Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Veto da FIFA sobre Fernando

Rui Gomes, em 03.05.14
 

 

Apenas duas ou três breves observações sobre a decisão da FIFA que eu sinto alguma dificuldade em compreender, indiferente do impacte desta na Selecção Nacional. Devo admitir, desde já, que será a minha interpretação dos pertinentes Estatutos da FIFA que está incorrecta, porque afronta a lógica e a sensatez que o organismo que superintende o futebol mundial tenha errado na sua deliberação.

Antes de mais, esclarecer que a supracitada decisão subscreve, alegadamente, ao que se encontra estipulado na alínea a) do nº 1 do Artigo 8 Anexo III dos Estatutos da FIFA, em que Fernando foi considerado inelegível para representar Portugal por já ter representado a Selecção de Sub-20 do Brasil no apuramento para o Campeonato do Mundo desse escalão, e que na altura ainda não era detentor da nacionalidade portuguesa.

1. Se o Regulamento é assim tão explícito - em relação à inelegibilidade - não faz grande sentido a FPF pedir autorização à FIFA para inscrever o jogador, dado que o organismo não iria abrir um precedente excepcional para Portugal. Além do mais, os Estatutos indicam que o pedido para alterar a representação federativa só deve ser submetido ao respectivo Comité da FIFA em situações em que o jogador tem esse direito. Isto aparenta indicar que a FPF entendeu que esse direito existia.

2. De uma forma ou outra, qual a razão que levou cerca de cinco semanas para a FIFA revelar a sua deliberação sobre um processo que apenas envolve rever o registo internacional do jogador e, mediante este, determinar a sua elegibilidade de acordo com os Regulamentos vigentes ? 

3. O Regulamento explicita que o jogador é elegível desde que não tenha participado em um jogo de um prova oficial ao nível internacional "A" em representação da Federação a que está associado (Brasil), e caso tenha participado em um jogo dessas características por essa mesma Federação, já era detentor da nacionalidade da Federação que deseja agora representar.

No caso de Fernando, ele não participou em um jogo oficial ao nível internacional "A", mas sim de sub-20, disposição que logicamente aparenta negar o requisito de já ser detentor de uma outra nacionalidade na altura, neste caso a portuguesa. Tenho uma vaga ideia sobre a existência de precedentes em casos semelhantes, mas não me lembro do nome de nenhum jogador neste momento e não tive disponibilidade suficiente para averiguar a contenda. Admito, também, que esta ocorrência se tenha dado ao abrigo de Regulamentos antigos. A exemplo - pouco conhecido - Michel Platini representou o Kuwait em um amistoso, já depois de representar a França.

Quero crer que com tudo isto, a pessoa mais aliviada é Paulo Bento. Caso Fernando tivesse sido considerado elegível para representar Portugal, a decisão do seleccionador nacional seria muito difícil e sempre controversa. No contexto Sporting, não vislumbro esta disposição "abrir a porta" para um jogador leonino.

Por fim, deixo aqui um desafio ao leitor:... E se a Federação Portuguesa de Futebol nem sequer tentou inscrever Fernando ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Balajic a 05.05.2014 às 17:13

Platini jogou, de facto, pelo Kuwait um jogo contra a URSS, salvo erro já depois de ter acabado a sua carreira como jogador. Só que não era um jogo oficial da FIFA (particular ou "amistoso", como se costuma dizer por tradução literal do inglês "friendly match), mas sim um jogo de exibição (ou "exhibition match") que não conta para os registos da FIFA para efeitos, p.ex., de contagem de número de internacionalizações ou de jogos internacionais feitos pelas selecções intervenientes.

No que respeita ao caso do Fernando, creio que a FPF poderá muito bem ter requerido a possibilidade de inscrever o jogador e a FIFA tê-lo negado. Não vejo porque não, mesmo havendo possibilidade de ver o pedido negado, não se perderia nada...

Quanto aos casos de dupla nacionalidade precedentes de que o Rui terá uma "vaga ideia", um deles será certamente o do Kevin-Prince Boateng que nasceu em Belim, com origens ganesas, e que representou a Alemanha desde os Sub-15 aos Sub-21, mas que, ao contrário do seu irmão Jerôme, preferiu representar a selecção A ganesa...

Um abraço,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.05.2014 às 17:47

Eu continuo pensar que há algo estranho neste processo, dado que pela minha interpretação do respectivo Regulamento a participação de Fernando no Sub-20 do Brasil não impede a sua inscrição por Portugal.

Já pedi ao nosso amigo Dr. José Manuel Meirim o seu parecer da situação e publicarei mesma aqui no blogue.

Já li e ponderei o Regulamento inúmeras vezes e outras alíneas laterais, e não identifico a inelegibilidade.

Além do Boateng ainda haverão outros casos que não me dei ao trabalho de investigar, por ser um processo algo complexo e moroso.

Abraço
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.05.2014 às 17:51

P:S. Admito a possibilidade da FPF ter requerido a inscrição, mesmo que a sua interpretação do Regulamento seja a mesma do Comité da FIFA, só para se livrar da responsabilidade de decisão.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo