Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Varandas dobrou o Cabo das Tormentas

Rui Gomes, em 09.09.21

Screenshot (297).png

Há três anos por esta altura, o Sporting mobilizava-se para as eleições mais concorridas da sua história. Foi no dia 8 de Setembro de 2018, quatro meses após o ataque à Academia, quando mais de 22 mil sócios corresponderam à chamada para escolherem o sucessor de Bruno de Carvalho e da Comissão de Gestão.

Eleito pela maioria dos votos mas não dos sócios, Frederico Varandas nunca saboreou um verdadeiro 'estado de graça. Os problemas multiplicaram-se à medida que os meses iam passando e, não fossem as duas taças conquistadas em cima das feridas de Alcochete, a contestação potenciada pelo diferendo com as claques e pelos apoiantes de BdC poderia mesmo ter provocado nova crise directiva.

Com graves dificuldades financeiras, uma herança pesada em várias frentes e opções desportivas erradas, o segundo ano de Varandas ficou marcado pela saída prematura de Marcel Keizere pela venda falhada de Bruno Fernandes no Verão (seria consumada em Janeiro), factos que, aliados aos maus resultados da era Silas, colocavam a actual Direcção no fio da navalha em Março de 2020. E foi neste momento que o paradigma começou, verdadeiramente, a mudar.

Screenshot (296).png

Ponto de viragem

A aposta arriscada em Rúben Amorim, que implicou então um investimento superior a 10 milhões de euros, não deu resultado logo de início mas compensou totalmente na segunda época, com a histórica conquista do título nacional, 19 anos depois. O impacto da vitória na Liga, em conjunto com o grande trabalho desenvolvido na formação e nas modalidades, ajudaram Varandas a dobrar o Cano das Tormentas. E de tal maneira que, à entrada do final deste primeiro mandato, o presidente, de 41 anos, já prepara a recandidatura.

Se o próximo acto eleitoral vier a ser realizado dentro da janela prevista pelos Estatutos, o Sporting vai a votos entre 1 de Março a 30 de Abril 2022. A recandidatura de Frederico Varandas é praticamente certa.

Igual à soma dos dois rivais

Se as conquistas nas modalidades têm sido uma das bandeiras da Direcção de Varandas, os troféus no futebol assumiram um peso determinante no ressurgimento desportivo do Sporting nos últimos anos. Tanto assim que, neste momento do mandato do actual presidente, o Clube já soma tantos títulos (5) como FC Porto e Benfica juntos. Os leões ganharam a histórica Liga em 2020/21, juntaram-lhe a Supertaça a 31 de Julhoe antes já haviam arrecadado uma Taça de Portugal e duas Taças da Liga.

publicado às 03:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De De Perry a 09.09.2021 às 18:42

A exposição do Sr, Shmeichel hoje foi bastante justa e todos sabemos que o Sporting é constituído por familiares, já sou avô, o que mais gosto é de ir ver o Sporting com os meus netos e as coisas estão-se a tornar incomportaveis para quem tem que comprar 3 bilhetes. Não é razoável que apareça aqui alguém com atitudes ditatoriais que fazem em tudo lembrar o ex-presidente, que tristeza.
Imagem de perfil

De Greenlight a 09.09.2021 às 22:50

Eu ainda não sou avô mas entendo bem o que é isso de comprar bilhetes, para mim e para os meus filhos. Com a dupla jornada, com o Fcp e o Ajax, foi uma boa estalada. Enfim, quem não tem dinheiro não tem vícios. Mas, para compensar, o Sporting ofereceu-me convites para ver o jogo com o Marítimo. A grande vantagem de ir ao estádio, é não ouvir os comentários idiotas e parciais na SportTv e o risco é o Sporting não vencer e nos voltarmos para casa com uma grande azia, mas espero que isso não aconteça.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds