Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma andorinha não faz a primavera

Naçao Valente, em 17.08.22

A frase do título que até serviu de mote para uma canção do saudoso cantor Carlos do Carmo, aplica-se à saída do jogador Matheus Nunes do Sporting, que tanta discussão tem gerado. E aplica-se com toda a propriedade, pois uma equipa de futebol, composta por várias individualidades, só terá sucesso se elas se constituírem como um colectivo coeso. Quem não tem memória curta lembra-se que ganhámos jogos com dez e contra onze.

Screenshot (1241).png

Matheus Nunes é um jogador bem acima da média, o que se pode chamar na linguagem popular, um craque. Quem não gostaria de ter uma equipa com onze Matheus Nunes, em todas as posições, mas a verdade é que não conheço nenhuma equipa que assim seja. Uma equipa de futebol é constituída por “estrelas”, e por “carregadores de piano”. E é na articulação entre todos, em prol do conjunto, que tem mais ou menos êxito.

A perda de um jogador muito influente poderá causar alguma perturbação do ponto de vista individual, mas o mais importante é não se perder a dinâmica do grupo. E qualquer técnico sabe que tem que estar preparado para substituir jogadores, em função de castigos e lesões. Neste sentido, parece-me um autêntico disparate dizer, como já li, que a ausência do Matheus no Dragão, é sinónimo de derrota. Imaginando que Matheus jogava, quem pode garantir que não fazia um jogo menos conseguido? Quem pode garantir que com Matheus ganhávamos, e que sem ele perdemos? Quem pode garantir que com Matheus seríamos campeões, e que sem ele não seremos?

Não pretendo com isto desvalorizar a importância do jogador, que o treinador tentou segurar até ao limite, mas não consigo entrar na dramatização que alguns adeptos criam à volta da questão, como se a ausência de uma peça, por mais importante que seja, ponha em causa a prestação da equipa nas provas que tem que disputar, indo até ao absurdo de se pôr em causa o próprio projecto. Continuamos a jogar com onze, e como dizia um treinador famoso, se não joga o Zé, joga o Manel. Para além disso, o mercado continua aberto e, certamente, porque o negócio do Matheus não se fez de um dia para o outro, já estão previstas alternativas.

Confio na equipa técnica e estou convicto que encontrará a solução adequada para que a equipa mantenha a sua dinâmica de jogo, que esteja focada e motivada para ganhar, que dispute cada lance como se fosse o último. Haverá no plantel gente de qualidade à espera da sua oportunidade. Quero lembrar, como exemplo, que se Acuña não tivesse saído, Nuno Mendes não teria tido, tão cedo, a oportunidade que teve, e que o catapultou para altos patamares, tendo com a sua saída aberto a porta a Matheus Reis, que para a sapiência de muitos adeptos, era um flop.

Portanto, e em jeito de conclusão, gostava que na análise geral destas situações, houvesse um pouco mais de ponderação e não se partisse para radicalismos extremos, sem qualquer base credível. O campeonato é uma prova longa, onde a regularidade é fundamental. Não adianta chorar sobre o leite derramado. Temos de contar com os que estão e fazer de cada jogo uma final, a começar pelo próximo.

Para além da saída do jogador apenas do ponto de vista da sua função desportiva, existe a questão das mais-valias que vai gerar, que merece, só por si, uma outra abordagem.

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


73 comentários

Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 17.08.2022 às 05:23

O Bruno Fernandes também era muito importante etc e tal mas depois da sua saída é que o sporting foi campeão. O Palhinha também fazia muita falta, mas o Sporting não foi abaixo. Todos fazem falta quando estão com a cabeça no Sporting e o Matheus Nunes já não estava com a cabeça no Sporting e portanto foi o melhor para ele e para o Sporting, para ele porque foi ganhar quatro vezes mais, segundo o que foi divulgado e foi bom para o Sporting porque realizou a segunda maior venda da história do clube e assim vai dar oportunidade “assim espero” a outros jovens de aparecerem.
Sem imagem de perfil

De RCL a 17.08.2022 às 07:17

Subscrevo
SL
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 10:09

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 11:37

Obrigado Manuel Parreira pelo contributo. Como se costuma dizer só faz falta quem está. E o sporting não pode depender de um ou outro jogador. tem que depender de todos. E depois há a questão financeira que é muito importante para a sobrevivência do clube. Não se pode ter sol na eira e água no nabal.
Sem imagem de perfil

De JOSÉ JAIME MARQUES a 17.08.2022 às 13:27

Para além do mais analise ao câmbio do dia - do Euro para o Real - o valor do futuro ordenado do Matheus Nunes, encontra a resposta, o tempo do "amor à camisola", faz parte do passado.
Sem imagem de perfil

De Luís Antunes a 17.08.2022 às 07:55

O problema não é a venda do Matheus (eu só deixaria sair após o dragão, mas por uma questão de coesão no grupo). O problema é que jogue o Zé, o Manel ou o Gaspar, do outro lado estarão sempre os Dias, os Pinheiros e os Nobres e, portanto, não o Matheus que vai fazer falta. "Num mundo perfeito", como disse o Miguel Braga, o plantel até chegaria como está. Mas a nossa liga não é esse mundo perfeito.
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 10:22

" O problema é que jogue o Zé, o Manel ou o Gaspar, do outro lado estarão sempre os Dias, os Pinheiros e os Nobres"

Que joguem o Zé, o Manel ou o Gaspar e mesmo que jogasse o M.Nunes, o problema existirá sempre com os Dias e companhia, como sempre existiu. Ele nunca teve o poder de impedir que os "apitadeiros" dos 2 sistemas, executem as encomendas que lhes tenham feito.
Sem imagem de perfil

De o acutilante a 17.08.2022 às 10:51

uma vez calimero toda a vida calimero. Ainda antes de começar
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 11:15

Calimero serás tu e para sempre. E és tão mentecapto, que nem dás por isso!
Como estás habituado a que o teu clubeco corrupto dependa sempre dos apitadeiros, de cada vez que os atacam, ficas cheio de comichão e vens defendê-los.
Sem imagem de perfil

De LeãoSempre a 17.08.2022 às 14:06

E, já agora, uma vez imbecil, imbecil para sempre! Não respondas, meu caro, só porque não vale a pena e porque isso poderia afundar ainda mais essa tua cabecinha, mal pensante e confusa, na teia onde já caiu e de onde dificilmente sairá! deixa lá isso, rapaz!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 11:52

Luís Antunes,

Também preferia que jogasse. Mas quem paga não é sensível a esses desejos.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 17.08.2022 às 08:08

Pronto, agora já pode vir o Cristiano.
Sem imagem de perfil

De acutilante a 17.08.2022 às 16:34

Se se apressarem, temos o Taarabt disponível. Por enquanto.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 20:37

Também temos cromos para a troca. E que tal um deles para substituir o Horta ?
Sem imagem de perfil

De acutilante a 17.08.2022 às 22:29

Infelizmente e com grande pena minha o Horta não é nosso.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 17.08.2022 às 08:24

Muita bondade, muita singeleza, meu caro. Estamos no verão. E como faz a analogia das andorinhas, aguardemos pela próxima primavera para ver os resultados desta decisão de venda de Matheus Nunes. SL
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 10:24

Pode-se deduzir, que para si, se no final da época se perder o campeonato, a causa será a venda do M.Nunes?!
Sem imagem de perfil

De João Gil a 17.08.2022 às 15:13

Meu caro,
No sábado já vamos ver se foi uma boa ideia vender o rapaz dias antes de ir jogar um jogo que decide campeonatos. No fim do campeonato podemos voltar a esta conversa e faz-se o balanço. Até lá, regozijemo-nos com o dinheiro que vai sobrar dos 45 milhões. SL
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 16:50

Vamos ver é se você vai afirmar, que no caso de não se ganhar, que a culpa será da venda do jogador antes do jogo, como se tivesse a certeza, que com ele em campo a vitória seria certa.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 17.08.2022 às 19:35

Não se apoquente. Vou afirmar antes do jogo o seguinte:
Sem Matheus Nunes a vitória do Sporting nas Antas é mais improvável. Não é impossível, é apenas mais improvável. Portanto sim, a resposta às suas dúvidas é de que sem Matheus Nunes há maior probabilidade de derrota (ou de não vitória) do que com Matheus Nunes. Por oposição, haveria maior probabilidade de vitória (ou de não derrota) do que sem Matheus Nunes. No fim do jogo, se o Sporting ganhar, eu dou-lhe razão. A si e por extensão a todos os que desvalorizam a saída do jogador em vésperas de um jogo determinante para a classificação final do campeonato e para a qualificação para uma posição de acesso à liga dos campeões. Na minha opinião, claro, e a despeito de estarmos apenas na terceira jornada. SL
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 11:56

João Gil,

Tudo na vida é relativo. Não sei prever o futuro. E não se pode saber como será na próxima primavera, com Matheus ou sem Matheus.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 17.08.2022 às 15:20

Caro Nação Valente, tem toda a razão. Eu faço uma leitura. A mensagem que vejo passada pelos vários intervenientes, na cadência das intervenções, no conteúdo e no resultado, dão-uma orientação para aquilo que eu penso ser a realidade. Cada um tem a sua. Mas como ainda faltam 15 dias para se encerrar o período de transferências vou aguardar para ver e reservar melhor opinião. Para já e até nova iteração, a minha opinião sobre a clareza deste tema da venda do Matheus Nunes não é favorável. Abraço e SL
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 17:44

Tem razão caro João Gil. Desportivamente a saída de Matheus nunca será favorável. E não é fácil encontrar substituto, ao mesmo nível. Esqueça as Antas, e vamos esperar até ao fim do mercado. Para além disso, vamos ver se não desabrochará outro jovem, porque esse parece-me ser o caminho. Ab.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 17.08.2022 às 18:17

De acordo.Mas é impossível esquecer o timing, o desencontro das afirmações de treinador, jogador e de outras figuras ligadas ao Sporting e o “outcome”. Antes do fim da época ainda há a CI de antevisão ao FCP vs SCP. Essa é a que me interessa ouvir, para já. O fim do mercado vem depois. Antes há jogo, rescaldo, muito para escalpelizar, criticar, aplaudir e muita gente a quem chamar nomes. A começar pelo árbitro, naturalmente. SL
Sem imagem de perfil

De LeaoCapel a 17.08.2022 às 23:55

O sporting este mercado viu sair Sarabia, Palhinha e agora Matheus Nunes para virem o Morita, o St Juste e o Rochinha.
Aqui nao ha nada de relatividades, estamos claramente mais fracos. Ponto.
Posto isto, depois nao venham dizer que a culpa é da bola ir a trave. Sem ovos...
Perfil Facebook

De José Mário Costa a 17.08.2022 às 08:39

Com que então deixar sair o mais influente jogador da equipa — logo nas vésperas do tão importante jogo com o FC Porto, sem qualquer solução à altura no banco, nas costas do treinador e abaixo da cláusula de rescisão — não tem qualquer importância?!!!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 12:03

José Mário Costa

Tem a importância que tem, dentro da relatividade das coisas. Por outro lado, não acredito que isso fosse feito "nas costas do treinador". É tentar adivinhar o que não sabemos. O que sabemos é que foi contra a sua vontade. É fácil gerir um clube, que gasta milhões, quando se está de fora, e sem ter que mexer uma palha para pagar contas. Também gostaria de ter todos os craques do mundo, mas só funciona na minha fantasia.
Sem imagem de perfil

De LG a 17.08.2022 às 09:13

Há duas questões diferentes: o timing e o preço.

Quanto ao timing, péssimo. E, como diz o Nação Valente, "porque o negócio do Matheus não se fez de um dia para o outro", não estragaria fazer o negócio na semana a seguir (a não ser que o Matheus seja como o leite, e fosse azedar se o Wolves esperasse uma semana.
Não faltam negócios mais do que anunciados que só acontecem depois de determinada data: dando um exemplo recente, "todos" pensaram que Ricardo Horta sairia depois da primeira jornada (os negócios ilegais com os fundos feitos na altura da contratação pelo Braga é que estão a estragar), dando um exemplo do Sporting, Slimani saiu para o Leicester DOIS dias depois de marcar ao Porto no jogo para o campeonato.

Quanto ao preço, é em tese irrecusável, e aí nada a dizer. Mas, e não estou a brincar, preferia tê-lo vendido por 30 milhões para o Everton do que por 45+5 para o clube principal do carrocel do Mendes: impressionante como o nosso mercado funciona quase em exclusivo com o Sr. Comendador.

Consequências: como habitual, temos o 8 e o 80. De um lado, quen defenda a venda a todo o custo, até já li que o Matheus já não tinha a cabeça no Sporting. Do outro lado, quem se sinta quase traído, depois das palavras de Amorim, que bem tentou segurá-lo e agora vai ficar uma semana a gerir azias.
Depois temos a questão do substituto, é verdade que sai o Manel e entra o Zé, mas perder na mesma janela de mercado três dos quatro jogadores mais influentes não é bom, por muito que haja mais andorinhas no céu e primaveras com o sol a brilhar e flores a florir
Futuros jogadores que substituam Matheus: quem é que o Sr. Comendador tem no seu catálogo? Almeria? Valência? Ou produto nacional, vindo de Braga, Famalicão ou Guimarães?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 12:25

Caro LG,

Obrigado pela sua análise. Concordo que o timing não foi o melhor, mas nunca seria. O campeonato é longo, o mercado está aberto, e temos tempo e algum dinheiro para encontrar um substituto,

Fala das saídas, mas quero lembrar que também houve entradas: Morita, Trincão, St Juste, Rochinha. E já demonstraram que têm qualidade. vamos aguardar com serenidade.


Sem imagem de perfil

De MAV a 17.08.2022 às 10:22

Bom texto como o NV sabe escrever... mas romântico como sempre.
Em termos de valores é boa venda sem dúvida. Mas antes de um jogo importante como este não!! RA já devia ter alinhamento com MN vai ter de reformular o meio campo vamos jogar com o campeão em casa deste com a 2 escolha do início do ano passado e com um jogador com 2 meses de integração se isto não é importante o que será?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 12:08

Caro MAG,

Ao contrário do diz, vivo no mundo real. No mundo ideal seria tudo como escreve, mas não é nesse que vivemos. Quem comanda é o dinheiro, e quem o tem é que decide.
Sem imagem de perfil

De Rui Câmara Pina a 17.08.2022 às 10:57

Claro que vamos jogar com onze mas pelo menos podia estar apto para jogar no Dragão. Se depois a cabeça dele estava ou não no jogo, isso Ruben Amorim iria decidir. mas pelo menos dava-se essa hipótese ao treinador. O timing da venda foi errado. Dito isto, vamos em frente.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 12:12

Caro RCP,

Nem sempre dominamos timings. Não sabemos porque razão o negócio foi feito nesta semana e não noutra, por isso especulamos. É natural.
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 11:04

Tanta tragédia pela venda dum jogador, como se ele até aqui, tivesse sido a chave das vitórias da equipa do Sporting! Quando se ganhou o campeonato, ele fez quantos jogos? E foi decisivo em quantos?
De maneira nenhuma quero tirar valor ao jogador, mas alguns comentam aqui, como se ele fosse, como se costuma dizer, a última laranjada no deserto! Estaria bem mais preocupado, se em vez dele, tivesse saído o Pote, que marca golos e parece ter voltado ao nível que nos tinha habituado!
Como o M.Nunes irá aparecer outro na equipa! Difícil será encontrar goleadores, porque para além de serem raros, são muito caros. Temos a sorte de ter um de regresso ao seu melhor.
Se no próximo jogo com o Futebol Corrupto das Antas a equipa tiver a competência e também a sorte de conseguir um bom resultado (o melhor seria a vitória) alguns dos que aqui denunciam a decisão da venda do jogador agora, irão embrulhar o "fardo" e calarem-se, tal e qual como têm feito no passado.


Sem imagem de perfil

De Manuel Parreira a 17.08.2022 às 16:02

É verdade caro João F., tanta tragedia pela venda de um jogador, como se o Sporting não fosse um clube vendedor, assim tem sido ao longo dos anos e assim continuará a ser e assim tem de ser para continuar a equilibrar as contas e o clube viver desafogado. A saída de qualquer jogador e’ sempre difícil de digerir, mas quase sempre vai dar oportunidade a outros, assim espero que aconteça e que o dinheiro não seja desbaratado na compra de entulho, como já tem acontecido no passado.
Um abraco desde a Califórnia.
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 16:09


Um Abraço também para si.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 17.08.2022 às 16:39

Os suficientes para ter sido decisivo em Alvalade com o Benfica e Braga e tb em Braga. Estre ultimo talvez tenha sido o golo mais importante do campeonato.
As coisas são como são, o dinheiro manda, todos sabemos isso. Agora desvalorizar a importância do jogador é chamar-nos burros a todos (amorim incluido) ou não ter noção do que diz.

Meu caro, se o objectivo destes seus comentarios é de algum forma mostrar o seu apoio à actual Direcção, você não está a ajudar em nada,
Você é igualzinho aos bots do BdC. Nunca vêm problemas em nada, só brilhantes decisões e quando confrontados, ofendem ou adoptam uima postura condescendente.
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 18:01

O quê?!
Onde é que eu desvalorizo o jogador?! Não sabe ler um texto ou quer que lhe faça um desenho?
Você é que valoriza detalhes tal como outros, sem conhecer os porquês, cheio de sapiência, como se fosse um conhecedor profundo do que se passa na gestão do futebol do Sporting.
Você, que sempre se distinguiu aqui como um adversário da direcção com ataques à sua gestão, é que tem o moral de me tentar colar aos brunecos? É preciso ter lata!!!
Contrariamente a mim, você é daqueles que não vêm aqui para defender a "causa sportinguista", mas grupos, grupelhos, para não dizer seitas e afina-se com eles.
Tenho apoiado esta direcção sim, embora inicialmente não tenha votado nela, mas como a vi nos primeiros 18 meses vilipendiada por gentalha sem vergonha e sem respeito pelo Sporting, passei a dar-lhe o meu apoio, como o teria dado a uma direcção presidida pelo Benedito.
Estou certo, que se o presidente fosse o Benedito, o asco e o ódio dos adeptos fanáticos do destituído ter-lho-iam tentado destruir. Falta saber se seria capaz de resistir, como tem feito o Varandas.
O M.Nunes tem o valor que se lhe reconhece, mas nunca resolveu jogos sozinho. Mesmo o CR7 e o Messi, precisam duma equipa! Muito mais importante do que ele é o Pote.
Já o escrevi noutro comentário e reafirmo. Se o Sporting fizer um bom resultado no próximo sábado, você e outros meterão a viola no saco e irão esperar até à próxima oportunidade, para virem aqui destilar mais azia, que é o que vos provocam as vitórias.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 18.08.2022 às 12:39

Não se preocupe que não vou voltar a interagir consigo. Ou não sabe ler ou não tem noção do que escreve. Não faz a minima ideia acerca das minhas oipiniões ou da minha participação aqui. Discutir consigo é uma perda de tempo e desta vez o erro foi meu que já sabia o que a casa gastava.

Mas mantenho o que disse: a sua atitude em nada difere dos bots do BdC que por aqui andavam.

bem haja

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 17.08.2022 às 17:54

João F.

No "argumentário" dos que encontram na saída de M. Nunes, motivo para crítica, sem ele estamos perdidos.
Matheus é importante. mas não é insubstituível. E só por ignorância desportiva ou má fé se pode ligar a vitória do jogo das Antas, à presença do jogador.
Sem imagem de perfil

De João F. a 17.08.2022 às 18:03

EXACTO!
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 17.08.2022 às 12:09

Bem, convenhamos que na teoria o plantel é mais fraco do que o do ano passado. Perdemos Matheus Nunes, Sarabia e jogadores destes não aparecem todos os anos. Perdemos também Daniel Bragança, que é neste momento o jovem mais promissor da academia.

Mas a saída de uns será a oportunidade de outros, e o Nação Valente deu um bom exemplo: saiu Acuña e subiu à titularidade Nuno Valente que é um DE infinitamente melhor.

Esperar para ver, sportinguistas, esperar para ver. Choradeiras antecipadas é que não!

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo