Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um icebergue carregado de tontinhos

Rui Gomes, em 08.11.22

Alexandre Pais (I).pngTeria de ser Pedro Neves de Sousa, repórter exemplar, a esbarrar na criatura: aquele jovem obviamente perturbado que disse preferir ter estado nas Torres Gémeas em Setembro de 2001 do que assistir à derrota europeia do Sporting. O problema é que esse tolo é a ponta de um icebergue carregado de tontinhos. Infelizmente, conhecemos de outros sectores da nossa sociedade a sua aterradora capacidade de se multiplicarem – um susto.

No sábado, perante a clara supremacia leonina frente ao V. Guimarães, essa rapaziada voltou a mergulhar nas profundezas. Mas virá à superfície não tarda, pois os milagres não acontecem sempre. A necessidade de sanear financeiramente o clube de Alvalade, com uma gestão apertada e a cedência dos melhores jogadores, deixou a Rúben Amorim um único caminho: olhar para quem ficou, ‘pescar’ na Academia e utilizar o seu talento na reconstrução da equipa. Não para discutir o campeonato, antes para o poder fazer amanhã – se, entretanto, não se tornar bem mais imperioso acudir a outras prioridades, vendendo ainda activos e recomeçando tudo.

web_penguins_on_berg.jpg

Claro que a direcção de Varandas não está isenta de erros. Quando há pouco dinheiro, não só é preciso realizar capital, despachando, por exemplo, Matheus Nunes dias depois de se ter perdido João Palhinha, como se cai na armadilha de contratar ‘reforços’ fisicamente de vidro, como Jeremy St. Juste, que custou quase 10 milhões de euros para ficar no banco ou de baixa.

Esse foi o ponto a que chegou o Sporting e vá lá, vá lá: outra direcção poderia optar por continuar a pedir emprestado e a aumentar a dívida para perseguir a utopia do título nas presentes circunstâncias. Daí que exigir a demissão dos actuais dirigentes, sem sequer ter a mínima noção do que é gerir o orçamento lá de casa – quanto mais o de uma sociedade desportiva do nível do Sporting CP – coloca os promotores ao nível do troglodita que foi buscar as Torres Gémeas para o seu triste momento de ‘glória’ televisiva.

Texto da autoria de Alexandre Pais, em Record

publicado às 02:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Sem imagem de perfil

De Roberto Paulo a 08.11.2022 às 09:23

O rapaz falou no 9 de setembro, portanto compreende-se que preferisse lá estar.
Perfil Facebook

De José Mário Costa a 08.11.2022 às 09:47

Não são tontinhos, mas canalha que se infiltrou no SCP....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.11.2022 às 11:32

E quem é esse "canalha"?
Perfil Facebook

De Maximilien Robespierre a 08.11.2022 às 12:42

O Sporting começou a enterrar-se quando começou a mandar embora os miudos e comprou Paulinho, Esgaio, Trincão,...

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.11.2022 às 12:52

Quais miúdos?
Sem imagem de perfil

De RCL a 08.11.2022 às 13:13

A alternativa a St. Juste era David Carmo, 1 ano parado por rotura de ligamentos do joelho e 20ML€ que o Salvador não brinca em serviço. Conceição já mandou bocas mas o macaco, zero.
No Sporting todos falam, mesmo não tendo nada a dizer. Não contam para nada, vivem uma realidade paralela.
SL
Perfil Facebook

De Paulo Salcedas a 09.11.2022 às 08:08

Exatamente... era mesmo.... com milhares e milhares de centrais por esse mundo fora.... no mercado só havia esses dois.... é bem visto....
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 08.11.2022 às 14:57

O Alexandre Pais, grande Azul,tem aqui algumas frases com sentido dúbio

"No sábado, perante a clara supremacia leonina frente ao V. Guimarães, essa rapaziada voltou a mergulhar nas profundezas. Mas virá à superfície não tarda, pois os milagres não acontecem sempre."

Clara supremacia frente ao Guimarães é milagre? Só falta escrever que apanhar de Chaves, Arouca, Boavista e Varzim é natural. Mesmo falido e pé descalço, o Sporting tem um arcaboiço financeiro e acesso a recursos desportivos aos quais os restantes adversários (excepção a fcp, slb e scb) nem sonham. Aliás, essa conversa dos orçamentos tantas vezes repetida só é batida na mesa quando os grandes portugueses apanham a contar de espanhóis, ingleses e afins, como se fosse um fatalismo, raramente vejo obrigação de bater um Vizela ou Casa Pia.

"Esse foi o ponto a que chegou o Sporting e vá lá, vá lá: outra direcção poderia optar por continuar a pedir emprestado e a aumentar a dívida"

Mas é o que esta faz... empréstimo obrigacionista, factoring, e o passivo a fornecedores (clubes) tem aumentado. Aliás, compras não têm faltado. Felizmente, depois do Amorim a taxa de acerto tem sido muito elevada, mas antes da sua entrada foi um desastre (apenas o Neto e o Matheus Nunes continuaram).
Sem imagem de perfil

De João F. a 08.11.2022 às 15:58

"Mas é o que esta faz... empréstimo obrigacionista, factoring, e o passivo a fornecedores (clubes) tem aumentado"

Empréstimo obrigacionista para pagar o que o DJ deixou em dívida...

Factoring e a passivo a fornecedores...
Como todos sabem o tal DJ deixou os cofres do Clube cheios de dinheiro...

Anda na Net muito retórica brunista, daqueles que por inveja e por ódio, teimam em não querer ver a realidade do Sporting sofrer desde há muito da falta de liquidez, mas atiram para cima deste direcção, como se ela tivesse herdado uma situação financeira invejável!

Costuma-se dizer que o mais cego é aquele que não quer ver...e é bem certo!
Sem imagem de perfil

De Luis Moreira a 08.11.2022 às 15:39

Nós queríamos que o Sporting náo sentisse a saída de 3 jogadores de grande nível mas isso não é possível.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 08.11.2022 às 15:46

Como Alexandre Pais diz que o anormal é a ponta do icebergue temos de acreditar em Alexandre País. Que a maioria dos adeptos do Sporting é uma massa frustrada pronta a explodir que não se vê e de que o pateta anormal é a face visível.
Um brinco, um tesouro, este Alexandre País. Quem não o conheça que o compre. SL
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 08.11.2022 às 17:29

O artigo do Alexandre Pais toca em diversos pontos interessantes. O iceberg é para mim pouco importante, há parvalhões em todos os clubes, dar-lhes demasiada importância é mau, deve-se ignorar. Os outros dois pontos são muito mais importantes para o presente e o futuro da Sporting-SAD, as contratações e a gestão financeira/desportiva. As contratações têm sido um tema aqui muito discutido, AP diz que St. Juste é de vidro, tenho-o há muito classificado de cristal. Classificações há parte, analisando as Contas da SAD, percebe-se que o investimento em jogadores tem que ter um critério tão apertado, que comprar bom e barato é muito difícil e requer um enorme conhecimento do mercado, dos mercados. St. Juste até hoje foi um mau investimento, esperemos que fisicamente se componha, porque quando joga vê-se que tem qualidade, falta regularidade. Já Sotiris me parece um tiro errado, mas como joga tão pouco, é difícil aquilatar. A outra questão, a económica/financeira essa merece uma reflexão muito mais fina e extensa. O panorama futuro não é risonho, vender jogadores para equilibrar contas é quase inevitável, mas o passivo não diminui, a Sporting-SAD é de há muitos anos para cá uma entidade em falência técnica, com dificuldades de tesouraria enormes, com receitas futuras já comprometidas, antecipadas. Como sócio do Sporting, o acionista maioritário da SAD, tenho que concordar que este Conselho Directivo/ Adm da SAD tem no essencial gerido bem, mas falta-lhe a coragem de explicar, em devido tempo, no devido lugar, que o futuro será muito difícil e as vitórias poderão aparecer, mas serão pouco frequentes. Mas nem os parvalhões, as contratações e a situação económica/financeira explicam totalmente a época decepcionante que estamos a ter, quanto o mim existiu uma falha clara de estabelecer objectivos e ir por eles, afinal a Liga( objectivo principal e desbaratado como se viu em Arouca) já foi, a Taça idem e a Champions( oitavos) também. O que fazer até final da época, fazer tudo para pelo menos chegar ao terceiro lugar na Liga. Tentar fazer uma boa Liga Europa, nunca comprometendo a Liga. A Taça da Liga que sirva para rodar jogadores.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.11.2022 às 18:26

Luis Carvalho,

Uma análise que subscrevo pelo equilíbrio, e pela clareza. Como se diz na gíria popular, corar sobre o leite derramado, é pura perda de tempo, o que já foi, já foi.

Lutar pelo que resta tem que ser um objectivo. No campeonato parece-me que o 2º lugar ainda é possível. A Taça da Liga, apesar de mal-amada, não deixa de ser um título. Na Liga Europa, estão grandes equipas, algumas com mais valias que o Sporting, o que não implica que se jogue para ganhar todos os jogos.

Aproveitar esta paragem para colocar a equipa num percurso de maior regularidade, com a consciência que o plantel, se não for melhorado, não pode ter fazer milagres. Não se pode fazer consolidação financeira e gastos elevados ao mesmo tempo. realismo.

Quanto aos tontinhos temos que viver com eles, felizmente são uma minoria.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 08.11.2022 às 19:25

👍👍

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo