Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eduardo Quaresma segue para Tondela

Rui Gomes, em 23.07.21

img_920x518$2021_07_23_17_55_35_1880278.jpg

Dando seguimento ao nosso post desta manhã - Há uma decisão a tomar com Eduardo Quaresma - está confirmado que o jovem central do Sporting foi emprestado ao Tondela até ao final da época.

Note-se, no entanto, que este empréstimo é sem opção de compra. Ou seja, tal como se previa, a Sporting SAD pretende colocar o talentoso futebolista onde ele poderá jogar com regularidade e atingir a maturidade, tanto pessoal como competitiva, que se exige na equipa principal do Sporting.

A título de curiosidade, o Tondela é orientado pelo espanhol Pako Ayestarán, tendo na última temporada terminado o campeonato na 12.ª posição, com 36 pontos.

Desejamos boa sorte ao Eduardo Quaresma e esperamos que regresse a Alvalade apto a assumir outras responsabilidades.

publicado às 20:30

Backstage Sporting

Rui Gomes, em 15.03.21

publicado às 04:00

As Notas de Julius (15)

Rui Gomes, em 14.03.21

Screenshot (22).png

Na 15.ª edição desta rubrica, o leitor tem assim a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que o nosso colaborador Julius atribuiu aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo de ontem com o Tondela - a contar para a 23.ª jornada da Liga NOS - que o Sporting venceu por 1-0, golo de Tiago Tomás aos 81 minutos.

"Vitória justa mas com exibição muito tímida da equipa do Sporting. Trouxeram o ouro de Tondela mas passaram ao lado do jogo. Esta estratégia de só assaltarem a fortaleza do inimigo nos últimos 15 minutos está a deixar os adeptos em geral num enorme estado de ansiedade. A equipa imprimiu pouca velocidade e andou sempre longe da baliza adversária, controlando à distância, apesar da necessidade de ganhar. O cântaro tantas as vezes  vai à fonte que um dia.......ficamos sem ele!".   

DESTAQUE - TIAGO TOMÁS - 3.5 - Marcou o golo da vitória e pouco mais. Vimo-lo falhar na primeira parte um golo cantado. Tem que treinar os movimentos de cabecear a bola; dá pouca impulsão na altura e dessa forma a bola vai-lhe subir sempre. Tem baixado o seu rendimento. Mas nunca vira a cara à luta.

ANTONIO ADÁN - 3 - Esteve especialmente atento nas saídas. Sem facilitar, pontapeou a bola muitas vezes para longe; teve um deslize num cruzamento que o podia ter traído mas no geral teve uma noite serena. 

PEDRO PORRO - 3.5 - Teve direito a polícia privado mas conseguiu fugir-lhe várias vezes e testar alguns dos seus bons cruzamentos que foram das iniciativas de maior dificuldade que o adversário teve que enfrentar na primeira parte.

GONÇALO INÁCIO - 3 - Não comprometeu, mas nunca se sentiu muito confortável; algumas decisões de risco em momentos que não tinha necessidade; mostra já ansiedade e sente o peso da responsabilidade.

SEBASTIÁN COATES - 3 -  Hoje teve maiores dificuldades na defesa e ainda falhou vários passes na saída, quase que fazia golo mas o guarda redes do Tondela socou a bola primeiro; foi amarelado e enfim vai poder descansar e recuperar do desgaste que já se lhe nota; não irá jogar no próximo jogo contra o Guimarães.

ZOUHAIR FEDDAL - 1.5 - Nunca conseguiu entrar no jogo e cometeu vários deslizes comprometedores; lento a reagir e a decidir; valeu-lhe hoje o Nuno Mendes ter feito um bom jogo, salvando-o algumas vezes.

NUNO MENDES - 3.5 - Foi um dos elementos que melhor executou a estratégia do treinador, conseguindo esquivar-se várias vezes à marcação do adversário impondo a sua velocidade; faltou-lhe melhor apoio lá na frente; cruzou para o lance que deu os três pontos.

JOÃO PALHINHA - 3.5 - Travou no seu terreno a sua batalha nos muitos duelos com o adversário e saiu-se quase sempre por cima; só não conseguiu ser tão eficaz na construção.

JOÃO MÁRIO - 2 - Passou ao lado do jogo; foi ele ontem uma das causas por a equipa não ter conseguido acelerar quando o jogo pedia mais velocidade; o treinador tinha que fazer algo para mudar o rumo dos acontecimentos e por isso teve que sair. 

NUNO SANTOS - 2 -  Nada fez de importante a registar, tentou um remate de primeira fora da área que saiu muito ao lado e fez um sprint até à sua área para cortar uma bola perigosa e mais nada se viu.

POTE - 2 - Tem muitas dificuldades em combinar com o Tiago, mas deu-lhe de bandeja a bola para o golo do ouro que trouxeram de Tondela; sente-se confortável no jogo interior mas sem apoios fica tempo a mais a ver jogar; também não esteve feliz nos duelos. 

TABATA - 2 - O treinador viu-se obrigado a intervir a meio da segunda parte fazendo forte alteração na estratégia inicial mexendo na defesa face ao sub-rendimento do Feddal; tenta ao mesmo tempo encontrar o seu lugar e pelo que se viu também não é à direita a defender que ele se safa.

DANIEL BRAGANÇA - 3 - Sempre que entra mostra serviço, foi à luta  de frente e a verdade é que após a sua entrada o Tondela começou a recuar ainda para mais perto da sua área. O Sporting se queria ganhar teria que mudar o ritmo do jogo dando-lhe mais velocidade no passe e na pressão sem bola e foi o que o Daniel trouxe à equipa. 

MATHEUS REIS - 2 - Foi mais um elemento a ajudar na hora de empurrar o adversário mais para trás mas depois do golo mostrou algum nervosismo naqueles oito minutos finais que pareceram uma eternidade, perdendo alguns duelos que nos enervaram a todos nós.

JOVANE CABRAL - 2.5 - Entrou para o derradeiro assalto mas devia ter entrado mais cedo; teve boas iniciativas pela esquerda que romperam a defesa do Tondela. Após o golo esqueceu-se que o jogo ainda não tinha termindo e não pressionou o adversário como se impunha.

MATHEUS NUNES - Às vezes penso que Rúben Amorim se esqueceu dele no banco ou enganou-se nos Matheus fazendo entrar o outro, o Reis, aos 75 minutos. O jogo pedia a sua entrada para o assalto final, mas acabou por entrar a 5 minutos do fim para defender os três pontos. Será que o Rúben que se enganou?

RÚBEN AMORIM - 4 - Será estratégia cansar o adversário com o carrossel para depois fazer o ataque final nos últimos 15 minutos, fazendo entrar nesse período vários jogadores com características diferentes? Poderá ser e a verdade é que tem resultado, mas o futebol praticado pela equipa não tem sido bonito de se ver, sempre no risco e como ainda falta um terço do campeonato para se jogar .......!!

PAKO AYESTARÁN - 3.5 - Joga-se bem em Tondela com uma equipa de ilustres desconhecidos e isso é muito mérito do seu treinador, mas aquele autocarro estacionado em frente à sua baliza era maior que o autocarro do Sporting que estava à espera da equipa junto à porta do estádio. Jogou xadrez com o Rúben, também guardou para os minutos finais os trunfos, mas perdeu, levou xeque-mate.

NUNO ALMEIDA (Árbitro) - 2 - Não fez uma boa arbitragem e os casos com erros mais graves foram sempre em prejuízo do Sporting; aquela falta não marcada sobre o Tomás junto à linha da grande área do Tondela é inexplicável, ele viu e manda seguir? O 'pisão' ao Tomás dentro da área ele viu e manda seguir? Cartão amarelo ao Coates porquê? Apeteceu-lhe dar-lhe o cartão?

GUSTAVO CORREIA (VAR) - 2 - Os 'pisões' dentro da área não fazem parte do protocolo nos jogos do Sporting?

publicado às 04:34

As estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 14.03.21

GoalPoint-Tondela-Sporting-Liga-NOS-202021-90m.jpg

RÚBEN AMORIM

"Acho que foi um jogo de sentido único. É difícil atacar contra um bloco tão baixo, não rematámos muito, mas ainda conseguimos chegar com bola. Alguma indefinição, depois alguma desconfiança, mas acho que é uma vitória claramente justa e com um golo de um rapaz que farta-se de trabalhar, que ainda falha golos que não devia falhar, mas é um prémio para ele. Os pontos estão muito caros, as equipas estão muito motivadas contra nós. O Tondela defendeu bem, com muitos jogadores mas acabámos por fazer o golo".

"Todas as equipas também precisam de pontos, na luta pela manutenção há muitas equipas e todas estão muito perto. É uma luta interessante, jogos muito difíceis todas as equipas querem ganhar ao Sporting neste momento, também faz parte. Passamos um pouco pelos pingos da chuva, quando não se pode jogar bem ganha-se, mas hoje fomos uma equipa que quis ganhar o jogo".

Screenshot (23).png

TIAGO TOMÁS

"Nós sabíamos que o Tondela tinha estudado bem a estratégia para nos enfrentar, e apresentaram-se num bloco muito baixo difícil de penetrar. De qualquer forma valeu a entreajuda da equipa, e acreditámos até ao fim. Creio que fizemos uma boa exibição e acabámos por ganhar o jogo".

"Ainda consegui ter duas bolas para finalizar na primeira parte, e mantive-me tranquilo pois sabia que mais tarde ou mais cedo havia de chegar ao golo. Eu tenho trabalhado muito para isso, e ainda por cima consegui ajudar a equipa, e é isso que quero. Um golo decisivo tem outro sabor".

PEDRO CANDEIAS (Tribuna Expresso)

Bem-vindos a Tondela, façam o favor de deixar as vossas expectativas arrumadas à porta porque aqui dentro não cabem sonhos largos num campo apertado que os locais tornam muito mais exíguo ainda pela forma como o defendem. Pois é em Tondela que está uma das melhores equipas caseiras, com apenas duas derrotas e dois empates, e sete vitórias, cinco delas consecutivas que permitem contrabalançar o péssimo histórico nos jogos fora de casa.

O Sporting partiu para o assalto final nos derradeiros 15 minutos - onde, manda a tradição moriana - a magia acontece: aos 81' Nuno Mendes aproveitou um falhanço do Tondela, cruzou, Martínez não foi esperto a despachar a bola, Pedro Gonçalves assistiu e Tiago Tomás chutou para glória. Depois, foi a altura de pensar, recuar e trancar a porta - e ninguém faz isso tão bem quanto o Sporting e isso não iria mudar em Tondela.

Numa semana em que tanto se falou de fraude técnica, a equipa de Amorim demonstrou que não está para defraudar as suas expectativas.

Nota: Admite-se que foi um jogo sem brilhantismo por parte do Sporting. No entanto, para contrapor alguns críticos que quase transmitem a ideia que a equipa leonina nem sequer esteve no relvado, recomenda-se uma melhor leitura das estatísticas do jogo e ainda alguma reflexão sobre o registo do Tondela, que obviamente desconhecem.

O Tondela dá-se muito bem em casa, como explicam os pontos conquistados no Estádio João Cardoso. Só Vitória de Guimarães e SC Braga venceram em casa dos beirões, num terreno onde Rio Ave e Moreirense empataram. Dos 24 pontos do Tondela na Liga até à 23.ª ronda, 23 foram em casa.

Apesar das dificuldades em meter a bola na baliza do adversário, o Sporting limitou-o a 4 remates, dos quais apenas 2 foram enquadrados, 3 pontapés de canto e 39% posse de bola. Há mérito nisto ou será apenas obra do acaso?

A ansiedade que nós adeptos sentimos não é factor dentro das quatro linhas. Mesmo a jogar uns furos abaixo do que já assistimos esta época, a equipa esteve sempre tranquila e nunca deixou de acreditar, como aliás tem feito em todos os jogos até ao momento.

publicado às 04:33

Custou, mas o percurso continua!

Rui Gomes, em 13.03.21

160294361_10157597249236555_5619208215812571600_o.

Desta vez, Tiago Tomás não falhou

Tags:

publicado às 22:30

"Penso que se está a subestimar muito os adeptos do Sporting CP. Os adeptos são uma grande força do Sporting, não uma fraqueza. Esta equipa demonstrou uma forma de estar na qual os adeptos se revêem. Gostaria de ter já os adeptos, que iriam dar uma resposta diferente daquilo que as pessoas pensam. Ainda se vai perder muitos pontos e eles vão ser um factor decisivo, vão ajudar muito e não o contrário".

"Regresso de Cristiano Ronaldo ao Sporting? Não faz sentido. Cristiano Ronaldo é grande jogador que está um nível acima. Temos um projecto diferente neste momento. Será sempre uma referência do Clube - a Academia terá o nome dele - mas não há mais nada. Ronaldo é da Juventus e o Sporting está num patamar diferente - não digo de grandeza e história mas num momento diferente. Não faz qualquer sentido".

publicado às 05:02

Pako Ayestarán analisa Sporting

Rui Gomes, em 13.03.21

mw-1280.jpg

Algumas considerações de Pako Ayestarán, treinador do Tondela, sobre o Sporting, seu adversário deste sábado, em jogo da 23.ª jornada da Liga NOS:

“Vamos procurar e tratar de ser a primeira equipa que será capaz de ganhar um jogo ao Sporting, mas a estatística está aí, com 18 vitórias e quatro empates, e sabemos que é muito difícil”.

"O Tondela tem de estar perfeito, tem de ser muito agressivo no jogo e ser muito intenso e esperar que o Sporting não esteja no seu máximo nível. Em todos os jogos há uma oportunidade e neste também, e só espero estar ao nível de aproveitar a oportunidade”.

“O Sporting é uma equipa que defende melhor do que nós, ataca melhor do que nós, tem melhor transição do que nós, concede menos ocasiões do que nós. É capaz de fazer mais de 10 remates à baliza, os outros fazem uma média de seis. Com isso digo tudo".

"Rúben Amorim já demonstrou que é bem capaz de obter o máximo rendimento de uma equipa como o Sporting que, não sendo o melhor plantel da nossa Liga, está a obter um rendimento excepcional”.

Até se admite que o cavalheiro está a ser sincero, não há razão alguma para duvidar, mas não obstante essa sinceridade, não creio que Rúben Amorim e a equipa leonina se deixem adormecer com os elogios.

publicado às 05:01

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 12.03.21

21945096_ZeIGs.png

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para a 23.ª jornada da Liga NOS:

CD Tondela-Sporting CP
Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Pedro Felisberto
4.º árbitro: Hugo Silva
VAR: Gustavo Correia
AVAR: Inácio Pereira

SL Benfica-Boavista FC
Árbitro: Manuel Mota
Assistentes: Jorge Fernandes e Luciano Maia
4.º árbitro: Miguel Nogueira
VAR: Vítor Ferreira
AVAR: Paulo Miranda

FC Porto-FC Paços de Ferreira
Árbitro: Tiago Martins
Assistentes: Pedro Mota e Hugo Ribeiro
4.º árbitro: Flávio Lima
VAR: António Nobre
AVAR: Nélson Pereira

publicado às 03:47

nn5.jpg

O Sporting goleou o Tondela por 4-0, em jogo da sexta jornada da I Liga, resultado que permite aos leões isolarem-se provisoriamente na liderança da prova, com mais um ponto do que o Benfica.

Um bis de Pedro Gonçalves, aos 45 e 49 minutos, e golos de Pedro Porro, aos 79', e Sporar, aos 90+3', construíram novo triunfo da equipa de Alvalade, que, até ao momento, apenas cedeu dois pontos, no empate 2-2 na receção ao FC Porto.

Com esta vitória, o Sporting CP assume a liderança provisória, com 16 pontos, mais um do que o Benfica, que apenas joga esta segunda-feira em casa do Boavista. O FC Porto está a seis pontos do Sporting.

GoalPoint-Sporting-Tondela-Liga-NOS-202021-90m.jpg

As estatística não deixam margem para dúvidas sobre a total superioridade do Sporting. Rúben Amorim optou por alinhar com um 'onze' muito mais ofensivo do que temos visto e a exibição dos leões justificam a sua aposta.

Eis algumas das suas considerações (em síntese) no final da partida:

"Foram três pontos, vale o mesmo que os conseguidos frente ao Gil Vicente. As exibições dependem sempre do adversário. Não é a mesma coisa enfrentar o Pepe que um central do Tondela, com todo o respeito que me merece. Após semana com três jogos, às vezes é preciso jogadores com sangue fresco. Foi uma excelente exibição mas que não dá direito a ninguém de ser titular".

Claro que há que melhorar a eficácia de jogo. Mas não sofremos um golo por centímetros perante um adversário que quase não atacou. Se não sofrermos estaremos sempre muito mais perto de vencer. Estamos contentes mas são apenas três pontos. Como adepto, eles devem estar satisfeitos com este tipo de exibição. Mas enquanto treinador não dou assim tanto valor a isso. Da mesma forma que disse aos jogadores para não lerem jornais se não vão pensar que são melhores do que são e ser enganados".

Pako Ayestarán, treinador do Tondela, estava resignado após a goleada sofrida:

"Muito mérito do Sporting hoje. Nós imaginámos aqui um jogo, que não conseguimos cumprir. Fomos superados tanto na saída de bola, como no meio-campo e isso permitiu-lhes lançar os avançados nas costas da nossa defesa. Simplesmente felicitar o Sporting, que demonstrou a grande equipa que é. Nós não estivemos à altura hoje. Dá gosto ver o Sporting jogar e vê-se que há um treinador por detrás desta equipa".

img_920x518$2020_11_01_22_30_18_1774188.jpg

João Mário no seu primeiro jogo como titular após o regresso a "casa":

"Sensações óptimas por voltar a casa. É sempre uma grande alegria jogar aqui. É pena que sempre estive habituado a jogar com este estádio cheio e é completamente diferente. Espero que possam voltar rapidamente. Acima de tudo, estamos a trabalhar muito bem para que quando os adeptos regressem estejam contentes com a equipa e acho que foi uma grande vitória.

Muito feliz por voltar ao Sporting. Sinto-me muito bem cá. Todos sabem o carinho que tenho pelo Clube. Precisava de um ano assim, em casa, com pessoas que gostem de mim. Agradeço pelo apoio que me têm dado mesmo de fora".

E, para terminar, transcrevo algo que li num artigo de opinião que me parece certeiro:

"Pote continua a ser a figura deste Sporting e não só por ser o melhor marcador. Está confiante, sabe aparecer na área contrária e revela uma frieza a finalizar bem superior aos companheiros. Cuidado com ele!

João Mário já começou a assumir a posição de destaque que lhe estava destinada na construção ofensiva. Mas mais interessante é olhar para Andraz Sporar... Trabalhou muito, assistiu e marcou. Também é certo que falhou, mas o técnico já percebeu a sua utilidade".

publicado às 03:33

Resumo do Sporting vs Tondela

Rui Gomes, em 02.11.20

publicado às 03:30

123264805_10157304186961555_7636037944499675668_o.

Algumas alterações relativamente aos últimos jogos. Houve muita especulação durante a semana sobre a titularidade de João Mário, e ele aí está, muito embora seja justo duvidar se já tem noventa minutos nas pernas.

Matheus Nunes descansa de início, assim como Jovane e Nuno Santos, todos eles titulares na quarta-feira frente ao Gil Vicente.

Sporar e Tiago Tomás têm tido algum sucesso a sair do banco, ambos com golos ao cair do pano no último jogo. Veremos se hoje têm o desejado impacte na frente ofensiva, com Pote a surgir em espaços mais recuados, mas não muito distante da ponta do ataque.

_________________________________________________

VITÓRIA CONCLUDENTE DO SPORTING

img_476x268$2020_11_01_21_51_13_1774160.jpg

Amanhã teremos muito mais para dizer, mas, para já, compete-nos felicitar a equipa leonina pela belíssima vitória com um resultado que, na realidade, peca por ser escasso face ao domínio ofensivo e às oportunidades criadas.

É ainda muito cedo na época, mas não será exagero afirmar que esta nossa equipa está no bom caminho e promete muito mais no futuro.

Pedro Gonçalves (Pote), com mais dois golos, foi eleito o homem do jogo.

*** Julius... o Sporar só marcou um, mas fez um excelente jogo!!! 

publicado às 19:09

Antevisão ao jogo com o Tondela

Rui Gomes, em 01.11.20

“Penso que o foco da equipa deve ser os nossos jogos... O grupo de trabalho, tantos os miúdos como os mais experientes, só pode ver verde e não olhar para o vermelho ou azul. Estamos tão no início que não vale a pena pensar nisso. O nosso foco é no jogo com o Tondela. Só precisamos de pensar no Tondela. Se vencermos, não precisamos de pensar em mais nada”.

Rúben Amorim

publicado às 03:31

118212101_10214184945698212_7378336269509976182_n.

Se por um instante Deus se esquecesse de que um dia a maioria de nós irá se separar e nos presenteasse com mais um pouco de vida ao teu lado, possivelmente não diríamos tudo o que pensamos, mas definitivamente pensaríamos em tudo o que dissemos.

Portanto, pensando no que dissemos e sentimos, percebemos que os momentos de história que realizamos juntos foram mais grandiosos do que pequenos.

Trabalhamos, rimos, choramos, mas nunca nenhum dia deixei de lutar por ti, suei a verde e branca até à última gota.

Neste momento palavras perdem o sentido diante das lágrimas contidas nas saudades que iremos sentir, mas sorriso é o que te demonstrarei neste instante por ser o motivo deste até logo, a realização de um novo desafio.

Há sempre um amanhã e Deus dá-nos sempre mais uma oportunidade para fazermos as coisas bem, e temos que aproveitar cada oportunidade, por isso sabemos que eu tenho que ir, mas ficarei aqui a torcer pelo teu sucesso hoje e sempre... Que faças mais histórias maravilhosas e intensas como foi a nossa.

Em 2008 entrei, pequenino, no portão da Academia com um sonho de um dia estrear me pela equipa principal, tive quase, foram muitos anos focado sempre nesse objetivo, muitas histórias, muitos golos e amizades que vão estar sempre comigo e hoje ao fim de 12 anos saio de consciência que dei tudo. Despeço me de ti, aprendi a amar te, aprendi a ser um homem, aprendi a estar longe de quem mais amava e aprendi que quando existe amor irá ter sempre um espaço no meu coração.

Obrigado Sporting Clube de Portugal por tudo o que deste e por tudo o que me tornaste.

Rafael Barbosa

publicado às 03:15

Sporting de duas faces

Rui Gomes, em 19.06.20

95931956_10156993348971555_3036411674542638520_o.j

"Foi um jogo bem conseguido. Tivemos mais qualidade com bola, frente a um conjunto mais baixo., melhorámos bastante com a construção dos centrais em zona adiantada. As bolas entravam no Plata e no Jovane, conseguimos virar jogo para os alas. Gostei da entrega dos jogadores quando quando não tinham a bola, foram muito fortes nisso. É sinal do compromisso com o colega e com a equipa e isso tem tanto valor como jogar bem. Foi o melhor jogo desde que estamos aqui e os jogadores interpretaram bem o que treinámos durante a semana".

Considerações de Rúben Amorim no final da partida a contar para a 27.ª jornada da Liga NOS, em que o Sporting venceu o Tondela por 2-0, subindo agora provisoriamente ao 3.º lugar com 49 pontos.

Respeito o parecer do treinador leonino - ao fim e ao cabo é a opinião dele que conta - mas hesito em subscrever que "foi um jogo bem conseguido". Uma 1.ª parte de muito bom aproveitamento e qualidade - com enorme destaque para o soberbo golo de Jovane Cabral. Já o mesmo não poderá ser dito sobre o segundo tempo, em que se viu uma equipa leonina com um fio de jogo algo atabalhoado e muito pouca ambição ofensiva.

Mais uma vez Jovane Cabral o leão mais distinto em campo, muito embora alguns colegas também mereçam uma palavra de louvor. O jovem (17 anos) Nuno Mendes a responder dignamente à chamada à titularidade com uma exibição sólida. Eduardo Quaresma cada vez mais a justificar a confiança do treinador e Andraz Sporar, sem ser brilhante, muito trabalhador e eficaz posicionalmente. Foi pena não ter marcado no lance em que penetrou a muralha defensiva do Tondela e rematou ao lado.

Gonzalo Plata melhorou o seu rendimento, Mathieu regressou de lesão e com ele na defesa a "música" é diferente e o também jovem Matheus Nunes com mais um jogo completo de muito trabalho, embora algo inconsistente em certos aspectos. Rúben Amorim realçou a performance de Coates e o papel de capitão. Reconhecimento merecido.

O SC Braga visita o Famalicão e veremos se o resultado desse jogo permitirá ao Sporting isolar-se no terceiro lugar. O próximo adversário do Sporting é o Belenenses SAD em jogo agendado para o dia 26.

Júlio Isidro, conhecido apresentador de TV e devoto sportinguista, teve isto para dizer:

"Até com algumas baixas de jogadores mais habituais na equipa, o treinador conseguiu ir buscar alguns jovens que se estão a portar muito bem. Nesta fase estranha, não só do futebol, mas da vida, o Sporting está a sair-se muito bem. O que todos esperamos é que o Sporting consiga o terceiro lugar. Foi um jogo muito bem disputado e o Tondela teve algumas ocasiões que podiam ter dado em golo, mas a vitória é absolutamente justa. O Sporting parece refrescado. É um resultado excelente. Obriga o SC Braga a ganhar para não perder mais terreno"

Tags:

publicado às 02:33

Tags:

publicado às 20:34

Juniores fecham o ano com goleada

Rui Gomes, em 29.12.19

9_17.jpg

A equipa de juniores do Sporting recebeu e venceu o CD Tondela por 5-0, num jogo em atraso da 15.ª jornada do Campeonato Nacional.

Aos 32' Tiago Tomás inaugurou o marcador, o seu sexto golo da época, finalizando um pontapé de canto bem executado por Tiago Ferreira.

Já perto do intervalo, Geny Catamo aproveitou um ressalto na grande área adversária para encher o pé e disparar para o fundo da baliza do Tondela, para o segundo golo da partida.

Os restantes golos leoninos foram marcados por Miguel Menino, aos 47', Tiago Ferreira com o seu décimo golo da temporada aos 70' e, por fim, instantes depois, o mesmo Tiago Ferreira bisou para fechar o marcador e selar a goleada no Estádio Aurélio pereira.

publicado às 13:29

Faltou o mais importante!

Rui Gomes, em 04.11.19

GoalPoint-Tondela-Sporting-Liga-NOS-201920-90m.jpg

O Sporting controlou o jogo do primeiro ao último minuto mas acabou derrotado por falta de eficácia ofensiva no último terço do terreno e frente à baliza do Tondela.

O 70% de posse de bola satisfaz o tipo de jogo que Silas exige da equipa, mas pouco ou nada serve se não houver golos, e foi precisamente isto que ocorreu em Tondela, enquanto o adversário marcou num lance de bola parada, praticamente na única ocasião (88') em que ameaçou a baliza de Renan.

download.jpg

Considerações de Jorge Silas no final da partida:

"Faltou-nos sorte, conseguimos meter o Tondela lá atrás na segunda parte, mas depois faltou também eficácia na zona de finalização. Já não é a primeira vez que acontece. É o segundo jogo seguido em que sofremos golo de bola parada, tem muito a ver com a concentração dos jogadores. Acabamos por perder três pontos assim...o futebol é um bocado isto, fizemos o que tínhamos de fazer, eles num lance de bola parada marcam. Tenho de lhes dar os parabéns pela vitória, mas nós não merecíamos perder este jogo.

Dez tentativas de golo e o Tondela teve uma. Eles fizeram um golo e nós não fizemos nenhum. Temos de fazer mais. Se não fizemos com 10 tentativas temos de fazer mais, a ver se conseguimos fazer com 20.

Espero que não tenha muito impacto no que será o nosso jogo, as derrotas aqui pesam, mesmo os empates não são bons. Houve muita coisa boa que fizemos, vamos tentar que esse impacto seja reduzido, mas vamos olhar para o futuro, olhar para o que fizemos mal, potenciar o que fizemos bem."

Não vamos recorrer à arbitragem para desculpar esta derrota do Sporting, mas as más decisões de Fábio Veríssimo, muito mal auxiliado pelo VAR, tiveram muita influência no jogo e no resultado. Primeiro, pelo cartão vermelho mal anulado, segundo, por uma outra expulsão que ficou por ser assinalada por falta grosseira sobre Vietto. Isto, entre outras decisões, a exemplo deste lance com Bolasie, aos 54 minutos.

publicado às 07:50

Derrota justa para quem andou a dormir no relvado!

Sem eficácia de passe e de remate no último terço do terreno não há hipóteses.

Rui Gomes, em 03.11.19

75233559_10156352513876555_7909241610557194240_n.j

Tags:

publicado às 19:31

Convocatória para o Tondela

Rui Gomes, em 03.11.19

76268574_10156349325936555_663431348966391808_n.jp

A lista de 19 jogadores convocados por Jorge Silas para o embate deste domingo com o Tondela, a contar para a 10.ª jornada da Liga NOS.

As únicas novidades de relevo constam do regresso do jovem Rodrigo Fernandes e da ausência de Jérémy Mathieu, este, em princípio, para gozar de descanso tendo em conta o jogo de quinta-feira da Liga Europa.

O 'onze' inicial não deve sofrer grandes alterações, ficando apenas a dúvida sobre quem vai preencher a vaga no eixo defensivo, Tiago Ilori ou Luís Neto. Também é provável que Bolasie regresse à titularidade.

Rosier continua de fora, o que significa que Ristovski realizará o seu segundo jogo do campeonato. Gonzalo Plata ausente por opção técnica.

Teremos, portanto, o seguinte alinhamento do Sporting:

Renan; Ristovski, Coates, Luís Neto ou Ilori e Acuña; Doumbia, Eduardo e Bruno Fernandes; Vietto, Bolasie e Jesé ou Luiz Phellype.

O Tondela é o 8.º classificado da Liga, com 12 pontos, provenientes de três vitórias e outros tantos empates. 

publicado às 02:18

 

5351.jpg

 

O Sporting despediu-se de Alvalade, esta temporada, com um empate com o Tondela, por 1-1, em jogo referente à 33.ª e penúltima jornada da Liga NOS. Bruno Fernandes (6') e Tomané (67') marcaram os golos da partida. 

 

O que de mais interessante se viu em Alvalade foi a inteligência de Bruno Fernandes e a disponibilidade de Jérémy Mathieu, provavelmente o central mais completo e capaz deste campeonato, a caminho de uma exibição que lhe valeria o prémio de melhor em campo.

 

O Sporting alinhou de início com o seguinte 'onze': Renan; Ristovski, Coates, Mathieu e Borja; Gudelj, Wendel e Bruno Fernandes; Raphinha, Acuña e Luiz Phellype.

 

Suplentes: Salin, Ilori, André Pinto, Doumbia, Diaby, Jovane Cabral e Bas Dost.

 

O 'verniz estalou' aos 35 minutos, com uma decisão de Tiago Martins. Depois de consultar o VAR, o árbitro decidiu expulsar Ristovski, por pisadela intencional, num lance muito polémico mas que acaba por sublinhar a infantilidade do defesa macedónio do Sporting.

 

A equipa leonina ficou então reduzida a dez unidades e essa desvantagem, juntamente com a grande exibição do guarda-redes Claudio Ramos, acabou por trazer benefícios para os forasteiros. 

 

mw-1280.jpg

 

Considerações de Jérémy Mathieu no final do jogo:

 

"Não vi o que se passou mas é muito duro. O árbitro achou que ele pisou o jogador… no futebol há contacto. Foi a decisão dele. O Ristovski é um jovem e tem de aprender. Sofremos mas é algo normal.

 

A verdade é que nós queríamos muito ganhar o último jogo em casa, mas foi difícil com dez. Tivemos ocasiões de golo mas é assim o futebol. Pensamos no FC Porto e teremos a final de Taça.

 

Somos o Sporting CP e queremos sempre ganhar. Vamos ao Porto para ganhar porque teremos de defender o emblema e respeitar o futebol. Depois há que pensar na Taça de Portugal.

 

Não sei se vou ficar. Já falei com o clube. É uma decisão deles. Quero continuar e estou à espera de uma resposta."

 

publicado às 05:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds