Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Foto do dia

Rui Gomes, em 14.07.19

img_920x519$2019_07_13_18_28_50_1575539.jpg

A vasta maioria dos cerca de 5 mil adeptos em St. Gallen eram leões

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:47

66491680_10156092789876555_8619736283440218112_n.j

Não tenho disponibilidade neste momento para comentar o jogo, mas deixo este post caso os leitores queiram adiantar algumas observações.

Superioridade clara na primeira parte do jogo, com bom futebol, salvo, lamentavelmente, o enorme erro de Eduardo a oferecer o golo ao adversário aos 42 minutos.

Na segunda parte, destaque para o jovem Luís Maximiano, com duas ou três defesas de grande nível. Faz-me lembrar Rui Patrício a colocar a bola em jogo... muito a melhorar neste aspecto.

img_920x518$2019_07_13_20_20_25_1575624.jpg

Considerações de Roy Hendriksen, adjunto de Marcel Keizer, no final da partida:

O empate não foi bom dado o nosso rendimento na primeira parte em que jogámos muito bem e marcámos dois golos. Depois há a forma como sofremos os dois golos e não estamos felizes com isso. Temos de rever.

Foram partes diferentes. Na segunda jogaram os jovens, e sei que foi duro para eles, mas também foi muito bom para ganharem experiência. Eles têm diferentes qualidades. Na primeira parte estivemos muito bem, chegámos quase sempre primeiro à bola e não concedemos hipóteses de golo. Na segunda parte notou-se algum cansaço, deixámos de pressionar e sofremos.

Ainda temos pela frente um longo caminho a percorrer e estamos a dar os primeiros pequenos passos. Agora temos o jogo na Bélgica e vamos preparar esse desafio".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

mv1_7512.jpg

O Sporting inaugurou a pré-época com uma exibição algo "cinzenta", acabando por perder por 2-1 frente ao Rapperswil, equipa da segunda divisão da Suíça.

Os leões até se adiantaram primeiro no marcador, com um golo de Bruno Fernandes, na conversação de uma grande penalidade, mas o segundo período acabou por apresentar um outro cenário.

Ao intervalo, Marcel Keizer trocou a equipa por inteiro e viu o Rapperswil, treinado pelo português Pedro Silva, marcar por duas vezes, com golos de Jordan Gele (49’) e Merlin Hadzi (68’).

Onze da primeira parte: Renan, Thierry Correia, Luís Neto, Mathieu, Nuno Mendes, Idrissa Doumbia, Wendel, Bruno Fernandes, Luciano Vietto, Raphinha e Bas Dost.

Onze da segunda parte: Luís Maximiano, Eduardo Quaresma, Tiago Ilori, Ivanildo Fernandes, Abdu Conté, Eduardo Henrique, Miguel Luís, Gonzalo Plata, Matheus Pereira, Rafael Camacho e Luiz Phellype.

No próximo sábado, pelas 18h00, o adversário é o St. Gallen, novamente com transmissão na Sport TV1.

Roy Hendriksen, adjunto de Marcel Keizer, teve isto para dizer no final da partida:

"Observámos grandes diferenças em ambas as partes, na segunda optámos por utilizar a maior parte dos jogadores jovens e foi uma boa lição para todos. O que fez a diferença não foi a qualidade, mas sim a disciplina, os jogadores mais jovens estiveram muito bem e todos tentaram dar o seu melhor tendo em conta o que treinámos.

Todos precisam de mais tempo, quando se é novo numa equipa a adaptação não é fácil… Todos aqueles que jogaram hoje têm imensa qualidade, mas sabemos que conseguem e devem fazer melhor e ainda há muita margem de progressão".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:49

2019-07-10.png

Considerações do presidente Frederico Varandas na Suíça, onde se encontra de momento com a equipa em estágio de pré-época e à margem do jogo-treino com o Rapperswil:

"O que eu sei, e posso deixar a garantia, é que o grupo do Sporting vai estar pronto para quando chegar o momento competirmos e dignificarmos a camisola. As nossas ambições são muitas, vamos estar preparados e os sócios do Sporting saberão disso.

Ontem quebrámos um recorde com a venda de Gamebox e isso é a prova dos nove que os sportiguistas acreditam neste Sporting e se revêem no Clube. Trabalhamos muito para tornar o Sporting mais competitivo desportivamente, mas também para deixar a marca mais forte.

Estamos também a bater recordes no merchandising e outros recordes vão cair. São passos fundamentais para deixarmos este Clube numa outra dimensão. Esta fantástica massa associativa merece ter um clube altamente profissional, competente e ambicioso. É por isso que estamos aqui.

Gosto de estar por perto, de ver, de sentir. Já tenho oito anos de experiência na formação de equipas e de grupos, por isso sempre que posso estou por perto. Esta recepção aqui mostra a dimensão mundial do Sporting, um Clube com uma força brutal, gigante, e isto é muito importante para os mais novos e para os jogadores que acabam de chegar. Isto ajuda-os a perceber a dimensão do Clube em que vão jogar. Assim sentem o peso desta camisola que equivale aos milhões de adeptos espalhados pela Europa e pelo Mundo".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:48

Foto do dia

Rui Gomes, em 11.07.19

mv1_8351.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:47

Foto do dia

Rui Gomes, em 10.07.19

66459877_10156083881856555_4563155151430352896_o.j

Decorre o estágio na Suíça com boa disposição em evidência

66285584_10156083881901555_3106911945299591168_o.j

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:32

Foto do dia

Rui Gomes, em 09.07.19

treinosuica_2.jpeg

treinosuica_6.jpeg

treinosuica_8.jpeg

Primeiro treino na Suíça

 

Considerações de Eduardo Henrique:

"O treino foi muito competitivo, como tem sido sempre. Cada um está à procura do seu espaço. Fui bem recebido por todos. Já deu para perceber que o grupo almeja grandes coisas esta temporada. Estou muito contente por estar no Sporting CP e espero fazer um grande ano.

Sobre as minhas posições, jogo tanto a 'seis' como a 'oito' sem problema. Já o fiz no Belenenses SAD. Estou habituado e preparado para cumprir o que o mister desejar.

Espero ver o Estádio de Alvalade sempre cheio. Os adeptos podem esperar uma equipa muito aguerrida e sempre em busca da vitória. Vamos jogar sempre por nós e por eles".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:31

Foto do dia

Rui Gomes, em 08.07.19

66442996_10156079785951555_4782026719194251264_o.j

partida_5.jpeg

Os nossos leões a caminho da Suíça, onde vão estagiar durante uma semana

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:33

000_1612FM-1024x682-1024x682.jpg

"Inacreditável o futebol miserável jogado por Portugal...A capacidade que Fernando Santos tem para pôr grandes talentos a jogar tão bem como eu jogo, é épica... Imagine-se a quantidade de talento que existe nesta selecção, nas mãos de um treinador a sério...

Semedo, Neves, Bernardo, Bruno Fernandes, João Félix e até Cristiano, completamente perdidos em campo, quase todos fora das suas posições, a jogarem um centésimo daquilo que sabem jogar. Depois temos Cristiano Ronaldo, que mesmo nesta miséria exibicional, resolve o jogo com a naturalidade dos grandes deuses do futebol...

E Fernando Santos lá continua...".

Leitor: João Paulo Gonçalves

 

download (2).jpg

O capitão da Selecção Nacional, de 34 anos, facturou aos 25', na transformação perfeita de um livre directo, e, depois, decidiu o jogo com um bis sobre o final, aos 88' e 90'. São já 88 golos pela equipa das quinas, sendo que o recorde mundial são 107, do irianiano Ali Daei.

A verdade é que Cristiano Ronaldo tornou-se num 'predador' dentro da área. Especializou-se em meter a bola dentro da baliza, como atestam os seus números. Antes dos 30 anos, tinha marcado 52 golos em 118 jogos com a camisola da Selecção Nacional. Depois dos 30, o capitão já marcou 34 golos em apenas 39 jogos. Cristiano Ronaldo parece estar mesmo como o vinho do Porto: quanto mais velho, melhor.

Cris-ti-aaaaa-no Ronaldo, Cris-ti-aaaaa-no Ronaldo, Cris-ti-aaaaa-no Ronaldo!!!

Adenda: Deliberadamente, não expressei a minha opinião sobre o jogo, o que faço agora em termos muito breves. Acho que Portugal fez uma exibição que deixou muito a desejar, com vários elementos com performances muito aquém das suas capacidades. O colectivo não funcionou como se exige, nomeadamente o meio-campo.

As razões desta circunstância são discutíveis, obviamente, mas sinto que se deve a dois factores principais: mérito da Suíça que, como sempre, apresentou-se muito compacta e organizada, criando constantes dificuldades a Portugal; segundo, demérito de Fernando Santos pelo sistema de jogo - embora não seja novidade - com vários jogadores a pisar espaços que não lhes são habituais.

Não sou fã de Rúben Neves, mas pela sua juventude reconheço que deve ter preferência sobre João Moutinho, no entanto, o também médio do Wolverhampton devia ter entrado muito mais cedo no jogo. O meio-campo "gritava" por solidificação, nas duas vertentes.

Cristiano Ronaldo realizou mais uma exibição espectacular, por um muito simples motivo: a razão de ser dele são os golos, e marcou três. Mais nada lhe pode ser apontado.

Comento o jovem João Félix por uma única razão. Não se refuta o mérito da sua presença na selecção AA, depois da excelente época que realizou. Contudo, devia ter alinhado pela selecção de sub-20.

Porquê?... muito simples: nesta altura, a principal equipa das quinas passa bem sem ele, tem alternativas, o que não é o caso da formação de sub-20 que estava "apenas" a disputar o Campeonato do Mundo. A sua vergonhosa participação é facto incontestável, muito pela ausência de golos, e, nesse capítulo, o ainda jovem avançado poderia ter sido uma solução importante e até decisiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:33

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 05.06.19

images.jpg

"A estratégia não passa por nomes. Passa pelo colectivo. Temos 23 jogadores de enorme qualidade. Jogar o jogador A ou B não vai condicionar a estratégia da equipa.

Desde quando é que Portugal não teve de compatibilizar talent os? Não me lembro disso nãoter acontecido. Sempre teve de ser feito isso. Não é mais fácil, nem mais difícil. É igual.

Portugal sempre teve muitos talentos. Nunca foi um problema para a selecção nacional. Isso é fazermos do passado algo que nunca existiu quando Portugal... Está ali um ao meu lado, o João Pinto. Por exemplo.

Agora temos muito talento, sim é verdade. Mas daí, dizer que antes os treinadores não tiveram esse problema. Vou recordar um caso. Campeonato da Europa 2004: uma discussão eterna se devia jogar Deco ou Rui Costa. Havia Cristiano, havia Simão, havia Figo... Era gente de grande qualidade.

O futebol é isto, agora compete a mim, que tenho a felicidade de ter 20 jogadores de campo de enorme talento, de procurar a melhor equipa para vencer a Suíça. Temos de 20 jogadores de enorme talento.

Declarações de Fernando Santos, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo desta quarta-feira frente à Suíça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:34

Foto do dia

Rui Gomes, em 12.07.18

 

img_FanaticaBig$2018_07_12_11_24_31_1422679.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:29

Leões trabalham na Suíça

Rui Gomes, em 11.07.18

 

1o_treino_em_nyon_3.jpg

 

Marcelo é uma das caras novas do plantel do Sporting CP, que arrancou os trabalhos em Nyon, mas diz que já está ambientado à família. “Têm-me tratado muito bem, tanto os funcionários como o grupo de trabalho. Sinto-me à vontade e acho que já estou integrado no plantel”, confessou.

Foi no final do treino no Centro Desportivo de Colovray (quartel-general dos leões pela terceira temporada consecutiva) que o central ex-Rio Ave falou aos jornalistas presentes, numa semana em que as cargas físicas prometem exigir muito esforço dos atletas. “Tem sido difícil. A gente vem de um período de paragem longo e é sempre cansativo, mas o grupo está empenhado e tem correspondido bem”, admitiu.

Apesar de o Clube estar em período eleitoral, Marcelo garantiu que isso passa ao lado da equipa. “Estamos focados em fazer uma boa pré-época e construir um grupo forte para começar o campeonato. Não temos de nos preocupar com eleições. A nossa cabeça está no campo”, afirmou.

 

1o_treino_em_nyon_8.jpg

 

O relógio marcava 10 horas e sete minutos quando os jogadores subiram ao relvado bem cuidado em Nyon, onde realizaram a primeira sessão de trabalhos no estágio em território helvético – totalmente aberta aos meios de comunicação social. José Peseiro orientou um treino que demorou cerca de uma hora e meia, debaixo de um calor abrasador, o que obrigou os atletas a refrescarem-se várias vezes. Marcaram presença os 29 elementos que viajaram para Genebra, sendo que apenas Carlos Mané e Bruno César fizeram trabalho condicionado.

Depois do habitual período de activação muscular, com uma corrida e os primeiros contactos com a bola, o ritmo aumentou e os leões corresponderam com grande entrega. O técnico verde e branco dividiu o plantel em três equipas, num exercício de posse em que se observou a disponibilidade de todos. Após uma interrupção, José Peseiro incluiu balizas e proporcionou momentos de organização ofensiva (com a participação dos laterais) e defensiva.

 

João Palhinha e Mattheus Oliveira, por exemplo, assinaram belos golos de meia distância, recebendo aplausos de colegas e treinadores. Também Raphinha e Bruno Gaspar, jogando sobre a direita, mostraram os primeiros sinais de um entendimento que pode revelar-se frutífero para o Sporting CP. Para já, vão tentando mostrar os seus atributos ao novo timoneiro verde e branco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:04

 

5039ea9e1a03aa83d88e30722e85ea56.jpg

 

O Portugal-Suíça passou a ser o programa mais visto de televisão em Portugal, em 2017.

 

O jogo desta semana em que a Selecção Nacional garantiu o apuramento para o Mundial 2018 foi transmitido na RTP1 e teve audiência média de 2,5 milhões de pessoas, com 51,2% de share, de acordo com dados da GFK, empresa que mede o mercado de televisão em Portugal.

 

O momento de maior audiência aconteceu no final do jogo, quando mais de três milhões de pessoas (61 em cada 100 pessoas que viam televisão àquela hora!) partilhavam com a Selecção a alegria do apuramento.

 

A flash interview dos jogadores e seleccionador nacional também passou na RTP1 e foi vista por 1,5 milhões de espectadores, um número assinalável.

 

A RTP1 foi a estação de televisão mais vista do dia, com 21,4 por cento de share.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:36

Encontramo-nos na Rússia !!!

Rui Gomes, em 10.10.17

 

1507497083_530335_1507497227_noticia_normal.jpg

 

Um dia muito feliz na história do futebol português, assegurada mais uma presença numa fase final de um Mundial, após a vitória sobre a Suíça, por 2-0, em jogo disputado no Estádio da Luz perante cerca de 60 mil espectadores.

 

Portugal encontrou um adversário muito confiante, com um futebol muito compacto, que só começou a dar sinais de vulnerabilidade após o autogolo que inaugurou o marcador. A partir desse ponto, e muito mais no segundo período, os jogadores lusos começaram a encontrar mais espaços e muito além do golo de André Silva, criaram e desperdiçaram diversas oportunidades de dilatar o resultado.

 

image.jpg

 

Como sempre, evito individualizar nestes jogos, mas acho que William Carvalho merece uma palavra de apreço pela fantástica exibição que realizou. Foi um autêntico "monstro" no meio-campo português.

 

Cristiano Ronaldo não esteve num dia de maior inspiração, mas a sua influência em campo e o impacte no adversário, não passam despercebidos. Nunca seria a mesma equipa sem a sua contribuição, não fosse ele "apenas" o melhor jogador do Mundo.

 

Parabéns aos jogadores, à equipa técnica e aos dirigentes responsáveis. Viva Portugal !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39

 

tribunal_lei_ordem-925x578.jpg

 

Pela primeira vez na história do futebol mundial, a justiça suíça condenou ao banco dos réus um adepto de futebol pelo lançamento de engenhos pirotécnicos, que terá ferido gravemente um espectador durante uma disputa em clubes o ano passado. O tribunal decretou a condenação do hooligan a três anos de prisão, dos quais 18 com pena suspensa.

 

O caso remonta a Fevereiro de 2016, quando um adepto do FC Lucerna, de 24 anos, fez rebentar quatro engenho pirotécnico junto de vários adeptos que ali se encontravam para assistir a um jogo de futebol. Um homem com cerca de 50 anos, teve de ser operado depois de ter sido apanhado pela explosão e perdeu parte da audição.

 

O advogado do adepto condenado ainda tentou a sua absolvição, alegando que o seu cliente tinha tomado todas as precauções antes de lançar os engenhos, mas o tribunal deu como provada a intenção destrutiva do indivíduo, com base nas câmaras de segurança do estádio do FC Lucerna.

 

Além da condenação a pena de prisão, o adepto terá ainda de pagar uma indemnização de 10.600 euros à vítima, que reclamava uma verba cinco vezes superior.

 

Reportagem de Joana Almeida, Jornal Económico

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:19

Foto do Dia

Rui Gomes, em 17.07.17

 

acuna1.jpg

Marcos Acuña cumpriu este domingo o seu primeiro treino de "leão ao peito"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:42

A interminável treta !!!

Rui Gomes, em 16.07.17

 

maxresdefault.jpg

 

"Estas deslocações criam identidade e cultura sportinguista

e isso é muito mais importante do que o resultado".

 

(Afirmação de Jorge Jesus após o jogo com o Basileia)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:46

Foto do Dia

Rui Gomes, em 16.07.17

 

ng8668697.jpg

 Um encontro "amistoso" no centro do terreno no jogo com o Basileia

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:02

Jorge Jesus finalmente mostra a mão

Rui Gomes, em 15.07.17

 

1024.jpg

 

Os métodos de trabalho de Jorge Jesus e a forma como ele lida com os jogadores, nomeadamente aqueles da formação do Sporting, torna-se cada vez mais repugnante.

 

Um planeamento muito estranho que foi elaborado, ou entretanto improvisado, para o estágio a decorrer na Suíça. Além de já ter mandado regressar a Lisboa alguns dos atletas convocados, como são os casos de Jovane Cabral e Domingos Duarte - Paulo Oliveira, como sabemos, foi vendido -, agora, marginalizou mais uns quantos.

 

João Palhinha, Francisco Geraldes, Ryan Gauld e Leonardo Ruiz treinaram esta sexta-feira à tarde à parte do restante plantel do Sporting. Os quatro jogadores não estiveram às ordens de Jorge Jesus e trabalharam na companhia dos adjuntos noutro campo.

 

A bem dizer, não é que seja surpresa alguma, salvo porventura João Palhinha, mas há muito que insisto que haviam jogadores na Suíça apenas para "inglês ver", e Jorge Jesus apenas confirmou esta disposição. Neste grupo faltou Matheus Pereira, mas não tarda muito para que outras medidas sejam tomadas. Gelson Dala ainda alimentará uma ponta de esperança, dá para conjecturar.

 

Imagino como estes jovens se sentiram a serem colocados à parte dos restantes colegas, com a muito clara mensagem 'não contamos com vocês'.

 

Só lamento os milhões que vai depositando na sua conta bancária, graças à parvoíce de Bruno de Carvalho, mas sinto muito ansiedade pelo dia que este cromo de treinador seja corrido de Alvalade. Entretanto, travo uma enorme luta com a minha consciência para não desejar o insucesso do Sporting para que esse dia se concretize.

 

P.S.: Mensagem de algum modo enigmática que Matheus Pereira publicou esta sexta-feira no seu Instagram: "Sei que nem tudo são flores, mas porquê tantos espinhos?". 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:15

Foto do Dia

Rui Gomes, em 15.07.17

 

20046441_10154558275736555_5006377618071679656_n.j

Paulinho, ainda a figura mais popular entre sportinguistas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:15

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds