Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Paulo Andrade, ex-administrador da Sporting SAD, teceu algumas considerações sobre o estado de guerra entre Sporting e Benfica. Entende, e bem, que a luta deve ser limitada às "quatro linhas" e apela ao bom senso:

 

paulo_andrade_sporting_2014_dr.jpg

«É altura de parar com tudo isto, é lamentável tudo o que aconteceu. No mundo do desporto tem que haver bom senso. Havia a necessidade de uma decisão clara do presidente do Benfica logo a seguir ao que aconteceu no futsal e isso não aconteceu. Depois foram as tochas atiradas e voltou a não haver reacção.Tudo isto originou reacções e contra reacções. Temos é de lutar dentro do campo e não andarmos com estas guerras e estes incêndios constantes. Uma frase extremamente infeliz foi a do folclore. Não acredito que o Ministério Público não esteja a procurar esclarecer a situação, porque as imagens passaram na televisão.

 

A equipa que lidera o campeonato, o Benfica, não tem demonstrado uma capacidade evidente, desde que saiu o Enzo Pérez, de transporte de bola e os resultados têm evidenciado isso. Nada me permite concluir que a equipa do Benfica está num momento que garanta até ao final os pontos que tem em disputa. Nesse aspecto, ninguém pode afirmar que o Sporting está longe de apanhar o Benfica. Se temos ganho ao Benfica e se temos aproveitado as ocasiões claras de golo no Restelo, a situação seria completamente diferente.»

 

Bem... quanto à segunda parte das suas declarações à Rádio Renascença, o problema é precisamente que não ganhámos ao Benfica e no Restelo foi o que foi. Mas tem cem por cento razão ao afirmar que temos de parar com tudo isto e concentrarmos na luta dentro do campo.

 

publicado às 13:52

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 16.02.2015 às 17:22

"...de o Sporting ser das equipas com mais cartões e faltas..."

Já tinha avisado sobre esta estatistica há algum tempo. Não pode ser apenas pelos árbitros que acabamos os jogos sempre com mais faltas feitas que o adversário. Isto é do nosso modelo de jogo e deveria ser analisado a fundo pela equipa técnica.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2015 às 19:02

Não refuto essa disposição Mike, mas não nos devemos esquecer que há faltas cometidas e faltas assinaladas.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo