Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



img_920x519$2022_01_16_20_36_16_1950877.jpg

O Conselho de Disciplina da FPF castigou Nuno Santos com um jogo de suspensão após a confusão que se gerou no final do jogo contra o Vizela, no fim-de-semana passado.

O mapa de castigos publicado esta quarta-feira aponta para o "uso de expressões ou gestos ameaçadores ou reveladores de indignidade", neste caso o arremesso da água na direção dos adeptos minhotos, tendo também levado "as mãos aos genitais".

Segundo o Artigo 157.º do Regulemento Disciplinar da Liga (alínea d), "no caso de expressões ou gestos dirigidos contra os espectadores, com a sanção de suspensão a fixar entre o mínimo de um e o máximo de dois jogos e, acessoriamente, com a sanção de multa". Neste caso, a suspensão foi a mínima e a multa fixou-se nos 510 euros.

Ainda não sendo conhecida a posição do Sporting, a suspensão tira o jogador da recepção ao SC Braga, sábado, a contar para a 19.ª jornada do campeonato.

Entretanto, o Sporting foi multado em mais de 15 mil euros pelo mau comportamento dos adeptos. De acordo com o mapa de castigos,  foram deflagrados um total de 16 engenhos pirotécnicos, entre potes de fumo, petardos e very-lights, durante a partida.

Por fim, na sequência do acto de Nuno Santos, os adjuntos Emanuel Ferro e Vital foram expulsos e são alvos de processos. Outro, ainda, a Adélio Cândido, por ter ido ao relvado sem constar da ficha de jogo (motivo pelo qual não podia ver cartão vermelho). Nada mais consta sobre os processos que foram levantados, salvo a multa de 380 euros a Vital.

O CD instaurou um quarto processo disciplinar neste contexto ao enfermeiro Alexandre Rodrigues, que também foi expulso nos instantes finais do jogo.

Com tudo isto, o Vizela foi apenas multado em 255 euros e nada consta sobre o jogador que agarrou Nuno Santos pelo pescoço e que Fábio Veríssimo sancionou apenas com o cartão amarelo.

_________________________________________

Miguel Braga, Responsável de Comunicação do Sporting CP, reagiu nas redes sociais aos castigos do enviusado Conselho de Disciplina:

"Nuno Santos não deveria ter respondido às provocações do público. Tanto o presidente [Frederico Varandas] como o treinador [Rúben Amorim] disseram isso mesmo. Numa atitude pioneira, o CD foi célere a castigar o jogador. E noutros casos similares? Nada.

Já Pepe e o FCP podem brincar com o CD à vontade, manipulando a verdade desportiva. Limpar amarelos enquanto lesionado no banco é uma nova forma de estar no futebol português.

Nem mesmo no futsal - com este Conselho de Disciplina também presidido por Claúdia Santos - quando o jogador Jacaré não só insultou, como incendiou as bancadas do PJR com gestos e provocações no meio da quadra".

publicado às 17:45

As estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 17.01.22

GoalPoint-Vizela-Sporting-Liga-Bwin-202122-90m.jpg

Algumas considerações de Rúben Amorim no final da partida em Vizela...

“Os primeiros dez minutos foram algo confusos para nós. Não conseguimos empurrar o FC Vizela para o seu meio-campo, como queríamos, e só o fizemos depois disso. A partir daí criámos várias oportunidades, chegámos mais vezes à frente e chegámos aos golos com naturalidade. Fomos para o intervalo com uma vantagem justa, a meu ver. Na segunda metade, tivemos mais bola, mas podíamos ter sido mais incisivos e devíamos ter marcado, mas não marcámos. Ainda assim, penso que foi uma vitória justa de uma equipa que voltou à sua identidade”.

"Daniel Bragança a titular tem a ver com as características do jogo. Ele é forte no espaço reduzido, o Vizela fecha bem a zona interior, o Matheus [Nunes] precisa de mais espaço, vinha de dois jogos seguidos e precisamos de todos preparados".

Screenshot (592).png

"Fiquei satisfeito sobretudo com a forma como o Pote jogou e pela equipa ter sido mais agressiva do que no jogo anterior".

"Uma boa equipa tem de sofrer poucos golos. Eles foram um exemplo na concentração e na intensidade. Tivemos alguma displicência nos nossos centrais na segunda parte. Fora isso, sempre concentrados".

"Os minutos finais eram escusados. O Nuno reagiu ao público, tem de se aguentar. Há uns que aguentam mais e outros menos. Houve ali expulsões - da equipa técnica - que não deviam ter acontecido, mas temos de proteger os nossos e foi isso que fizemos”.

"FC Porto, Benfica e Braga são muito fortes. Se baixarmos o nosso nível, podemos perder pontos em qualquer campo. Temos de controlar isso, ainda não somos equipa para deixar andar. Temos é de vencer o máximo de jogos possíveis e não pensar muito nas contas".

publicado às 03:33

Screenshot (588).png

DESTAQUES

"Espero um jogo difícil, diferente da primeira volta. Estão mais habituados ao momento, fizeram bons jogos e cresceram. Nós também, jogamos de forma diferente em alguns aspectos. Espero um jogo melhor, com o mesmo resultado. Precisamos de vencer, manter a nossa posição e tentar algo mais".

"Todos os jogos são perigosos. Os nossos rivais estão fortes, perdem poucos pontos, nós também. Temos de vencer e jogar melhor. Temos de ter mais agressividade e intensidade, esse é o grande foco. Olhámos muito para nós, vimos o que temos de fazer melhor, não deixar o adversário chegar com tanta frequência à nossa área. Sofremos tantos golos em duas jornadas como nos outros jogos da Liga, isso são sinais. Qualquer derrota pode fazer abanar os sportinguistas. Já tivemos uma desvantagem maior para o primeiro e com a Champions pelo meio e soubemos dar a volta".

"Os jogadores que vierem são a pensar no presente e futuro. O Vitinha desmentimos para que não existam mal entendidos. Quem vier será a pensar nesta e nas próximas épocas".

"Se perdermos algum jogador não vou comentar. Passa por mim. É um pouco hipócrita dizer o que sinto por trocar jogadores. Vamos fazer o melhor para o grupo. O Paulinho foi um exemplo, esperámos até o ter. Que os adeptos saibam que temos uma ideia muito bem clara. Olhamos para a formação, jogadores com formação e que possam vir ajudar. Estou muito satisfeito com o nosso grupo. O plantel dá garantias para o resto do campeonato".

"O que eu quero é que o Pote aumente a agressividade na pressão e os golos vão aparecer. É um jogador que nos oferece muito mais do que golos. Ele tem de continuar a trabalhar porque os golos vão aparecer".

"O Pedro Porro não está e não sei quando vai estar. O Jovane começou agora a incorporar os exercícios. É um jogador que nos faz falta".

"Ugarte já provou que está pronto para ser o 6 este ano. Dormimos mais descansados porque o Palhinha no ano passado teve um desgaste muito grande. Se falhar o Palhinha, este ano estamos mais descansados. Foi uma grande contratação".

publicado às 02:33

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 18.ª jornada da Liga Bwin:

FC Vizela-Sporting CP

Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Pedro Mota e Pedro Martins
4.º árbitro: David Silva
VAR: António Nobre
AVAR: Nélson Pereira

B SAD-FC Porto

Árbitro: Manuel Mota
Assistentes: Jorge Fernandes e Nuno Eiras
4.º árbitro: Iancu Vasilica
VAR: Tiago Martins
AVAR: Hugo Ribeiro

SL Benfica-Moreirense FC

Árbitro: Rui Costa
Assistentes: João Bessa Silva e Carlos Martins
4.º árbitro: João Afonso
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Rui Teixeira

Fábio Veríssimo não será dos piores árbitros, mas é sempre imprevisível, especialmente na vertente disciplinar.

Verificamos que Tiago Martins ainda não regressou ao relvado desde o fiasco em Barcelos, mas cá está ele novamente como VAR, onde a sua incompetência também se manifesta.

publicado às 04:02

Ivanildo a caminho do Vizela

Rui Gomes, em 19.08.21

30743556_1165471560261816_8961449131903273695_n.jp

Ivanildo Fernandes rescindiu com o Sporting e vai ser reforço do Vizela. O jogador, 25 anos, que na época passada representou o Almería (Espanha), por empréstimo dos leões, já está no Minho e deverá ser apresentado ainda durante esta tarde de quinta-feira.

O passe será partilhado entre os dois clubes, num modelo de negócio semelhante ao de Nuno Moreira e Tomás Silva, que também trocaram Alvalade pelos vizelenses.

Trata-se do regresso do defesa ao futebol português, depois de há duas épocas também ter estado emigrado, na Turquia, com cedências a Trabzonspor e Rizespor. Na I Liga já tinha passado pelo Moreirense.

Ivanildo tem/tinha contrato com o Sporting até Junho 2022. O seu passe está avaliado em 1,1 milhões de euros.

publicado às 15:30

E as multas continuam...

Rui Gomes, em 12.08.21

unnamed (1).png

O Sporting foi multado em 10.200 euros pelo Conselho de Disciplina da FPF na sequência do comportamento dos adeptos na 1.ª jornada da Liga Bwin, no Estádio de Alvalade, frente ao Vizela.

Segundo o documento:

"Aos quatro minutos da segunda parte, na Bancada Topo Sul, nível superior, ocupada por adeptos afectos ao clube visitado, Sporting Clube de Portugal, identificados com vários adereços alusivos ao mesmo, mormente camisolas e cachecóis, registaram-se as seguintes ocorrências: (…) b) Lançamento de uma tocha incandescente para junto da linha de baliza, lado sul, tendo a mesma alocado-se fora do rectângulo de jogo. No momento deste episódio, o jogo encontrava-se a decorrer, sendo interrompido logo de seguida para ser efectuado um lançamento de linha lateral. (…) o reinício do mesmo foi retardado em cinco (5) segundos, de forma a que um bombeiro em serviço retirasse a referida tocha do local".

Acrescem ainda mais duas multas de 1.530 e 1.020 euros igualmente pelo comportamento dos adeptos devido a "deflagramento de duas tochas incandescentes e um pote de fumo".

publicado às 04:02

As Notas de Julius 2021/22 (02)

Julius Coelho, em 07.08.21

Nesta rubrica, o leitor tem a oportunidade de apreciar - e se entender, criticar as notas (0-6) que eu atribuí aos jogadores do Sporting e a outros intervenientes do jogo Sporting - F C Vizela, da 1.ª jornada da Liga BWIN, que resultou numa vitória do Sporting por 3-0, golos de Pedro Gonçalves (48' e 64') e de Paulinho (74').

Leão predador, início da nova temporada à campeão. Depois do excelente triunfo na Supertaça, a equipa repetiu, ontem à noite, no arranque do campeonato, uma exibição agradável e segura, o guarda-redes Adán foi chamado a intervir uma única vez, para uma defesa de menor dificuldade para o único remate enquadrado do adversário em toda a partida. O FC Vizela cometeu o erro de iniciar o jogo disputando os lances em todas as zonas do campo e pagou bem caro por isso, na segunda parte só conseguiu defender. Pedro Gonçalves deu 45 minutos de avanço até abrir o livro deixando a sua marca de leão faminto, com 2 fantásticos golos.

img_920x518$2021_08_06_22_15_13_1887314.jpg

DESTAQUE - PEDRO GONÇALVES - 5 - Até parece muito fácil, 2 tiros certeiros sem hipótese de defesa e matou a presa, pouco mais há a dizer deste extraordinário jogador. Na primeira parte andou a reconhecer o terreno da caça e quando chegou o momento e a oportunidade não desperdiçou, mostrando mais  uma vez nesta nova época a sua fabulosa capacidade de finalização.

ANTÓNIO ADÁN - 4 - Foi espectador durante toda a partida, quase nem demos por ele, defendeu um remate frontal que lhe chegou com alguma força aos 56 minutos de jogo e foi a única coisa que o adversário conseguiu fazer, nem para os tradicionais cruzamentos foi chamado a intervir. Não seria justo ser penalizado na nota por isso.

RICARDO ESGAIO - 4 - Ontem subiu bastantes vezes, jogou quase como um extremo, mas vai com certeza melhorar os seus cruzamentos que foram muitas vezes ineficazes, mas deu para ver que é exímio a subir o seu corredor pela calada surpreendendo o adversário.

GONÇALO INÁCIO - 4 - Exibição segura, cada vez mais adulto, experimentou várias vezes os seus venenosos lançamentos em profundidade para as costas dos defesas adversários, Esgaio aproveitou bem alguns.

SEBASTIÁN COATES (CAP) - 5 - Voltou o "el comandante", varreu sempre o que havia para varrer, não dando hipóteses, em qualquer zona da defesa, lá aparecia ele a resolver da melhor forma. Falta-lhe agora ganhar pulmão e endurance para entrar na construção e fica fino de novo.

ZOUHAIR FEDDAL - 4 - Cumpriu sempre bem na sua zona quando a defender, mas falta-lhe igualmente ganhar o resto para se poder envolver com mais confiança quando sobe à área adversária. Assim como o Coates, ainda está perro e estático, para responder aos cruzamentos.

RÚBEN VINAGRE - 4.5 - Boa surpresa, muito activo no jogo e mostrando ser forte nos duelos tal como o Nuno Mendes. Atirou-se com coragem pelo seu corredor acima a levar quase sempre a melhor perante quem lhe aparecia pela frente; sacou dois excelentes cruzamentos para o Paulinho e Jovane que ambos desperdiçaram. Acabou esgotado e teve que ser substituído pelo Matheus Reis.

JOÃO PALHINHA - 3.5 - Fez um jogo mais discreto do que lhe é normal; ainda procura o melhor entendimento com o novo parceiro, Matheus Nunes, mas viu-se a fazer excelentes lançamentos longos, para a direita e esquerda isolando algumas vezes o Rúben Vinagre e o Ricardo Esgaio, levou injustamente um amarelo e o treinador achou melhor substituí-lo e resguardá-lo para Braga.

MATHEUS NUNES - 4 - Vai fazer-se e mais depressa do que se imaginava, tem queda para aquela posição pendular, está a melhorar e a crescer de jogo para jogo, já sabe que ali não pode perder muitas vezes a bola e começa a perceber quando é hora de arrancar e deixá-los para trás, tem um futebol deveras imprevisível. Vai fazer uma grande época.

JOVANE CABRAL - 3 - Entrou auto pressionado, o barulho do público, esse elemento agora novo, carregou-o de responsabilidade e viu-se menos solto do que é normal, teve vários momentos de precipitação, não lhe sairam bem as triangulações com os colegas e depois no penálti quis tanto colocar a bola que falhou o alvo, quiçá perdeu a sua vez e a próxima será entregue ao Pedro Gonçalves.

PAULINHO - 4 - Voltou a marcar, o que será sempre positivo para ele e para os adeptos que lhe exigem sempre coisas extraordinárias. No golo teve faro e correu para onde tinha que estar para responder ao soberbo cruzamento do Nuno Santos. Podia ter marcado antes num "cabezazo" mas o Charles não deixou. De resto combinou muitas vezes bem na construção faltando só o último passe, excepto no primeiro de Pote.

NUNO SANTOS - 3.5 - O Rúben Amorim confessou que  o Nuno anda zangado com ele por não ter sido titular e por isso gritou bem alto naquele irrepreensível cruzamento,  num "toma lá e faz -te famoso" para o Paulinho em que só teve que fuzilar fazendo o terceiro. Vinte minutos já não deram para muito mais.

DANIEL BRAGANÇA - 3 - Entrou para o lugar do João Palhinha, para a missão de "6" e saiu-se bem, inclusive podia ter marcado o quarto golo da equipa, num excelente remate de ressaca fora da área mas cheio de intenção, que obrigou o Charles a fazer um magnífica defesa in extremis negando-lhe o golo.

MATHEUS REIS - 2.5 - Entrou para o lugar do esgotadíssimo Rúben Vinagre e cumpriu, nessa altura o Vizela também ja se arrastava no terreno e já olhava mais para o relógio do árbitro, esperando o fim de todo aquele sacrífício. 

TABATA - 2.5 - Entrou cheio de energia e ainda lhe vimos um ou outro pormenores com algum destaque, mas cinco minutos de jogo não davam para mais nada com o resultado já assegurado. 

TIAGO TOMÁS - 2 - Entrou para a figura do jogo, o Pedro Gonçalves, receber a justa ovação dos adeptos das bancadas de Alvalade. O jogo estava no fim e já não deu para subir mais a nota. 

RÚBEN AMORIM - 5.5 - Nota quase imaculada para um excelente treinador, muito profissional e completamente focado nos objectivos da equipa. Vários jogos sem derrotas e com a equipa a crescer a olhos vistos de jogo para jogo; muito bom trabalho já visível no sector defensivo que se apresenta com muita eficácia; a construir é sempre muito mais complicado e depende muito da evolução física dos seus jogadores, mas na segunda parte foram demolidores, aproveitando muito bem o estoiro do adversário. 

ÁLVARO PACHECO - 3 - Equipa simpática que se apresentou atrevida na primeira parte, mas foi uma estratégia algo desajustada para o momento da época. Na segunda parte, a língua dos seus jogadores quase que chegava aos joelhos.

ANTÓNIO NOBRE  (Árbitro) - 3 - Confesso que no final da partida fui ver a sua idade, 32 anos. Bem... felizmente tem margem de progressão, mas tem tanto a aprender coitado;  cometeu um número de aselhices na interpretação de lances ao marcar faltas inexistentes. Porquê dar o amarelo ao João Palhinha depois deste ter feito um corte limpo e tão perto dos seus olhos?

NUNO ALMEIDA (VAR) - 4 - Quando teve que intervir, fê-lo sempre correctamente e não provocou polémicas desnecessárias.

publicado às 13:01

Estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 07.08.21

GoalPoint-Sporting-Vizela-Liga-NOS-202021-90m.jpg

Rúben Amorim

"Entrámos bem no jogo. Sabíamos que o Vizela ia tapar bem, defenderam bem. Fizemos o Vizela correr, podíamos ter feito o golo na 1.ª parte, falhámos o penálti. Vitória é completamente justa.

Rúben Vinagre demonstrou a capacidade que tem, ofensiva, às vezes chegou na frente. Teve algumas dificuldades físicas, já sabíamos, portou-se muito bem, confirmou o que já sabíamos. Agora tem de tabalhar muito para ser opção e para crescer.

No ano passado tinha algumas dificuldades em jogar contra blocos muitos baixos. Está cada vez mais jogador, tem características muito boas para ser um grande jogador naquela posição e está cada vez melhor com bola, a perceber as zonas em que joga, se está mais baixo, se tem de arriscar mais ou não. Está muito melhor a perceber os momentos do jogo. Há que lembrar que o Matheus estava no Ericeirense e trabalhava numa padaria. Há que dar mérito ao jogador, é humilde e acho que vai crescer muito mais. Já é português e mais uma opção para a Selecção.

Há muito a melhorar, obviamente... Na finalização. Já estivemos muito bem na posse, contra equipa que veio agora para a 1.ª divisão. Ansiedade, até nós tivemos, imagino a deles. Tivemos paciência com a bola, mesmo com adeptos, o que é bom. Mas vamos melhorar.

Custou mais ao Pedro G. a adaptar-se aos adeptos. Gostei, já tenho alguns anos como profissional de futebol. Velocidade do jogo é diferente. A única limitação é que não consigo falar com jogadores. Não me ouvem ou fingem que não me ouvem (sorriso)".

publicado às 06:02

ruben_amorim_sporting_6-750x417.jpg

Rúben Amorim na conferência de imprensa de antevisão ao jogo de hoje com o Vizela, para dar o pontapé de saída à Liga BWIN:

O que se espera desta época?

"A época que passou, passou. Há que ter em conta que tudo pode mudar ao contrário. Temos de estar atentos e trabalhar muito. Começa já com o Vizela. É uma equipa que conhecemos bem desde o CNS. Conheço bem o míster Pacheco e eles não vêm desfrutar. Disse aos jogadores para se focarem no campeonato. Têm alguns jogadores novos, mas não vão entrar tantos na equipa. Têm um espírito parecido com o nosso. Vai ser um jogo difícil contra uma equipa que não tem nada a perder."

Está confortável com as opções que tem para avançado?

"Estamos muito confortáveis e a nossa decisão de emprestar o Pedro Marques foi por aí. O Paulinho luta com o TT. Temos vários jogadores que podem passar por ali. O nosso melhor jogador de cabeça é o Coates. Em situações de emergência podemos sempre meter o Coates lá na frente. O Jovane também já passou por lá. Penso que o Paulinho e o TT são suficientes para atacar a época. Fui eu quem faltou com o Pedro Marques, não quero que um jogador pense que é a terceira ou quarta opção. A verdade é que o nosso melhor cabeceador é o Coates, até nos cria espaço para treinar de vez em quando lá se precisarmos."

Já contava ter Ugarte? Nuno Mendes vai a jogo?

 "Nuno está fora do jogo. Vinagre é uma das opções mais claras para o lugar. Ugarte, vamos ver. Estou muito satisfeito com os médios que temos. Até ao final do mercado pode haver entradas e saídas. Neste momento, estou satisfeito com o plantel que temos."

Algum sector que gostaria de melhorar?... Já se sente um talismã?

"Temos que melhorar várias coisas. Nem tudo foi bom na Supertaça. Estivemos bem defensivamente, mas há coisas que podemos melhorar. Os jogadores vão subir de forma. Temos várias opções. Agora, podemos e devemos melhorar em vários aspectos. Podemos ser dominadores durante a época.
Começou-se a olhar mais para o universo do Sporting quando o futebol começou a ganhar, mas o Sporting sempre foi um clube muito grande e vencedor. Não me sinto nada talismã. Tenho grandes jogadores e uma grande equipa técnica. Sinto que tenho alguma sorte. Há que estar muito atento a estes momentos pois pode haver algum relaxamento, mas da nossa parte não haverá".

Quem parte melhor, dos três grandes? Matheus Nunes mais perto da saída?

"Em relação aos três grandes, não faço ideia. Vimos o Braga muito. Continuam fortes, como vimos na Supertaça. O Vizela é uma divisão acima. Matheus Nunes? Depende do mercado, já foi o Nuno, agora é o Matheus. Eu faço o meu papel, que é todos os dias dizer ao presidente e ao Hugo Viana para não vender, para não vender. Mas vamos ver."

Possíveis assobios? 

"Eles estão preparados para isso. Quando sofremos o golo [frente ao SC Braga] não ouvimos assobios. Os jogadores responderam da melhor forma dentro de campo, sem ajuda do treinador. Vai haver momentos em que a nossa equipa não vai estar muito bem e podemos ouvir assobios, é normal. Vamos jogar a Liga dos Campeões, algo que também é diferente."

A preferência por Matheus Nunes para a Supertaça e o facto de Bragança ter ficado de fora do jogo.

 "Foi uma opinião que foi mudando, é claro que o adversário também conta muito. Mas foi sobretudo pelo que me foram dando e mostrando durante a semana. O Bragança também esteve bem, mas só temos 18 jogadores para levar a jogo. O Tabata também fazia bem aquela posição.

Quando estamos a fazer a convocatória, tentamos ter todos os cenários em conta. O Tabata, fazendo duas posições, garante-me mais opções e foi sobretudo por isso. O Dani [Bragança] vai voltar à convocatória. O Gonçalo Inácio era praticamente o único central na última temporada. Durante a semana, não me interessa se é o Palhinha ou o Dário, serão sempre opção. Entendemos que os que estiverem melhores são aqueles que irão sempre a jogo."

publicado às 03:03

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 05.08.21

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 1.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-FC Vizela

Árbitro: António Nobre
Assistentes: Pedro Ricardo Ribeiro e Nélson Pereira
4.º árbitro: Dinis Gorjão
VAR: Nuno Almeida
AVAR: Ricardo Santos

FC Porto-Belenenses SAD

Árbitro: Gustavo Correia
Assistentes: Inácio Pereira e Luís Costa
4.º árbitro: José Bessa
VAR: Manuel Mota
AVAR: Jorge Fernandes

Moreirense FC-SL Benfica

Árbitro: Vítor Ferreira
Assistentes: Paulo Brás e Nélson Cunha
4.º árbitro: Pedro Ferreira
VAR: Luís Godinho
AVAR: Valter Rufo

Marítimo M.-SC Braga

Árbitro: André Narciso
Assistentes: Pedro Mota e Marco Vieira
4.º árbitro: Hélder Carvalho
VAR: Hélder Malheiro
AVAR: Gonçalo Freire

publicado às 05:30

Tomás Silva ruma ao Vizela

Rui Gomes, em 18.06.21

img_920x519$2021_06_18_11_40_32_1864936.jpg

Tomás Silva, médio de 21 anos, foi oficializado esta sexta-feira pelo Vizela. O médio, proveniente do Sporting, assina um contrato válido para as próximas três temporadas, depois de ter feito a estreia na Liga NOS pelos leões em 2020/2021, no último jogo do campeonato frente ao Marítimo.

Internacional sub-20, Tomás Silva fez toda a formação no Sporting (13 temporadas). Na última época, alinhou na equipa B, mas integrou por diversas vezes os trabalhos da equipa principal.

Tomás Silva é o segundo jogador proveniente do Sporting a chegar ao Vizela, depois do médio ofensivo Nuno Moreira, de 22 anos, também com mais de uma década de formação leonina.

publicado às 12:45

Os números que não explicam tudo...

Rui Gomes, em 18.12.14

 

65A5T1QA.jpg

 Marco Silva tem muitos a quem apontar o dedo !

 

Posse de Bola

 

Sporting 64% - Vizela 36%

 

Remates

 

Sporting 18 - 6 fora da baliza e 8 bloqueados

 

Vizela 13 - 5 fora da baliza e 1 bloqueado

 

Oportunidades de golo (não concretizadas)

 

Sporting 5 - Vizela 3

 

Pontapés de canto

 

Sporting 7 - Vizela 3

 

Faltas cometidas

 

Sporting 19 - Vizela 13

 

*** Talvez o número que mais explica: com os dois golos sofridos de bola parada, o Sporting agora soma 12 em 22 jogos oficiais. Isto, além dos 5 autogolos.

 

publicado às 06:09

Jogámos com o Vizela... não foi ?

Rui Gomes, em 17.12.14

 

imgS620I147688T20141216170441.png

 

Nem me vou dar ao trabalho de comentar a primeira parte do jogo, tal o meu desagrado com a exibição do Sporting.

 

No segundo tempo evidenciou-se a inevitável quebra física do Vizela - mas mesmo assim não tanto como era esperado - que permitiu mais espaço e oportunidades ao Sporting, até surgir o golo vitorioso de Mané aos 59 minutos.

 

Em boa consciência, não consigo identificar um único jogador do Sporting que tivesse jogado excepcionalmente bem.

 

Algo não está bem com esta equipa, mesmo considerando as alterações levadas a cabo por Marco Silva, mas a vitória foi assegurada, que é o que mais conta. Veremos a qualidade do desempenho no próximo jogo da Liga, na Madeira.

 

Uma palavra final para a muito pobre arbitragem de Nuno Almeida. Inclusive, na minha opinião, o lance da grande penalidade a favor do Sporting foi mal assinalado. Curiosamente, deu-se uma outra jogada do género na segunda parte, mas passou em branco. Além das questões técnicas, critério disciplinar exageradamente rigoroso.

 

publicado às 21:55

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds