Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Varandas está só

Naçao Valente, em 10.01.20

fredericovarandas9 (2).jpg

As claques como grupos organizados, e constituídos por jovens, têm a sua origem nos anos sessenta. O seu objectivo era apoiar as equipas, dando-lhes motivação na sua acção em campo. Agiam por amor ao clube e nada recebiam para além da satisfação de participar e receber bons resultados desportivos.

As claques evoluíram acompanhando os tempos, mas evoluíram no pior sentido. Passaram de grupos de adeptos que davam, com generosidade, o seu apoio, para grupos subsidiados, como uma espécie de animadores profissionais, que começaram a extravasar o motivo para que foram criadas. São hoje um contra-poder que se arroga  a intervir na gestão do próprio clube, pressionando decisões dos dirigentes. 

Enfeudadas no Sporting Clube de Portugal à Direcção que foi destituída, tornaram-se na sua guarda pretoriana. Com a queda dessa Direcção, assumiram-se como oposição aos novos dirigentes eleitos, ao ponto de irem para os jogos criticar e insultar o Presidente, à boleia de maus resultados negativos. A situação atingiu tal dimensão, que Varandas teve de agir com firmeza, tomando as medidas, impopulares, que se exigiam.

getimage (2).jpg

Passados meses,Varandas mantém a mesma firmeza mas está só. Os presidentes de outros clubes, que de forma clara ou até encapotada, se servem das claques, nas quais se apoiam, como um grupo que utilizam para a luta contra os adversários, assobiam para o lado. E enquanto estas não se virarem contra a sua autoridade não irão mexer uma palha. Deste lado, não pode esperar Varandas qualquer solidariedade.

O poder político foge do mundo do futebol e da sua irracionalidade como o diabo da cruz. Tem medo de meter-se com gente que se apoia em milhões de adeptos, que enquanto tal, consideram os dirigentes do seu clube, como cidadãos acima da lei, inatacáveis e dispostos a guerrear em seu nome. Deste lado, tirando umas promessas vãs de alguns governantes de segunda linha, Varandas dificilmente terá qualquer apoio.

Os vários acontecimentos de comportamento selvagem de adeptos, utilizando artefactos pirotécnicos proibidos num jogo de futebol, trouxe para a actualidade, um assunto que é transversal a todos os clubes. Esta violência gratuita não tem a ver com rivalidade, e devia preocupar a sociedade. O poder político ao mais alto nível, devia ser pressionado para agir de forma drástica. A escumalha, para usar as palavras de Varandas, não pode continuar impune a espalhar o medo pelos recintos desportivos. 

Como é possível que os dirigentes desportivos vejam os seus adeptos a causar distúrbios num jogo que devia acontecer dentro das quatro linhas e não tome nenhuma medida, para além de algumas lágrimas de crocodilo? No combate a esta situação Varandas está só, mas está no bom caminho. A indústria do futebol agradece num país que se quer civilizado.

Nota: título utilizado na coluna de opinião do Director de Record

publicado às 04:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


48 comentários

Sem imagem de perfil

De LG a 10.01.2020 às 07:59

Concordando em geral com a falta de vontade em quem manda (de federação a governo) para resolver os problemas das claques, algumas notas.

"No combate a esta situação Varandas está só, mas está no bom caminho. A indústria do futebol agradece num país que se quer civilizado". E alguém quer esse país civilizado?

Guarda pretoriana da antiga direção? Até parece que foi a primeira vez que tal aconteceu.

"Com a queda dessa Direcção, assumiram-se como oposição aos novos dirigentes eleitos, ao ponto de irem para os jogos criticar e insultar o Presidente, à boleia de maus resultados negativos".
NV, o que veio primeiro, o ovo ou a galinha? Os resultados negativos ou a contestação? Porque é que se mantiveram os apoios no primeiro ano de Varandas?
Já o referi ontem, por coincidência a contestação e a descida de espectadores nos estádios acabam por ser maiores nos anos em que a "estrutura" do futebol é pior. Varandas faz o que outros fizeram, criou um inimigo interno para proteger a sua, digamos, falta de jeito para liderar o clube. A diferença em relação aos outros é que desta vez o inimigo externo faz parte do clube. Uma originalidade, pois então.

Sem imagem de perfil

De arrebenta a 10.01.2020 às 10:41

" Varandas faz o que outros fizeram, criou um inimigo interno para proteger a sua, digamos, falta de jeito para liderar o clube"

Melhor fez o lunático destituído, que se serviu delas para se proteger da contestação interna, dando-lhes mordomias, igual ao que fez o LFV e o PdC. Neste caso já apoias. Também não enganas ninguém, por muito que venhas com frases enviesadas a dar "uma no cravo e outra na ferradura".
Sem imagem de perfil

De LG a 10.01.2020 às 10:49

Blá, blá, whiskas saquetas.

Diga quais foram as "mordomias" dadas por BdC que não tenham sido concedidas pelos seus antecessores. Ou pela Comissão de Gestão ou por Varandas no primeiro ano de mandato.


Sem imagem de perfil

De arrebenta a 10.01.2020 às 12:48

Quais são? Tem a memória curta.

- Alguém chegou ao ponto de fazer dos chefes das claques funcionários do Clube, ao dar-lhes 2 mil euros mensais?
- De os levar no avião que transportava a equipa quando jogava no estrangeiro?
- De lhes dar satisfações sobre o que se passava dentro do Clube e de seguir as suas ideias na gestão quotidiana da equipa de futebol?

Pobres brunistas, que já se "esqueceram" que antes do Varandas ter chegado, passou pelo Clube um psicopata sem eira e nem eira, que estava desempregado e cheio de calotes, tendo levado à falência e destruído tudo em que tinha tocado.
Sem imagem de perfil

De LG a 10.01.2020 às 15:40

Arrebenta, a minha memória pode ser curta, mas os exemplos que deu aconteceram também todos em mandatos anteriores a BdC.

E pode falar com mais respeito, que não estou a tentar insultá-lo
Sem imagem de perfil

De arrebenta a 10.01.2020 às 15:53

"E pode falar com mais respeito, que não estou a tentar insultá-lo"

Não acha que é um insulto à inteligência de quem o lê, tentar esquecer que não houve apoios às claques por parte do BdC, que outros antes nunca deram?



Sem imagem de perfil

De LG a 10.01.2020 às 16:21

Mas quais foram esses apoios que só aconteceram com BdC?

Viagens no avião da equipa? Quantos exemplos quer?

"Salários" a membros das claques? Nunca visto.

"Dar satisfações sobre o que se passava dentro do Clube e de seguir as suas ideias na gestão quotidiana da equipa de futebol": chega o episódio Mourinho? A demissão de Dias da Cunha? A relação entre a direção de Godinho Lopes (PPC) e as claques?
Sem imagem de perfil

De arrebenta a 10.01.2020 às 19:17

"Mas quais foram esses apoios que só aconteceram com BdC?"

Já se sabe que os brunistas continuam a vender a banha-de-cobra, que dantes era tudo pior! Na opinião deles tudo começou com o Roquette, continuou com o Dias da Cunha e com os que se seguiram! Os que têm andado atentos ao Sporting nas últimas dezenas de anos, sabem que a guerra começou com as claques, logo que elas se aperceberam de quanto ganhavam e da influencia que tinham, as claques dos clubes rivais junto das suas direcções. Logo que chegaram à conclusão que nunca haveria uma abertura para lhes darem as mordomias que pretendiam, recorreram à destabilização do Clube, atacando a equipa de futebol por tudo e por nada, o que levou à demissão do GL.
Quem é quem esqueceu o que foi o ambiente no estádio de Alvalade durante a última época da gestão do GL? Eu não! A equipa era assobiada os 90 minutos de jogo. Tudo combinado para atingirem o que tinha na agenda, que era o assalto ao poder, o que conseguiram e tudo se passou com a colaboração do Sampaio e do Barroso! Uma vergonha!
A partir daí, foi-lhes fácil impor uma direcção que apoiaram e que se apoiou nelas na triste figura do destituído desempregado, sem rendimentos, cheio de calotes e penhorado, dando-lhes tudo ou quase, fazendo dos seus dirigentes funcionários do Clube e pagando-lhes com mordomias de todo o género, desde ordenados chorudos, até aos mais de 800 bilhetes grátis por cada jogo disputado em Alvalade, que vendiam a 20 euros cada.

Isto é preciso ser dito, para que a brunecagem parasita que tem gravitado à volta do Sporting saiba, que nós os sportinguistas que sempre apoiámos o nosso Clube sem receber em troca um chavo, não temos memória curta.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 16:16

Em relação às mordomias nunca chegaram tão longe como no tempo da Direcção anterior. Já na gestão Bettencourt lhe fizeram a vida negra. Ainda me lembro de terem boicotado a contratação de Mourinho por Luís Duque, que podia ter originado uma revolução desportiva no Sporting. No tempo de Godinho Lopes trabalharam para a sua queda, de acordo com a estratégia da oposição, assente na mesa da AG.
Sem imagem de perfil

De LG a 10.01.2020 às 16:29

NV, não está a confundir "mordomias" com contestação? Se no tempo de Godinho Lopes trabalharam para a sua queda, em 2013, também tinham antes contribuído para a sua ascensão, em 2011

E mesmo com a direção de Varandas, volto a colocar uma pergunta que já fiz aqui várias vezes mas ainda não tive resposta? Quem é Pedro "Barbini" Silveira? Porque é que Pedro "Barbini" foi incluído na lista de Varandas?

Pegando no que o vosso colega Rui Gomes disse, aqui neste espaço
https://camaroteleonino.blogs.sapo.pt/trata-se-de-saber-se-os-estadios-os-5281883?thread=55833947#t55833947



Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 18:35

LG,
Temos uma percepção diferente do que se passou em 2011. O que observei, de fora, foi que o grande apoio de Bruno estava nos jovens das claques. Aliás na longa maratona da contagem de votos, estes jovens não arredaram pé de junto do palco, no exterior, colocado pela lista brunista. E quando foi anunciada a vitória de GL, Inácio teve de os desmobilizar e o vencedor teve de se refugiar no interior para tomar posse. Como é que eram apoiante de GL?

Sobre a outra questão não sei do que está a falar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.01.2020 às 18:45

Sobre 2011, cem por cento correcto, caro Nação Valente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.01.2020 às 18:49

P.S.: Quanto ao resto, ou seja, a referência ao outro post, não vejo a relevância.
Sem imagem de perfil

De LG a 10.01.2020 às 18:59

NV, em 2011 houve confrontos entre apoiantes de ambas as listas, porque, se se recorda, Godinho Lopes só ganhou na recontagem, tendo BdC chegado a ser anunciado o vencedor
https://www.dn.pt/desporto/sporting/godinho-lopes-vence-eleicoes-em-noite-de-violencia-1816336.html
Com Godinho Lopes entrou na Direção Paulo Pereira Cristóvão, que muitos apoios deu às claques.

A outra questão e uma dúvida minha antiga, que ninguém me consegue esclarecer, e não percebo porquê.
Pedro Silveira foi incluído nas listas de Varandas, e teve de sair da lista, pouco antes das eleições, porque foi divulgado um audio em que se vangloriava de, com ele, as claques terem chegado à Direção.
https://camaroteleonino.blogs.sapo.pt/reveladora-gravacao-de-pedro-luciano-4345469.
Note para o comentário do Rui Gomes nest post:
É caricato não chegar à conclusão que foi um elemento deliberadamente escolhido com certos fins em mente. E, pelos vistos, não é o único do género entre os seus apoiantes.

Que fins seriam esses? Ninguém me responde a essa pergunta e eu não percebo porquê
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 15:16

LG,
A questão é esta, as claques foram criadas para apoiarem as equipas dentro de campo. Não foram criadas para intervir na gestão do clube, quer contra a vontade das direcções, quer com o beneplácito das mesmas, como aconteceu com a anterior amanhã. Ponto.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 10.01.2020 às 08:12

Os outros 2 clubes estão a defender os interesses deles. Não e assim primeiro eu depois logo se vê?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 15:44

Francisco,
Com todo o respeito não estão. Os interesses deles são também os interesses do futebol. Por esse caminho estão a ajudar a matar "a galinha dos ovos de ouro". O desporto não pode estar dominado por malfeitores.
Sem imagem de perfil

De Perry a 10.01.2020 às 08:32

Ganhar, Ganhar e. Ganhar
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 15:46

Está certo, mas não pode ir apenas por aí.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2020 às 12:45

Para muitos, só isso é que conta.
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 10.01.2020 às 10:11

Já se sabe que, falando de futebol, os dirigentes é cada um por si e o resto que se lixe.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 15:48

O que na minha perspectiva está errado, porque para além de rivalidades, estão todos no mesmo barco, e quando começa a meter água, mais cedo ou mais tarde, todos são atingidos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2020 às 12:47

Mas isto foi sempre um problema do futebol português. Não conseguem deixar as rivalidades no relvado e juntarem-se para resolver os problemas do todo.

Típico português, diga-se...
Sem imagem de perfil

De Jose Coelho a 10.01.2020 às 10:45

Ninguem (politicos, outros clubes, etc) se vai chatear com as claques enquanto elas não derem grandes problemas, não ganham nada com isso.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 15:50

José Coelho,

Acho que isso é empurrar um problema grave com a barriga. Quanto mais cedo se resolver melhor é para a indústria do futebol.
Sem imagem de perfil

De Jose Coelho a 10.01.2020 às 17:08

O Sporting só acordou agora por que tem problemas graves, com o clima que há no futebol entre os clubes ninguem se vai querer chatear com a respectiva claque, o que ganham? É da natureza humana e portuguesa adiar os problemas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2020 às 12:48

Especialmente portuguesa.
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 10.01.2020 às 11:35

Parabéns caro Nação Valente pela cronologia existencial relacionada com o fenômeno das claques e pelo teor analítico relativo aos (intoleráveis) comportamentos das mesmas.
Enquanto sócio há mais de 40 anos, detentor de gamebox desde a sua criação e pequeno accionista solidário do Sporting, abomino as atitudes infames que alguns elementos de claques têm adotado nos diversos terrenos, pavilhões e Assembleias.
Apenas têm causado incomensuráveis danos e prejuízos - isto, de todo, nunca foi, é e jamais será, Sportinguismo.
As claques no clube, não são, nem representam nada, e a razão da sua existência, circuncreve-se e está limitada apenas e tão só, a uma única ação - a de apoio total, militante, desinteressado e sempre de honra e alegria participativa.
Não poderão ser asilo de escória social e escumalha, ou seja, gente que à boleia do Sporting e do esforço dos seus sócios, têm tirado dividendos ilícitos e usufruindo de benefícios, praticando crimes, agindo de forma cobarde, traiçoeira e intimista.
Quem Ama e Vive o Sporting, apoia sempre de forma incondicional, os atletas, os profissionais e os Dirigentes.
Quem ofende, apupa, insulta, agride, ameaça sócios, lesa o clube em milhões de euros, perturba a normalidade e gestão, cria ostensivamente problemas de toda a ordem, impedindo que tenha o prazer e felicidade de comigo levar os meus filhos e/ou netos aos jogos, certo e justamente, não são do Sporting.
Por tudo isto, pela tristeza e raiva que estes energúmenos, gentalha irresponsável, desordeira e ordinária, tem causado de forma danosa ao Sporting, apelo à Direção e CFD, que tais elementos sejam individualmente identificados, alvo de intentadas ações judiciais com o fim de serem responsabilizados e sentenciados, assim como, apurar em que medida violam os Estatutos e verem aplicadas as medidas e consequências previstas.
Caro Presidente Dr. Frederico Varandas e ilustres membros dos O.S., que a demonstrada Coragem e honorabilidade de princípios, continuem a saga de combater e extirpar, quem não quer o bem do Sporting e tanto prejuízo e mal tem provocado.
Quem não contribui para a coesão e união, estará sempre desalinhado e em rota de colisão com a simpatia dos sócios e os superiores intetesses do mesmo.
A desejável crítica é necessária e sempre bem vinda, desde que respeitosa, construtiva, seja apresentada como solução alternativa no momento e local adequado.
Força Sporting.
SL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.01.2020 às 11:39

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 10.01.2020 às 12:41

A lógica é simples, se o problema for com os adeptos do Benfica, é porque os Benfiquistas são uma vergonha e uns assassinos. Se o problema for com adeptos do Sporting, a culpa é do Estado.
Sem imagem de perfil

De arrebenta a 10.01.2020 às 13:37

"A lógica é simples, se o problema for com os adeptos do Benfica, é porque os Benfiquistas são uma vergonha e uns assassinos. Se o problema for com adeptos do Sporting, a culpa é do Estado."

Se não és atrasado mental, parece-lo! A tua lógica é a dum desmiolado, a quem lhe fizeram uma lavagem à tola!

No Sporting matou-se alguém de outros clubes? E não é por falta da acção do Estado que o futebol está na situação actual?

Desvirtuas intencionalmente o que é dito em proveito da tua dama.Afinal de contas, estás de acordo com tudo o que se tem passado no teu clube. Vouchers, e-emails e mala ciao são para chutar para a valeta. O que te interessa é ganhar. Se é de forma legal ou não, se é conseguido com esquemas, para ti são tretas!

Como vocês adeptos lampiões mudaram na linguagem!Se se comparar o que diziam das conquistas conseguidas pelo Apito Dourado e com o que dizem agora...E portanto, tanto as conquistas conseguidas pelo AP e pelo Polvo, foram-no baseadas nos mesmos processos, tendo ambas a particularidade de terem tido o mesmo chefe de serviço, um tal Gonçalves...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 15:57

A culpa de deixar esta situação eternizar-se é, na minha opinião, em primeiro lugar do dirigismo desportivo, desde os dos clubes, até aos dos órgãos institucionais. O Governo deve apoiar quem quer contribuir para que as coisas mudem.
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 10.01.2020 às 17:49

Para as direções, as claques funcionam um bocado como esse tipo de comentador acima, enquanto ofendem os adversários, até dão jeito, só os apagam quando lhes toca na pele. A natureza humana é assim.
Sem imagem de perfil

De RASR a 10.01.2020 às 12:51

Ora aqui está a lógica da batata, quando não se tenta perceber o problema ou o que se está a debater. Assim, lançam-se alarvidades como as anteriores...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.01.2020 às 13:34

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De arrebenta a 10.01.2020 às 13:40

Tens razão!

Inteligentes foram os restantes 29% que conseguiram durante mais de 5 anos mamar à custa do Sporting, depois de terem eleito alguém deles, que lhes deu tudo o que precisavam para viver.

Mas a mama acabou...Resigna-te e vai trabalhar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.01.2020 às 13:49

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De arrebenta a 10.01.2020 às 13:54

É tempo perdido discutir com elementos da carneirada...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 16:01

Arrebenta,

Aquilo que chama carneirada é bem pior, é gente alienada, a precisar de uma desintoxicação mental. Vivem fora da realidade.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 10.01.2020 às 13:40

Sim está só e só está a travar esta "guerra" porque entretanto as claques se viraram contra ele próprio.

Muitas do que ele agora se queixa (nomeadamente com claques adversárias) já se verificavam na época passava e não achou grave. Aliás tivemos jogadores e dirigentes agredidos e a reação foi sempre branda.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.01.2020 às 14:25

Relativamente a jogadores agredidos, a reacção foi "branda" da parte de quem?
Sem imagem de perfil

De Jorge a 10.01.2020 às 14:38

Do Sporting

Já agora, houve mais jogadores agredidos sem ser em Alcochete
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.01.2020 às 14:41

Devia ser mais específico. "Do Sporting" não diz muito.

Acho que neste post a maior preocupação é mesmo o Sporting.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 16:07

Em relação ao segundo parágrafo não o entendo, tale qual como o Rui Gomes.

Em relação ao primeiro, as claques viraram-se contra ele porque mexeu nos seus privilégios. O que os presidentes de outros clubes não querem fazer, porque lhes convém.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 10.01.2020 às 16:08

Perdão, "tal e qual"
Sem imagem de perfil

De Jorge a 10.01.2020 às 18:07

Tivemos jogadores emprestados que foram agredidos pelos próprios dirigentes e a reação do Sporting foi um comunicado quase 48h depois.

Quanto às claques - os privilégios que tinham ou não foram assinados pouco tempo depois de Varandas tomar posse e não se alteraram esta época.

Se FV quisesse acabar com esse mal, nunca tinha assinado esse protocolo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 10.01.2020 às 18:24

Qual é a sua intenção em apenas dizer parte da verdade? É fazer de nós parvos?

As regalias existiam em grande, concedidas pelo lunático. Esta Direcção reduziu-as ao assinar um novo protocolo.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 10.01.2020 às 19:38

Porque diz que reduziu ? Tem acesso aos números ?

E se é essa a razão, porque não se manifestaram as claques na época passada ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.01.2020 às 09:53

Não fiz pesquisa para lhe apresentar números concretos, mas creio que neste caso a memória não me falha.

As "razões" das claques não me incomodam...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo