Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vale a pena comentar Messi?

Rui Gomes, em 11.08.21

messipsgDR.jpg

O PSG anunciou a contratação de Lionel Messi. O futebolista argentino assinou contrato válido até 2023 com o emblema parisiense.

Não obstante as existentes fortunas pessoais, parece que, mais uma vez, o dinheiro falou mais alto.

Trata-se da primeira aventura de Lionel Messi fora de Espanha. Produto da formação do Barcelona, o argentino deixou o emblema blaugrana após 21 anos de ligação, devido a supostos problemas financeiros.

publicado às 18:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


18 comentários

Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 18:42

Se uma equipa tem Neymar, Mbappé, Di Maria, Icardi...
E ainda consegue contratar Messi, Donnarumma, Sérgio Ramos, Wijnaldum, Hakimi...
Para que serve o fair play financeiro?
Bem podem alegar que apresentam contas equilibradas, com paridade entre custos e proveitos, mas o fair play financeiro deveria ser muito mais do que um mero controlo contabilístico.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 11.08.2021 às 19:33

Não há nenhuma incompatibilidade entre sacos e fundos. Há-os das duas qualidades, com fundos e sem ele (fundo). Admira mesmo é Messi não ter ido para o Benfica. Se até o João Mário foi..
SL
Sem imagem de perfil

De MAV a 11.08.2021 às 19:52

Pelo que vi escrito não sabendo a verdade dos factos mesmo que Messi joga-se de borla para o Barcelona fazer um novo contrato tinha de reduzir 25% da massa salarial. Vinha no jornal Marca.
Sem imagem de perfil

De AHR a 11.08.2021 às 20:14

Lágrimas de crocodilo, foi o que Messi verteu na conferência de imprensa da sua despedida. Senti grande comoção ao ouvi-lo declarar que sentia uma tristeza profunda por ser obrigado a desvincular-se o Barcelona, como se tivesse sido empurrado pela federação espanhola, e nada pudesse ser feito para alterar tão penoso e injusto destino. Por pouco também eu vertia lágrima por tão patetico espetáculo, mas a custo lá consegui conter-me. Espanto-me por não haver um jornalista a fazer-llhe a pergunta que se impunha. Se ele amava assim tanto o clube, porque não baixar as exigências e aproximar-se do salário das outras estrelas do Barcelona. Os outros jogadores não devem ganhar tão mal como isso. Não ganham é ordenados pornográficos, como o Messi pretendia. Sim, porque 35 milhões de euros, que é
quanto vai ganhar para o PSG é um ordenado pornográfico. Não havia necessidade, Messi. Tens assim tantas contas para pagar que necessites de um salário vergonhoso, de tão grande que é, como esse? Sabes que mais? És uma vergonha ! Baixar as exigências de forma a cumprir o fair-play finaceiro, isso sim, teria sido uma atitude nobre da tua parte, que demostraria o amor que disseste sentir pelo Barcelona. Assim, não passas de mais um mercenário sem escrúpulos. És uma vergonha, Messi.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 11.08.2021 às 20:34

Na conferência foi precisamente dos pontos que foi mais focado, se Messi fez tudo para poder continuar e ele a certa altura respondeu que chegou a propôr uma redução de 50% do seu vencimento e ainda não vi desmentidos da parte do Barcelona, por isso até ver, falou verdade.

Se de facto esteve disposto a baixar 50% creio que foi já um bom esforço da sua parte, também terá que haver em todo este processo um mínimo de dignidade, não me parece que seria benéfico para ele próprio baixar mais que isso quiçá até estaria, caso a diferença ficasse muito perto, mas pelos vistos o Barcelona queria pagar-lhe algo de um terço, aí já não me parece uma proposta digna. O Cristiano mandava-os logo bugiar e não necessitava de verter lágrimas.
Sem imagem de perfil

De Greenhill a 11.08.2021 às 21:05

Caro ARH,

Partilho inteiramente da mesma opinião sobre a conferência de imprensa e das lágrimas de crocodilo. Achei uma vergonha. E de todos os comentadores que vi, só o Tiago Fernandes colocou o dedo na ferida relembrando os casos de Bufun, Nedved e Delpiero que foram jogar 2 épocas para a segunda divisão quando a Juve foi despromovida na secretaria. Isso sim foi amor ao clube.
Quanto à treta de aceitar reduzir o salário em 50%, fica bonito dizer isto e parece que fez um grande sacrifício. Mas se olharmos para os números do contrato que assinou entre 2017-2021 o panorama é bem diferente:
500M€/5 anos de contrato + 86M€ de prémio de fidelidade ao clube. Contas feitas o homem ganhou + de 117M€/ano.
Ora 50% disto dá 58.5M€/ano o que ainda é um fortuna enorme.
O mais grave é que provavelmente o Barça está no estado em que está porque o "astro" sugou o cofre até ao último tostão. O seu ordenado condicionou muito novas aquisições para o plantel e hipotecou troféus. E agora que o Barça está nas lonas é o primeiro a fugir e pior! Sai a custo zero!! Sem dar um tostão ao Barça.
Vê-lo de lencinho na mão a chorar e a dizer que ama o clube..

E é óbvio que ele não vai ganhar 36M€/ano no PSG. Isso é o que o PSG declara por causa do fairplay. Através de offshores vai pagar o resto... (talvez o dobro).

Relembro o Figo, que foi vendido (e bem vendido) e foi enxovalhado na praça pública.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.08.2021 às 00:49

Sem qualquer duvida que o rombo do Barcelona se deve inteiramente ás fortunas que pagaram ao Messi nestes anos e agora o cofre secou e ficaram asfixiados, mas deviam ter analisado antes quando da assinatura do contrato, aí deviam ter percebido que não iriam ter capacidade de pagar o que prometeram a assinaram e manter as contas equilibradas ao mesmo tempo.

Agora ofereceram-lhe algo de um terço que continua a ser muito dinheiro, mas em geral os jogadores não prestam já o disse aqui e muito menos uma esmagadora maioria dos sul americanos, só se movem por dinheiro.

Creio que a fuga do Messi de seve também em ter desacreditado na actual estratégia para o futebol e ficou sempre atravessado por terem corrido como o seu amigo Suarez. Ele vê que no PSG poderá ter mais possibilidades de brilhar, o Barcelona esvaziou e o PSG encheu

Por ultimo reduzir para um terço que por muito dinheiro que ainda seja e havendo outros clubes que se aguentam a pagar-lhe muito mais, o Messi é o Messi e ele também vê esse lado da situação do que representou e ainda representa para o Mundo do Futebol e não vê nessa oferta a dignidade pelo que tambem deu durante todos estes anos ao Barcelona que á conta dele teve os seus anos de ouro em que facturou muitos milhoes à conta disso. Não souberam gerir depois.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.08.2021 às 20:51

Isto é a melhor coisa que podia acontecer ao Barcelona.... os ordenados do Barcelona criaram uma divida insustentável e portanto é preciso alterar o rumo.... só o PSG ou City podem gastar fortunas sem terem receitas, este modelo está a destruir o futebol. As lendas acabaram.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.08.2021 às 20:59

A mim o que me faz mais impressão é o Messi ter aceite ir jogar para o campeonato Francês e não o Inglês, onde teria mais competitividade. Mas imagino que na idade que ele tem já não queira muito chatear-se e prefere estar numa equipa que quase sempre irá ganhar o campeonato do país.
Sem imagem de perfil

De LG a 11.08.2021 às 21:10

Vale.
Quando a anterior direção não teve juízo:
- vende Neymar por 222 milhões e na mesma época gasta 270 milhões só em 2 jogadores...(Dembelé e Coutinho).
- tem tido sucessivamente épocas com défices nas transferências, em que grande parte dos jogadores que vieram pouco acrescentaram (no período Bartomeu, 6 épocas, 1050 milhões em compras e 720 em vendas, saldo negativo de 230 milhões).
- Logo, contrataram entulho a peso de ouro, com salários a condizer, de jogadores de que agora não se conseguem desfazer, nem dados, porque em lado algum recebem igual
- Quem pouco percebe de futebol, vendia barato e comprava caro (a história da contratação de De Jong é magnífica, deram o dobro do que o Ajax queria)
- Quem se mete na cama com o Sr. Comendador (destaque para os 31 mendilhões pelo Trincão)
- os efeitos da pandemia

E, como é referido acima, nem de graça Messi podia ficar: com Messi, a massa salarial do Barça representava 115% da totalidade das receitas, sem Messi desce para os 90%, ainda tem de descer mais 20%: por causa disso não puderam ainda inscrever qualquer contratação

De nada lhes valeu ser "o clube mais rico do mundo", com receitas em 19/20 de 715 milhões.
Milagre é ainda haver clube.

MAS, E MAIS IMPORTANTE: O que aconteceu ao Barcelona devia ser um alerta VERMELHO GIGANTE para o futebol português. Mas, apesar das gigantescas dificuldades da pandemia, com perdas contabilizadas de 543241631 gaziliões, conhecem algum clube que tenha feito esforço para reduzir a massa salarial e/ou contratar menos/mais barato? POIS.
Sem imagem de perfil

De Greenhill a 12.08.2021 às 00:18

De graça o Messi podia ficar. O problema é que as receitas do Barça caíram de 750 milhões em 19/20 para 300 milhões em 20/21 e a La Liga tem um limite aos gastos que não podem ser superiores em 110% do valor das receitas
Portanto têm de descer de 750 M€ para 330M€. Portanto todo o Plantel vai ser afectado. E o corte será superior a 50%. Mas pelos visto o Messi não esteve para fazer o esforço de reduzir o seu ordenado em mais do que 50%..
Perfil Facebook

De José Mário Costa a 12.08.2021 às 09:15

Sobre este assunto, permito-me transcrever este comentário de João Mendes, no se Facebook:

«João Mendes
10 de agosto às 23:33 ·

O Paris Saint-Germain, um dos maiores clubes de França, detentor do mesmo número de campeonatos que o Saint-Etienne (9), menos um que o Marselha e um percurso mediano nas competições europeias, é hoje o ícone maior do lamaçal em que chafurda o futebol moderno. Bilionariamente financiado por um fundo controlado pelo monarca absoluto do Qatar, Tamin bin Hamad Al Thani, o PSG é o exemplo acabado, mas não o único, de como a Europa se deixou colonizar pelo dinheiro mais sujo e corrupto que circula no planeta. A mesma Europa do futebol patrocinado pela Gazprom e por outras empresas controladas por ditaduras, onde qualquer oligarca russo, chinês ou saudita adquire um clube, lava a imagem e o dinheiro manchado de sangue. Não admira que Messi lá tenha ido parar. Mais barril de petróleo, menos barril de petróleo, mais mulher lapidada, menos mulher lapidada, tudo se compra, pelo preço certo em euros, na Europa da liberdade e da democracia, onde tantos vêm uma ameaça nos desgraçados dos migrantes, e tão poucos se preocupam com os tapetes vermelhos que se estendem para personagens sinistras como o Emir do Qatar.»


Sem imagem de perfil

De João F. a 12.08.2021 às 10:48

Bem dito!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 12.08.2021 às 11:40

Tudo bem, mas como evitá-lo?
Sem imagem de perfil

De João F. a 12.08.2021 às 10:46

Do meu ponto de vista, acho que o jogador, que terá mais 3 ou 4 anos de futebol, não estava na impossibilidade financeira de assinar um contrato gratuito com o Barça como reconhecimento por tudo o que recebeu do clube, pois foi buscá-lo a um bairro pobre de Buenos Aires, numa altura que era rejeitado pelos clubes argentinos e que lhe deu todas as condições, para que viesse a ser um grande jogador e ganhar centenas de milhões de euros.

Vai-se ver se a este, os adeptos do Barça, também chamam "pesetero", como fizeram ao Figo, que tinha apenas uns anos de clube e uns trocos, comparados com o que o Messi recebeu durante mais de 20 anos.

Para mim, na sua despedida a chorar, verteu lágrimas de crocodilo. A ganância não tem limites, mesmo para aqueles que têm "pipas de massa".
Sem imagem de perfil

De JCR a 12.08.2021 às 16:10

Já era antes deste golpe de teatro, completamente anti-PSG, e agora, isso vai-se acentuar ainda mais, e tudo por culpa exclusiva duma única organização: UEFA, que permite haver tamanhas diferenças de orçamentos, nas suas provas de clubes, e como tal, desejo sempre e espero, que o clube dos CHULECOS, perca sempre na UEFA!

A mim, não me interessa nada de nada que o PSG seja 20 anos sempre campeão em França, é problema dos Franceses, que nada fazem contra esta nova realidade no futebol Europeu, e basta ver que assim é, pelos imensos casos de clubes serem repetidamente, durante vários anos, campeões, estando à cabeça, o clube do país melhor económicamente na Europa, a Alemanha, mas a única coisa que quero é que eles nunca ganhem a Liga dos Campeões, dado aquilo ser só 1 cambada de CHULOS!

Quanto ao anão, que mereceu 1 prémio pelo choro teatral quando se despediu do Barça...de facto, não vale a pena comentar mais nada, é mais 1 CHULECO a estragar o futebol, mas a culpa não é deles, nem dos clubes e dos donos, cujo o dinheiro, muitas vezes, nem se sabe de onde veio, a culpa é só de 2 organizações: FIFA e UEFA, que nada fazem contra, porque, como a gente sabe, são mais que corruptos os seus dirigentes, e depois só podemos ter estas completas e chocantes barbaridades económicas e, sobretudo, morais!
Sem imagem de perfil

De António José Branco Vieira a 13.08.2021 às 22:25

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo