sporting desde os Sub 16 em 2013-14

 

Defesas

 

Abdu Conté - 20 anos, no Sporting desde os Sub 14 em 2011-12

João Goulart - 18 anos, no Sporting desde os Sub 16 em 2015-16

João Ricciulli - 18 anos, no Sporting desde os Sub 17 em 2015-16

Thierry Correia - 19 anos, no Sporting desde os Sub 11 em 2009-10

Echedey Carpintier - 18 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2017-18 (Espanha)

João Oliveira - 19 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2008-09

Tiago Djaló - 18 anos, no Sporting desde os Sub 14 em 2013-14

João Queirós - 20 anos, no Sporting por empréstimo do FC Köln em 2018-19 e 2019-20 

João Silva - 19 anos, no Sporting desde os Sub 17 em 2015-16

 

Médios

 

Nuno Moreira - 19 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2007-08

Dimitar Mitrovski - 18 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2016-17 (Macedónia)

Daniel Bragança - 19 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2007-08

Bruno Paz - 20 anos, no Sporting desde os Sub 14 em 2011-12

Paulo Lucas “Paulinho” - 21 anos, empréstimo do Fluminense desde 2017-18 (Brasil)

Tomás Silva - 18 anos, no Sporting desde os Sub 10 em 2008-09

Miguel Luís - 18 anos, no Sporting desde os Sub 11 em 2009-10

Marco Túlio - 20 anos, contratado ao Atlético Mineiro em 2018-19 (Brasil)

Carlos Jatobá - 22 anos, contratado ao FC Dunav em 2018-19 (Brasil)

 

Avançados

 

Pedro Marques - 20 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2016-17

Elves Baldé - 18 anos, no Sporting desde os Sub 11 em 2009-10

Leonardo Ruiz - 22 anos, no Sporting desde a equipa B em 2016-17 (Colômbia)

Pedro Mendes - 19 anos, no Sporting desde os Sub 19 em 2017-18

Diogo Brás - 18 anos, no Sporting desde os Sub 13 em 2012-13

Mees De Wit - 20 anos, jogador livre contratado em 2018-19 (Holanda)

 

Ao contrário do que se passou com a equipa B, o plantel leonino Sub 23 é constituído essencialmente por atletas formados na Academia de Alcochete. Entre os jogadores contratados, destacam-se João Queirós (empréstimo do FC Köln com opção de compra), o brasileiro Marco Túlio e o holandês Mees De Wit, todos internacionais pelos seus países.

 

publicado às 12:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo