Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Utrecht 0 Sporting 3

Rui Gomes, em 27.07.14

 

 

 

Em jogo disputado no "Sportcomplex Zoudenbalch", o Sporting venceu o Utrecht, merecidamente, por 3-0, com golos de André Martins (21'), Cédric Soares (33') e Junya Tanaka aos 74 minutos.

 

Mais um jogo de pré-época que não exige muito comentário. Verificou-se jogo de transição do Sporting muito bom, com também bons pormenores individuais por alguns jogadores. Cédric Soares esteve particularmente em evidência, complementando frequentemente as manobras ofensivas e até marcando um golo. Salvo em um ou outro lance, a defesa continua a exibir a sua usual solidez desta pré-epoca, com Marcelo Boeck a intervir, quando necessário, com qualidade e até a defender uma grande penalidade (muito mal marcada).

 

Dois aspectos do jogo que me incomodaram: o primeiro, a estratégia do Sporting (se é que foi mesmo estratégia) de deixar o Utrecht circular a bola a seu belo prazer na zona mais recuada e sem se impor significativamente no meio campo e levar o seu jogo ao adversário. A segunda questão, porventura a mais preocupante, relaciona-se com a terrível crise de confiança de Fredy Montero que, mesmo isolado perante o guarda-redes, tentou o passe em vez do remate. Em uma segunda ocasião flagrante, bem enquadrado com a baliza, rematou muito por cima. Nota-se, pela sua expressão, que esta prolongada situação está a causar danos psicológicos.

 

E... mais uma vez que não consegui ver o jovem Ryan Gauld. Dizem que paciência é uma virtude, mas já estou a ficar exasperado.

 

publicado às 05:11

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 26.07.2014 às 21:11

Muito boa primeira parte do Sporting e vitória mais que justa sobre uma boa equipa que para a semana já começa a disputar o campeonato

Pelos jogos que vi - estamos cada vez melhor e pelo menos entraremos com confiança no campeonato

Marco Silva não está a mudar muito em relação à epoca passada, mas dá para ver que no minimo temos soluções muito mais validas no banco - Rosell, Tanaka, João Mario, Shikabala e hoje até Slavshev mostraram que não temos apenas 13 ou 14 jogadores

Não devemos entrar em euforias mas penso que devemos estar optimistas
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 27.07.2014 às 17:34

Marco Silva foi muito inteligente ontem, ao colocar a equipa a jogar em duas partes, de maneira completamente diferente. Na primeira parte treinou a organização ofensiva e a transição defensiva, foram esses os momentos que privilegiou e que a equipa mais executou, já que poucas vezes o Utrecht teve a bola e o futebol produzido foi muito interessante, perante uma defesa macia, todavia.

Já na segunda parte, apesar de nesta altura da época, não haver capacidade para muitas correrias em todos os 90 minutos, em vez de querer mais do mesmo, um Sporting mais dominante, ao ataque, em cima do adversário, preferiu antes treinar a outra faceta da equipa, colocando-a a jogar à defesa e no contra-ataque, para que o onze assimile melhor os posicionamentos e rotinas aprendidos nos treinos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 27.07.2014 às 18:00

É uma questão de opinião. Eu acho que o Sporting jogou o jogo inteiro a apostar nas transições rápidas, embora com postura mais recuada na segunda parte.

Ao preparar o post quase que escrevi que Marco Silva devia lembrar-se que já não está no Estoril. No entanto, reflecti a consideração e decidi cenceder-lhe o benefício da dúvida, esperando pelos próximos jogos. Demos muito do meio campo "alto" ao adversário, especialmente nos primeiros 45 minutos.
Sem imagem de perfil

De J. a 26.07.2014 às 22:45

Carrillo, A.Martins, A.Silva a um excelente nivel. Uma espécie de carrossel ali no meio campo, deixando espaço para os laterais subirem para desequilibrar.
Ponto negativo, a crise de confiança do nosso Freddy Montero. A classe está lá, mas está mesmo a precisar de golos....
Sem imagem de perfil

De vero leo a 26.07.2014 às 22:56

Não escorreguem nessa casca de banana!! O Montero não deixou de marcar. Os golos dele é que deixaram de valer, até as assistências e a presença dele na área bastavam para os gatunos anularem golos! Ele não desaprendeu de jogar e marcar como nos querem fazer crer Continua a ser um grande jogador.
Sem imagem de perfil

De J. a 26.07.2014 às 23:21

É sem dúvida um grande jogador, mas que está a atravessar uma fase dificil em relação ao número de golos que poderia marcar...caberá á equipa técnica trabalhar neste aspecto com o jogador. Até porque vem ai Slimani, jogador totalmente distinto, mas também que não é jogador para ficar no banco

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo