Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma praga de juízes marcianos

"Decisões a favor do Benfica (e do FC Porto) confirmam que alguns tribunais são extraterres

Rui Gomes, em 15.11.19

Duas decisões dos tribunais deram o mote para mais uma campanha que roça as "fake news", ou notícias falsas, no nosso humilde português.

image.png

Um tribunal administrativo e um outro tribunal criminal absolveram o Benfica de uma multa por mau comportamento dos adeptos (incluindo agressões à polícia) e ainda de um jogo de interdição por apoio ilegal às claques.

Se fossem decisões definitivas, as duas sentenças significariam o fim da disciplina desportiva como nós a conhecemos, a desresponsabilização total dos clubes, a implosão da FIFA e da UEFA e talvez a ilegalidade da nova lei contra a violência no desporto. Só.

Mas não são decisões definitivas, nem para lá caminham, e parece-me, a mim e a muita gente, que contrariam acórdãos do Supremo Tribunal Administrativo e daquela instância irrelevante chamada Tribunal Constitucional. Sabemos isso, e está bem fresco, porque o FC Porto tem ganho vários processos iguais a estes do Benfica apenas para os perder na instância seguinte, com alguma lógica.

O que estes tribunais estão a fazer é demolir, com uma infantilidade aterradora, as bases da disciplina desportiva, universalmente consensuais. E nem se explica com clubismo, porque, antes de fazerem a vermelho, já tinham feito várias vezes a azul.

Fica uma pergunta para eles. Se assim não pode ser, como é que se faz?

José Manuel Ribeiro, jornal O Jogo

 

Nota: João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e do Desporto garantiu esta quinta-feira que a entrada em vigor da lei de combate à violência no desporto evitará situações como a que levou à recém-anulação do castigo imposto ao Benfica:

"Na próxima época desportiva haverá muito, mas muito mais, qualificação de alguns temas que recorrentemente são falados no nosso país e, portanto, haverá punição directa indiscutível, e inapelável de alguns comportamentos, nomeadamente, no que se refere aos grupos organizados e interferências de outras instâncias".

(A lei 39/2009, que estabelece o regime jurídico da segurança e combate ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espectáculos desportivos, foi aprovada na anterior legislatura, mas algumas alterações só entrarão em vigor na próxima época desportiva).

publicado às 02:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds