Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Treinador que não é esquecido

Rui Gomes, em 12.03.19

 

53660893_10155839296536555_6607406816634601472_n.j

 

Não é meu hábito registar aniversários de figuras do universo Sporting, mas é com muito prazer que faço uma excepção no caso do nosso antigo treinador Laszlo Boloni - celebrou ontem o seu 66.º aniversário -, pessoa que eu muito respeito e a quem estou grato por ter contribuído para uma página gloriosa da história do Sporting.

 

Não pretendo revisitar as circunstâncias da sua curta estada em Alvalade, nem os quês e porquês da sua precoce e absurda saída, mas achei piada a este comentário, da autoria de Luís Carvalho, na página de Facebook do Sporting:

 

"Uma grande parte dos que aqui comentam nunca viram o Sporting de Boloni a jogar ao vivo. Não era um mágico da táctica, à época tínhamos um plantel muito bom, foi isso que nos fez ganhar.

 

Começou a época seguinte que correu muito mal, a novela Jardel foi um desastre. O Presidente era um croquete. Mas "gosto" daqueles que nada percebem da história do Sporting a dar altas vivas ao que desconhecem. Saiu porque os Sportinguistas assim o ditaram, os mesmos que não entendem que se deve sobretudo apoiar a competência.

 

Saudades de si Mr. Bölöni e obrigado por me ter dado o prazer de ver o meu Sporting ganhar jogos, atrás de jogos, de ir à Luz e recuperar de 0-2, para 2-2 e o penálti que foi mais inventado do que aquele que se marcou sábado no Bessa; mas isso estes novos não sabem, nem viram, nem tiveram que andar à bulha lá, sem medo de gritar Sporting bem alto, no meio dos vermelhos!

 

É por estas e outras coisas que me chateio com Sportinguistas de meia tigela que por aqui opinam, desculpem, despejam tontices!".

 

publicado às 02:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


12 comentários

Imagem de perfil

De Rampante a 12.03.2019 às 08:35

Este foi um treinador que me marcou, não só pela grande conquista, mas acima de tudo pela forma de estar... E aquela equipa???... grande equipa com grandes jogadores cheios de "personalidade"... algumas questionáveis como o exemplo de Jardel...

Aproveito para partilhar 2 curiosidades pessoais relacionadas:

- Vivendo eu na altura a cerca de 120Kms de Alvalade e sendo à época um "jovem puto", foi com este treinador que mais me liguei ao Sporting... Via todos os jogos no extraordinário núcleo Sportinguista de Leiria, fui de propósito ver alguns treinos a Alvalade e inclusivamente "infiltrei-me" num grupo de benfiquistas para conseguir ir ver esse mítico jogo à Luz... inesquecível...

- "O Bloco notas de Laszlo Boloni", foi o primeiro livro "biográfico" que comprei e li (tendo inclusivamente oferecido um a meu pai). As historias que contém são para todos os gostos, mas o relato de como um estrangeiro "vê Portugal" à época, foi um texto que me marcou e que pela primeira vez me fez ter noção que Portugal é um País que, apesar de todas as suas peculiaridades, acaba por ser um "paraíso à beira mar plantado"...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.03.2019 às 08:50

Também tenho o livro e, curiosamente, o casacão que ele tem vestido na foto do post.

Um treinador que foi campeão, integrou o então menino Cristiano Ronaldo na equipa principal e nunca foi verdadeiramente respeitado por muitos sportinguistas.

Enfim... tão típico do nosso Clube.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 12.03.2019 às 09:32

Também comprei o livro na altura. Foi engraçado pensar que no início ele via o Pedro Barbosa como um central.....até se aperceber da capacidade técnica dele. lol
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.03.2019 às 12:56

Talvez que Boloni pensasse que a central Pedro Barbosa seria obrigado a jogar todos os jogos e não apenas alguns, como ele fazia usualmente.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 12.03.2019 às 11:49

Je suis content, parce que je suis très content! Parabéns Laszlo Boloni.
Jardel salvou a pele de Boloni, porque a coisa não estava a correr nada bem até
à 4º jornada no jogo com o Alverca.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.03.2019 às 12:54

O Jardel estava lá para quê?

Apesar de tudo, Boloni soube liderar o grupo e montar um sistema de jogo que aproveitava o melhor da equipa.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 12.03.2019 às 13:28

Sem ser um treinador extraordinário, teve a humildade de montar uma equipa sem inventar e aproveitando o melhor dos 3 avançados na altura.
Sem imagem de perfil

De Borges Coutinho a 12.03.2019 às 15:50

Convenhamos que não é difícil ser-se campeão com um jogador que marca 42 golos numa época.

E mais, os centrais eram excelentes, João Pinto esteve soberbo assim como Di Franceschi e Hugo Viana (fizeram as épocas das suas vidas), atrás deles Paulo Bento e Rui Bento estiveram também muito bem...

Teve também dois foras de série à disposição, Quaresma e.... CR7!

Isto para dizer que com esta equipa e com este super-mega-goleador até o Rato Mickey teria sido campeão, coisa que o Sporting foi com muito mérito.

Quanto a mim Boloni não é nem nunca foi um grande um treinador, mas sim um treinador que só se fosse MUITO incompetente teria falhado o título nesse ano.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.03.2019 às 16:06

Pois... preso por ter cão... etc.

Quantos treinadores têm equipas recheadas de super talentos e não conseguem ser campeões?

Boloni merece ser reconhecido por conduzir o Sporting ao título. Ponto!!!

O resto é conversa de café.
Imagem de perfil

De Rampante a 12.03.2019 às 17:52

"Convenhamos que não é difícil ser-se campeão com um jogador que marca 42 golos numa época."

O CR7 foi o melhor marcador da La Liga em 3 épocas e curiosamente nessas 3 épocas o Real Madrid nunca foi campeão, aliás, numa delas até só ficou em 3º Lugar.
Lionel Messi também já foi melhor marcador em 2 épocas em que o Barça não foi campeão, inclusive na época em que ele marcou o record de 50 golos na La Liga.

Não sei, mas se calhar não é assim tão objectivo que ter um goleador signifique facilidades em ganhar o campeonato...

Cumprimentos
Rampante
Sem imagem de perfil

De PedroMD a 14.03.2019 às 12:45

Só uma nota: Di Francheschi não jogou nessa época (já não estava no Sporting) e Cristiano Ronaldo também não se estreou nessa época, pelo menos no campeonato.

De resto, grande equipa! João Pinto, Jardel, Hugo Viana, Quaresma, Pedro Barbosa e Niculae (até dezembro).
Sem imagem de perfil

De PedroMD a 14.03.2019 às 12:48

Desde que me lembro de ver o Sporting, Boloni e Leonardo Jardim foram os dois treinadores de quem mais gostei.

Adorava a postura do Boloni, a sua exigência, simplicidade e a forma como conseguiu gerir o ego de tantas estrelas e ganhar os títulos que havia para disputar.

Lembro-me ainda de termos feito bons jogos contra o Milan, apesar de termos saído derrotados da eliminatória.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo