Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um clube de tolos?

Naçao Valente, em 28.04.20

No ano 2000, em Dezembro, o técnico (Mourinho) esteve bem perto de suceder a Augusto Inácio e tudo estava acordado com o emblema de Alvalade. No entanto, Luís Duque, na altura presidente da SAD, voltou atrás com a decisão, face à opinião dos adeptos.

"O Duque ia anunciá-lo no Sporting depois de um treino, mas adiou devido ao impasse e críticas dos adeptos. Depois tudo caiu por terra e eu estava com o Mourinho e ele só disse ‘Mas está tudo tolo?’ completamente irritado", referiu.

Nicolas-Vilas-Mourinho-net.jpg

   ‘Mourinho: Derrière le Special One’ o novo livro de Nicolas Vilas

Estas informação é só por si bastante significativa e dispensava comentários. Mas pareceu-me interessante fazer uma breve reflexão.

Será o Sporting um clube de tolos?

A resposta é não... No entanto, se perguntarmos se existem tolos no Sporting, temos que admitir que sim, como aliás se verifica noutros clubes e na sociedade. Estou convencido que serão uma mera minoria ruidosa, e que, ao contrário da maioria silenciosa, tem tido influência perniciosa na longa vida da nossa colectividade, como aconteceu na contratação falhada de Mourinho.

Uma outra constatação que se pode apurar é que a espécie humana nem sempre aprende com os erros. Ainda recentemente o Sporting passou por um período de tolice, com apoio dos verdadeiros tolos e de outros que pela sua ingenuidade se deixaram enganar. Como foi possível acreditar que alguém sem currículo profissional e de vida, tinha perfil para dirigir uma instituição, como o Sporting Clube de Portugal? Pior. Como é possível insistir na mesma solução?

Dir-me-ão, que isso são águas passadas. Aparentemente são, mas na realidade não é tanto assim. Os tolos, que mesmo perante tantas evidências teimam em idolatrar esse ignóbil passado, e manter viva a esperança do seu regresso, continuam por aí. E se durante a grave crise sanitária e económica por que passamos no Mundo, (onde a sobrevivência dos clubes é bem evidente), estão um pouco mais discretos, não desistiram e apenas esperam melhor oportunidade.

Vou dar alguns exemplos. Nos blogues que nas redes sociais assumem a defesa da tolice, a teoria dos ditos tolos continua bem viva. Se não vejamos: aquando do incumprimento do pagamento ao Sporting de Braga da prestação referente à contratação de Amorim, com a alegação de atraso nas receitas programadas, que posição tomaram? Colocaram-se contra a Direcção acusando-a de caloteira. Fosse ela dirigida por um tolo e seria elogiada.

Ao invés, e segundo uma notícia de O Jogo, onde se referia que o Sporting CP não estava a receber os pagamentos estipulados com a venda de Bruno Fernandes, porque a entidade bancária com a qual estava contratado o pagamento, aludia a dificuldades relacionadas com a situação especial que vivemos, quem criticaram? A Direcção, pois claro. Porquê? Porque é incompetente, não pega num canhão e não assalta essa instituição. Estivesse um tolo na presidência e já o teria feito. Mas como não o temos, voltaram à velha cantilena da demissão dos órgãos sociais, como se tivesses em tempo de continuar a brincar às tolices. Mas continua tudo tolo?

Estes exemplos fazem ver à sociedade porque é que o nosso nobre Clube não estabiliza. Não somos um Clube de tolos... mas um Clube onde os tolos insistem em manter viva a prática da tolice. Porque o verdadeiro tolo gosta mais dela do que do próprio Clube.

P.S.: A propósito do tema deste texto, lembrei-me de uma discussão a que assisti em 1976 sobre o ataque bombista à embaixada de Cuba, em Lisboa. Dizia um militante comunista:

-Agora os russos deviam vir cá bombardear-nos.

Respondeu o seu interlocutor.

-Afinal você é português ou russo?

Para bom entendedor.

publicado às 04:05

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 28.04.2020 às 05:41

Não meu caro Nação Valente, eles não são tolos, são e’ um grupo de chulas e velhacos que querem mandar e mamar no Sporting e agora que a mama acabou estrabuchao e esperneiam e não vejo uma solução que no futuro nos traga paz ao nosso clube.
Saudações leoninas
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 13:43

Manuel Parreira,

Sejam ou não tolos, tem razão. Não vai ser fácil conseguir a paz no clube.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 28.04.2020 às 09:39

Caro Nação Valente,

no caso do nosso Clube, a tolice é florescente talvez pelo desespero de as melhores esperanças não se concretizarem ano após ano. Há uma insistência para a tolice, é verdade, que não preocupa ainda mais em virtude da reflexão de Einstein:

"Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, em relação ao universo, ainda não tenho certeza absoluta."

Um abraço sportinguista
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 28.04.2020 às 13:13

"Gustave Flaubert, na eclosão da guerra franco-prussiana, confrontado com todos os que se desdobravam na asserção de que nada seria igual no futuro, afirmou, contrariando e expondo a vacuidade dessas palavras, que “seja o que for que aconteça, continuaremos estúpidos”.

O futuro encarregou-se de validar o seu cepticismo face à humanidade... "

Lido no Jornal Benfica.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 15:31

O jornal do Benfica, de vez em quando, também escreve coisas certas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.04.2020 às 17:42

Ocasiões muito raras:)
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 28.04.2020 às 20:57

Sem imagem de perfil

De João a 28.04.2020 às 09:59

É caso para adaptar o ditado e afirmar que as vozes dos tolos não chegam ao céu.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 14:43

João,

podem não chegar ao céu, mas chegam onde não deviam chegar, ou não ser escutadas.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 28.04.2020 às 11:52

Uma pequena deriva a este tema.

Neste episódio de Mourinho, o Sporting vinha de ser campeão, e nesses tempos conturbados em que o FCPorto estava pressionado pelo processo do Apito Dourado, emergiu uma figura que poderia ter tido um papel fundamental na destruição do "sistema" corrupto do FCPorto - Dias da Cunha, que veio para o Sporting pelas mãos de Roquette.

Infelizmente, o Benfica estava muito mal na altura, e não tinha poder, nem capacidade, para ajudar o presidente do Sporting a dar a estocada final no polvo.

Dias da Cunha ainda ganhou o campeonato depois do Boavista, Taça e Supertaça (2002), e foi à final da Uefa(2005).

Entretanto, e era aqui que também queria chegar na minha deriva do tema, os sportinguistas resolvem afastar um dos poucos homens que teve estatura moral e coragem para denunciar os bastidores do futebol, ainda por cima um vencedor, e que pensava poder derrubá-lo, com a ajuda do Benfica, e um homem com obra feita, o Estádio e a Academia do Sporting.

Os dois maiores clubes portugueses nunca tiveram a visão conjunta preconizada por Dias da Cunha, o ultimo grande presidente que o Sporting teve, e valha a verdade, do futebol português. Um homem sério e vertical, abandonado pelos seus.

Foi uma pena, e uma oportunidade desperdiçada.

PS_ Dias da Cunha era um meritório empresário, com prestigio internacional - a sua gestão do grupo Entreposto valeu uma analise da Universidade de Harvard, como um case study, a primeira sobre uma empresa portuguesa.
Também tinha muitas ligações com a politica, tendo fundado a Fundação Mário Soares.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 15:28

ChakraIndigo,

Lembrar Dias da Cunha um grande Presidente, pelo que fez pelo Sporting, e pela denúncia da situação que se vivia no futebol português, é uma honra. Mas também foi vítima dos tolos durante o seu mandato, e até depois de já ter saído da presidência. Serviu o Sporting e deixou de ter "pachorra" para a tolice. Talvez tivesse podido ser um pouco mais firme.
Sem imagem de perfil

De Carlos Antunes a 28.04.2020 às 15:35

Admito que possa concorda, ainda que não inteiramente, sobre a acção de Dias da Cunha enquanto Presidente do SPORTING.
Agora sobre a actuação de Dias da Cunha enquanto meritório empresário é que não concordo minimamente - foi ele e os seus irmãos quem, na sucessão familiar após o falecimento do patriarca Dias da Cunha, esteve na origem da falência e desmembramento do grupo ENTREPOSTO construído laboriosamente pelo seu pai, o velho Dias da Cunha, a partir da ex-Companhia de Moçambique, na cidade da Beira (Moçambique) e que estendeu à então Metrólope e Brasil.
Hoje o Grupo Entreposto não existe mais, desapareceu no Brasil, em Portugal limita-se a representar uma marca de veículos japonesa (Nissan), e em Moçambique onde tudo nasceu, já não pertence à família, foi desmembrada em várias empresas e está longe de ser aquilo do que era um dos mais representativos grupos económicos de Moçambique, o Grupo Entreposto.
Quanto a esse estudo da Universidade de Harvard, não sei de quando é datado, mas só pode ter sido no tempo em que o Grupo era dirigido pelo pai.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 17:30

Carlos Antunes,

obrigado pelo comentário .Embora a alusão à vida empresarial de Dias da Cunha, que desconheço, seja abordada pelo leitor ChakraIndigo, num seu comentário, agradeço o seu esclarecimento. que mostra conhecer o histórico da sua família.
Para a questão central, o papel desempenhado como Dias da Cunha como Presidente do SCP, pouca relevância tem essa faceta da sua vida, mas neste espaço, queremos que os leitores sejam sempre bem informados.
Sem imagem de perfil

De Carlos Antunes a 29.04.2020 às 18:28

Concordo consigo que não tem interesse a vida empresarial do Dias da Cunha num blog sobre o Sporting.
Contudo, custa-me ver não ser respeitada a verdade histórica sobre o Grupo Entreposto em Moçambique e a acção do seu empreendedor, o pai José Dias da Cunha.
Ainda agora, em novo post o leitor ChakraIndigo insiste em fazer em algumas afirmações (o recurso à Wikipédia por vezes não é fidedigno) que não correspondem à verdade – o Grupo Entreposto até à independência de Moçambique sempre foi gerido pelo pai, e não pelo filho António Dias da Cunha (ex-presidente do Sporting), que desde 1967 se encontrava em Portugal para dirigir a sucursal de Lisboa, no âmbito da diversificação do grupo para fora de Moçambique.
O Pipeline Moçambique (Beira)/Rodésia (Untali) nunca pertenceu ao Grupo Entreposto, foi concessionado (Decreto n.º 44769, de 5-12-1962), pelo Governo Geral de Moçambique à empresa Anglo-America (de capitais sul-africanos e ingleses).
Fico-me por aqui, prometendo não mais polemizar sobre o assunto
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 29.04.2020 às 21:33

Obrigado pelos esclarecimentos.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 28.04.2020 às 21:03

Parece que foram os seus filhosn que tiveram um papel mais negativo no GE.
Nessa altura, Dias da Cunha, a convite de Jardim Gonçalves, ingressou no Conselho Superior do BCP.
Em Moçambique, foi sempre um empresário considerado, especialmente pela sua gestão da empresa que era do pai, a Companhia do Pipeline Moçambique /Rodésia.

Esse estudo , do professor Jim Austin, da Harvard Bussiness School, foi na gestão de Dias da Cunha.

Posso estar errado, mas do que li foi o que me ficou.
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 28.04.2020 às 12:14

Não houve assalto à embaixada de Cuba em Lisboa, houve um atentado bombista, que matou dois diplomatas Cubanos, e não foi no PREC, foi já em Abril de 1976
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 14:02

Tem razão. Obrigado pela correcção. Soube desse ataque bombista na época, mas passados tantos anos, era o registo que tinha na memória. Devia ter confirmado, a bem do rigor. Será corrigido no texto. As minhas desculpas.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.04.2020 às 12:54

Creio que pior e mais perigosos que os tolos, sao os que se fazem de tolos .
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 14:58

Tem razão caro IJ. O problema é que os que se fazem de tolos, comandam os verdadeiros tolos.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.04.2020 às 17:03

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.04.2020 às 17:44

Grande verdade!!!
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 28.04.2020 às 13:04

Tolos parece-me um adjetivo bastante "light" para alguns Sportinguistas que estão na sombra a aguardar pelo momento propício para voltarem ao ataque...

Entretanto faz hoje anos que o Sporting foi campeão pela última vez.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 15:14

João Paulo Gonçalves,

Concordo. E nem que o Sporting fosse campeão, abandonariam a sua guerra.
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 28.04.2020 às 18:27

Exactamente, Nação Valente. O que lhes interessa é a guerrilha e o poleiro, que o Sporting ganhe ou não ganhe é lhes indiferente, alguns desses até apoiam um perdedor que em 5 anos como presidente ganhou 0 (zero!) campeonatos, mas é idolatrado, pelas viúvas e órfãos como se tivesse ganhado 5 campeonatos seguidos. Ele fazia barulho os outros ganhavam campeonatos...
Já os croquetes (como eles lhes chamam) José Roquette e Dias da Cunha, com serenidade e sem barulho foram campeões. Eu gosto mais de croquetes que de sandes de torresmos.
SL
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 19:25

J. Oliveira,

Esses adeptos são de tal modo alienados que não conseguem sair da ilusão que viveram, e que bem descreve. O Sporting sem o ídolo, para eles, não existe.
SL
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 28.04.2020 às 17:58

Estimadíssimo Nação Valente,

É sempre um prazer ler os seus textos, sem menosprezar os dos outros redactores, como é óbvio!

Não somos um clube de tolos, somos vítimas de TOLICES de alguns aproveitadores que passaram pelo clube, os piores aconteceram de 2013 a 2018!
Causaram estragos que dificilmente serão superados, por causa de...aqui sim....de tolos com mentalidade de seita!
Lesam a marca Sporting, porque a ganância de Poder é incontrolável!
Alguns porque não têm onde cair mortos, diga-se!

José Mourinho - percebo portanto a sua aversão ao SCP!

A minha família foi amiga da família Dias da Cunha em Africa e o meu saudoso pai, pediu-me de forma firme que eu jamais falasse fosse o que fosse contra o Dr. Dias da Cunha, que foi e ainda é um grande Homem! Foi um dos melhores presidentes sem dúvida! Digo isto não pela promessa feita ao meu pai (um leão do melhor de quem morro de saudades) mas porque penso exactamente como ele!

Sempre a considerá-lo,
o meu beijinho amigo
e votos de boa saúde!
Carlinha





Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 19:12

Obrigado Carlinha. Os seus comentários lúcidos, esclarecedores e cheios de fervor sportinguistas, que muito aprecio, são uma bênção. Que a vida lhe permita ter disponibilidade para dar sempre o seu contributo. Vontade, essa sei que nunca lhe falta.
Subscrevo, portanto, tudo o que escreveu. Mas quero sublinhar o que bem diz sobre Dias da Cunha, não apenas um grande Presidente, um grande Homem, um raro ser humano. E com mais razão o digo se o seu saudoso pai o afirmou, com conhecimento directo de causa.

Beijinho amigo e votos da melhor saúde, para si e toda a família.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 28.04.2020 às 18:36

Muitos desses tolos o que querem na realidade é que o SCP volte à luta pelos títulos e à champions, coisa que fez durante as épocas de JJ. Agarram-se à ideia romântica do regresso de BdC porque foi ele que teve a coragem de ir buscar JJ, esquecendo-se que também foi o próprio que minou o trabalho de JJ com a sua mania de querer controlar tudo e todos.

Se JJ tivesse um presidente "normal" teria sido vitorioso se não na primeira época, na 2ª ou 3ª. Portanto, na realidade, o que as pessoas querem não é o regresso de BdC, mas sim o regresso de JJ e da boa figura que fizemos na champions bem como a luta pelo título até ao fim. A falange que quer BdC de volta por outros motivos que não os que falei é a mesma que odeia JJ de morte e que diz que não queria Bruno Fernandes nem dado. Esse sim, uns verdadeiros tolos.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 28.04.2020 às 19:18

Mike,

Concordo genericamente com a sua análise, com excepção de que há adeptos que quererão o regresso de JJ. Não tenho essa percepção. Quanto aos que chama da falange só têm um ídolo, BdC. O resto é tudo secundário.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.04.2020 às 21:29

Mike,

Tudo bem... mas mesmo reconhecendo o mérito de Jorge Jesus, como é que um clube português pode sobreviver a contratar cerca de 20 reforços por época?

Foi precisamente isso que ocorreu nos três anos em Alvalade deste treinador, já para não falar dos mais de 20 milhões de euros que ele meteu ao bolso durante esse período.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 28.04.2020 às 22:25

Rui,

Não foram 20 reforços por época para a equipa principal. Muitos foram para a equipa B. Mas mesmo assim não é isso que me interessa discutir. Não me importo de pagar a um treinador bem se ele nos retornar dinheiro e foi o que aconteceu com JJ. Amorim quase que já nos custou metade dum JJ e ainda não ganhamos nada, por exemplo. Isso sim, preocupa-me.

E tal como já vos disse. JJ foi mal gerido por BdC devido à sua inexperiência e ter acreditado que JJ podia ter todo o poder nas contratações e nas escolhas. Mas temos que reconhecer que JJ trouxe muitos bons jogadores que nos renderam bom dinheiro. Se Amorim fizer um trabalho bom, então as pessoas começarão a esquecer BdC's e JJ's. Mas enquanto a equipa estiver no marasmo da luta pelo 3º/4º lugar esta contestação não vai diminuir. Nem com todos os virus do mundo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.04.2020 às 22:35

O Mike recorre a Rúben Amorim como argumento, quando ainda nada se pode dizer, de uma forma ou outra.

Quantos aos reforços, não foi bem assim... há aí memória selectiva pelo número de flops.

Mas temos opiniões diferentes. Nunca gostei de Jorge Jesus, nunca o quis ver em Alvalade e decerto que não desejo o seu regresso. Não posso apreciar apenas a vertente técnica e ignorar o homem.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo