Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"Fora daqui ainda era pior"

Rui Gomes, em 07.01.22

img_192x192$2020_02_13_19_45_22_1663516.pngOs trabalhos recém-publicados pela ‘Sábado’, Record e ‘CM’ sobre os negócios e o ambiente que se viveu no Sport Lisboa e Benfica durante a presidência de Luís Filipe Vieira são um expressivo e exemplar radiografia sobre o decadente estado do clube. Em grande medida, são um retrato implacável do próprio futebol português, da impunidade reinante, da promiscuidade com uma parte da banca, dos interesses transversais que não têm em mínima consideração os suportes essenciais da vida de um clube, como o são os seus adeptos e a sua história.

Luís Filipe Vieira seguiu o exemplo de Pinto da Costa, mais velho na arte de transformar o clube no seu próprio escudo e em rentável negócio pessoal. No momento em que se afirma "cansado" e até em que precisa de "descanso na cabeça", Vieira congratula-se por ser presidente do Benfica "porque, senão, fora daqui ainda era pior".

Na conversa com José António Santos, o ‘nadador salvador’, como o qualifica nas escutas do processo ‘Cartão Vermelho’, Vieira dá-nos a confirmação plena de que o clube é apenas e tão só a fortaleza que o defende dos inimigos, em particular da justiça. Felizmente, Vieira enganou-se.

Screenshot (568).png

Em mais de quarenta volumes, a justiça mostra como Vieira ganha dinheiro e como o clube é instrumental. Mostra que gere o Benfica quase exclusivamente em função dos seus interesses. Mostra como criou uma teia de cumplicidade num grupo de comissionistas e facturou em tudo o que foi transferência. Percebe-se bem, por ali, que é praticamente impossível que este grandioso ‘modus operandi’ fosse desconhecido de pessoas envolvidas directamente na gestão da SAD, em particular alguns dos seus mais altos responsáveis e que lá estão ainda. Percebe-se bem, também, como já aqui se escreveu, que esse ambiente putrefacto foi criando um pântano que não seca e desaparece de um dia para o outro.

Podemos ficar à espera das provas que sustentem um julgamento em juízo mas o que o dinheiro e o seu rasto mostram, nas mais diversas operações, já deveria ter desencadeado punições na esfera dos reguladores e das autoridades que gerem o futebol. Se continuarem todos a meter a cabeça na areia, persistirá o futebol profissional português na marcha em direcção ao abismo. A caminho da extinção por manifesta falta de objecto, seja ela a verdade desportiva, que há muito se foi, ou o prazer dos adeptos, pelo menos daqueles que não estão fanatizados por claques que se movem apenas e só pelo seu quinhão no saque a que todos estamos a assistir. Em directo e a cores!

Artigo da autoria de Eduardo DâmasoDirector da Sábado

publicado às 04:02

Uma história da carochinha

Rui Gomes, em 02.07.20

mw-680.jpg

Rui Santos diz que não acredita que Luís Filipe Vieira possa abandonar a presidência do Benfica neste momento e aponta críticas várias ao líder dos encarnados.

"O Vieira sair do Benfica é uma história da carochinha. Deslumbrou-se, achou que o futebol português era o quintal do Vieira".

Comentário completo na SIC Notícias, em vídeo, aqui.

publicado às 02:32

Foto do dia

Rui Gomes, em 29.04.20

img_920x519$2020_04_28_18_26_18_1692539 (2).jpg

Momento inédito: Varandas, Vieira e Pinto da Costa a conversar

publicado às 04:32

As claques que não existem

Rui Gomes, em 18.11.19

vieiralyon1.jpg

Luís Filipe Vieira participou no sábado nas celebrações do 37º aniversário dos ‘Diabos Vermelhos’, a mais antiga (não) claque do Benfica. O presidente dos encarnados esteve no Centro Cultural Dr. Magalhães Lima, em Lisboa, e teve como acompanhantes os jogadores Samaris e David Tavares.

A participação de dirigentes e atletas encarnados nestas festas são recorrentes. Aliás, no ano passado, o próprio Vieira já havia estado nas comemorações do 36º aniversário dos DV. Em 2017, coube ao vice-presidente Fernando Tavares e ainda a Svilar e Jardel associarem-se à festa dos adeptos.

A presença de Vieira acontece no final de uma semana marcada por duas decisões judiciais favoráveis às águias, uma das quais que anulou a realização de jogo à porta fechada, por alegado apoio a claques ilegais.

Um cínico questionaria o termo "claques ilegais". Se elas não existem, como é que podem ser consideradas ilegais?

publicado às 04:03

Pensamento do Dia

Rui Gomes, em 19.03.14
 

 

Num tempo em que domina o discurso em nome da mudança,

tudo se mantém inalterável no futebol português.

 

publicado às 12:18

 

 

publicado às 23:24

publicado às 08:37

Disparar cartuchos em branco

Rui Gomes, em 02.03.13

 

Vieira dispara cartuchos em branco para o ar, à sua usual estrambólica maneira. Um amigo fez bem em refrescar a minha memória sobre a dívida de milhões ao Fisco - dinheiro dos contribuintes - que o Benfica pagou com acções do clube. Nem vale a pena revisitar esta novela carnavalesca, já para não mencionar a construção do estádio com as ajudas da Câmara Municipal de Lisboa. Até dá para pensar que há leis especiais para o Benfica e outras para o resto do País.

  

publicado às 05:28

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds