Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tolerância zero

Naçao Valente, em 11.12.18

 

image.jpg

 

O lugar onde os associados exercem o seu poder é nas Assembleias Gerais. Aí aprovam ou não orçamentos, elegem ou destituem direcções, ou tomam outras decisões previstas nos Estatutos. Mas nem sempre os sócios comparecem em grande número a estas reuniões, fundamentais, para a vida do Clube. Nas instituições cuja dimensão extravasa o local geográfico da sede, é perfeitamente compreensível que aqueles que vivem a distâncias de centenas de quilómetros, tenham motivos para a sua ausência.

 

No entanto, há momentos extraordinários na vida do Clube, como foi o caso da última Assembleia Destituitiva, que exigem uma muito maior mobilização,. Cabe nessa situação aos Órgãos Sociais incentivarem a presença de todos os que tiverem disponibilidade. A Assembleia Geral do dia 15 de Dezembro, tem pelo sua ordem de trabalhos uma relevância fora do comum. Está em jogo a continuação ou levantamento de castigos aplicados pelo Conselho Fiscal a sócios que desrespeitaram os Estatutos e que apresentaram recurso dessa decisão.

 

Esses associados que foram suspensos, principalmente o presidente da Direcção deposta, já mostraram que pretendem continuar a assombrar a vida do Clube, colocando à frente do interesse colectivo as suas ambições pessoais. E dispõem ainda de um grupo de apoio, reduzido, mas que se mobiliza em benefício de uma personalidade que adoram acima do próprio Clube. Esse apoio esteve presente na última reunião magna e viu-se a sua força na diferença de votação, entre o orçamento da Direcção anterior e da actual.

 

Quem desejar afastar do dia a dia esses elementos perniciosos e desestabilizadores, tem o dever de estar presente nesta Assembleia Geral para que não aconteça uma surpresa. O levantamento da sua suspensão será um sério revés para a estabilidade do Sporting e que esta Direcção com discrição e bom senso está a conseguir. Deixar que um grupo pequeno mas ruidoso e agressivo, possa reverter uma decisão justa, é um passo atrás na pacificação do clube e um desrespeito pela Assembleia de  Julho.

 

Ao contrário dos aqui e ali agora clamam por complacência para quem nunca a teve, entendo que é imperativo que haja TOLERÂNCIA ZERO. Permitir o regresso dos que, em beneficio pessoal, quase destruíram uma colectividade centenária, é um acto cujas consequências são imprevisíveis. Por essa razão é necessária uma forte mobilização para mostrar, democraticamente, a essa gente, que já é, efectivamente,  passado.

 

publicado às 04:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


39 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 11.12.2018 às 08:04

A AG é já daqui a 4 dias. Pois é ! Finalmente oiço falar da importância de marcar presença massiva em Alvalade. Muitos sócios parecem que não estão ao corrente do que se vai tratar ! Parece-me até que que não estão muito mobilizados. A própria comunicação social não é esclarecedora. A informação até é contraditória! Vamos ver a afluência. Por mim, eu vou lá estar, obviamente.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 14:24

Pedro 51,

É de facto uma AG muito importante para fechar um dossiê que precisa de ser fechado. Não vejo muita mobilização como diz, nomeadamente da parte dos órgãos sociais. Uma coisa sei: os brunistas fanáticos irão estar em força.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 11.12.2018 às 15:19

Exactamente o que eu penso.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.12.2018 às 08:09

Eu irei votar para manter as sanções a 4 pessoas: BdC, Elsa Judas, Alexandre Godinho e Trindade Barros.
Aos outros irei votar para retirar as suspensões.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.12.2018 às 13:21

Porquê retirar... porque agiram em benefício do Sporting no apoio incondicional ao lunático???

Quem não quer ver...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 14:30

Mike Portugal,
O voto é livre. Os outros membros da Direcção que sempre estiveram com Bruno, por convicção, interesse ou medo são tão responsáveis quanto ele, e na minha opinião merecem cumprir a suspensão. Se merecem ser expulsos já é outra questão. Mas também reconheço que têm evitado desestabilizar o clube, e são menos perigosos.
Imagem de perfil

De Greenlight a 11.12.2018 às 08:55

Concordo, nâo pode haver tolerância com os destituídos e os aldrabões que os apoiaram na fase terminal. Lá estarei no sábado para votar em conformidade. Parece-me, no entanto, que a maioria dos sócios não está consciente da importância do acto.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 14:33

Concordo. Pelo que me é dado ver também considero que muitos sócios estão um pouco a leste do que está em jogo. O dossiê Bruno precisa de ser fechado e não aberto. Muitos não têm essa consciência.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.12.2018 às 11:16

Não concordo em destituir ninguém de sócio do Sporting…. incluindo BdC e Godinho Lopes…..

Qual é a razão factual para destituírem BdC de sócio?!? na minha opinião, a única coisa que poderia destituir de sócio seria a comprovação de que era o autor e responsável pelos ataques na Academia…. como ainda não aconteceu…. eu considero estas acções de destituição ao nível do executado no passado por BdC na limpeza étnica do Sporting, isto é, existe esta ideia faraónica de unir o Sporting separando os seus adeptos…. um pouco bizarra esta ideia!

Nesta fase do Sporting, não tem sentido criar mais uma guerra numa AG…. a direcção do Sporting deveria ser imparcial e considerar apenas a destituição de BdC após a conclusão do caso Alcochete…. na minha forma de ver, o Varandas não tem contestação interna, logo não tem sentido reacender outra vez BdC.
Os dois lados da barricada tem um ódio tão grande uns pelos outros que ninguém consegue verificar que o Sporting não ganha nada nestas guerras pela destituição de sócio, no fundo vão ao sabor dos interesses das direcções…. na minha forma de ver quem quer ser sócio é apenas mais dinheiro de quotas que entra para o clube.
Sem imagem de perfil

De Sim Abelha a 11.12.2018 às 11:23

Para além da questão de Alcochete, que é um tema até mais do foro criminal, muito grave também foi a tentativa de BdC e da Direcção de tentar um golpe, desvirtuando os estatutos, para se perpetuarem no poder. Institucionalmente esta razão é no limite muito mais causa de destituição de sócio que a questão de Alcochete.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.12.2018 às 11:39

Posso estar equivocado…. mas os estatutos que você está a criticar, estão a ser precisamente usados para destituir BdC, é um contrassenso o seu argumento…. e mesmo se fosse verdade o seu argumento, é um direito as direcções implementarem mudança de estatutos, e isso não pode ser usado como argumento para destituir alguém de sócio.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.12.2018 às 12:13

Schmeichel,

O Sim Abelha está-se a referir à criação das comissões transitórias inventadas para a MAG e o CFD. Esse foi o abuso dos estatutos que BdC fez.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 11.12.2018 às 12:21

hahaha

Leia lá de novo o que escreveu.
A ânsia de defender o indefensável é tanta que até perde a noção do que diz.

É de facto um direito das direcções porem à consideração dos sócios alterações de estatutos (mesmo que com chantagens pelo meio como na AG de Fevereiro), já não é um direito das mesmas adulterarem e interpretarem à conveniência o que lá está com o objectivo unico de se perpetuar no poder.

Certamente me vai dizer que o resultado de todas as providências cautelares interpostas pelo destituido não interessam para nada e que os juizes são todos lampiões, etc, etc.

PS: essa sua referencia ao GL para validar as barbaridades que escreveu a seguir foi enternecedora.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.12.2018 às 14:10

Jorge,

Eu só estou a questionar qual a razão para a expulsão de sócio….. o que você escreveu em nada comprova a necessidade actual de expulsão BdC de sócio do Sporting…. o que é que ganhamos com isso? existe o receio de ele voltar? ou simplesmente está em causa o mesmo tipo de mentalidade de purga das oposições tão em voga nas várias direcções que já passaram pelo Sporting?

BdC usou e abusou do poder…. mas foi destituído democraticamente por isso…. querer continuar nesta guerra contra o BdC, não é querer a pacificação do Sporting, e por conseguinte não querem a união do Sporting.

Você é um exemplo disso, pretende afirmar a sua ideia de um Sporting diferente espezinhando quem apoiou BdC, mas depois perante o facto de não terem a união do Sporting, de terem menos assistências em Alvalade, perante isto, não tiram as conclusões devidas….. fica o reparo!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 14:48

Só para esclarecer vou-me repetir. BdC já está suspenso por um ano. Ponto. Quem começou esta nova guerra foi ele quando apresentou recurso para lhe levantarem a suspensão. E volto a dizer, não está em causa nenhuma expulsão, embora, na minha perspectiva a mereça.
Sem imagem de perfil

De Clorophilo a 11.12.2018 às 19:47

Schmeichel:
Desculpe, mas, das duas uma, ou o Schmeichel gosta de teimar contra arestas de sílex, ou então é analfabeto.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.12.2018 às 12:22

De qualquer maneira, nesta AG não está em causa a expulsão de BdC. Apenas a manutenção das suspensões aplicadas.
Em relação à Judas e ao Trindade, sim, está em causa a expulsão porque a sanção que já lhes tinha sido aplicada foi a expulsão e eles contestaram-na.
Agora a AG vai decidir. E se em princípio eu sou contra expulsões, mas concordei com a de PPC devido aos seus atos criminosos, tenho que concordar com estas devido à natureza criminosa do que fizeram, embora diga-se, possa ser convencido do contrário se eles falarem na AG e tiverem um discurso de perdão e mea culpa no que fizeram e esse discurso me convencer.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.12.2018 às 13:16

O lunático vai ter de enfrentar problemas muito mais graves do que "apenas" expulsão de sócio do Sporting. Tudo a seu tempo!!!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 14:41

Schmeichel,
Parece-me haver aqui um pequeno equívoco. O Presidente anterior com a Direcção que o acompanhou estão suspensos de sócios. Não compete portanto a esta AG ou qualquer outra decidir suspensões. Cabe a esta AG votar o levantamento da suspensão de um ano ou mantê-la, em função de recurso dos visados.

Em relação a Godinho Lopes estamos a falar de outra coisa. Godinho Lopes foi expulso, o que não aconteceu, até agora, com nenhum membro da anterior Direcção.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.12.2018 às 15:11

Nação Valente,

Admito a minha ignorância sobre esta matéria…. se me puder ajudar agradecia….

1) o que vai ser votado é a manutenção da suspensão ao BdC, ou a expulsão de sócio?
2) o que significa suspensão de sócio? paga quotas? perde o direito a quê exatamente?
3) os estatutos estão aqui em causa para expulsar alguém, são os aprovados por BdC?
4) Godinho Lopes foi expulso de sócio em 2015, qual a situação dele actual? é sócio? pergunto isto porque vai elencar um pouco na situação actual de BdC…. já que o argumento a utilizar para expulsar BdC poderá ser usado contra outros, em outros períodos históricos….
Sem imagem de perfil

De HY a 11.12.2018 às 15:39

Scmeichel,

Vai-se votar a manutenção da suspensão do BdC de sócio (não a explusão) poque ele recorreu da decisão de o suspender.

Os estatutos em vigor são os que ele fez aprovar, claro que sim.

Pessoalmente, embora não goste de expulsoes de sócios, não lhe posso perdoar ter tentado criar órgãos fictícios com os seus capangas Judas e Trindade para se assenhoriar do poder no Sporting. O Sporting é nosso, não deel ou de ninguém. Foi uma atitude gravíssima, um golpe de estado contra a democracia no Sporting.

O GL foi expulso, logo não é socio do Sporting. Poderá, eventualmente, ser readmitido, mas não creio que a questão se ponha de momento.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.12.2018 às 15:54

HY,

Agradeço a explicação…. mas não deixo então de notar que se está a aplicar estatutos criados por BdC, a quem precisamente estão a acusar de ter feito um golpe de estado….. isto é, aproveitam-se de estatutos pouco democráticos para aplicar a vossa democracia, parece-me algo conflituosa esta posição!

Relativamente ao Godinho Lopes…. pergunto…. o que se ganhou em expulsá-lo?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 16:15

A expulsão de Godinho Lopes, não teve razão de ser. Não infringiu os Estatutos. Se não estou errado, o motivo teve a ver com argumentos ligados a má gestão. Ora se vamos por aí não há nenhum dirigente que se salve, porque todos podem cometer esse tipo de erros.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.12.2018 às 16:49

Nação Valente,

Com este seu comentário, deu-me razão…. isto é.... hoje vêm dizer que o Godinho Lopes não merecia a expulsão de sócio, porque cometeu erros de gestão iguais a tantos outros…. é por esta razão que na minha forma de ver a expulsão de sócios não tem razão de ser, tem tudo a haver com a leitura histórica do momento, e as AG são meros teatros mediáticos na utilização desse poder, aconteceu com BdC, e vai agora acontecer com o Varandas.
Sem imagem de perfil

De HY a 11.12.2018 às 18:38

Caro Schmeichel. As modificações dos estatutos que o BdC introduziu não os transformaram em pouco democráticos. Eu não concordo com alguns pontos, mas no geral pouco mudou.Nomeadamente, as regras sobre o modo com os órgãos são nomeados, cessam funçoes,etc, não mudou no essencial.

cada um faz o seu juízo. Suspenso, expulso ou não, eu é que nunca mais confio em alguém que quis apoderar-se do poder no clube em detrimento dos sócios.

E isso não me faz esquecer as coisas boas que acho que ele fez antes. Mas a partir da reeleição,...tornou-se inexplicável o seu modo de agir. A tentativa de golpe de estado foi a gota de água...


Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.12.2018 às 19:05

HY,

Eu não sou expert no assunto... mas creio que foram alterados os critérios para se poder expulsar alguém de sócio... creio que foi dado poder ao Conselho Directivo de decidir nestes casos, criando uma arbitariedade perigosa. Agora e no passado...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 16:10

Schmeichel,

O leitor Hy já teve a gentileza de lhe respondeu, mas vou clarificar:
BdC foi suspenso de sócio por um ano. Creio que essa suspensão que lhe retira a condição de sócio, temporariamente, termina antes de Julho, pois já estava suspenso aquando da AG desse mês.
De acordo com os Estatutos, estes ou os anteriores, o único órgão que pode aplicar a expulsão é o Conselho Fiscal. O sócio em causa pode no entanto recorrer da decisão, sendo então a vez da AG se pronunciar, mas não é disso que se trata neste momento.
Sem imagem de perfil

De Paulo SCP a 11.12.2018 às 11:28

Informação relativa à ordem dos trabalhos:
https://scpconteudos.pt/sites/default/files/convocatoria_ag_do_scp_15_dezembro_2018.pdf
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.12.2018 às 13:17

Obrigado, já inseri o link no post para viabilizar a leitura.
Sem imagem de perfil

De Clorophilo a 11.12.2018 às 12:08

Nem mais, concordo totalmente!

Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 11.12.2018 às 18:05

https://www.noticiasaominuto.com/desporto/1142112/bruno-de-carvalho-volta-a-acao-e-tera-15-minutos-para-falar-em-ag
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 11.12.2018 às 18:09

Se o contraditório já foi feito ao recorrer, vai poder explicar -se novamente? Surreal.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 18:43

Fiz uma consulta rápida aos Estatutos e não encontrei qualquer artigo que diga que um sócio suspenso possa usar da palavra em AG convocada para decidir sobre a suspensão. Se é dada a palavra ao requerente suspenso, penso que é uma decisão da Mesa da Assembleia, não prevista nos Estatutos. A não ser que me tenha escapado alguma coisa.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 11.12.2018 às 20:07

Certíssimo. "Os estatutos do Sporting não definem se as pessoas suspensas podem ou não participar na AG. Mas a AG decidiu que sim. Claro que é uma decisão com caráter excecional, porque se estão suspensas não deveriam participar", afirmou esta terça-feira Rogério Alves, presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube leonino.
Isto é o que se chama, peço desculpa,“baixar o cu demais“
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2018 às 21:12

Já o mesmo aconteceu na AG destitutiva onde apareceu arrogantemente e onde não podia votar e votou. Esta forma de mudar as regras com o intuito de mostrar benevolência e grande democraticidade, ao arrepio das leis, não a entendo. Não torna os visados, nem mais benevolentes, nem mais democráticos.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 11.12.2018 às 18:13

O Conselho Fiscal e Disciplinar decidiu pela suspensão dos sócios em causa depois de todas as peças processuais terem sido carreadas. Ao abrigo dos Estatutos do Sporting os acusados recorreram para a Assembleia Geral.

Não haverá um horizonte de futuro para o nosso Clube com alguns daqueles associados a criar em permanência um clima de instabilidade e conflitualidade. Será uma atitude "higiénica" se a AG decidir manter a ponderada sentença do CFD.
Sem imagem de perfil

De Rui santos a 11.12.2018 às 21:56

Não concordo em dar a palavra a quem está suspenso!! É estar a desrespeitar a decisão da CF!

Quanto a judas e ao outro, caso não estejam suspensos preventivamente, têm todo o direito em usar da palavra, pois o recurso têm efeito suspensivo e são sócios de pleno direito, quer queiramos ou não.. Mas para la irem dizer porcaria mais valia nem sequer la irem..
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 11.12.2018 às 23:02

Bom... O quê que está realmente em causa aqui?
Não sendo eu um jurista, entendo, no entanto, que a justiça deva ser unicamente administrada por quem detenha essa legitimidade.
Não compreendo, por mais que se perceba a vontade de alguns, que a justiça se faça pela mão dos dos sócios, isto é, uma justiça em formato popular.
Logo aquilo que aqui está em causa não é para mim pretender expulsar ou suspender quem quer que seja.
O que deve estar em causa é simplesmente permitir a quem de direito que faça o devido escrutínio dos actos cometidos pelos visados nesta questão e que julgue da forma que entender correcta qual a medida sancionatória a aplicar caso entenda condená-los.
Após esse desfecho cabe então aos sócios, aí sim, e caso para tal sejam solicitados, decidir se se deve manter uma eventual decisão no sentido da expulsão ou não.
Resumindo, para mim esta assembleia faz pouco sentido sendo apenas convocada única e exclusivamente por vontade de um grupo de sócios que pretendo, seja lá porque razão for, que tais processos sejam eliminados, branqueando-se assim qualquer eventual delito cometido pelos sujeitos em questão.
Um qualquer sócio consciente deveria sempre permitir que a Comissão Fiscalizadora cumprisse o seu trabalho e só apenas após a sua decisão então se prenunciar quanto ao seu eventual bom julgamento dos actos.
Nesta fase quer-se apenas que tudo seja devidamente escrutinado e divulgado para apreciação de todos, o que uma eventual anulação de tais processos não o permitiria.
Conclui-se por isso que todos devem comparecer para fazer valer, a bem dos interesses do Sporting, a continuidadedow processos em curso.
Em nada disto que eu digo está em causa a presumível inocência de qualquer um dos julgados.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo