Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




CarlosXavierSporting2015.jpg

Carlos Xavier, antigo capitão do Sporting CP, em entrevista à Agência Lusa, teceu algumas considerações sobre a final da Taça de Portugal entre Sporting e FC Porto:

O pensamento óbvio das duas equipas é ganhar, mas o FC Porto, por não ter ganho o campeonato, sentirá que tem mais obrigação de vencer.

Neste momento, vejo um Sporting mais confiante e ambicioso, a medir forças com um FC Porto mais cansado.

O factor psicológico pode pesar um pouco no caso do FC Porto, sobretudo se as coisas não correrem bem. Já o Sporting, está com o moral mais em cima, já ganhou a Taça da Liga e sabe que, depois do que viveu há um ano, esta seria uma vitória importantíssima.

Apoio a tomada de posição do presidente Frederico Varandas, ao pedir "um árbitro com coragem". O ideal era um árbitro inglês, que não conhecesse ninguém. O que se passou no Dragão, há uma semana, foi incrível. O apelo de Frederico Varandas é justificado.

Acredito que este pode ser novamente o ano do Sporting".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Leão da Guia a 24.05.2019 às 13:53

Plenamente de acordo com Carlos Xavier. Face à repetidamente demonstrada péssima qualidade da arbitragem futebolística portuguesa e à crescente suspeição recaída sobre a idoneidade dos nossos homens do apito e da bandeirinha, esta final da Taça de Portugal devia, pela sua particular importância, ser dirigida por um reconhecido e qualificado juiz estrangeiro, totalmente neutral, independente e, portanto, não envolvido no clima tenso, escaldante e infeccioso que continua a lesar gravemente a verdade desportiva e competitiva do futebol português.

Aliás, a mesma solução devia poder ser adoptada normalmente em jogos de maior carácter decisivo ou alvos de polémica em torno de manobras suspeitamente ilícitas e anti-concorrenciais.

Enclausurados na sua redoma corporativista, será que os nossos árbitros ainda não compreenderam as razões porque - apesar de Portugal ser o campeão da Europa - eles deixaram de ser convocados pela FIFA e a UEFA para dirigirem as grandes competições internacionais?


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.05.2019 às 15:40

Eles compreendem bem as razões, mas outros interesses falam mais alto.
Sem imagem de perfil

De Rui (RF Hunter) a 24.05.2019 às 17:59

Carlos Xavier grande Leão e mais um eterno Capitão.

Bem Haja!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo