Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 
Uma goleada, uma expulsão, uma grande penalidade, duas lesões e uma exibição para esquecer - ou talvez não. Podemos discutir a arbitragem - há alguma causa para isso - mas, sobretudo, podemos e devemos discutir a equipa portuguesa e uma estratégia de jogo difícil de identificar, especialmente depois do penálti aos 11 minutos.
 
Seja a referida estratégia, a superioridade do adversário ou o calor - ou a combinação de todos estes factores - fica-se com a ideia que Portugal nunca se encontrou e que tudo o que ocorreu foi simplesmente uma consequência inevitável.
 
É verdade que João Pereira puxou o avançado alemão pelo braço, mas é igualmente verdade que este também recorreu a falta para ganhar posição sobre o defesa português. O árbitro com rigor absoluto e com critérios discutíveis, não hesitou. A acção de Pepe foi uma infantilidade intolerável a este nivel de competição, mas será que há causa para cartão vermelho directo ?... O árbitro entendeu que sim e agiu novamente sem hesitação. Pela lesão de Hugo Almeida, Hummels apanhou tanto da bola como do homem, o árbitro exerceu os mesmos critérios e nem falta assinalou. O segundo golo é inadmissível: o avançado saltou e cabeceou entre Pepe e Bruno Alves, praticamente na pequena área. Salvo uma ou outra jogada esporádica, Portugal nunca assentou as suas manobras ofensivas e as oportunidades de perigo foram escassas. Em geral, uma equipa portuguesa com muito pouca dinâmica e organização de jogo e com o passar dos minutos a jogar com dez unidades e a sofrer golos, a força anímica desapareceu completamente.
 
Nada há agora a fazer em relação a este jogo, mas também nada está perdido, mas terá de haver uma enorme recuperação psicológica por parte dos portuguese para viabilizar a continuidade na competição além da fase de grupos.
 
Primeiro a Espanha e agora Portugal. Quem diria ?
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:50

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


32 comentários

Imagem de perfil

De juliuscoelho a 16.06.2014 às 19:51

nunca tive grande fé com o Paulo Bento á frente da equipa e ainda mais renovaram-lhe o contrato e temos que continuar a levar com ele. Nao lhe reconheço capacidade para tal cargo áparte de ser um arrogante.
Depois de uma semana vivida ao extremo exagero com a Ronaldomania tiraram o descernimento e vaguearam longe da realidade e perdeu-se toda a humildade que era necessaria para defrontar uma seleçao Alemã. Simplesmente vergonhoso a falta de atitude duma equipa sem rumo sem fio de jogo sem....nada de nada. Os alemães passearam o jogo ao ritmo de treino e ainda puderam gerir o esforço para os jogos seguintes.
Depois continua-se a pensar pequenino, a culpa é do arbitro do penalti da expulsão mas todos esses lances foram sempre para o mesmo lado , foram 4 e podiam ter sido mais. Á muita gente que tem que descer á terra e á realidade ou tentar perceber um pouco mais de futebol. Acredito que a diferença pode nao ser tão grande entre as duas seleçôes mas existe uma diferença visivel e clara. Com mais humildade podemos responder de forma mais competente.
E com um selecionador treinador com capacidade de transmitir uma identidade propria á seleçao e faça uma melhor gerencia sem exageros da Ronaldomania.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.06.2014 às 20:19

Não sou o maior fã de Paulo Bento, mas não srá justo apontar o dedo somente a ele. Entre outras disposições, é um daqueles dias em que tudo o corre pode correr mal, corre mesmo mal, e quando assim é não há muito a fazer.

Há sempre uma diferença entre a Alemanha e outras selecções, não é aqui que há novidade alguma. A Argentina também fez um jogo muito pobre, mas conseguiu arrancar a vitória, com muita sorte à mistura.

A questão do Ronaldo é inevitável. Ele é quem é e já há muito tempo, não acredito, portanto, que isto seja factor algum. Não se verificou menos sensacionalismo nos play-offs e o resultado foi o que sabemos.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 16.06.2014 às 21:41

A Bento falta-lhe e muito. Nao tem capacidade de ler os nossos adversarios , pensar e põr em prática a melhor tática que melhor disfarce as nossas limitaçôes.
Nao vou tanto pela escolha de Pepe que vindo de uma lesao e de tempo de paragem que como todos vimos está em muito piores condições que Neto que até supreendeu pela positiva nos jogos de preparação com forte poder de antecipação.
Nao vou tambem pelas reais limitações que temos na posiçao 9 uma banalidade como sabemos, a questão centra-se no meio campo sabendo que a seleçao alemã apresenta-se quase sempre nestes torneios a um ritmo de boa forma e durante os 90mt o nosso meio campo tinha que ter sido melhor pensado melhor trabalhado ,com a agravante do Meireles vir de uma paragemestando sem grande ritmo e com uma idade ja critica , do Moutinho estar numa baixa de forma intrigante, do veloso acusar desgaste e nao ser o tipico de jogador que impõe ritmo no jogo teríamos que jogar contra esta Alemanha com doble posiçao 6 , com as linhas mais juntas e numa procura de maior troca de bola para obrigarmos tambem ao desgaste dos alemães e depois mais pela certa tentar a saída do Cristiano ou do Nani. Admitir uma tática mais humilde mais paciente, aquilo hoje ninguem entendeu nao foi nada e preocupa,uma equopa sempre á deriva orfã do fé em Deus.E porque agora ja nao podemos jogar assim pela obrigaçao de ganhar e todos estes golos sofridos ainda vão fazer a diferença e tramar-nos.
E já agora falarem menos tambem convinha.
Sem imagem de perfil

De Sergio Palhas a 16.06.2014 às 20:06

PB hoje é o maior culpado pelo 11 (no jogo de hoje) que apresentou e pela convocatória e o reflexo que terá nos próximos 2 jogos ... mesmo assim acredito que consigamos passar esta fase.

SL,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.06.2014 às 20:12

O onze foi o que eu previ no post que publiquei e salvo ele alterar o sistema de jogo, não vejo este factor como o maior problema, mas sim a estratégia delineada para o jogo. Será que a grande penalidade no afectou assim tanto ?

Agora tudo vai depender da questão psicológica. Na realidade, até podíamos ter feito um grande jogo, perdido por 1-0, e estávamos na mesma situação.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.06.2014 às 20:18

Nao quero dizer "I told you so", mas estava-se mesmo a adivinhar um descalabro destes...
Adrien, Cédric e William tinham feito uma diferenca nesta equipa... Hugo Almeida? Raul Meireles? Joao Pereira? O descalabro foi colectivo, mas muito disto tem a ver com escolher jogadores que nao estao em forma e nao teem a frescura necessária para esta fase da temporada, num Brasil com temperaturas muito elevadas.
Sobretudo foi confrangedor ver como uma equipa de veteranos, muitos dos quais a aproximar-se dos 30 anos, se foi completamente abaixo após o 2-0. Uma diferenca abismal em relacao à Holanda: sofreu um golo de penalti duvidoso mas nunca se desmotivou e continuou com a sua ideia de jogo. A Alemanha nao chegou aos 5- ou 6-0 porque nao quis apertar demasiado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.06.2014 às 20:27

Análise muito "caseira" e irrealista. Já se debateu a questão do Adrien, é facto consumado. Em princípio, o William só entraria se Paulo Bento recorresse ao 4x4x2. Ele optou por manter o 4x3x3 e é lógico que Miguel Veloso tivesse sido o escolhido, até porque o William também não tem estado no seu melhor.

Hugo Almeida foi a escolha lógica, com Éder como alternativa. Não temos outros em Portugal. Raul Meireles é um excelente jogador há muito tempo, poderá é não estar 100 por cento bem fisicamente.

Mas há porventura melhor defesa direito que João Pereira ??? Gosto de Cédric, mas tem muito que crescer para chegar ao nível de João Pereira.

Avho que a quente, dizemos coisas insensatas.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.06.2014 às 20:51

Hugo Almeida nao estava em condicoes... Postiga pode nao ser tao versátil, mas é bem mais útil ao colectivo.
William tem muito menos jogos nas pernas e seria SEMPRE a melhor alternativa para o meio-campo. Meireles e Veloso só estao ali por um qualquer compadrio. A defesa portuguesa nao é tao má como pareceu neste jogo: mas se o meio-campo permite aos adversários trocar a bola livremente à frente da defesa, nao há quarteto defensivo que aguente.

Veja-se como a Alemanha optou por vários jogadores mais jovens e em bem melhor condicao física. Aliás, tenho para mim que vários jogadores que brilham em Mundiais e Europeus e depois se revelam grandes "flops" em clubes para os quais se transferem como estrelas beneficiam do factor "frescura física": quem faz 60 jogos numa temporada dificilmente está no seu melhor, especialmente em campeonatos do Mundo disputados em países tropicais.

De qualquer maneira, a Seleccao há muito que nao tem uma ideia coerente de jogo outra que "passa a bola ao Ronaldo". Para fazer isso ao menos que se escolhessem os jogadores que melhor podem compensar o facto de o Ronaldo ser provavelmente o elemento que menos defende no 11 (com toda a legitimidade porque dá na transicao ofensiva algo que mais ninguém consegue oferecer).

Nada de irrealista na minha análise, caro Rui.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.06.2014 às 20:28

Perdão, pretendia dizer "acho" que a quente...
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.06.2014 às 20:53

Aliás, um dos grandes problemas que levam a sofrer demasiados golos tem a ver com um défice de capacidade defensiva da equipa enquanto todo. Isso passa muito pelos médios, já que como escrevi acima Ronaldo raramente defende, o ponta-de-lanca também nao e se o outro extremo é Nani estamos conversados. Uma equipa em que o adversário só encontra 7 jogadores de campo na transicao defensiva tem pouquíssimas chances contra opositores de qualidade. Bater na Irlanda é diferente de jogar contra equipas bem organizadas ou contra os conjuntos de topo. Talvez estejamos iludidos com o 4o lugar no ranking FIFA...
Sem imagem de perfil

De phanatik a 16.06.2014 às 20:51

Perdemos por vários pontos:
1 golo penalti que não existe,ao ser marcado teria de marcar tb na 2 parte um idêntico sobre o eder.
2 golo é um erro da nossa defesa incrível.
3 golo um resalto estupido fica a merce do avançado,falta de sorte.
4 golo rui patrício falha completamente,aquela bola era para agarar.
No lance do pepe é uma estupidez a atitude do jogador ao estar a disputar uma competição como o mundial, i homem é bom defesa,mas aquela cabeça para arruaceirada não muda.
depois a falta de sorte que tivemos na hora de finalizar,ate nos atrapalhavamos uns aos outros, a sorte porcura-se e a Alemenha procurou mais que nos.
Por ultimo sendo apenas mais um treinador de bancada,peso que neste jogo deviamos ter jogado em 4 4 2 com William e Miguel veloso no meio, de resto em relação a equipa penso que o pepe ainda não está a 100% e teria jogado com o neto...mas claro isto agora é fácil opinar. No entanto acho k vamos ganhar os próximos 2 jogos e passar...e quem sabe ainda voltar a enfrentar a alemenha neste mundial e ganhar:)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.06.2014 às 21:48

Como bem sabemos, visto da bancada, por nós adeptos, especialmente em função do resultado, tudo parece simples. Admito, no entanto, que contra a Alemanha eu também teria optado por um 4x2x3x1, com o William a trinco e o Miguel perto dele.

A Alemanha é a mesma de sempre; fria e eficaz e com muito mais profundidade do que nós para as escolhas. Também não perde nada em que as coisas correm quase sempre a seu favor, por mérito e não só.
Sem imagem de perfil

De altaia a 16.06.2014 às 21:34

Esta história de queixas de arbitragem acham mesmo que algum nos vai beneficiar?
Choradinho

vejamos o director da seleção j.pinto bateu num árbitro argentino.

o paulo bento e abel xavier e comp. andaram ás turras em frança.

recentemente o luisão bateu num alemão que secalhar se vingou entregando a taça ao sevilha.

acham mesmo que alguma vez nos vão facilitar a vida, só por engano

quanto ao jogo descobriram tarde que os alemães também já sabem jogar á bola.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.06.2014 às 21:50

A arbitragem influenciou, mas mais preocupante é o estado da equipa.
Sem imagem de perfil

De comentador desportivo a 16.06.2014 às 22:28

Sabe o que se chama a isto?
Futebol, simples como isso.Jogamos contra uma potência do futebol.
O seleccionador nacional foi um dos melhores que passou pelo clube.
Quem não tem espírito desportivo, é que faz este tipo de comentários, que são parecidos com os que fizeram ao Sá.
O que há a realçar? Jogar neste tipo de clima provoca enorme desgaste, o que contribui para lesões. Provavelmente a equipa não estava preparada, falhou a parte da reposição de nutrientes.
Ouve alguns jogadores que se destacaram, Nani Ronaldo, Eder, que gostei bastante, velocidade, e potência acima da média.
O árbitro teve influência no jogo, o encarnado é forçado, não marcou um penalti e consequente expulsão.
Sem imagem de perfil

De comentador desportivo a 16.06.2014 às 22:34

Alguns relvados têm falhas de relva, e pouca relva em alguns sítios.
Penso que jogaram sobre grande calor há hora de almoço, devia ser providenciado momentos para reposição de líquidos.
Sem imagem de perfil

De Miguel Martinho a 16.06.2014 às 22:35

O árbitro não teve qualquer influencia na derrota. Se não fosse por 4, seria por 3... É clara a culpa do seleccionador neste desastre. É ele que prepara a equipa... O tipo de clima que saiba também afecta os adversários do outro lado do campo, e eles não vêm da América do Sul ou parecido... Isto é futebol sim, mas esta derrota não caiu do céu por sorte ou árbitros.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.06.2014 às 01:19

Não pretendo desculpar a má exibição, mas seria aconselhável rever o lance da grande penalidade. O árbitro entendeu assinalar, tudo bem, mas antes do João Pereira agarrar o braço do avançado, este empurra-o para ganhar posição.

Como disse Scolari, já vi o lance 10 vezes.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 16.06.2014 às 22:28

Culpado??? Só um e mais nenhum........PAULO BENTO.

Tática, motivacao, onze inicial.................jogos amigáveis, fazendo experimentos!!!!! eu sei lá mais o que.... tanto erro. Ele transmite inseguranca, depois nao se admirem que os jogadores se sinta inconfortáveis e produzam erros.

Vai embora, por favor.... Quando?? Hoje mesmo. Ele nao é só casmurro é também péssimo ... é um DESTREINADOR....




Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 16.06.2014 às 22:34

Desculpas, muitas desculpas!!! Vejam isto como exemplo............ TOMAS MÜLLER correu 13 kilometros (13) num jogo já ganho... ATITUDE

P.Bento: poupem-se para o próximo jogo.... TOMATES, destreinar, precisam-se
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.06.2014 às 23:10

É indiscutivel que Muller é um excelente jogador, já há muito, mas também é verdade que se corre mais e melhor quando as coisas estão a decorrer ao nosso agrado. Caso hájam dúvidas, basta comparar com a meia-final da Champions contra o Real Madrid... e é o mesmo excelente jogador.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 16.06.2014 às 23:38

O meu post é bem claro, Rui. Atitude......... outros, poupariam-se a pensar no proximo jogo......Ele nao foi o unico. Ele foi só um exemplo...

Mesmo quando tudo corre mal, mostra-se empenho, querer......Exemplo: HONDURAS,sabendo que, nao tinham possibilidades. Com dez jogadores....

MENTALIDADE... Exemplo: J. Klismann disse que nao é possível ser campeao do mundo. Bem, os americanos atiraram-se a ele... até lhe disseram que se fosse embora para a Alemanha...(sbendo-se que ele estava a ser realista)

Isto falta na generalidade ao povo portugues......E ao Paulo Bento é mais que evidente
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 17.06.2014 às 00:17

De facto ,como diz, o que tinha que correr mal correu e foi praticamente tudo.
Antes de tudo há que assentar que o árbitro nos prejudicou.No lance de JP há puxões mútuos,mas aceito que tenha decidido assim.No lance de Pepe ,para ser expulsão tem que haver conduta violenta.O que Pepe teve foi comportamento incorrecto.Um cartão amarelo ou mesmo,com bom senso,sem cartões e tudo se podia resolver.No lance de Éder também me pareceu penalty.

Mas a a partir do 1º golo alemão Portugal jogou muito pouco,mesmo com 11.
Colectivamente muito mal.Não fomos capazes de ter bola e não fomos capazes de pressionar os alemães quando a tinham.Passámos ao lado do jogo.Com 10 tudo mais difícil.Individualmente exibições muito apagadas ,em geral,com Pepe em particular a ser muito mal batido no 2º golo e a ser imprudente na expulsão.O corte de Bruno Alves é quase negligente.

Não acredito que uma exibição destas seja fruto do acaso.Mas é neste momento que as equipas têm de saber sofrer.Está tudo em aberto.

Alterações:o problema foi colectivo,é daquelas situações em que dá vontade de substituir todos.Portanto a 1ª alteração tem que ser de todos,mais agressivos e empenhados.Não excluiria a entrada de William.Dá uma dimensão diferente ao jogo,embora goste de Miguel Veloso.Penso até que Meireles esteve pior.
Aliás MV pode jogar a 8 com William a 6.A questão é saber se está treinado.
O futebol hoje não se compadece com invenções,normais há alguns anos.

Resta-nos ganhar os dois próximos jogos e é possível,mas tem que haver uma reacção de todos porque o problema foi da equipa e não especificamente deste ou daquele jogador.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.06.2014 às 01:04

amigo essa filosofia é muito bonita é facil jogar xadrez este ali, este acolá e pronto. O problema é que quando nao á condiçao fisica nao á taticas que resistem principalmente para estes tipo de torneios . Meireles vem de uma paragem por lesao e foi evidente a sua falta de ritmo , Moutinho á muito em nitida baixa de forma preocupante, Veloso apresenta-se desgastado e mal recuperado após o campeonato russo, Nani vem de longa paragem sem ritmo para 90 mt ao ritmo alemão com as normais opções banais na posiçao 9, Cristiano aparte a histeria da ronaldomania á sua volta esáa longe do que pôde apresentar nos jogos com a Suecia assim necessitava-se de um treinador que entenda tudo isto com capacidade de pensar o nosso jogo da forma que melhor disfarce as nossas limitações e insuficiencias e que tenha uma leitura correta do poderio do adversario.
É obvio que teriamos que jogar com as linhas mais juntas , todos mais em equipa , numa paciente troca de bola que desgaste tambem o adversario , assumir jogar com 2 jogadores na posiçao 6 e com um meio campo mais fresco e jogar mais pela certa as saidas para o Cristiano ou para o Nani mas é esta incapacidade de visão do Bento que faz dele um treinador "nao passa nada"
Os portugueses são assim muito rapido voam nas nuvens e só com estes arrepios como o de hoje descem á terra. Agora apartir de amanha é que vamos iniciar o nosso campeonato do Mundo REAL esperamos que nao seja tarde de mais.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.06.2014 às 01:18

E ja agora e propositadamente nos meus comentários nao falo das queixas de arbitragem é facil escondermo-nos, mas não neste jogo em que fomos completamente comidos pelos alemães que fizeram um passeio nos 90 minutos e podiam ter sido mais que os 4 caso eles nao baixassem a pressão numa gerencia de esforço já a pensar nos jogos seguintes. Recordo que no lance do eventual penalti sobre o Eder é o proprio arbitro que corta a bola na saída dos alemães e só assim saiu a jogada com perigo na area apanhando completamente desprevenida a defesa alemã quizá por isso o arbitro nao apitou penalti. Depois deste tsunami alemao perante a nossa inoperancia e incompetencia é cobardia escondermo-nos nos eventuais erros do arbitro.
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 17.06.2014 às 01:56

"amigo essa filosofia é muito bonita é facil jogar xadrez este ali, este acolá e pronto"

Evitei precisamente entrar por esses caminhos ,senão o comentário ficava ilegível ....por extenso.

Tendo a concordar com muita coisa,houve na minha opinião vários erros nesta convocatória, além de termos jogadores muito importantes fora de forma.
O próprio CR7 não pode estar ao nível habitual por motivos óbvios.

Soube entretanto que a lesão de Coentrão não lhe vai permitir jogar, portanto provavelmente vamos ter MV a LE e William a 6.

A verdade é que são estes que lá estão e é com estes que temos de ganhar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.06.2014 às 04:11

Não será o polivalente André Almeida ?... Leva a perguntar: onde está o Antunes ?
Sem imagem de perfil

De Leão 1906 a 17.06.2014 às 18:42

Esta selecção é a de PB sendo o critério totalmente subjectivo...ou talvez não.Mas o que o vai manter são os resultados e não outras influências,ao contrário do que ele parece pensar

Vejamos alguns casos dos que estão(dados só para os campeonatos):

-A. Almeida

Clube:SLB

Jogos :14 em 30
A titular:7(23,3%)

Golos:0
Assistências:0

Onde jogou mais foi na Taça da Liga: 4 j ,3 a titular...e na selecção,nos particulares:90+90+25

"Ganda" PB.

-Rafa

Jogos :24 em 30
A titular:17(56,6%)

Golos:3
Assistências:0(?!!)

Ou seja o jovem Rafa entrou de início em pouco mais de metade dos jogos ,tem o registo atrás referido-note-se que é um MA ou extremo- e o Braga acabou em 8º...mas vai ao Mundial,algo que muitos jogadores não conseguem em toda a carreira.

"Ganda " PB


Dos que não estão:

-Antunes

Clube:Málaga

Jogos: 36(em 38)
A titular:36(100%)
Golos marcados:0
Assistências:2

Os 2 jogos que falhou foram por cartões amarelos.

"Ganda" PB.

-Danny

Clube:Zenit St. Petersburg

Jogos:26(em 30)
A titular:26(100%)
Golos:13
Assistências:13

Os 4 jogos que falhou foram por lesão.

Claro que o Rafa é muito melhor.Sobretudo tem muito mais estilo!!

"Ganda" PB.


-Adrien

Clube:o nosso Sporting

Jogos:28(em 30)
A titular:28(100%)
Golos:8
Assistências:2

Os 2 jogos que falhou foram por cartões amarelos.
E ficámos em 2º.

"Gandíssimo" PB.


Portanto a resposta à pergunta é:joga o Antunes.

Ah,não está!!
Então joga quem calhar a avaliar pela convocatória.

Note-se que nos particulares MV j0gou menos(90+90+5) que AA(90+90+25).
Se calhar joga mesmo o polivalente

Será???
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.06.2014 às 19:56

Correcta análise a sua meu caro e digo mais "ganda PB" e gandíssimo Jorge Mendes" oopss !! escapou!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.06.2014 às 20:31

Novamente a insuportada teoria de Jorge Mendes !... Ele representa 8 dos 23 seleccionados, perfeitamente aceitável considerando o seu estatuto como agente FIFA e o nível dos jogadores, todos indiscutíveis.

Além do mais, assente nessa teoria, com explica a ausência de Adrien e Danny que também são representados por ele ?
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 17.06.2014 às 21:12

"os interesses" nao são só avaliados pela quantidade do numero de jogadores que representa mas sim por valores dos negócios que alguns podem envolver. Ou pelas estratégias que envolvem investimentos e.... alguns clubes e treinadores coniventes.
Sem imagem de perfil

De Eterno a 17.06.2014 às 23:13

Pessoal, em conclusão, apesar do que dizem o único jogador que esteve à altura parece-me que foi o patrício .

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo