Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

bdc e a bola.JPG

 

“Não se pode acreditar em coisas impossíveis, disse Alice.

                                                                                                                   Isso é falta de treino, disse a Rainha.”

(Lewis Carol, em Alice no País das Maravilhas)

 

 

No momento em que Bruno de Carvalho concluiu o terceiro ano como presidente do Sporting sucedem-se as análises ao seu desempenho à frente de um Clube que se distingue dos outros pela fortíssima identidade histórica, relevância no contexto do futebol de Formação e transversalidade social e etária. Inevitavelmente, a proximidade temporal das eleições presidenciais previstas para o próximo ano incentiva o alargamento desse debate.

 

Nas avaliações do desempenho são feitas referências a questões estratégicas e estruturais simultaneamente com aspectos de carácter ocasional e conjuntural. No futebol moderno isso é frequente e coerente com uma abordagem crítica séria, pois nele cruzam-se com grande intensidade o planeamento estratégico e o instante temporal. O projecto de uma época pode ser pulverizado por uma derrota com uma equipa secundária, como uma vitória na Champions pode optimizar um ano desportivo.

 

Se nos dermos ao trabalho de sistematizar um determinado número de aspectos positivos e de aspectos negativos que decorrem da presidência de Bruno de Carvalho será mais fácil proceder-se à reflexão e ao debate sobre o caminho que foi percorrido desde a data da sua eleição. Nessa intenção de reflexão e de debate deve estar sempre presente que sistemas fechados caminham inexoravelmente para a entropia.

 

Assim, considero os seguintes aspectos como os mais positivos:

 

- a reestruturação financeira de 2013,

- a construção do Pavilhão João Rocha,

- a boa escolha dos treinadores,

- a blindagem do balneário de futebol a “olhares exteriores”,

- a equipa de futebol competitiva, 

- a renovação contratual com jogadores carismáticos da Formação,

- a contratação de Slimani,

- a boa campanha de captação de sócios,

- a dinâmica dos adeptos nos jogos no Estádio de Alvalade.

 

Os seguintes aspectos como os mais negativos:

 

- o crescimento constante do passivo financeiro da Sporting SAD,

- o recurso a práticas financeiras nefastas, como a contratação de empréstimos para pagar empréstimos anteriores,

- a imagem institucional de clube incumpridor e o “caso” Doyen,

- a contratação sem critério de inúmeros jogadores,

- o contexto do despedimento de Marco Silva,

- a conflitualidade e a desconfiança entre os sportinguistas, 

- a ausência de planeamento estratégico para a Academia e para a Equipa B, 

- a manipulação da informação e a falta de transparência como instrumentos de gestão,

- o comportamento egocêntrico e intolerante de Bruno de Carvalho.

 

Constata-se que existe um forte carácter transitório e efémero nos factores considerados como mais positivos, com excepção do Pavilhão João Rocha. Por outro lado, surge como assumindo uma dimensão estruturante a maioria dos elementos mais negativos. Quer dizer, que aquilo que de melhor se conseguiu pode ser rapidamente levado no turbilhão dos acontecimentos e o que é prejudicial implicará resiliência para ser superado.

 

O sucesso de Bruno de Carvalho como presidente do Sporting resultará da sua capacidade de construir e planear um projecto que corresponda à realidade e à cultura do nosso Clube. Para isso surge como imprescindível a criação de um modelo de gestão sustentado financeiramente, uma equipa competitiva que lute por títulos, um sector de Formação bem sucedido desportivamente, a persistência do ecletismo desportivo e uma estrutura directiva, técnica e desportiva solidária, coerente e competente. E a médio prazo a garantia de que o Sporting continuará a ser um Clube dos seus sócios e adeptos. A defesa da identidade do Sporting decorre da realização das premissas referidas anteriormente que, na minha opinião, constituem o elemento aglutinador, integrador e mobilizador dos sportinguistas.

 

publicado às 12:56

Bruno de Carvalho - 3 anos de frases

Rui Gomes, em 23.03.16

 

bruno 3.png

 

 "Hoje renova-se e retoma-se o Sporting Clube de Portugal."

27-03-2013

 

"Vamos dar tudo o que temos e, com certeza, que as coisas vão correr melhor e vamos diminuir as tristezas dos sportinguistas."

21-05-2013

 

"Quando cheguei [ao Sporting], havia duas coisas de raiz: uma negociação do PER e um conjunto de papéis, folhinhas Excel bonitas equilibradas, mas de nada."

Expresso, 29-06-2013

 

"Tenho pena que [Einstein] não tenha conhecido Pinto da Costa e a comitiva que o acompanha. Porque em vez de falar em universo e estupidez, falaria de uma frase célebre de um treinador português: um vintém é um vintém e um labrego é um labrego."

Rádio Renascença, 19-03-2014

 

"Realmente, há muitos clubes: uns que acham que são grandes, uns que gostariam de ser grandes, e depois há um que é grande, que é o Sporting Clube de Portugal."

15-04-2014

 

"Não temos dúvidas que naquilo que ao futebol diz respeito não temos este ano possibilidade de conquistar títulos, mas conquistámos algumas coisas, conquistámos o respeito próprio, o respeito dos nossos rivais, dos portugueses, de quem olhava para nós como se já não contássemos."

16-04-2014

 

"Na gíria popular, porque sabemos que o futebol português está bipolarizado, isto funciona como o ânus, onde temos duas nádegas que se enfrentam uma à outra dizendo: 'estou aqui e sou melhor que tu'."

04-06-2014

 

"A bipolarização é aquilo que me ofende. Se calhar, estou a pôr a nu o que é uma mentira há 12 anos. A aliança existe há muito tempo. Aliança entre os que fazem bipolarização do futebol português. Preferem outros clubes mais fracos que não conseguem dar luta. Claro que é o Benfica e FC Porto."

06-06-2014

 

"Se admito Pinto da Costa? De facto, não. Em que é que me quero diferenciar ? De preferência em tudo."

TVI, 05-08-2014

 

"Há um presidente de um clube que pode ser canonizado porque o seu cadastro deve estar mais limpo que o Tide."

Sobre Pinto da Costa, presidente do FC Porto

25-09-2014

 

"Chegou a altura de agir e acabar com o monstro em que se transformaram os fundos de jogadores de futebol."

BBC World Football Show, 03-10-2014

 

"Eu sou assim, os outros são hipócritas. Os outros são rufias, às vezes não se enxergam e a idade não lhes dá vergonha. Ter de aturar este tipo de rufias que tive de aturar há pouco tempo, com as suas atitudes... Estou a referir-me ao comportamento do presidente do FC Porto em Alvalade."

Sporting TV, 03-10-2014

 

"Não gosto de aldrabices, vigarices, apitos dourados... Ao ouvir as escutas [do caso 'Apito Dourado'], acho uma vergonha que as coisas não tenham consequências. No futebol português, quer o Benfica quer o FC Porto, não querem melhorar nada."

Sporting TV, 03-10-2014

 

"Uma das grandes vantagens do Sporting é que se chama Sporting Clube de Portugal (...). Nós representamos Portugal, os outros representam províncias ou bairros."

09-10-2014

 

"Vivemos numa década do 'limpinho, limpinho', em que a verdade não é aquilo que toda gente procura, em que muitos tentam chegar onde não podem. O Sporting não compactua com o 'limpinho, limpinho'."

01-11-2014

 

"Ao nível do futebol sénior este fim de semana jamais poderá ser esquecido. Quer a equipa principal quer a equipa B brindaram os sportinguistas com péssimas exibições que não dignificaram o nosso clube e a nossa camisola. Não demonstraram garra nem vontade de vencer e isso é lamentável."

02-11-2014

 

"Já não é aliança, é casamento total. Escolheram uma pessoa [Luís Duque] com quem o Sporting tem um conflito."

Sobre alegada união entre Benfica e FC Porto

Sporting TV, 12-11-2014

 

"Marco Silva tem contrato até ao final da época 2018/19, é um excelente treinador e jovem, que vive a sua primeira experiência num clube com a dimensão do Sporting. Foram, aliás, estas as características que me levaram a fazer esta aposta e que me fazem mantê-la, para um futuro largo, com a mesma convicção inicial de que, juntos, iremos dar muitas alegrias aos sportinguistas."

07-02-2015

 

"Luís Filipe Vieira sofre de egocentrismo agudo e quando for grande quer ser o futuro papa do futebol português."

Facebook, 14-02-2015

 

"Já ouvimos um pouco de tudo, que este pavilhão não passará desta pedra. Chego a ouvir que o tribunal e a Doyen vão ser o fim do projecto. Aqui, tomando a responsabilidade, digo: Doyen a quem doer, a obra estará pronta em Dezembro de 2016."

27-03-2015

 

"Os nossos rivais tremem todos os dias."

Bruno de Carvalho, presidente do Sporting

27-03-2015

 

"Em termos de gestão o Sporting, em dois anos, conquistou a Liga dos Campeões e foi campeão nacional."

Diário de Notícias, 27-03-2015

 

"Faço minhas as palavras de hoje de Marco Silva, quando disse que neste processo longo, extenso, houve alguma sacanice. Eu reforço, houve muita sacanice."

16-05-2015

 

"Jorge Jesus [no Sporting?] Estou focado nos dois jogos que nos faltam para o fim da época, em Marco Silva e no nosso plantel. Mas também lhe digo que o Cristiano Ronaldo e o Messi seriam bem vindos no Sporting, de caretas!"

21-05-2015

 

"Ao trabalhar com Marco Silva, vi-me involuntariamente envolvido num conjunto de episódios em que este demonstrou, no nosso entendimento, falta de respeito para com o clube e para com a estrutura que com ele trabalhava."

05-06-2015

 

"Anuncio formalmente a contratação de Jorge Jesus como treinador principal do nosso clube. E começo revelando a única garantia que o nosso novo treinador me exigiu: vir treinar o clube do seu coração."

05-06-2015

 

"O inesperado, ou não, são alguns dos porta-vozes desta campanha [contra a contratação de Jorge Jesus]: Dias da Cunha, Isabel Trigo Mira, José Roquette, Pires de Lima, Rui Barreiro, Abrantes Mendes e Vasco Lourenço."

07-06-2015

 

"Para fazerem mal ao Sporting primeiro vão ter de me matar."

A Bola, 29-06-2015

 

"Tenho em comum com Jorge Jesus o amor incondicional pelo Sporting."

Jornal de Notícias, 18-07-2015

 

"Hoje estamos a desfrutar este título. Era o primeiro objectivo da época e está vencido. É isso que me sabe bem, falar pouco mas dizer que fui campeão como aconteceu neste momento."

Após a vitória na Supertaça

09-08-2015

 

"Não podemos ser hipócritas. Entrar na Liga dos Campeões é importantíssimo. Não acontecendo, teremos que nos sentar e pensar um bocadinho. Estamos confiantes e é algo em que não pensamos e que nos passa pela cabeça. Não acontecendo, tomaremos algumas decisões."

Sport TV, 13-08-2015

 

"Caro Mr. Burns [João Gabriel, director de comunicação do Benfica], se é guerra que quer é guerra que terá. Vá chamando o seu exército de falsas 'virgens ofendidas' e 'dinossauros esquecidos'."

Facebook, 18-08-2015

 

"Quem intervém no jogo e rouba tem de ser preso, não existe outra solução."

Em reacção à arbitragem do jogo CSKA-Sporting, em Moscovo

Facebook, 27-08-2015

 

"Eu protegerei o Sporting mas não me deixem cair, porque eu caio de facto. Sou pai, tenho duas filhas, tenho de sustentar a minha família e pus sempre o Sporting em primeiro lugar."

Assembleia Geral, 27-09-2015

 

"Há um governo sombra de seis pessoas que anseiam para que tudo corra mal. Havemos de falar de um empréstimo que essas pessoas disseram logo "está aqui o dinheiro do pavilhão!". Estou disponível para que essas pessoas venham até aqui, digam as suas ideias, candidatem-se. Agora saiam de trás, até porque eu estou cansado e não vou permitir que existam sportinguistas que desejem mal do Sporting, uns porque não participaram no desenho do pavilhão ou porque a mulher não veio para aqui trabalhar... "

Assembleia Geral, 27-09-2015

 

"Não caiam no mito urbano dos seis milhões de adeptos do Benfica. Eles são 4,5 milhões, nós 3,5 milhões e temos quase tantos sócios como eles."

Assembleia Geral, 27-09-2015

 

"Não tenho problema nenhum em dizer o nome Benfica. Reconhecemos uma grande instituição. Depois a maior parte dos seus comentadores televisivos são a minha fonte de alegria. Às vezes estou a ver televisão e faz-me lembrar uns nenucos gordos que eu dava às minhas filhas e que diziam "papá mama, papá mama". Parecia verdade mas não deixava de ser um nenuco gordo que debitava o que lhe meteram no gravador".

Assembleia Geral, 27-09-2015

 

"O Dr. Álvaro Sobrinho, grande sportinguista, a única coisa que fez foi passar a dívida a capital. Portanto quando os nossos detratores dizem que é um clube de sobrinhos, tias e avós, tenho de dizer que somos porque prezamos a família e não labregos, otários e estúpidos. Temos construído tudo com muito trabalho e sacrifício".

Assembleia Geral, 27-09-2015 

 

"Disseram-nos que esta é uma prenda que oferecem aos quatro árbitros, aos dois delegados e a um observador por jogo. Portanto são 28 jantares por jogo. Portanto, só em jantares dá cerca de 140 mil euros por temporada, não falando das camisolas e das caixas. Isto deve tudo rondar um quarto de milhão."

TVI24, 05-10-2015

 

"Não duvido do que já fiz, e sei que quando sair (do Sporting) tenho de emigrar, não tenho dúvida nenhuma, porque depois ninguém me dá emprego em Portugal."

Luxemburgo, 09-10-2015

 

"As minhas grandes metas da vida eram aos 25, ter a minha casa, aos 35, ter a minha independência financeira e aos 45 ser presidente do Sporting. Tive a minha independência aos 32, fui presidente aos 39, depois tiraram-me a presidência, mas fui por fim aos 41."

 Canal Económico TV - 10 de Outubro de 2015

 

"Sou considerado incendiário. Mas sou frontal, directo, por vezes corrosivo, detesto a estupidez, a hipocrisia e os falsos intelectuais."

Expresso, 10-10-2015

 

"O Benfica está com um problema teológico, é que deve muito ao Espírito Santo e quer sacá-lo a Jesus."

TSF, 16-10-2015

 

"Normalmente, em cada discurso, faço sempre alguma referência aos nossos rivais. É um costume meu. E por isso está aqui a comunicação social. Mas também é um costume meu, quando estou em primeiro, desejar-lhes boa sorte e que vão olhando bem para cima, porque não vamos sair do primeiro lugar!"

13-11-2015

 

"Acho que os 457 milhões do acordo [do FC Porto] com a MEO vai dar uma equipa de ciclismo tremenda."

28-12-2015

 

"A minha luta não é contra a opção dos clubes de recorrerem a entidades financeiras, mas contra a chegada ao mundo de futebol de dinheiro que não se sabe de onde vem, cujos proprietários não se sabe quem são."

EFE, agência de informação espanhola, 13-01-2016

 

"O senhor Vítor Pereira já ultrapassou os limites do ridículo. Posso ter sido expulso, mas não fui eu que cometi um erro tão infantil como o que foi cometido aqui hoje [marcação de um penálti contra o Sporting]."

Após o empate com o Arouca

15-01-2016

 

"Não chamei corrupto a ninguém, não usei essa expressão. É uma palavra que nem gosto por causa da fonética, é uma expressão apardalada."

RTP3, 20-01-2016

 

"Onde estava o Sporting CP se eu não estivesse cá? Resposta: Falido após alimentar muitos chulos que gravitam à volta do futebol."

Facebook, 03-02-2016

 

"O presidente do sindicato dos jogadores do Peru está eufórico com a ida de Carrillo para o Benfica. Compreende-se, finalmente o peru pode ir às galinhas..."

04-02-2016

 

"No final desses programas [debates televisivos de desporto], para além das lágrimas que me corriam pelo rosto com tamanha bondade do Luís [Filipe Vieira], não sei se o meu sentimento foi de pedir imediatamente a beatificação do homem ou propor a sua candidatura a próximo Nobel da Paz."

Sobre o facto do presidente do Benfica pedir para que Slimani não seja castigado antes do Sporting-Benfica

02-03-2016

 

"Quanto aos sportinguistas mantenho o que tenho dito. Não nos interessa ser campeões de inverno, queremos chegar a Maio e vencer. Faltam nove jornadas e temos de manter a Onda Verde sempre em crescendo."

Facebook, 06-03-2016

 

publicado às 10:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo