Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Screenshot (597).png

Algumas considerações do Dr. Frederico Varandas, em síntese, na entrevista de ontem à noite na CNN Portugal, entre as quais a confirmação que vai recandidatar-se à presidência do Sporting nas eleições de 5 de Março.

Sobre Rúben Amorim

"Nunca liguei muito ao que se diz sobre Amorim, caso contrário nunca o teria contratado. Todos achavam que não era bom para o Sporting. Foi uma jogada de antecipação, foi um momento decisivo, se não estaria num rival no final do ano, não tenho dúvidas algumas. Quando fechámos Amorim já havia pressão para ele não assinar pelo Sporting. Amorim dificilmente vai encontrar na carreira uma estrutura como esta.

A função de um presidente é reunir e fazer acreditar num projecto. Sporting chegou a um momento, em 2020, quando pode ir buscar este treinador, tem ao seu lado uma estrutura espectacular. Rúben Amorim é ainda jovem, está no primeiro ano da Champions e vai aos 'oitavos', campeão e está a discutir os outros títulos. É um treinador brilhante, um homem normal, como o presidente ou outros administradores. É um excelente líder. Amorim tem um contrato que quis assinar, até 2024, se me preocupar com Amorim tenho de me preocupar se vai haver sismo em Lisboa.

Saída? Não é hipótese. Amorim é inteligente, sabe que está a crescer, tem as condições ideias para crescer. Se calhar não vai estar 10 anos no Sporting, 8, 6, 4... Sei que assinou um contrato e está feliz. É um não assunto para nós. Ele é muito transparente. Claro que não tenho plano B. O Rúben Amorim é muito feliz no Sporting, para mim é um não-assunto. Sofríamos por não ter o Amorim, agora estamos a sofrer por o ter? Eu não, que não sofro nada. Preparado para o perder? É um não-assunto para nós, para mim e para o treinador".

O dia em que a bola não entrar

"Com opiniões positivas fico sempre lisonjeado, tal como vi agora esta carta aberta de 200 notáveis, que é uma palavra que não gosto de utilizar, não acho que haja… É um adjectivo que não considero justo. Há sócios conhecidos e outros que não o são. Claro que fico sensibilizado quando ando na rua e os sportinguistas vêm agradecer-me.

Em relação às sondagens, obviamente fico muito sensibilizado, mas não é por dizerem que fizemos um grande mandato ou mau trabalho que vamos alterar o nosso clube. É uma das qualidades da minha equipa, sermos imunes ao que se diz. O futebol é muito volátil. Sei que hoje tudo é maravilhoso, que ganhámos muitos jogos no último minuto, que muitos títulos e jogos vão ser decididos em pequenos detalhes, e que vai haver vezes que não vamos ganhar.

O sucesso não é eterno, e esse é o maior desafio de uma liderança. Sei que chegará a um momento em que a bola não vai entrar e que o fulano A, B, C ou D, que foi fundamental para a conquista do titulo, dizem que já não presta. Já perdi toda a ingenuidade de querer mudar o mundo, mas o mundo também se vai moldar a mim. Acredito no processo e na forma como trabalhamos. Quanto mais vezes trabalharmos bem, mais perto vamos estar de vencer".

img_467x599$2022_01_18_01_14_21_1951507.jpg

Sobre a arbitragem

"O Sporting tem uma maneira clara e transparente e ter colaborado por lutar por um melhor futebol, íntegro, transparente e positivo. Considero, sem dúvidas, que a arbitragem está muito melhor. A herança dele (Fontelas Gomes) foi terrível. Até achei curioso há uns tempos o Vítor Pereira dizer que é sportinguista. Não tem ajudado muito recentemente. Foi um retrocesso, uma desgraça. Basta ver o caso dos emails... Ninguém sentia, nem a Federação, foi feito um trabalho muito positivo. Está a evoluir. Está perfeito? Não! Os clubes estão perfeitos? Não.

O VAR tem passado por dores de crescimento. O Sporting agora é mais respeitado, porque também se dá ao respeito. Não é fazer barulho, protestar para inglês. Nós falamos pouco, mas quando temos de falar, falamos. Em três anos e meio falei com Fontelas Gomes várias vezes e nunca critiquei um árbitro ou pedi um árbitro. Ele pode comprovar isso. Dou o meu feedback de como as coisas podem evoluir".

Sobre Marcus Edwards e reforços

"O objectivo era manter o plantel que temos, seria o objectivo. Temos um departamento de scouting, que nos dá alternativas se fizerem falta. Tabata? Por troca não! Completamente fora. Nunca existiu. Não vou mentir. [Edwards] É um jogador que interessa ao Sporting, ao nosso treinador, é interessante, mas interessava já há algum tempo e não chegámos a acordo. Posso gostar de uma coisa, mas se colocar em risco a sustentabilidade do clube, não. À data de hoje dificilmente vamos ter mexidas. Ficava contente com o plantel que temos. Se pudesse ter 70 milhões, claro que reforçaria. É óbvio que se pudesse ter mais um central direito e ponta de lança, teríamos. Mas não vale a pena estarmos a chorar com o que não é possível".

Nuno Santos sabe que fez mal

"Hoje de manhã na Academia, falei com ele e disse-lhe tudo o que achava. Gerou muito falatório por culpa do Nuno Santos. É um grande jogador, decisivo para sermos campeões nacionais. É um profissional de futebol. Sabe que vai ser insultado, tem de saber. Não vai ser sancionado internamente, vai ser advertido. Ele próprio sabe que fez mal".

Futebol e Justiça

"Estando a justiça como está, se alguma coisa está mal nestes 30 anos é porque a justiça não funcionou. Se o problema está naquele juíz... falamos de fiscalização, não estou a pôr nenhum juíz como administrador. Em vez de se tratar o mal pela raiz, isola-se o futebol... Se há bandidos no futebol, que sejam presos".

Trocas de jovens com o FC Porto

"O Sporting fez trocas apostando no valor desportivo do jogador. Fizemo-lo com o Gonçalo Esteves, um jovem de 17 anos, com o Marco Cruz, outro internacional português, ainda mais jovem, em quem acreditamos. Fizemos do ponto de vista puramente desportivo. Porque é que o FC Porto as fez, terá de lhes perguntar. O Sporting não pôs essas trocas nos resultados, no relatório e contas".

Aliança entre Benfica e FC Porto

"Não tenho nenhum sinal que haja essa aliança. Não me preocupa. O Sporting tem feito o caminho sozinho, sem nenhuma aliança. Estamos habituados a trilhar o nosso caminho sozinhos, muitas vezes orgulhosamente sós. Não me preocupa se existe uma aliança entre FC Porto e Benfica".

Recandidatura

"Serei novamente candidato. Isto exigia que a minha equipa também o quisesse. Tive de falar primeiro com a minha família, é um cargo extremamente egoísta, afecta muito todas as pessoas à volta. Nunca pensei em não terminar o mandato, isso nunca. Quando decidi candidatar-me, acreditava que venceria e acreditava que este rumo levaria ao sucesso. Sei que essa foi uma das armas do sucesso foi nunca nos agarrarmos à reeleição. Tivemos de tomar medidas muito impopulares; tivemos de tomar medidas que muitos sócios, adeptos e até grupos de adeptos não iriam entender, saberíamos que teríamos de meter o dedo na ferida. Os 40 anos de insucesso de uma forma generalizada não se explicam apenas com factores externos, mas sim internos. Isso teria de ser mudado, teria de ser duro, e foi".

publicado às 03:34

A surpresa no último 'onze''

Rui Gomes, em 18.01.22

EtfZXwtXAAA-Q3C.jpg

Fiquei surpreendido com a titularidade de Daniel Bragança à custa de Matheus Nunes. Talvez o Matheus Nunes nos últimos jogos acusasse algum desgaste, mas também revela que Bragança tem treinado para ser titular. Rúben Amorim está atento.

Texto de Leão Zargo

Oportunidade muito bem aproveitada por Daniel Bragança. Aquelas viradas são geniais. Não só pela beleza estética, mas por serem consequentes. Ele está de facto a crescer. Mão de Amorim, mas inteligência do próprio.

Comentário do leitor Manuel Cunha

publicado às 03:33

Foto do dia

Rui Gomes, em 18.01.22

272120872_10158059079381923_9157706204622502151_n.

Mariana Bento é campeã nacional de provas combinadas de sub-23 

publicado às 03:32

352755851170c9f65515defaultlarge_1024.jpg

A FIFA distinguiu Cristiano Ronaldo com um prémio especial por ter batido o recorde de melhor marcador da história de selecções.

O capitão da selecção nacional leva 115 golos marcados por Portugal e quebrou em 2021 o recorde de Ali Daei, que detinha o recorde anterior, com 109 golos marcados pela selecção do Irão.

O actual jogador do Manchester United esteve em Zurique na gala e agradeceu o prémio a Gianni Infantini, presidente da FIFA:

"É um sonho, agradeço a todos os meus colegas de equipa na selecção. Nunca pensei bater este recorde, estou muito orgulhoso por este prémio. Agradeço à minha família, é muito bom ser o melhor marcador de sempre. Ainda tenho a paixão pelo jogo, não só por marcar golos. A minha motivação continua lá. Farei 37 anos em breve, mas sinto-me bem, motivado, trabalho duro desde que tenho 18 anos. Quero continuar, espero jogar mais quatro ou cinco anos".

Cristiano Ronaldo leva 14 golos esta temporada, ao serviço do Manchester United.

publicado às 03:31

GettyImages-1235846392-1536x959.jpg

Os jogadores que terminaram a fase de qualificação europeia para o Mundial 2022 com um cartão amarelo terão essa sanção retirada, com vista aos play-offs de acesso à fase final, anunciou, esta segunda-feira, a FIFA.

Tendo em conta que um jogador que seja sancionado com dois cartões amarelos durante a qualificação fica automaticamente suspenso por um jogo, a UEFA solicitou ao organismo máximo do futebol mundial uma ‘amnistia’ para os atletas que tinham terminado a fase de grupos com apenas um amarelo.

Desta forma, os cerca de 100 jogadores que se encontravam nesta situação vão entrar nos play-offs com ‘cadastro’ completamente limpo, pelo que um eventual cartão amarelo que lhes seja dado nas meias-finais não os impedirá de competir nas finais, caso as respectivas selecções se apurem.

Por outro lado, os jogadores que viram o segundo cartão amarelo na última jornada da fase de apuramento continuarão impedidos de jogar nas meias-finais dos play-offs, o mesmo acontecendo com atletas que tenham sido expulsos nessa derradeira ronda.

Com esta decisão da FIFA, os internacionais portugueses Rúben Dias, José Fonte, Danilo Pereira, João Moutinho, João Palhinha e Diogo Jota, todos com um cartão amarelo exibido na fase de apuramento, vão entrar nos ‘play-offs’ de ‘ficha’ limpa.

Em sentido contrário, João Cancelo e Renato Sanches, que foram admoestados com um segundo amarelo na última ronda da qualificação, frente à Sérvia, serão baixas para o embate com a Turquia, em 24 de Março, no Estádio do Dragão, na meia-final do caminho C dos play-offs.

Caso vença os turcos, Portugal jogará a final novamente naquele recinto, em 29 de Março, diante de Itália ou Macedónia do Norte, que se defrontam na outra meia-final do caminho C.

No caminho A, foram sorteadas as meias-finais Escócia-Ucrânia e País de Gales-Áustria, enquanto no caminho B jogar-se-ão o Rússia-Polónia e o Suécia-República Checa.

O vencedor de cada caminho nos play-offs europeus qualificar-se-á para a fase final do Mundial, ficando assim preenchidas as últimas três vagas europeias para o Catar 2022, para o qual já se apuraram directamente 10 selecções do velho continente.

O Campeonato do Mundo de 2022 será realizado no Catar, entre 21 de Novembro e 18 Dezembro.

publicado às 03:31

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 17.01.22

14bugatti-divo-99leadgallery-1535035005.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2022 Bugatti Divo - 5,9 milhões de dólares+

publicado às 22:30

Foto do dia

Rui Gomes, em 17.01.22

jpm_voleifemportovolei-3908.jpg

O "rugir" da leoa Aline Timm

publicado às 21:00

image.jpg

Ao que consta, o Sporting aguarda pelo desfecho do processo de contratação de Marcus Edwards. Ontem, em dia de jogo, as conversações pararam, mas serão hoje retomadas.

A recém-proposta financeira leonina de oito milhões de euros, mais Bruno Gaspar agora e Gonzalo Plata no Verão, é do agrado do V. Guimarães, que continua a analisar, porém, propostas da Premier League inglesa financeiramente mais vantajosas.

A combinação entre dinheiro e jogadores pesa, tal como para os representantes do jogador a valorização que ele possa ter num clube de Champions, caso do Sporting e de nenhum emblema inglês interessado no extremo.

publicado às 15:05

png-transparent-football-penalty-kick-goal-compute

O 'CIES Football Observatory' lançou esta segunda-feira um estudo relativo às equipas com mais penáltis assinalados a favor nos diversos campeonatos europeus desde 2018/19. Confira o 'top-10' da Liga Bwin, onde a formação que ocupa a primeira posição do ranking cobra um castigo máximo a cada 272 minutos, o equivalente a cerca de três jogos.

1.º - FC Porto (penálti a cada 272 minutos)

2.º - Sporting (penálti a cada 287 minutos)

3.º - V. Guimarães (penálti a cada 366 minutos)

4.º - Tondela (penálti a cada 409 minutos)

5.º - Santa Clara (penálti a cada 479 minutos)

6.º - Benfica (penálti a cada 527 minutos)

7.º - SC Braga (penálti a cada 531 minutos)

8.º - Marítimo (penálti a cada 664 minutos)

9.º - Moreirense (penálti a cada 702 minutos)

10.º - Portimonense (penálti a cada 708 minutos)

publicado às 15:00

As estatísticas do jogo

Rui Gomes, em 17.01.22

GoalPoint-Vizela-Sporting-Liga-Bwin-202122-90m.jpg

Algumas considerações de Rúben Amorim no final da partida em Vizela...

“Os primeiros dez minutos foram algo confusos para nós. Não conseguimos empurrar o FC Vizela para o seu meio-campo, como queríamos, e só o fizemos depois disso. A partir daí criámos várias oportunidades, chegámos mais vezes à frente e chegámos aos golos com naturalidade. Fomos para o intervalo com uma vantagem justa, a meu ver. Na segunda metade, tivemos mais bola, mas podíamos ter sido mais incisivos e devíamos ter marcado, mas não marcámos. Ainda assim, penso que foi uma vitória justa de uma equipa que voltou à sua identidade”.

"Daniel Bragança a titular tem a ver com as características do jogo. Ele é forte no espaço reduzido, o Vizela fecha bem a zona interior, o Matheus [Nunes] precisa de mais espaço, vinha de dois jogos seguidos e precisamos de todos preparados".

Screenshot (592).png

"Fiquei satisfeito sobretudo com a forma como o Pote jogou e pela equipa ter sido mais agressiva do que no jogo anterior".

"Uma boa equipa tem de sofrer poucos golos. Eles foram um exemplo na concentração e na intensidade. Tivemos alguma displicência nos nossos centrais na segunda parte. Fora isso, sempre concentrados".

"Os minutos finais eram escusados. O Nuno reagiu ao público, tem de se aguentar. Há uns que aguentam mais e outros menos. Houve ali expulsões - da equipa técnica - que não deviam ter acontecido, mas temos de proteger os nossos e foi isso que fizemos”.

"FC Porto, Benfica e Braga são muito fortes. Se baixarmos o nosso nível, podemos perder pontos em qualquer campo. Temos de controlar isso, ainda não somos equipa para deixar andar. Temos é de vencer o máximo de jogos possíveis e não pensar muito nas contas".

publicado às 03:33

Quem sabe não esquece

Rui Gomes, em 17.01.22

Pedro Gonçalves é um tipo muito especial e Rúben Amorim faz questão de frisá-lo, muito abertamente, como quem assiste todos os dias a uma experiência sociológica dentro de um jogador da bola. Ele parece por vezes alheado, um corpo estranho nesta coisa séria em que o futebol se tornou, em que é preciso ser e parecer, quando muitas vezes os jogadores não são mais do que, e ainda bem que assim é, miúdos com uma enorme vontade de jogar futebol.

Para o bem e para o mal, o Pote não pensa muito nas coisas”, disse o treinador há umas semanas. Fosse outro e talvez toda a gente visse ali uma crítica velada de Rúben Amorim ao jogador, mas não, já todos entendemos mais ou menos quem é Pedro António Pereira Gonçalves, um dia aparentemente indulgente, outro absolutamente decisivo e cheio de classe naqueles pés, com a cara de pau dos predestinados que andam nisto também (e se calhar principalmente) para se divertirem. Não há como não invejar esta espécie em vias de extinção.

GettyImages-1364995527-1536x1024.jpg

Nove jogos sem marcar é um elemento de grande pressão e Pote parecia meio fora dela nos últimos encontros: já nem sequer é o falhar golos, é não estar em campo, é ser apenas um corpo pairante no prado verde. Mas quem sabe nunca esquece. E Pedro Gonçalves sabe muito. 

É dele o primeiro golo do Sporting CP, aos 28’, num toque debruado a ouro a finalizar uma jogada de combinação entre os três da frente dos leões, também ela com muitos quilates. Começou em Paulinho, aquele avançado-mais-que-avançado, a vir atrás buscar jogo, a encontrar Sarabia na área, com o espanhol a dar o toque para o terceiro mosqueteiro. E naquele espaço exíguo, com um ror de adversários a aproximarem-se, Pote deu um suave toque com o pé, suficiente para a bola fugir de toda a gente e zarpar planante em direção à baliza.

Excerto da crónica de Lídia Paralta Gomes, em Tribuna Expresso

publicado às 03:32

Leoas rugiram mais alto

Rui Gomes, em 17.01.22

A equipa feminina de voleibol do Sporting CP venceu, este domingo, o Porto Vólei 2014 AD por 3-0, com os parciais de 25-21, 25-21 e 26-24, em partida a contar para a quinta jornada da segunda fase da Liga.

O três sets foram bem disputados, mas no final das contas as leoas levaram a melhor e garantiram a vitória.

jpm_voleifemportovolei-3741.jpg

Sporting: Carolina Garcez [L], Aline Timm [C], Daniana Esteves [L], Vanessa Paquete, Amanda Cavalcanti, Margarida Rocha, Thaís Bruzza, Juliana Carrijo, Lucía del Valle, Katherine Regalado, Jady Gerotto e Evgeniya Bochkareva.

publicado às 03:31

Infelicidade das leoas nos descontos

Rui Gomes, em 17.01.22

jl3_5908.jpg

Com onze baixas na equipa devido à Covid-19, a equipa feminina de futebol do Sporting CP perdeu por 1-0 na recepção ao FC Famalicão, em jogo a contar para a 3.ª jornada da fase de apuramento do campeão da Liga.

A treinadora Mariana Cabral, também ausente, foi substituída pelo seu adjunto João Almeida Rosa.

Ana Rita Oliveira, guarda-redes de 18 anos, estreou-se pela equipa principal e Mariana Larroquette, reforço de Inverno, também realizou o seu primeiro jogo de leão ao peito.

No final do sexto minuto de compensação, o FC Famalicão chegou ao 0-1 quando Daniela Silva marcou na conclusão de um contra-ataque. Um lance injusto quando o empate era o resultado esperado por todos.

Sporting CP: Ana Rita Oliveira [GR], Chandra Davidson (Inês Gonçalves, 88'), Carolina Beckert, Bruna Costa, Francisca Silva (Marta Ferreira, 45'), Rita Fontemanha [C] (Joana Dantas, 88'), Andreia Jacinto, Alícia Correia, Brenda Pérez, Ana Teles (Maísa Correia, 72') e Mariana Larroquette (Maria Ferreira, 76').

publicado às 03:30

Gosta de carros ?

Rui Gomes, em 16.01.22

aperta-main-bg.jpg

Um dos carros mais caros do Mundo

2022 Ferrari LaFerrari Aperta - 2,2 milhões de dólares

publicado às 23:00

Screenshot (591).png

Jogo sem problemas, à excepção de Fábio Veríssimo e alguns "pardais de telhado".

publicado às 20:00

Foto do dia

Rui Gomes, em 16.01.22

271914893_477121660446525_3073733139040877_n.jpg

Balneário pronto para receber a equipa.

publicado às 17:00

Regressam as "torres"

Rui Gomes, em 16.01.22

271941563_476564627168895_5942219582655822070_n.jp

Para grandes males, grandes remédios, neste caso quer em termos de estatura como do estatuto que gozam no Sporting. É que no regresso à Liga, no rescaldo da goleada ao Leça (4-0), na Taça de Portugal, a equipa leonina vai a jogo com os pesos-pesados para afastar em definitivo os fantasmas da derrota com o Santa Clara e dos cinco golos sofridos nos últimos dois jogos na competição. E para tal, na defesa voltam os senhores do anel... de campeão, isto é o trio de centrais de eleição para Rúben Amorim em 2020/21, em especial na segunda metade: são eles Gonçalo Inácio, Coates e Feddal.

E se, à primeira vista, este factor pode não surpreender, na verdade a história desde o início desta época diz-nos o contrário, dado que, em jogos para o campeonato, onde só permitiram golos contra SC Braga e Famalicão, não coexistem num onze desde a 10.ª jornada, há dois meses e meio, na recepção ao V. Guimarães (1-0, a 30 de Outubro de 2021). Daí para a frente só voltaram a formar sociedade na Champions com o Besiktas (4-0, a 3 de Novembro) e Dortmund (3-1, a 24 do mesmo mês).

Contas feitas, e à partida para o 31.º jogo do Sporting em todas as competições, esta será somente a nona vez que a tripla compõe de início o sector mais recuado. Algo que encontra justificação nas diversas contrariedades que a defesa tem vindo a sofrer, seja por lesões, suspensões ou casos de Covid-19, o que também permitiu minutos a Neto, Esgaio ou Matheus Reis.

Reportagem de Record

publicado às 14:00

Screenshot (588).png

DESTAQUES

"Espero um jogo difícil, diferente da primeira volta. Estão mais habituados ao momento, fizeram bons jogos e cresceram. Nós também, jogamos de forma diferente em alguns aspectos. Espero um jogo melhor, com o mesmo resultado. Precisamos de vencer, manter a nossa posição e tentar algo mais".

"Todos os jogos são perigosos. Os nossos rivais estão fortes, perdem poucos pontos, nós também. Temos de vencer e jogar melhor. Temos de ter mais agressividade e intensidade, esse é o grande foco. Olhámos muito para nós, vimos o que temos de fazer melhor, não deixar o adversário chegar com tanta frequência à nossa área. Sofremos tantos golos em duas jornadas como nos outros jogos da Liga, isso são sinais. Qualquer derrota pode fazer abanar os sportinguistas. Já tivemos uma desvantagem maior para o primeiro e com a Champions pelo meio e soubemos dar a volta".

"Os jogadores que vierem são a pensar no presente e futuro. O Vitinha desmentimos para que não existam mal entendidos. Quem vier será a pensar nesta e nas próximas épocas".

"Se perdermos algum jogador não vou comentar. Passa por mim. É um pouco hipócrita dizer o que sinto por trocar jogadores. Vamos fazer o melhor para o grupo. O Paulinho foi um exemplo, esperámos até o ter. Que os adeptos saibam que temos uma ideia muito bem clara. Olhamos para a formação, jogadores com formação e que possam vir ajudar. Estou muito satisfeito com o nosso grupo. O plantel dá garantias para o resto do campeonato".

"O que eu quero é que o Pote aumente a agressividade na pressão e os golos vão aparecer. É um jogador que nos oferece muito mais do que golos. Ele tem de continuar a trabalhar porque os golos vão aparecer".

"O Pedro Porro não está e não sei quando vai estar. O Jovane começou agora a incorporar os exercícios. É um jogador que nos faz falta".

"Ugarte já provou que está pronto para ser o 6 este ano. Dormimos mais descansados porque o Palhinha no ano passado teve um desgaste muito grande. Se falhar o Palhinha, este ano estamos mais descansados. Foi uma grande contratação".

publicado às 02:33

image.jpg

A SAD do Guimarães está "asfixiada" do ponto de vista financeiro e definiu um "plano estratégico" que prevê a necessidade imperiosa de obter cerca de 10 milhões de euros a partir da "venda de activos" neste mercado de transferências. Segundo notícias vindas a público, tal resulta da necessidade de garantir tesouraria suficiente para a gestão do dia a dia. Avaliando o plantel do Vitória, não vejo outro jogador, para além do Marcus Edwards, que possa permitir um valor aproximado do pretendido. Nem acho que o Vitória consiga tal soma. Se conseguir 7/8 milhões já é muito bom. É neste contexto que o Sporting tem de actuar.

Texto de Leão do Norte

Ainda, um comentário muito informativo do leitor Carlos Antunes

Conforme esclarecimento de Carlos Freitas - que foi quem negociou a vinda de Marcus Edwards para o Guimarães - na SIC Notícias, a totalidade do passe pertence ao Vitória, tendo o Tottenham apenas direito a 50% dos direitos económicos em caso de futura venda por parte do Guimarães.

Sendo assim, a negociação do passe do Marcus Edwards será apenas e tão só com o Vitória de Guimarães que após uma eventual venda terá de repartir as mais valias da transferência com o Tottenham, a recém-exemplo do que sucedeu com o Abdu Conté, que foi vendido pelo Moreirense aos franceses do Troyes, numa transferência avaliada em 2,7 milhões de euros, cujo montante vai ser repartido com o Sporting CP (1,3 milhões de euros), que ficou detentor de 50% dos seus direitos económicos, aquando da transferência definitiva para o Moreirense. 

Tanto quanto se sabe, as finanças do V. Guimarães estão pela hora da morte e necessitados de fazer um encaixe como de pão para a boca. O Sporting tem a faca e o queijo na mão.

publicado às 02:32

Juniores vitoriosos no Restelo

Rui Gomes, em 16.01.22

271871517_321497303323918_29283276202193723_n.jpg

A equipa sub-19 do Sporting deslocou-se, este sábado, a casa do CF "Os Belenenses" para vencer por 0-3 na 20.ª jornada da série Sul do Campeonato Nacional.

O treinador Pedro Coelho entrou em campo com Francisco Silva [GR], Gonçalo Braga, João Pereira, João Muniz, David Moreira, Eduardo Barbosa, Luís Gomes, Marco Cruz, Vivaldo Semedo, Samuel Justo [C] e Afonso Moreira e ao intervalo já vencia por 0-2.

Os golos leoninos foram apontados por Vivaldo Semedo, com um 'bis', e Marco Cruz.

Na próxima jornada, o Sporting recebe a UD Vilafranquense.

publicado às 02:31

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds