Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

2016-09-14t193232z_842634057_lr1ec9e1i9yx1_rtrmadp

 

Expulso nos instantes finais do encontro com o Real Madrid, Jorge Jesus viu-se obrigado a entregar a Raul José o comando da equipa na recepção ao Légia de Varsóvia, mas o mesmo poderá acontecer no encontro com o Borussia Dortmund.

 

De acordo com o jornal Record, ao contrário do que se pensava, o treinador do Sporting recebeu, não um, mas dois jogos de castigo pela expulsão no Santiago Bernabéu, algo que o Clube atribui a uma queixa feita por Jorge Baptista, "press officer" da UEFA.

 

Jorge Jesus terá impedido o jornalista português de marcar presença na conferência de imprensa, este terá dado conta do sucedido e, agora, o Sporting estará a preparar uma exposição à UEFA.

 

No entanto, a publicação cita fonte próxima de Jorge Baptista, que garante que a extensão do castigo está relacionada, sim, com o relatório de Christian Bordingardd, director de campo da UEFA, que terá referido que o treinador ‘leonino’, após a expulsão, continuou a dar ordens da bancada.

 

Indiferente de ser um ou mais jogos de castigo, deseja-se que Jorge Jesus passe a reflectir a sua conduta no banco, especialmente nas provas europeias. Ser relegado para a bancada em nada beneficia a equipa.

 

publicado às 11:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


11 comentários

Sem imagem de perfil

De PSousa a 29.09.2016 às 13:31

Não sei o que ele disse nem como disse, mas dar dois jogos acho que será demais!

Quanto a JJ, sim deve tentar pelo menos em jogos de Champions ser mais comedido com as suas atitudes para com as decisões do apitador.

Metam lá o Saraivadas a gritar, LOL

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.09.2016 às 14:14

Se não sabe o que ele disse, como pode achar dois jogos excessivos ?
Sem imagem de perfil

De PSousa a 29.09.2016 às 15:52

Rui,
Primeiro pela história dos castigos, geralmente é 1 jogo.
Aquilo que para mim pode agravar tem a haver com o que você escreveu, ele continuou a dar ordens da bancada!

No entanto continuo a afirmar que na Champions ele tem de ser mais comedido... nem que vá com 10 SUPER GORILAS na boca e não consiga falar!
Sem imagem de perfil

De artnis a 29.09.2016 às 16:15

Peço desculpas mas, neste caso deverá utilizar a locução 'tem a ver' (ou ainda de forma mais correcta, 'ter que ver' ) e, nunca ... a expressão "tem a haver" (ter a receber).
Sem imagem de perfil

De PSousa a 29.09.2016 às 16:20

Tem razão, nem li o que escrevi...
Sem imagem de perfil

De plinio a 29.09.2016 às 13:43

Salvo o devido respeito os castigos tem que se claros. Se saiu que era 1 jogo como é que afinal são dois! A decisão da UEFA tem que ser clara e tomadas depois de ter todos os dados dos acontecimentos. Caso contrário estamos a trabalhar com amadores. Era o mesmo que a ser condenado na pena x não recorrer e depois passado uns tempo no mesmo processo e com os mesmos factos o tribunal aplicar-lhe a pena y. Isto não faz sentido e as coisas tem que ser claras. Se ouvimos falar num jogo (decisão da UEFA) porque agora 2. Reincidência? Se sim, tinham aplicado logo os dois jogos quando (aparentemente) só aplicaram 1.
Tudo isto não invalida que de facto o treinador não tenha que reflectir na forma como conduz os jogos!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.09.2016 às 13:52

Não funciona assim. Pela expulsão, um jogo é automático, depois vem a deliberação disciplinar que poderá ou não adicionar jogos e/ou multas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.09.2016 às 14:00

Se assim é tenho que retirar o que disse. Mas seria mais claro que antes de sair um castigo definitivo a UEFA com base em todos os condicionalismo decidisse quantos jogos aplicar.
Sem imagem de perfil

De Plinio a 29.09.2016 às 14:00

O comentário é meu
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.09.2016 às 14:13

Isto não é nada de novo. O processo é idêntico ao dos jogadores. Um jogo automático, mais punição ou não depois do caso ser deliberado. Não há outra maneira lógica de lidar com isto.
Sem imagem de perfil

De Plinio a 29.09.2016 às 20:13

Não digo que haja, mas também me parece fazer pouco sentido depois de 1 jogo de castigo vir outro a caminho. Com isto quero dizer, antes cumprir o primeiro jogo já devia estar decidido se era mais do que um.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo