Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O “corno” que saiu da boca de Vítor Baía

Texto na página do Facebook de Luís Osório

Leão Zargo, em 21.05.22

O corno.jpg

1. O presidente do Sporting, Frederico Varandas, parece ter sido apertado na garagem do Estádio do Dragão por Rui Cerqueira, Sérgio Conceição (que desmente ter lá estado com enorme veemência) e por Vítor Baía, uma das maiores lendas do futebol português.

Parece que o telemóvel de Varandas terá voado e alguém ter-lhe-á encostado a cabeça. O Sporting fez queixa e no processo fala-se dos gritos, das ameaças e até se descreve ao pormenor o que cada um terá dito.

Vítor Baía em matéria de “trinta e um de boca”, a ser verdade o que vem nos relatórios, bateu toda a gente aos pontos.

Indignado com Varandas ameaçou-o com um “anda cá cabrão, rebento-te todo”. Se isto já era mau, Vítor conseguiu finalizar em apoteose - “corno, és um corno. Rebento-te todo, corno”.

2. Caro Vítor.

Perdoa-me antecipadamente por te tratar como se nós fossemos próximos ou até nos conhecêssemos.

Nunca nos cruzámos, nunca trocámos uma frase que fosse, mas somos da mesma geração, eu mais novo dois anos embora não pareça pois quando o país te vê no alto do teu quase 1,90, magro, fit, com casacos com o corte justo, pareces ser bem mais novo do que eu.

Depois a tua simpatia, a tua capacidade de comunicar, a eloquência e a preparação que te distinguem dos velhos dirigentes cujo paleio é próprio de uma outra época, um tempo dos dirigentes e jogadores de bigode, dos pelados e peladinhas, dos mercedes e da ditadura da construção civil, dos jogadores tratados como se fossem gado, do cacau, do pilim em malas, do graveto a circular.

Quando a malta te vê acredita que o futuro será diferente.

Que o futebol português deixará de ser troglodita com a chegada da tua geração à liderança dos grandes clubes.

3. Não me julgues mal, Vítor.

Não é que acredite em santinhos e aparições. Sei que o futebol é um mundo à parte e que não se pode “comer e calar” ou ser “tenrinho” sob pena de nada se ganhar, o que é intolerável para portistas, benfiquistas e agora até para sportinguistas.

Mas “corno”?

Corno” não é para ti, Vítor.

Corno” ou “rebento-te todo” é para “machonitos” e gorilas para quem a virilidade se faz das afirmações e do cabedal moldado em ginásios e caixas de comprimidos que insuflam.

4. Fiz há uns anos uma reportagem na Casa de Saúde Mental do Telhal e no pavilhão dos inimputáveis, os doentes ficaram nervosos com a minha presença. À minha saída um qualquer começou a gritar “ó careca és um corno”.

E logo a seguir um outro repetiu.

Corno”

“Corno”

“Coooorno

E já imaginas o resto.

Saí de lá com a malta louca de satisfação e de virilidade.

5. Vítor, tu serás um dia presidente do FC. Porto.

Depois desta salganhada na garagem diria até que ninguém te derrota quando chegar o momento.

Mas não repitas isso.

Os miúdos veem-te como um exemplo.

E têm de ser as pessoas como tu a provar que o mundo pode ser mudado, que podemos ser melhores.

Mais inteligentes.

Mais respeitadores das diferenças de género.

Menos racistas e menos rascas.

Mais globais e mais capazes de se adaptarem a um mundo tão diverso.

Pensa nisto.

Não ponhas um bigode - não ficas bem de bigode, Vítor.

A sério.

Vai por mim.

Mal por mal, numa próxima vez que te indignes com alguém, até palhaço é preferível a “corno”.

“Corno” é a palavra mais usada pelos gajos que matam as mulheres por acharem que o são.

Não perpetues o que nos faz animais.

Luís Osório

publicado às 14:45

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Santa Clara, 14 de Maio de 2022, às 20h30

Leão Zargo, em 13.05.22

Sporting 2 Santa Clara 1 2020-21 1ª Liga Coates.j

Sporting e Santa Clara defrontam-se amanhã para a 34ª jornada da 1ª Liga. No jogo entre as duas equipas na época passada, em Alvalade, os leões conseguiram uma vitória difícil por 2-1. Pedro Gonçalves marcou na 1ª parte, Rui Costa empatou aos 84 minutos, mas valeu o golo já nos descontos de Seba Coates que, numa finalização cheia de argúcia e de oportunismo na pequena área, acertou com a baliza dos açorianos. O capitão voltou a ser decisivo, talvez com alguma sorte, no entanto, como se sabe, só quem a procura é que a encontra.

Apesar da posição do Sporting na classificação já estar definida, o confronto de amanhã é para ganhar por inúmeras e boas razões, para além do brio profissional e do respeito pelos adeptos, também se revela como importante para terminar a presente época igualando a pontuação da anterior. O Santa Clara apresenta-se em Alvalade disposto a conquistar o 7º lugar, com o aval de não perder há cinco jogos consecutivos. A equipa leonina é mais forte, mas o futebol tem uma regra muito simples: nunca dar por vencido um jogo que ainda não se realizou.

Ainda esta época não acabou e cada um de nós já imagina a próxima. Há jogadores que vão sair e outros que vão entrar. Jeremiah St. Juste e Fatawu Issahaku estão certos, Morita parece que também, fala-se muito de Fran Navarro, de Trincão... E ainda há os que serão promovidos, para além dos que regressarão de empréstimos. Miguel Braga, Responsável de Comunicação do Sporting, sintetizou o momento actual: “Ganhámos a Supertaça e a Taça da Liga, mas mesmo assim o treinador queria mais: a final da Taça e o primeiro lugar. Temos de continuar a batalhar da mesma forma, cada vez mais unidos e juntos. Esta exigência que tem com a sua equipa, é bom que contagie toda a gente e que cada vez sejamos mais exigentes com os resultados que a equipa pode alcançar.” É este o caminho. Confiança!

Na fotografia, o capitão Coates em acção no Sporting - Santa Clara disputado em 2020-21.

ADENDA

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo, Rúben Amorim revelou o 'onze' inicial para amanhã:

 João Virgínia, Nuno Santos, Inácio, Seba (Coates), Neto, Porro, Bragança, Palhinha, Pote, Sarabia e Tabata.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Portimonense - Sporting, 7 de Maio de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 06.05.22

Portimonense 0 Sporting 2 2020-21 1ª Liga 3ª j..

Sporting e Portimonense defrontam-se amanhã para a 33ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, em Portimão, os leões venceram por 2-0 com golos de Nuno Mendes e Nuno Santos, logo aos 5 e 11 minutos de jogo. A equipa leonina, que dias antes tinha sido derrotada pelo LASK, entrou em campo disposta a resolver a contenda e a demonstrar o seu valor. Nuno Mendes estreou-se a marcar na competição, sendo considerado o melhor em campo. Os jogadores interpretaram com competência o que lhes foi exigido e foram muito superiores ao adversário. Tratou-se da 3ª jornada do campeonato e Sporting e Benfica continuaram em igualdade pontual no cimo da classificação com nove pontos cada.

A partida em Portimão é importante para o Sporting como tantas outras que disputou esta época. Nação Valente escreveu no Camarote Leonino, com muito sentido de oportunidade, que “até ao lavar dos cestos é vindima”. Se bem que a questão do título de campeão pareça estar resolvida, em competição deve ser assim mesmo e porque uma boa prestação desportiva no final desta época insere-se na preparação da próxima. Como é habitual, há jogadores que vão sair e outros que vão entrar, é sempre assim, mas o núcleo estruturante já lá está, por certo projecta-se melhor o futuro num ambiente desportivamente optimista e motivador para todos os participantes. E como salientou Leão do Norte, “a cultura de vitórias e o sucesso desportivo não ligam com intervalos no esforço competitivo”.

Na fotografia, imagem do Portimonense 0 - Sporting 2 disputado na época passada.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (2021-22)

Sporting - Gil Vicente, 1 de Maio de 2022, às 20h30

Leão Zargo, em 30.04.22

Sporting 3 Gil Vicente 1 2020-21 1ª Liga Coates.j

Sporting e Gil Vicente defrontam-se amanhã em Alvalade para a 32ª jornada da 1ª Liga. No jogo em Alvalade entre as duas equipas na época passada, os leões venceram por 3-1. Foi uma vitória difícil, os gilistas até marcaram primeiro, aos 52 minutos, mas em dois minutos (82 e 84) Andraž Šporar e Tiago Tomás viraram o marcador que Pedro Gonçalves confirmou nos descontos. Tratou-se de um jogo em atraso, e com este resultado o Sporting ascendeu ao 2º lugar da classificação com 13 pontos, a dois do Benfica.

No final do jogo com o Boavista, questionado sobre a derrota do Porto em Braga, Rúben Amorim considerou que “o foco está no que temos de fazer. A seguir temos um jogo com o Gil Vicente e temos de voltar ao nosso nível, às nossas vitórias. Não muda assim tanto no que nós temos de fazer. Faltam três jornadas e, portanto, temos de nos focar no segundo lugar, que é muito importante para nós”. Segurança defensiva, pressão, posse de bola no meio campo do adversário com boa dinâmica ofensiva para criar situações de finalização para golo.

O Gil Vicente vai apresentar-se em Alvalade de maneira semelhante à da Luz e de Braga (onde venceu) e do Dragão (onde empatou): reforço defensivo com quatro defesas e dois médios mais recuados (Vítor Carvalho e Pedrinho), Fujimoto à frente deles, dois alas e um avançado solto à procura da sua oportunidade. Um guarda-redes seguro, boa ocupação do meio campo e grande agressividade nos duelos individuais. Fora de casa com o Benfica, Braga e Porto para a 1ª Liga, os gilistas marcaram quatro golos e sofreram dois golos. Um jogo muito difícil para o Sporting.

Na fotografia, Coates e Fujimoto no Sporting 3 - Gil Vicente 1 disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

sérgioconceição.jpg

No final do último jogo entre o Braga e o Porto repetiram-se as cenas (mais do que) deploráveis a que os portistas já nos habituaram. Entre outras coisas, para além da falta de desportivismo, tratou-se de preparar o jogo seguinte pressionando de antemão a equipa de arbitragem que vai ser nomeada.

Sobre o comportamento de Sérgio Conceição, Luís Gonçalves e Pepe no final do jogo em Braga, ao dirigir-se à equipa de arbitragem liderada por Hugo Miguel, o diretor de comunicação do Sporting, Miguel Braga, questionou o Conselho de Discplina da FPF:

«É estranho, para não dizer outra coisa, que sempre que o FC Porto perde pontos temos este espetáculo didático para mostrar ao público português. Mas é impossível falarmos de Sérgio Conceição, Luís Gonçalves e Pepe sem falar do Conselho de Disciplina. O Nuno Santos foi suspenso por insultar um colega, o Matheus Reis foi suspenso porque fez um gesto a um colega. Agora o treinador do FC Porto insultou, gozou e enxovalhou de propósito o árbitro. Agora não há castigo? Quanto tempo vamos esperar para que seja aplicada alguma coisa a Sérgio Conceição?»

Ainda um dia destes, fingindo-se indignado, Sérgio Conceição garantiu que “não vale tudo para ganhar”. Como diz o outro, “faz o que eu digo, mas não faças o que eu faço”.

publicado às 10:49

Edwards!

Leão Zargo, em 27.04.22

22288659_ZvUYs.jpeg

O futebol é um desporto colectivo e o “jogo” de uma equipa é muito mais do que a simples soma das partes. O contributo individual optimiza aquilo que todos desenvolvem em conjunto. No jogo no Bessa, Marcus Edwards pela terceira vez foi considerado “o melhor em campo”, o que é verdadeiramente notável, de se lhe “tirar o chapéu”!

publicado às 09:03

22288652_Y7W4e.jpeg

Um Rapaz Magro, Esguio, de Uma Calma Britânica - Biografia de José Alvalade”, de Luís Costa Dias, Paulo J. S. Barata e Vasco Borges de Campos, Editor: Contraponto Editores, Edição: Abril de 2022.

Assinada por historiadores da Universidade Nova e da Biblioteca Nacional, esta biografia do fundador do Sporting conta com documentos inéditos do arquivo pessoal do visconde de Alvalade, ao qual os autores tiveram acesso exclusivo.

A vida de José Alvalade era até hoje praticamente desconhecida, mas o aparecimento recente do arquivo pessoal do Visconde de Alvalade, seu avô, permitiu revelar fotografias e cartas inéditas, e muitas facetas da sua vida privada.

Profusamente ilustrada com imagens e documentos da época, esta biografia é o retrato de corpo inteiro de José Alvalade, que nos permite acompanhar o seu percurso de vida e os projetos a que meteu ombros, e dentre eles o maior, a criação e projeção do Sporting Clube de Portugal.

publicado às 08:48

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Boavista - Sporting, 25 de Abril de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 24.04.22

Boavista 0 Sporting 2 2020-21 1ª Liga golo de P.

O Sporting e o Boavista defrontam-se amanhã para a 31ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, no Estádio do Bessa, os leões venceram por 2-0, com os dois golos marcados por Nuno Santos e Pedro Porro. Foi no jogo em que Fábio Veríssimo admoestou Palhinha com um cartão amarelo que depois, o próprio árbitro, reconheceu ter sido mal mostrado. Com este resultado, o Sporting manteve a liderança na classificação com quatro pontos de avanço sobre o Porto e seis sobre o Benfica.

Tradicionalmente, o Bessa é um campo difícil, mas com humildade, garra, racionalidade e coragem os leões ficarão mais perto de vencer. Espírito coletivo tem de ser a palavra chave que define o momento sportinguista. Isso todos sabemos de ciência certa. Nestes últimos jogos decisivos com o Benfica e o Porto, a equipa pareceu estar sem fôlego anímico e alguns jogadores em quebra física. A instabilidade à volta de Slimani não ajuda à concentração e foco naquilo que é essencial, mas amanhã o jogo é para ganhar e quem é resistente o acaso vai ao seu encontro e fica mais perto do triunfo. Paulinho e Pedro Porro não vão alinhar por motivo de castigo federativo.

A intervenção de Rúben Amorim no final do jogo no Dragão foi bem reveladora. Ainda há muito por jogar esta época e que não pode ser perdido. Confirmar com o Gil Vicente o acesso directo à Champions. Todos nós queremos ganhar tudo, mas o essencial é estar sempre na luta até à fase final das decisões. É isso que possibilita as conquistas de títulos, sabendo que não há nenhuma equipa que ganhe tudo todos os anos. Rúben Amorim continua igual a si próprio, como o conhecemos desde o seu primeiro dia em Alvalade. Com liderança, em pouco tempo foi capaz de criar um futuro para o Sporting feito de exigência de vitórias.

Na fotografia, Pedro Porro no Boavista - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

Vencer no Dragão

Leão Zargo, em 20.04.22

Sporting CP.jpg

Há jogos assim, como o de amanhã no Dragão, que serão verdadeiramente épicos se os jogadores leoninos os superarem com sucesso. Nos próximos anos será recordado como um enorme acontecimento e os nomes dos jogadores repetidos por todos os adeptos. Chegados a este ponto, não adianta dizer que se trata do Estádio mais difícil por inúmeras razões para o Sporting, mas é fundamental transformar a agressividade do ambiente num factor de motivação e de empolgamento. Por essa razão é essencial o foco, a concentração, no jogo, sem envolvimento em inúmeros factores exteriores provenientes, nomeadamente, do banco portista. Se não houver cabeça fria é quase certo que a derrota será inevitável.

Apesar de estar em vantagem na eliminatória, julgo que o Porto não se vai apresentar à defesa como o Benfica fez em Alvalade, e que procurará assumir alguma iniciativa do jogo. Conhecendo a dificuldade dos leões perante equipas muito defensivas, penso que isso é bom para o Sporting. Não sei se Rúben Amorim fará alterações significativas, é um jogo para arriscar com alguma segurança (se isto existe no futebol), mas o que mudar será para introduzir força, velocidade e criatividade à equipa, sabendo que o adversário vai procurar anular os passes em profundidade, fechar pelo meio e evitar cruzamentos perigosos para a grande área. Acontece que este é um jogo de tudo ou nada.

Creio que Rúben Amorim fará apenas alterações cirúrgicas. Na defesa, alinharão Gonçalo Inácio, Coates e Matheus Reis, com Porro e Nuno Santos nas laterais. São os melhores, mas admito que Neto possa ser escolhido, indo Matheus Reis para o lugar de Nuno Santos. É um jogo para a mestria de Matheus Nunes e ao lado dele estará Palhinha ou Ugarte. Se entrarem os dois de início estaremos perante uma mudança significativa feita à custa de um dos avançados. Lá à frente é onde tenho maiores dúvidas. O habitual tridente PSP (ou com Slimani?) ou o “carrocel” de Edwards, Sarabia e Pote para dificultar as referências de marcação à defesa portista.

publicado às 11:00

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Benfica, 17 de Abril de 2022, às 20h30

Leão Zargo, em 16.04.22

Sporting 1 Benfica 0 2020-21 1ª Liga.jpg

Amanhã há dérbi em Alvalade para 30ª jornada da 1ª Liga. Na época passada, no Estádio de Alvalade, o Sporting venceu por 1-0, com Matheus Nunes em grande destaque por ter marcado aos 90+2 minutos. As duas equipas encaixaram no mesmo 3-4-3, o jogo foi muito táctico, com muita expectativa no erro do adversário, os leões foram superiores, arriscaram mais, remataram mais, mas foi só à beira do fim é que finalmente conseguiram segurar a vitória. Com este resultado, o Sporting continuou na liderança da prova, com quatro pontos de avanço sobre o FC Porto e mais nove pontos que o Benfica. 

No caso do Sporting, será um dérbi marcado pela ausência de Matheus Reis que foi considerado o melhor defesa no mês de Março na Liga Portugal. Há decisões que provam que não há coincidências sem um motivo. A uma vitória corresponde sempre três pontos, mas neste caso há outros aspectos a considerar, nomeadamente a disputa por um lugar de acesso à Champions. Depois deste jogo ficam a faltar quatro jornadas e se a equipa leonina vencer (ou mesmo se empatar) dará um passo gigante para assegurar esse lugar.

Amanhã, prevejo que Rúben Amorim regressará ao modelo mais eficaz (e testado) neste momento, com Paulinho ladeado por Sarabia e Pote (ou Edwards). De acordo com o desenrolar do jogo, há a possibilidade de entrar Slimani, para jogar ao lado de Paulinho, para dar mais poder de “fogo” e profundidade. Apesar de ainda não estar suficientemente rotinada (ou talvez ser mais adequada para jogar frente a equipas muito fechadas), estará de “reserva” aquela linha ofensiva com Edwards - Sarabia - Pote cuja movimentação, sem qualquer jogador fixo, cria grandes dificuldades à defesa adversária por não ter referências de marcação.   

Na fotografia, Matheus Nunes cabeceia para o único golo no Sporting - Benfica disputado na época passada.

publicado às 14:30

“O melhor em campo!”

Leão Zargo, em 12.04.22

Marcus Edwards.jpg

Quando um jogador é considerado o melhor em campo merece o devido destaque. Mas, quando alguém que chegou recentemente ao Sporting, foi titular duas vezes e em ambas mereceu essa designação, então é motivo de alguma surpresa e obriga a uma observação ainda mais atenta. Aconteceu nos jogos com o Moreirense, em que Marcus Edwards se estreou a titular, e agora com o Tondela.

Marcus Edwards era um desejo antigo de Rúben Amorim. Que me recorde, as primeiras notícias dos contactos entre o Sporting e o Vitória de Guimarães são de Maio de 2021. Não foi possível tê-lo no início da época, mas veio em Janeiro passado. O jogador foi campeão europeu sub-19 pela Inglaterra em 2017, numa competição em que Portugal foi a outra selecção finalista. O seu futebol repentista, de pára e arranca, com dribles imprevisíveis e movimentação felina a toda a largura do relvado, tornaram-no já numa das referências da estratégia ofensiva sportinguista.    

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1º Liga 2021-22)

Tondela - Sporting, 9 de Abril de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 08.04.22

Tondela 0 Sporting 1 2020-21 1ª Liga 23ª j. golo

Sporting e Tondela defrontam-se amanhã para a 29ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, no Estádio João Cardoso, os leões venceram por 1-0, com um golo marcado por Tiago Tomás aos 81 minutos. Foi um jogo de muita luta, muitos duelos individuais, grande intensidade da equipa da casa na definição da pressão e contenção das investidas sportinguistas. Com poucas oportunidades de golo de parte a parte, valeu Tiago Tomás que aproveitou um mau alívio de um defesa adversário para rematar de primeira sem hipóteses para o guarda-redes Trigueira. Com esta vitória, o Sporting manteve o Porto à distância de 10 pontos.

Tradicionalmente, o Sporting confronta-se com dificuldades em Tondela e Nuno Campos, o novo técnico tondelense, conseguiu uma vitória e um empate em dois jogos. No futebol acontece frequentemente, quando um treinador chega há uma injeção de motivação, de crença. É esse o ambiente que os leões vão encontrar, uma equipa a jogar com a “faca nos dentes” ansiosa por pontuar para subir na tabela classificativa. De maneira vergonhosa e abusiva, o Conselho de Disciplina da FPF castigou e impediu de Nuno Santos de ir a jogo.

Não há outra alternativa, o Sporting tem de controlar o jogo para assim alcançar a vitória. Segurança defensiva, dinâmica ofensiva, não dar “abébias” ao adversário nem permitir-lhe hipóteses de finalização, com movimentos e contra-movimentos certos, adequados. Nisso, Ugarte vai ter um papel importante na forma como se compromete com o jogo, pelo seu espírito combativo, como equilibra o meio campo e como lança os companheiros mais adiantados. À frente, justamente, Edwards espreita a titularidade, mas aposto que Rúben Amorim vai manter o tridente mágico, com Pote e Sarabia nas alas e Paulinho no meio.

Na fotografia, imagem do Tondela - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Paços de Ferreira, 3 de Abril de 2022, às 20h30

Leão Zargo, em 02.04.22

liga-nos-sporting-cp-x-fc-pacos-de-ferreira.jpg

O Sporting e o Paços de Ferreira jogam amanhã para a 28ª jornada da 1ª Liga. Na época passada, em Alvalade, os leões venceram os castores por 2-0, com golos de João Mário e João Palhinha. O nº 6 foi o melhor jogador em campo, pelo excelente golo que conseguiu e pela forma como jogou e marcou as zonas de pressão e compensou as subidas dos laterais. A equipa pacense treinada por Pepa constituía uma das grandes sensações do campeonato da 1ª Liga. Como o Porto empatou em casa com o Boavista, com este triunfo o Sporting passou a liderar a classificação da competição com 10 pontos de vantagem sobre o segundo classificado. Pela segunda vez na história o Clube liderava com 10 pontos a mais, a anterior foi em 1950-51 com a vitória ainda a valer 2 pontos.

Depois de um início de época algo irregular, o Paços de Ferreira estabilizou o seu futebol e nos últimos cinco jogos para o campeonato venceu quatro e perdeu apenas um, com o Porto. A contratação de César Peixoto contribuiu para essa recuperação e, agora, luta pelo acesso a uma prova europeia. Em treze jogos conquistou 22 pontos, sendo que metade deles foram obtidos como equipa visitante. Trata-se de uma equipa bem preparada e organizada com e sem bola, com jogadores que fazem várias posições. O maior destaque vai para Nico Gaitán e para a capacidade de organização dos médios Luiz Carlos e Nuno Santos, que em Fevereiro foi eleito o melhor jogador jovem da 1ª Liga. Mas, os pacenses valem pelo seu conjunto.

Depois da interrupção para os jogos da Selecção Nacional, “vamos entrar na recta final da maratona que é o campeonato nacional de futebol, embora com outra designação. A comparação com a maratona justifica-se porque é uma prova de regularidade. (…) Que este interregno sirva para recuperarmos forças para lutas imediatas, pois ainda nada está fechado”, como escreveu Nação Valente no Camarote Leonino. A época que decorre está a ser positiva para o Sporting que, até agora, conquistou duas competições (Supertaça e Taça da Liga). Apesar de estar em situação algo desfavorável, ainda está na luta pela Liga Portugal e pela Taça de Portugal. Para o jogo com o Paços de Ferreira, Rúben Amorim tem todos os jogadores à sua disposição, embora Coates e Slimani possam ter regressado das selecções com alguma limitações físicas.

Na fotografia, Palhinha em acção no Sporting 2 - Paços de Ferreira 0 em 2020-21.

publicado às 14:30

Joni Brandão Sporting-Tavira.jpg

Os portugueses Amaro Antunes (W52 - Porto) e Joni Brandão (Sporting - Tavira) foram oficialmente considerados os vencedores da Volta a Portugal 2017 e 2018, respetivamente, pela União Ciclista Internacional, depois de o Tribunal Arbitral do Desporto confirmar a suspensão de Raúl Alarcón. O ciclista espanhol, que viu o Tribunal Arbitral do Desporto confirmar a suspensão por quatro anos decidida pela UCI por "uso de métodos e / ou substâncias proibidas", sofreu a anulação de todos os resultados desportivos entre 28 de Julho de 2015 e 21 de Outubro de 2019

Fez-se justiça a um ciclista que realizou uma época extraordinária a que apenas teria faltado o triunfo na prova-rainha. De facto, Joni Brandão, no plano individual, e a equipa Sporting - Tavira, colectivamente, foram os vencedores do "ranking" da Associação Portuguesa de Ciclistas Profissionais (APCP) em 2018, que premeia a regularidade ao longo de toda a época. O chefe-de-fila do Sporting - Tavira tinha terminado o ano com 1177 pontos, valor que agora será revisto por ter passado de segundo a primeiro classificado na Volta a Portugal.

publicado às 17:00

Um século a formar sportinguistas

Leão Zargo, em 31.03.22

Sporting 100º aniversário do Boletim.jpg

Em 31 de Março de 1922 foi publicado o primeiro “Boletim do Sporting Club de Portugal”, com a periodicidade quinzenal. Inicialmente tinha oito páginas no formato de 20x28, com o pagamento facultativo de 2$00 semestrais. Trata-se do mais antigo periódico europeu de um clube desportivo. O aprofundamento do espírito sportinguista, a defesa dos interesses do Clube e a circulação da informação seriam alguns dos objectivos iniciais e “Razão de ser” foi o sintomático título do primeiro editorial.

Inúmeras gerações de sportinguistas consolidaram a sua paixão e o seu querer através da leitura das narrativas escritas por grandes leões nas páginas do Boletim, que depois passou a Jornal em Junho de 1952. José do Carmo Francisco escreveu que “realizei o meu sonho de criança quando na minha aldeia natal (Santa Catarina) ia atrás do carteiro para ler em primeira mão o jornal do Sporting logo que a D. Teresa ou o senhor Josué lhe cortassem a cinta de papel que o envolvia”. Era esse o sentimento de tantos e tantos leões que, pelo país fora, aguardavam ansiosamente pela leitura do nosso jornal num tempo em que ele era a principal fonte de informação sobre o nosso Clube.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

V. Guimarães - Sporting, 19 de Março de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 18.03.22

V. Guimarães 0 - Sporting 4 2020-21 1ª Liga.jpg

Vitória de Guimarães e Sporting defrontam-se amanhã para a 27ª jornada da 1ª Liga. No Estádio D. Afonso Henriques, na época passada, os leões venceram por 4-0 e seguraram de forma convincente a liderança isolada que tinham conquistado na jornada anterior. Um resultado invulgar naquele campo. Pedro Gonçalves bisou com dois golos e Nuno Santos e Jovane Cabral marcaram os restantes. Nos últimos seis confrontos entre os dois clubes no Minho, o Sporting venceu duas vezes e os vimaranenses uma, tendo-se verificado empate nas outras três partidas.

Edwards não engana, é um jogador com características diferentes, muito forte a ir para cima, de entrar nas defesas e desequilibrar. É mais disponível fisicamente do que pode sugerir à primeira vista. Agora, Porro encontrou outro parceiro para fazer a ala direita com grande qualidade. Sarabia deve ser titular, mas é importante haver alternativas. Há ainda Pote que necessita de alcançar o ritmo competitivo, o que se consegue… jogando. Isto é verdade também para Palhinha, mas creio que Ugarte será indiscutível neste momento. Na frente deverão estar Paulinho e Slimani. O primeiro essencial na ocupação de espaços, nas transições e nas bolas paradas, o segundo indispensável na profundidade e na capacidade de luta. Gonçalo Inácio regressa. Feddal viu o quinto cartão amarelo e vai cumprir um jogo de castigo. Os leões não sofrem golos há três jogos consecutivos.

Trata-se de um lugar comum afirmar que é complicado jogar em Guimarães. O resultado da época passada é enganador. Depois de uma fase irregular, os vimaranenses apresentam maior organização e consistência competitiva. Os triunfos com o Famalicão e o Marítimo nas duas últimas jornadas são reveladores. Mas, se jogar como equipa grande, o Sporting é capaz de vencer em qualquer campo. Isso já nós sabemos. Uma vitória leonina permitirá colocar pressão sobre o Porto e manter o Benfica à distância.

Na fotografia, os jogadores leoninos festejam um dos dois golos de Pote no V. Guimarães - Sporting de 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Moreirense - Sporting, 14 de Março de 2022, 20h15

Leão Zargo, em 13.03.22

Moreirense 1 - Sporting 1 2020-21 1ª Liga.jpg

O Sporting defronta amanhã o Moreirense para a 26ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, em Moreira de Cónegos, os leões dominaram a partida, remataram muito à baliza adversária, tiveram dois golos anulados por foras de jogo “milimétricos”, o jogo parecia controlado, mas os da casa marcaram mesmo no final e terminou empatado (1-1). Paulinho estreou-se a marcar com a camisola verde e branca. Depois desta jornada, ainda sem conhecer o travo amargo da derrota, o Sporting continuou a liderar a classificação do campeonato com oito pontos de vantagem sobre o Porto.

A participação na Champions terminou de uma maneira que dignificou a equipa leonina. Houve oportunidades de golo para os dois lados e desde Novembro de 2019, foi a única que não perdeu no Etihad Stadium em jogos da Liga dos Campeões. “Este jogo vale muito, aprendemos muito, crescemos muito, percebemos o que é jogar contra estas equipas”, como sublinhou Rúben Amorim. Apesar da continuidade directiva, a tomada de posse dos novos órgãos sociais do Clube estabelece um virar de página, uma “Nova Era”, o que exige um esforço redobrado. No Sporting tudo tem de ser encarado com determinação e competência para se poder avançar com confiança e sucesso.

O jogo em Moreira de Cónegos revela-se bastante difícil. Com os “grandes”, em casa, o Moreirense joga duro, com inúmeras faltas e perdas de tempo para travar o ímpeto do adversário. Amanhã vamos assistir a isso mesmo, muita luta, muito confronto físico, até pela difícil posição do clube na classificação. Para os leões, a semana foi de recuperação e de concentração, sempre máximas. Pote treinou normalmente com os companheiros, mas Palhinha e Bragança continuam em tratamento médico. Aguardo com expectativa para ver se Paulinho e Slimani mantêm ambos a titularidade visando diferenciar os movimentos ofensivos de aproximação à baliza.

Nota: Na conferência de imprensa de antevisão ao Moreirense, Rúben Amorim insistiu que “tudo pode acontecer” até final do campeonato, que os três “grandes” continuam na luta pelo título e remeteu as contas para o final da época. “Não vale a pena estarmos a pensar, porque não sabemos o que vai acontecer nos jogos do FC Porto ou do Benfica ou do Braga. É vencer o Moreirense, voltar para casa, preparar o próximo jogo e não fazer contas”, concluiu. O treinador sportinguista informou que Palhinha recuperou da lesão que o afastou dos últimos jogos e que Daniel Bragança também vai a Moreira de Cónegos, reconhecendo que, assim, a equipa fica mais forte.

Na fotografia, Paulinho marca no Moreirense - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Arouca, 5 de Março de 2022, 20h30

Leão Zargo, em 04.03.22

Sporting 3 - Arouca 0 2016-17 1ª Liga Bas Dost.jp

O Sporting defronta amanhã o Arouca para a 25ª jornada da 1ª Liga. Para a 1ª Liga, no Estádio de Alvalade, os dois clubes defrontaram-se pela última vez em 2016-17 e os leões venceram por 3-0, com golos de Bas Dost (dois) e de Joel Campbel. Finalmente uma vitória depois de não se conhecer o sucesso em quatro jogos consecutivos. Com este resultado na 10ª jornada do campeonato, o Sporting ficou com 21 pontos, os mesmos que o Porto, e menos cinco que o Benfica.

O futebol do Arouca tem mais qualidade do que revelam os seus 22 pontos na classificação geral. Há que vencer este jogo, no Sporting luta-se até ao último instante. Ganhar e perder fazem parte do futebol, embora desencadeiem sentimentos diferentes. A tenista Martina Navratilova afirmou que aqueles que, no desporto, defendiam que ganhar ou perder não importava, provavelmente, tinham perdido. Para trilharmos de novo os caminhos da vitória temos de ser capazes de “olhar para dentro” para avaliarmos e corrigirmos o que não está bem. Mais do que os outros, toda a complexidade envolvente que não podemos modificar, o foco será sempre sobre “nós”, com as nossas qualidades, as potencialidades e as fragilidades. Porque nem o ganhar nem o perder são permanentes.

Amanhã completam-se dois anos sobre a apresentação de Rúben Amorim como treinador principal do Sporting, três dias antes de um jogo com o Desportivo das Aves que precedeu a paragem competitiva devido à pandemia de covid-19. Desde essa data, à frente da equipa sportinguista, Rúben Amorim alcançou 50 vitórias em 68 jogos para o campeonato da 1ª Liga. Na história leonina, apenas Joseph Szabo (em 65 jogos) e Randolph Galloway (em 66) conseguiram meia centena de triunfos em menor número de desafios.

Amanhã é dia de jogo e dia de eleições. Que seja um dia de grande sucesso para o Sporting Clube de Portugal!

Na fotografia, Bas Dost no Sporting 3 - Arouca 0 disputado em 2016-17.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Marítimo - Sporting, 26 de Fevereiro de 2022, 18h00

Leão Zargo, em 25.02.22

Marítimo 0 - Sporting 2 2020-21 1º golo de Pote.

O Sporting defronta amanhã o Marítimo para a 24ª jornada da 1ª Liga. Em 2020-21, no Funchal, Pedro Gonçalves bisou na vitória por 2-0. Tratou-se da última jornada da 1ª volta do campeonato, que os leões concluíram com 14 vitórias e três empates em 17 jogos, a sua melhor 1ª volta dos últimos 70 anos. Como o Porto empatou com o B-SAD no Jamor, o Sporting passou a liderar com 6 pontos de vantagem sobre os dragões.

Com o Marítimo disputa-se mais uma final para ser vencida. A equipa sportinguista não poderá contar com Palhinha, Sarabia e Tabata, todos a cumprir castigo, mas nas opções de Rúben Amorim já estarão Coates e Esgaio que falharam a recepção ao Estoril Praia por se encontrarem suspensos. Se a ausência de Palhinha pode ser colmatada por Ugarte, a de Sarabia e a de Pote, ausente por mialgia, originarão a titularidade de Nuno Santos, Slimani ou Edwards. Aposto em Nuno Santos, com Matheus Reis a defesa esquerdo e Feddal ao lado dos centrais, e em Slimani, que Amorim diz ser compatível com Paulinho.

No jogo de amanhã, a pressão estará toda sobre o Sporting e o Marítimo vai apresentar-se descontraído à procura da oportunidade de pontuar. A frustração da pesada derrota com o City já foi analisada e assumida, o futebol tem a condição de gerar expectativas que depois se vão tornar na realidade dominante. A realidade agora é que o Sporting continua na luta pela conquista do bi-campeonato, uma proeza que não alcança desde 1952.

Lista de convocados:
Adán, André Paulo, Virgínia, Porro, Esgaio, Coates, Inácio, Neto, Matheus Reis, Feddal, Rúben Vinagre, Essugo, Matheus Nunes, Daniel Bragança, Ugarte, Nuno Santos, Marcus Edwards, Paulinho, Slimani.

Na fotografia, Pedro Gonçalves, assistido em profundidade por Gonçalo Inácio, prepara-se para marcar o primeiro golo no Marítimo - Sporting disputado em 2020-21.

publicado às 14:30

O Sporting joga amanhã… (1ª Liga 2021-22)

Sporting - Estoril, 20 de Fevereiro de 2022, 18h00

Leão Zargo, em 19.02.22

Sporting 2 - Estoril 1 1ª Liga 2017-18.jpg

O Sporting defronta amanhã o Estoril para a 23ª jornada da 1ª Liga. Para a 1ª Liga no Estádio de Alvalade, os dois clubes defrontaram-se pela última vez em 2017-18 e os leões venceram por 2-1, com dois golos de Gelson Martins e Bruno Fernandes. Aos 11 minutos a equipa sportinguista vencia por 2-0, mas baixou o ritmo de jogo e a pressão sobre a equipa adversária, sofreu um golo perto do fim e correu o risco de empatar a partida.

Antes de se iniciar, cada jogo de futebol é como que uma folha de papel A4 em branco. No final está toda escrita, mas para alguns jogos são necessárias várias folhas para que a lição fique completa. É o caso dos dois últimos jogos, no Dragão e em Alvalade com o City. Se os nossos jogadores na Liga Bwin revelam grande amadurecimento e traquejo, na Champions chegaram a parecer paralisados perante a categoria dos adversários.

A superação nas adversidades é algo que se vai aprendendo na prática, que se constrói competindo, como recordou Rúben Amorim ao garantir que... “o Sporting vai ser muito melhor no futuro, tenho a certeza absoluta, principalmente porque vejo um Sporting unido”, sublinhando que “precisamos de tempo. Há que aproveitar o jogo (com o City) para crescer”.

Amanhã a equipa leonina estará de regresso à sua realidade competitiva e o que realmente interessa é que seja capaz interpretar o jogo de forma perfeita. No fim de contas, que em campo demonstrem de novo que o todo é mais do que a simples soma das suas partes, o que constitui a essência do projecto sportinguista. E desejamos uma arbitragem imparcial, não é exigir muito.

Na fotografia, Battaglia em acção no Sporting - Estoril disputado em 2017-18.

publicado às 14:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds