Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img_770x433$2016_03_03_12_06_44_1071719.jpg

 

António Figueiredo, antigo dirigente benfiquista, não desperdiçou o ensejo para dirigir uma "farpa" ao Sporting. Por ingrato que seja para nós sportinguistas, até é de admitir, face às circunstâncias, que não deixa de ter alguma razão quanto às suas considerações. Atrevo-me a sugerir que muito do que diz tem sobretudo um alvo, além do presidente Bruno de Carvalho: Jorge Jesus.

 

«Vamos fazer o que o nosso rival tem feito desde o início da época, pois o campeonato sempre foi a prioridade. É verdade que o título é sempre prioridade para qualquer um dos grandes, mas para alguns foi exclusiva. No Benfica nunca foi esse o caso. O Sporting admitiu desde cedo, pelo presidente e pelo treinador, que o único objectivo era o campeonato. Ao contrário do Benfica, que dignificou mais uma vez o nome do país, o Sporting fez uma campanha europeia miserável. Foram perder 3-0 com um clube [Skenderbeu], que nunca tinha ganho um jogo na fase de grupos. E deu três ao Sporting. Isto diz tudo sobre o ano do Benfica e o ano do Sporting.

 
Apesar do envolvimento do Benfica, a Taça da Liga é irrelevante. A equipa deve ter mais disponibilidade para a I Liga, o que não quer dizer que a ganha. Há cinco jogos, 15 pontos em disputa, e não há jogos fáceis. Se fossem fáceis, o Sporting estaria em primeiro lugar destacado, pois, à excepção da derrota com o Benfica, só perderam pontos nesses jogos ditos fáceis. Todos os jogos têm de ser disputados da mesma forma, com vontade e união. Se assim for, estou certo que não andaremos longe de ganhar estas cinco finais».
 

publicado às 14:44

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


38 comentários

Sem imagem de perfil

De julius coelho a 14.04.2016 às 17:29

Sofia boa tarde

Não concordo com tanta decência no jogo que fizeram ontem , quando praticam a sua estratégia preferida , cínica e traiçoeira porque nao têm capacidade para mais .
Jogaram com as linhas bem atrás com duplas dobragens , um cínico díria que o Benfica iniciou o jogo á frente na eliminatória até parecia esquecimento que estavam a jogar em casa.
E como na Alemanha quando tudo parecia evidente tomarem o 2º golo, a traição e cinismo levaram-nos ao empate (diga-se de passagem que num bom golo) mas numa jogada de contra ataque apanhando as linhas alemãs de surpresa , o mexicano vai no meio dos 2 defesas e o centro saiu milimétrico , Eliseu tenta mais 30 ou 40 vezes aquele centro e de certeza que nao volta a sair-lhe igual.
E depois voltaram para a toca e os alemaes naturalmente tomaram de novo conta do jogo e fácilmente chegaram ao 2º e quase ao 3º.

Os Alemães controlaram sempre a eliminatória, estiveram sempre na frente e jogaram o quanto baste contra uma equipa que só defendeu.

Na parte final com a eliminatória mais que garantida os Alemães finalmente desacelararam.
Note que entre estas equipas mesmo com as naturais diferenças não vamos exagerar nessas mesmas diferenças não são tão grandes assim , no valor em euros do plantel sim, são diferenças enormes agora no esforço e sacrifício ficam mais reduzidas , A Juventus que não é de forma alguma um papão , equipa já muito próxima dos 3 grandes de Portugal quase que elimina este Bayer na eliminatória anterior e manteve essa indecisão até ao ultimo minuto e sem se meter na toca cinicamente a tentar jogar na traição.

A rodagem tinham que decidir entre o que julgam ter na mão (a Liga) e o sonho de passarem ás meias finais da Champion , e a resposta foi clara , afinal tambem definem prioridades não é só o Sporting.
Contra a Académica vi uma equipa com muitos problemas físicos , pouco leve , pesada nas movimentações , a grande chance é terem o Setubal em casa que os permite aliviar um pouco , estão a apostar tudo no jogo do ano para eles o Rio Ave - Benfica. Nesse jogo seja de que forma fõr vão ter que o ganhar e eles sabem disso.
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 14.04.2016 às 18:22

Rui Vitória tem a sua estratégia, a qual, em abono da verdade, funcionou em muitos jogos este ano. No final de uma eliminatória com o Bayern, perder por 3 a 2 (sendo uma eliminação, logo não se trata de nenhuma vitória), sendo espoliado de um penaltie na Alemanha e de uma expulsão cá, é indecência? Quantas equipas no mundo dividem o jogo com o Bayern?

Mal comparando, pode elogiar-se o Atlético de Madrid pela estratégia de jogo, mas tem de se espezinhar o Benfica?

Uma coisa é definir prioridades, outra coisa é desistir.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 14.04.2016 às 18:40

Tem que trocar por miudos essa de definir prioridades e desistir , descreva a diferênça e já agora quem é que nao definiu prioridades e quem é que desistiu aonde e do quê.
Palavras leva-as o vento!!! Aqui leva-as o arquivo!!

O Benfica levou ontem banho de bola principalmente nos primeiro 30 mt em que nem a consegiu tocar nela , cheirou-a e já não foi mau , os alemães tiveram sempre a eliminatória controlada e jogaram o quanto baste sem ter necessidade de carregamentos!!
Penalti na su conveniência e dos da sua cõr , para muitos outros que não tem que ser benfiquistas não é penalti, ele já tem o braço na relva a apoiar-se na queda , nao procura a bola e foi á queima muito perto sem possibilidade de reação mas a vossa conveniência diz que é penalti.
Aqui na expulsão podia sim ter sido expulso mas calma aí nao é assim tão claro a jogada não é central á baliza é lateral (direita) e dá alguma margem de decisão ao árbitro , mas a eliminatória ja estava mais que decidida. Mais posso acrescentar que o Bayern tem um registro extremamente positivo quando a jogar com 10 elementos.
Contar com uma bola de golo no poste e um golo anulado extremis mais as inumeras perdidas juntando ao domínio avassalador tambem podíamos comentar que escaparam da goleada!!!
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 14.04.2016 às 19:40

Se não percebe a diferença entre definir prioridades e desistir das coisas, não me parece que valha a pena mais «scripta volant».

Mas o que é levar banho de bola? Por essa ordem de ideias, o Atletic, ontem, levou um banho monumental de bola, sobretudo, na segunda parte e... espanto: passou a eliminatória.

O Bayern teve sempre a eliminatória controlada? Com 1 a 1 estava controlada? lembra-me o seu treinador, no Dragão, que tinha tudo controlado e depois sucedeu o minuto 92.

Mais: a teoria dos «se». Se, se, se, o Benfica poderia ser goleado. E foi: por 3 a 2.

Sobre a arbitragem a sua sapiência é extraordinária: para os benfiquistas e penaltie e expulsão; para os não benfiquistas, não é. Brilhante no que toca a argumentário! Seguindo a delícia do seu discorrer do dedo, para mim, enquanto não sportinguista, o seu clube não foi em nada prejudicado na eliminatória da LC. Pelo contrário, creio até que o árbitro foi benevolente com o Sporting. É assim que a lógica funciona?
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 14.04.2016 às 20:01

exactamente é mesmo assim que a lógica funciona

1-1 seguia controlada , um golo do Bayer na Luz obrigaría o Benfica a marca mais 2 , e ainda faltava tempo infinito e o jogo estava só a dar Bayer eles sabiam eu sabia voces sabiam , todos sabiam que o golo ou golos era uma questão de tempo estaría iminente.
Volto a referir as vezes que entender levaram banho de bola!!!
Sem imagem de perfil

De Oceano Vermelho a 14.04.2016 às 20:22

Sim, os alemães têm o novo oráculo de Delfos, por isso sabiam.

Veja se entende: interessa-me pouco o banho de bola. O banho de bola é como as vitórias morais: batatas! Isso é conversa fiada, porque no desporto o que conta é o RESULTADO. Se se puder acompanhar com espetáculo, ótimo! Caso contrário, e sempre, o importante é o resultado. E continue com a catacrese as vezes que entender. Por mim, tasse!
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 15.04.2016 às 01:14

Vamos então ao resultado o Benfica foi eliminado , anulado , suprimido, excluído ; escolha o termo que entender , esse foi o resultado.
Sem imagem de perfil

De Joe Parsons a 14.04.2016 às 21:25

O Benfica "levou um banho de bola", na óptica de quem tão depressa se intitula treinador de futebol, como se espalha ao comprido quando se aventura na análise de um jogo, de uma simples jogada, e/ou de qualquer coisa que se relacione com futebol jogado! :-) Mas também não vou entrar em debate consigo, porque de futebol, eu só entendo mesmo o praticado na "playstation"! ;-)
Sem imagem de perfil

De PSG a 15.04.2016 às 10:24

Quando vocês levaram 12-1 foi um banho de quê?
Sem imagem de perfil

De ALM a 15.04.2016 às 11:31

Até a própria imprensa alemã, italiana e alguma espanhola reconhece que o Benfica foi prejudicado pelas arbitragens nos dois jogos. O ilumin; ;ado deste cérebro diz que só na nossa conveniência é que foi penalti; aqui não há conveniência dele. Até o golo da vitória deles lá foi precedido de falta porque a bola foi ganha com um corte com a mão, é pelo menos um jornal alemão a denunciá-lo, mas esta inteligência diz que não. Se esta falta fosse marcada, o Bayern ganharia? Porque não nos espetaram eles 4 ou 5 golos como fizeram a vocês e agora tinham vindo cá passear? Não foram capazes e tiveram medo de arriscar, mas para vocês foi porque não quiseram.
Nem vale a pena discutir com doentes porque isso é um mal que se pega porque é irritante.
Sem imagem de perfil

De ALM a 15.04.2016 às 11:38

Até a própria imprensa alemã, italiana e alguma espanhola reconhece que o Benfica foi prejudicado pelas arbitragens nos dois jogos. O ilumin; ;ado deste cérebro diz que só na nossa conveniência é que foi penalti; aqui não há conveniência dele. Até o golo da vitória deles lá foi precedido de falta porque a bola foi ganha com um corte com a mão, é pelo menos um jornal alemão a denunciá-lo, mas esta inteligência diz que não. Se esta falta fosse marcada, o Bayern ganharia? Porque não nos espetaram eles 4 ou 5 golos como fizeram a vocês e agora tinham vindo cá passear? Não foram capazes e tiveram medo de arriscar, mas para vocês foi porque não quiseram.
Nem vale a pena discutir com doentes porque isso é um mal que se pega porque é irritante.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo