Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

img_920x519$2018_09_24_21_36_24_1452240.jpg

 

Luka Modric, o médio do Real Madrid e capitão da selecção croata foi eleito esta segunda-feira o Melhor Jogador do Mundo para a FIFA, com 29,05% dos votos. Em segundo, Cristiano Ronaldo com 19,08%, seguido por Salah com 11,23%. Lionel Messi ficou num distante 7.º lugar com apenas 9,81%.

 

Não discordo deste resultado, muito embora, na minha opinião, Cristiano Ronaldo tenha sido injustiçado pela entrega do Melhor Jogador do Ano da UEFA ao mesmo Modric.

 

As ausências de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi vão dar origem a algumas críticas e muito embora desconheça as razões dos atletas, acho que não agiram bem. Era importante dar a cara mesmo em derrota, se é que pode ser assim considerado.

 

Já o golo do ano, relativo ao Prémio Puskas, foi atribuído a Salah, do LIverpool, marcado ao Everton num encontro da Premier League na época passada. A concorrência era a "bicicleta" à Juventus de Cristiano Ronaldo. Um caso em que o jogador português tem justa causa para reclamar.  Aliás, o golo de Salah nem sequer foi o melhor do mês da Premier League.

 

Eis as observações de Fernando Santos:

 

"Não tem a ver com a escolha. Votei Ronaldo, Modric e Hazard. Há que olhar para o todo e para a época. Modric é um grande jogador, mas o melhor nesta época foi CR7 e não tenho dúvidas. É quem contribui mais, marcou 50 e tal golos. O que era válido há um ano, dois ou três parece que deixou de ser.

 

E quando o melhor golo da carreira do melhor do Mundo não ganha um prémio há algo muito estranho. Já marcou 500 ou 600 e este foi o melhor. Há alguma coisa que não está bem, é só isso que eu digo. Não tenho o direito de estar a fazer juízos de valor. Foi injusto como já tinha sido o prémio da UEFA".

 

publicado às 02:51

Mensagem do Sporting

Rui Gomes, em 25.10.17

 

DM2QFp5XcAAvocd.jpg

"You were always The Best, Cristiano!"

 

 (com destaque na revista Sports Illustrated)

 

publicado às 04:58

O registo dos três finalistas

Rui Gomes, em 23.09.17

 

img_infografias$2017_09_23_11_40_37_1315416.jpg

 

publicado às 14:46

 

image.png

 

Cristiano Ronaldo é um dos três finalistas ao prémio "The Best" da FIFA para Melhor Jogador do Mundo, juntamente com o argentino Lionel Messi e o brasileiro Neymar.

 

A seu favor, CR7 tem as conquistas do campeonato espanhol e da Liga dos Campeões, ao serviço do Real Madrid, troféus para que muito contribuiu, especialmente na ponta final da temporada, com 16 golos nas últimas nove partidas. 10 desses golos foram nos últimos cinco jogos da Champions: cinco ao Bayern, três ao Atlético e dois à Juventus, na final, valendo-lhe o título de melhor marcador da prova, com 12 "tentos".

 

Messi venceu a Bota de Ouro, prémio atribuído ao melhor marcador das ligas europeias, e conquistou a Taça do Rei, pelo Barcelona, embora tenha caído nos "quartos" da Champions, diante da Juventus, e ficado em segundo na Liga espanhola, título perdido para o Real de Ronaldo.

 

Curiosamente, apesar de considerado, à partida, um dos favoritos ao galardão, Gianluigi Buffon, guarda-redes da Juventus, que chegou à final da Champions, eliminando o Barcelona, de Messi e Neymar, não entrou nos três finalistas.

 

O vencedor conhece-se a 23 de Outubro, em Londres. Cristiano é o principal favorito ao prémio a suceder, adivinhe-se, a Cristiano. O avançado português pode, assim, conseguir o "bis".

 

publicado às 04:17

 

fifa-the-best-trophy (2).jpg

 

A FIFA anunciou uma novidade para a segunda edição dos prémios The Best, que se realizará a 23 de Outubro deste ano: a partir de agora, o organismo que rege o futebol mundial vai passar a atribuir o prémio de melhor guarda-redes do mundo.

 

"O papel do guarda-redes no futebol é tão importante como especifico, apesar de nem sempre ter o reconhecimento que merece. Por essa razão estamos orgulhosos de introduzir esta categoria", referiu o secretário-geral da FIFA, a antiga estrela croata Zvonimir Boban. A escolha ficará a cargo de um grupo de lendas do futebol mundial, que incluirá antigos guarda-redes e também avançados.

 

Assim, serão nove os troféus a ser entregues na segunda edição dos prémios The Best: melhor jogador, melhor guarda-redes, melhor treinador, melhor golo, equipa do ano, melhor jogadora, melhor treinador de futebol feminino, prémio jogo limpo e prémio dos adeptos. O processo de eleição começa a 17 de Agosto, com a revelação dos 23 candidatos a jogador do ano, das 10 candidatas a jogadora do ano e dos dez candidatos a treinador do ano (masculino e feminino). Os três finalistas de cada categoria serão revelados em Setembro.

 

publicado às 19:12

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo