Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Teoria da evolução aplicada ao VAR

Reconhecer que há problemas de credibilidade que resultam da análise microscópica de cada lance

Rui Gomes, em 18.08.21

Não foi preciso esperar muito: à 2.ª jornada, as polémicas com a arbitragem voltaram à ordem do dia na Liga Bwin, com o VAR inevitavelmente metido ao barulho.

21768990_HZTHy.jpeg

Entretanto, na Premier League, o uso do videoárbitro foi revisto no arranque desta época com o principal objectivo de evitar a análise microscópica e a respetiva penalização de lances triviais. Seguindo o exemplo da Holanda, linhas mais grossas são usadas para avaliar todas as situações de fora de jogo e, em caso de sobreposição, o benefício volta a ser dado ao atacante, considerando-se o lance legal.

Bruno Fernandes já foi favorecido pelas alterações, ao marcar um dos seus três golos na vitória do Man United sobre o Leeds numa situação que, há um ano, provavelmente teria sido invalidada por deslocação. Claro que as polémicas não vão acabar por causa disso em Inglaterra e menos ainda acabariam por cá, onde a relação dos adeptos com a arbitragem se processa na base de disparar primeiro e fazer perguntas depois.

Ainda assim, é indiscutível que o futebol ganha com o facto de se "perderem" menos golos por uma mera unha. De resto, o mais relevante das experiências holandesas e inglesas é o reconhecimento de que o VAR é uma ferramenta recente que pode e deve ser melhorada. O uso da tecnologia de vídeo no râguebi, por exemplo, levou quase seis anos até atingir a eficácia e aceitação generalizada que se regista atualmente.

Reconhecer que há problemas de credibilidade que resultam da aplicação da tecnologia para uma análise forense de cada lance e assim reduzir a margem para polémicas estéreis protege os árbitros e, sobretudo, o espetáculo. Reconhecê-lo e agir em conformidade é só uma demonstração de bom senso.

Artigo da autoria de Jorge MaiaO Jogo

publicado às 13:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De jose Gonçalves a 18.08.2021 às 16:57

Acho muito bem essa alteração; em tempos já tinha abordado esse assunto e até dei o exemplo da espetada de carne, pois quando não houver intercepção o pedaço de carne cairá e ficará fora da espetada; no fora de jogo é precisamente igual terá que existir um pequeno intervalo( espaço em branco) para se considerar fora de jogo, não podendo nenhuma linha fazer a intercepção dos dois físicos jogáveis!
Venha o mais rápido possível essa alteração, pois diminuirá os tempos de visualização e quase fará desaparecer o erro!
A verdade desportiva em frente!
Sem imagem de perfil

De Manuel Cunha a 19.08.2021 às 07:13

Se está off side, está off side. Não vejo problema com a verdade, mesmo que seja por milímetros. Têm é de garantir que a análise resulta em verdade. Se não é possível, então introduzam uma incerteza (largura das linhas, mais ou menos x cm...). E que seja igual para todos.
Também irrita a história de só marcarem o off side depois da jogada concluída. O meu coração agradecia que não houvesse expetativa de golo (ou não golo) até uns minutos depois da jogada. Se está off side, então apitem e interrompam a porra da jogada.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo