Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma equipa sub-23 na 1ª Liga

Leão Zargo, em 29.06.20

1_24.jpeg

Em conferência de imprensa, em 18.6.2020, Rúben Amorim foi claro e directo: “No Sporting, desde o primeiro momento que me contactaram, para vir para cá, o objetivo primeiro era ganhar jogos e ajudar a lançar jovens, porque o momento do clube assim o exigia. A pandemia ainda acelerou mais esta situação.”  

Se no primeiro jogo em que ele orientou a equipa leonina, com o Desportivo de Aves em 8 de Março, não procedeu a grandes alterações, na fase pós interrupção em consequência da pandemia o técnico sportinguista assumiu de forma invulgar o projecto de valorização dos jovens jogadores do plantel, provenientes ou não da Academia de Alcochete.

A média de idades (22,8) da equipa que defrontou o Belenenses SAD prova isso mesmo, ao fazer alinhar Luís Maximiniano, Eduardo Quaresma, Nuno Mendes e Jovane Cabral, formados na Academia, e Wendel, Matheus Nunes e Gonzalo Plata, com 22, 21 e 19 anos respectivamente. Para além deles foram titulares Ristovski, Coates e Šporar. Na segunda parte entraram Francisco Geraldes, Tiago Ilori e Rafael Camacho, todos da formação sportinguista, para além de Idrissa Doumbia e Rodrigo Battaglia.

A verdade é que o trabalho de Rúben Amorim está a ter sucesso. A equipa leonina fez mais pontos e é a segunda que marcou mais golos e sofreu menos na fase pós-interrupção da Liga (três vitórias, um empate, oito golos marcados e três sofridos). Como escreveu o Rui Pedro Barreiro aqui no Camarote Leonino, “afinal... o treinador faz mesmo a diferença”.

publicado às 05:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


14 comentários

Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 29.06.2020 às 09:06

Leão Zargo

Penso que todos nós temos a noção que o SCP necessita de alguns "pesos pesados" para dar mais estabilidade à nossa equipa. Fico satisfeito por o Rúben Amorim ter apostado nos jogadores da nossa formação. Só quem não via os jogos é que não se apercebia da qualidade destes jovens. Alguns perderam-se, ou foram vendidos pois não foram só estes que sobressaíram nas camadas jovens. Ontem a CS falava num jogador. que vai jogar na Juventus e que salvo erro foi vendido por 3,5 milhões de euros. Todos sabemos que os jogadores acima da média são constantemente assediados para mudar de clube. Nunca houve da parte dos nossos dirigentes uma forma de protegerem os nossos jovens, pois saíram muitos que hoje brilham noutros clubes. Parece-me que finalmente esta Direcção está no bom caminho de segurar aqueles que podem ser úteis no presente e que no futuro possam proporcionar receitas para não andarmos sempre com o credo na boca. Gosto da forma como o nosso treinador está a dar oportunidades a esta juventude, que respiram e sentem que podem ir longe na sua carreira desportiva, O futuro está a ser bem construído, e espero que acabem as compras ou empréstimos de jogadores caros que nada acrescentam e ensinam aos nosso jovens. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.06.2020 às 09:44

Caro Fernando Albuquerque

Concordo em absoluto, os jovens necessitam de ter em quantidade e qualidade jogadores experientes que os enquadrem no futebol de alta competição. O escrutínio é muito severo e qualquer falha é longamente comentada pelos adeptos e nos jornais.

Um abraço sportinguista
Sem imagem de perfil

De J. a 29.06.2020 às 11:22

Sim, é claro que é preciso apostar nos jovens.... mas relembro que há um ano atrás Keizer teve a mesma politica e teve que ir buscar os sub21 que tinha naquele momento: Max, Thierry Correia, Miguel Luis, Bruno Paz e Pedro Marques.
Desconfio que apenas o primeiro tenha qualidade para jogar no Sporting.

O que teve que ser feito este ano, foi antecipar o crescimento de alguns desses jovens que eram sub-17, visto que nos sub-19 e sub-23 não havia grande qualidade.
E dai a aposta em Quaresma, Nuno Mendes, Joelson, Bruno Tavares e Tiago Tomas nos sub23 este ano, jogadores ainda juvenis, para assim se irem preparando para a etapa senior
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.06.2020 às 14:04

J.

Refere um aspecto essencial que decorre da qualidade dos jogadores provenientes da Formação. Um treinador pode pretender levar a cabo uma política de aposta nos jovens, mas se estes não tiverem o nível indispensável para jogarem no Sporting... então, nada feito!
Sem imagem de perfil

De Bento a 29.06.2020 às 15:09

Quem faz a aposta na formação é o treinador, o presidente apenas lhe dá directrizes.
Se o treinador não apostar na formação, pouco vale o clube ter uma política voltada para a formação.

Esses 4 jogadores que apontou eram juniores e não juvenis.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.06.2020 às 15:17

Bento

Ao que sei, no Sporting há um trabalho de equipa que abrange desde a direcção aos técnicos do plantel principal, passando pelas diversas estruturas ligadas ao futebol. A aposta na Formação é um projecto comum, delineado pelo presidente e assumido por todos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.06.2020 às 15:44

Certíssimo, caro Leão Zargo. Aliás, Rúben Amorim ainda recentemente sublinhou precisamente isso, por outras palavras, afirmando que aceitou o cargo plenamente consciente do projecto da formação.
Sem imagem de perfil

De MAV a 29.06.2020 às 14:02

Isto da formação é tudo muito bonito...
Mas e ganhar titulos? Ou vamos tentar bater o record do Liverpool.... não devemos ter mais 25/30% de formação para ter hipótese para poder discutir titulos
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 29.06.2020 às 14:17

MAV

Compreendo a sua convicção, o valor de 30% até será muito interessante em determinadas circunstâncias, mas o critério determinante tem de ser a categoria revelada pelos jovens futebolistas.
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 29.06.2020 às 19:42

Venho subscrever o LZ e comentadores!
Estes diálogos tranquilos e construtivos enchem-me as medidas! Obrigada a todos!

Forte abraço leonino,
Carlinha
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.06.2020 às 15:20

Obrigado, Carlinha!

Um forte abraço sportinguista
Imagem de perfil

De Rui Pedro Barreiro a 29.06.2020 às 22:28

Concordo com o Leão Zargo. Aproveito para agradecer a referência. De facto, a prestação de Rúben Amorim em Braga e no nosso clube não pode ser acaso. SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 30.06.2020 às 15:24

Rui Pedro Barreiro, sem dúvida, e talvez se conclua que é um técnico barato!
Perfil Facebook

De Rui Pedro S. Barreiro a 30.06.2020 às 19:10

Oxalá. Como diz o povo, por vezes o barato sai caro. Agora pode ser o contrário. SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo