Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




2g4a2331-min.jpg

Rúben Amorim é sempre muito eloquente nas conferências de imprensa pré e pós-jogo, e entre as suas diversas considerações na antevisão ao Casa Pia, o treinador do Sporting fez esta afirmação, que eu considero deveras marcante:

"Obviamente que se não ganharmos títulos esta época, sairei pelo meu pé. Mas isso já era a nossa conversa de sempre. Não por não conseguirmos ganhar, mas sim porque dois anos seguidos sem ganhar títulos não pode acontecer num clube grande como o Sporting".

E perante esta afirmação, qual é a opinião dos sportinguistas?

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


40 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel a 29.01.2024 às 04:44

Concordo q um clube como o Sporting não pode estar dois anos sem vencer títulos e/ou troféus. O resto, vale o q vale. Porcaria de mentalidade portuguesa. E Amorim sabe disso. Parece-me é q ele não estará disposto a aturar o que se seguirá, se não vencermos algo. Mas estou convencido q ele sairá mesmo se ganhar. Se ganhar terá é mais portas abertas q se perder. Por mim, tenho pena pois vai ser difícil de encontrar outro.
Sem imagem de perfil

De Liondamaia a 29.01.2024 às 08:53

Ou seja: as declarações de Amorim são hipócritas
Sem imagem de perfil

De Manuel a 29.01.2024 às 09:24

Tem juízo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:38

Liondamaia,

Mas que parvoíce de conclusão!!!
Sem imagem de perfil

De De Perry a 29.01.2024 às 06:38

É claro que ele coloca alto a exigência, vamos a ver se todos no clube também são assim, a começar pelos adeptos e até neste blogue. Para um clube como o Sporting não pode ser normal perder, nem pôr paninhos quentes, Isso é comodismo e não é o melhor para o clube, apesar de muitos pensarem que sim. O melhor para o clube é exigência
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:40

A exigência manifesta-se de muitas maneiras, e a do Perry fica longe de ser a melhor, tornando-se mais destrutiva do que construtiva.
Sem imagem de perfil

De Rafael a 29.01.2024 às 08:08

Sei de alguns adeptos que preferem ter 4 treinadores numa epoca, mesmo que se termine em 7 lugar. Eu prefiro o Ruben, independentemente do lugar em que se fique. Tem as suas teimosias, as suas peculiaridades, mas tem evoluido e cada vez acerta mais do que erra; com ele estamos mais perto dos titulos, ponto final. SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:41

Ele e a actual estrutura deram estabilidade ao futebol do Sporting, daí estarmos em posição para alcançar títulos.

A Taça da Liga foi uma mera infelicidade, como todos nós sabemos.
Sem imagem de perfil

De P. Vasconcelos a 29.01.2024 às 08:24

Sem pôr em causa a autenticidade do discurso de RA, acho que tem uma componente mais interna, dirigida a ele próprio, à equipa técnica e aos jogadores: há que dar tudo por tudo para ganhar o campeonato este ano, não se pode aceitar um Sporting que lute pelo 2º lugar.
Quanto a continuar, o meu treinador é RA e pode continuar por muitos anos, com as suas teimosias. Mas o próprio é que sabe, é um cargo com muito desgaste como se viu pelo que disse o Klopp.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:44

I discurso dele é algo subjectivo, mas merece o benefício da dúvida e o nosso respeito.
Sem imagem de perfil

De Vistas longas a 29.01.2024 às 09:25

Rúben Amorim é inteligentíssimo e abre a porta ao se futuro na certeza da inevitabilidade da saída do alemão, do Benfica.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:43

"Vistas longas" é o pseudónimo?... Eu diria que é uma falta de visão enorme!
Sem imagem de perfil

De De Perry a 29.01.2024 às 09:47

O problema aqui são 100 milhões quem não for á liga dos campeões, vai ficar muito atrás dos outros 2 rivais. Essa é a grande realidade, neste momento não se pode pensar á lá longue a não ser que tivéssemos um poço de petróleo no Lumiar
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:46

É errado pensar que os milhões da Liga dos Campeões são a solução para tudo.
Sem imagem de perfil

De Pedro Casimiro a 29.01.2024 às 18:46

Nao sao a solucao para tudo mas quem se apurar diretamente tem uma grande vantagem em relacao aos rivais, nao tenhamos ilusoes. Daí esta ser a epoca do tudo ou nada. Agrada-me a exigencia definida pelo treinador.
O tempo do Sporting simpático, dos "valores" l, dos "anos zeros" e do "o que importa é participar" tem de ser morto e enterrado de vez.

O fundador disse outrora que queria um clube grande, tão grande como os maiores da Europa. Saibamos respeitar esse desígnio.
Mais SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, menos Campo Grande Football Club.
Sem imagem de perfil

De Rui Câmara Pina a 29.01.2024 às 10:57

Tenho sido e sou um fan de Ruben Amorim mas as suas declarações são algo desconcertantes, principalmente para os adeptos: São para o plantel? Os jogadores têm lutado sempre, não creio precisarem desta "vitamina". Para ele próprio? É bom ser-se exigente mas se ele vai pensar assim um dia que vá para a Premier League, está feito. Pode-se ainda dar mais tentativas de explicação, mas enfim....o que quero é ganhar hoje..!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:47

Devemos dar-lhe o benefício da dúvida e pensar que ele tem as suas razões para falar assim.
Sem imagem de perfil

De RCL a 29.01.2024 às 11:10

Não duvido da afirmação de Amorim , resta saber se seria melhor para o Sporting. Há um projeto a seguir; um novo treinador mudaria quase tudo.

Os títulos dependem de muitas condicionantes, lesões, azares e ,no caso do Sporting , erros clamorosos de arbitragem; estes não iriam mudar com outro treinador.

Amorim em 4 anos no clube já ganhou 4 títulos, entre os quais a Liga que nos fugia há 19 anos. É o treinador mais laureado dos últimos 40 anos. Não vejo razão alguma para deixar o clube se não ganhar nada neste ano.
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:49

Creio que a maioria pensa o mesmo, mas a época ainda é longa e vamos esperar pelos resultados finais.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 29.01.2024 às 11:38

Concordo em absoluto com o comentário do RCL e acrescento mais.
Ruben tem conseguido fazer o que muitos não conseguiriam com estes jogadores. O facto de termos uma lateral direita e esquerda fraca, bem como um meio-campo com poucas soluções é o maior contribuidor para não estarmos com melhores resultados ainda, portanto ele não tem nada que ficar triste com o seu trabalho.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:52

Não acredito que ele esteja triste, mas é de admitir que é ambicioso e que não ganhar seja o que for deixa-o desapontado.

Na realidade, não sabemos a verdadeira capacidade da SAD e, por isso, não podemos avaliar as não contratações para preencher algumas lacunas no plantel.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 29.01.2024 às 11:42

Destaco a franqueza e a honestidade nas palavras do Rúben Amorim, mas não concordo com este discurso. É muito redutor e simplista.

É óbvio que estar dois anos sem conquistar títulos num clube como o Sporting não é bom, mas a "culpa" é do treinador e a situação resolve-se com a sua saída?
Quantos anos esteve o Sporting sem ganhar títulos e quantas mudanças sistemáticas de treinadores teve? E com que resultados?

A verificar-se a não conquistade títulos (espero bem que não), a situação tem de ser avaliada e, na minha opinião, a estratégia de melhoria não passa pela saída do treinador, antes pelo contrário. Seria mesmo um retrocesso em diversos aspectos.
Sendo pragmático, o Rúben Amorim estabeleceu uma condição que não me parece útil, nem sequer traduz a realidade de um eventual insucesso do Sporting. Traduz a sua honestidade mas, certamente, não traduz os interesses do Sporting
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2024 às 16:55

Caro amigo,

Como já aqui referi, vamos dar-lhe o benefício da dúvida e acreditar que ele tem razões válidas para dizer o que disse. No mínimo, obedecerá a uma estratégia que ele idealizou.

Podemos interpretar que é uma mensagem para todos, mas eu fico a pensar que é dirigida à equipa, para a motivar ainda mais.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo