Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




gettyimages-1230146361-612x612.jpg

A Unilabs já confirmou à Direção-Geral de Saúde que os resultados positivos à Covid-19 detetados nos testes de Nuno Mendes e Sporar, no dia 13, foram considerados clínica e laboratorialmente falsos positivos. A comunicação do laboratório para a DGS foi feita esta manhã, com conhecimento também para a autoridade regional de saúde de Alcochete.

Tanto Nuno Mendes como Andraz Sporar ainda aguardam os resultados de uma nova bateria geral de testes realizada pelo plantel do Sporting esta manhã na Academia para terem a certeza se podem ir a jogo mas, salvo resultado positivo nesta nova despistagem, ambos poderão estar ao dispor de Rúben Amorim na final da Allianz Cup, frente ao SC Braga, marcada para este sábado em Leiria.

Em consequência do e-mail enviado esta manhã pela Unilabs, a DGS vai retirar o nome dos dois jogadores do Sporting da plataforma de registo nacional de cidadãos infetados pela Covid-19.

Os leões denunciaram o caso na segunda-feira, após terem feito testes complementares noutros laboratórios. Aguardavam desde essa altura pela devida comunicação da Unilabs para a DGS. A própria autoridade nacional de saúde esperava desde quarta-feira por informação do laboratório.

Pelo meio, o Sporting decidiu avançar com uma queixa na Ordem dos Médicos contra o diretor médico da Unilabs, António Maia Gonçalves. O laboratório resistiu em assumir o erro, mas já tinha reconhecido junto do Sporting que os testes a Nuno Mendes e Sporar eram falsos positivos. Faltava que o fizesse junto da DGS, o que aconteceu apenas na manhã desta quinta-feira.

Nuno Mendes e Sporar falharam o jogo com o Rio Ave devido aos testes falsos positivos. Acabaram igualmente por ficar fora da meia-final da Taça da Liga com o FC Porto, a despeito de não estarem positivos à Covid-19, pois a DGS não autorizou que ambos fossem utilizados, sem ter na sua posse uma comunicação oficial e direta da Unilabs. Algo que o Sporting tinha desde segunda-feira, véspera do jogo.

Reportagem de Sérgio Krithinas e Vítor Almeida Gonçalves, Record

publicado às 17:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo SCP a 21.01.2021 às 18:35

O modo de atuação normal para casos relacionados com o Sporting: depois do prejuizo, aparece "a despenalização".

Felizmente neste caso só teve impacto negativo num dos jogos, mas cabe agora ao Sporting pedir responsabilidades e promover a avaliação e melhoria deste processo de testagem com resultados por conveniência.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 21.01.2021 às 22:04

Chegou ao ponto do absolutamente incrível o que se passa no futebol português e sem vontade política para intervir, tudo continuará na mesma.
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 21.01.2021 às 22:56

O facto é que o prejuízo já foi feito, e o Sporting prejudicado. Se isto se passasse com o Benfica e Porto, caía o Carmo e a Trindade, nem o pasqui azul ou pasquim encarnado se calariam. Precisamos de arranja um pasquim.

SL
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 22.01.2021 às 10:05

Rui Gomes

Este caso dos falsos positivos é uma novela que a comunicação social , que tantos assuntos, tem para divulgar, e isso não acontece, nos massacrou nos últimos dias pois tudo o que seja desestabilizar o nosso clube lhes serve. Julgo que o SCP tem razões para se queixar, pois durante dois jogos viu-se privado de dois jogadores, quando os mesmos não estavam infectados.
O que eu acho interessante é algumas pessoas afectas ao clube encarnado, virem confirmar o que o seu técnico afirmou, que a derrota frente ao Braga se deve ao vírus que tomou conta do clube encarnado, invocando que a sua defesa foi toda atacada pelo bicho. Mas, ninguém se lembra que o SCP jogou recentemente com uma defesa onde faltaram NETO, FEUDAL, NUNO MENDES num jogo onde salvo erro perdemos pontos. E mais caricato ainda é quando apregoam que têm 25 jogadores fabulosos , e mais 500 jogadores no Seixal, mas que por capricho da vida nenhum deles é testado na primeira equipa. Exemplo da mania da grandeza, que existe de facto, mas não nas dimensões apregoadas.
Concluindo o SCP tinha razão no que tinha divulgado,mas o FCP disse que o SCP cometeu um crime público e eu espero que peçam desculpa pelo menos, pois na minha perspectiva a FPF deveria punir esta afirmação. Fernando Albuquerque SCP)

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo