Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Victor Golas no SC Braga

Rui Gomes, em 05.07.14

 

Depois de cerca de 7 anos na formação do Sporting, Victor Golas terá ficado livre a partir do dia 1 de Julho e foi este sábado apresentado como novo reforço do SC Braga, depois de ter assinado contrato por duas épocas. A exemplo de Fabrice Fokobo, já há algum tempo que se sabe que não havia acordo quanto a renovação e a saída era inevitável. Sempre o considerei o sucessor de Rui Patrício, mas o seu destino acabou por ser outro.

 

 

publicado às 10:50

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


50 comentários

Sem imagem de perfil

De contador de histórias a 05.07.2014 às 13:25

Uma vez mais se verifica a aposta na formação!
Há realmente uma aposta na formação, o ilusionista não mentiu,
Na formação de bolsos recheados, que chegaram vazios!
Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 05.07.2014 às 13:44

Seria lindo se a Formação do Sporting, que possivelmente em 10 anos formará 20 guarda-redes aceitáveis...se ficassem todos os Sporting...
E podendo um guarda redes ter "uma vida útil" de jogo de 15 a 20 anos e nalguns casos mais...
Era "encantador" ter um quadro de guarda-redes na ordem dos 30 ou 40...!!

E depois ter ainda 20 defesas direitos, outros tantos à esquerda 40 defesas centrais...e na mesma proporção em todos os lugares e ter no total um quadro de 300 ou 400 profissionais...

Mas claro que tudo serve para atacar...
Não digo que num caso ou outro não possa haver (e haverá certamente...) culpas da Direcção...
Mas não podemos esquecer que é impossível segurar todas as boas promessas de bons jogadores...porque muitas vezes os empresários "tem pressa" de ganhar dinheiro rapidamente, não lhe importando muito que isso possa colocar em causa o futuro do atleta...

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 14:40

Caro Max Martins,

Qual a razão que há desculpa para tudo - de modo exagerado até - para as acções desta Direcção ?

As analogias que apresenta pecam por exagero extremo. A realidade é que se Rui Patrício fosse hoje vendido, teríamos de ir ao estrangeiro comprar um guarda-redes, dado que os da B, em princípio, não estarão à altura do desafio.

Há um clara aposta desta Direcção em jovens estrangeiros, o passar do tempo dirá quanto disto em detrimento da formação e, em diversos casos, os recém-chegados a auferir salários superiores aos da casa.

O caro diz que "tudo serve para atacar". Até parece que isto é um exclusivo desta Direcção e que outras não foram "atacadas" tanto ou até mais.
Sem imagem de perfil

De José a 05.07.2014 às 18:23

E você considera que o vitor golas era a opção caso o rui saisse? E se sim, com base no quê? É que o golas a nível sénior pouco jogou, e os jogos que eu assisti dele na equipa b mostrou ser muito irregular.

Cps
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 19:01

Mais importante do que a minha opinião, é o parecer daqueles que trabalharam com ele e o empregaram. Se ele não era uma hipótese para chegar à equipa principal, o que é que andou a fazer no Sporting durante 7 anos e qual a razão que o Clube pretendia renovar o seu contrato ?... Ele não foi dispensado, saiu porque ficou livre por ter recusado renovar.
Sem imagem de perfil

De Balajic a 05.07.2014 às 19:55

Pois Rui, o Golas andou foi muito tempo por Alvalade.

Não é guarda-redes para o Sporting.
Sem imagem de perfil

De altaia a 05.07.2014 às 14:16

Ora aqui está tivesse isto acontecido dois anos antes e veriamos os nomes que já tinham chamado á direção (coerências).
Sem imagem de perfil

De vero leo a 05.07.2014 às 14:49

Havia que decidir: ou renova ou fica livre. Renovar com um jogador que não nos interessa nem desportiva nem financeiramente, para quê? Para jogar não serve, para fazer algum encaixe também não; portanto, o melhor é não criar compromisso e cada qual segue a sua vida. Aprovei a decisão. Cada caso é um caso, não interessa discutir o sexo dos anjos; eu acho bem a decisão.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 15:00

Mas em que assenta o seu argumento que desportivamente Fokobo e Golas, só para nomear dois, não serviam desportivamente ?... Se não servissem os Sporting não lhes teria feito propostas de renovação. Estas é que não foram aceites, logicamente, por falta de acordo com os valores sobre a mesa.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 05.07.2014 às 22:16

Rui Nao querendo meter a colherada gostaria de comentar á muita gente aqui a comentar sem conhecimento do real valor do Golas e do Fokobo. Na verdade eram dos atletas mais promissores da formaçao. Golas foi encostado até aceitar renovar foi chantagiado e decidiu infelismente para nós nao assinar é um excelente guarda redes com melhor capacidade do que o miudo que defendeu os "B" na época passada, Fokobo na verdade até tremo só de imaginar que possivelmente vai aterrar no clube dos andrades , um tremendo jogador com um futuro inimaginavel , o tipo de jogador que comanda e empurra uma equipa para a frente este tambem foi chantagiado e encostado até renovar e tambem o perdemos.
Mas tambem é claro que a Direçao terá sempre este problema no futuro com esta política das renovações com valores de vencimento muito baixos. Os empresarios dos jogadores têm dificuldade em aceitar esses valores, pior quando são contratados outros jovens de fora e que vêm ganhar muito mais como o exemplo recente do miudo escocês. Nao sei como vão reagir os jovens da nossa academia a esta situação.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 22:39

Eu até compreendo os argumentos que descreveu, o que eu não aceito é a postura de desvalorizar jogadores que eram bons e que deixaram de os ser apenas porque não chegaram a acordo contratual com a Direcção.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 06.07.2014 às 01:26

Mas sendo verdade que a Direçao tentou desvalorizar os jogadores que nao aceitaram a renovação também é óbvio que nao deixaram de ser bons por esse motivo e é bem possivel que vão querer demonstrar nos seus futuros novos clubes a tremenda qualidade que têm exemplos do Golas e do Fokobo este ultimo temo que vai cair num dos nosso rivais quizá o Porto, o Pinto da Costa anda faz tempo de dente afiado para nos cravar a dentada e é obvio que ele tem estado numa guerra surda com o Bruno. Tentou a golpada do costume com o Bruma e ao mínimo deslize irá atacar-nos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.07.2014 às 01:52

Temos também o caso do Alexandre Guedes, entre outros. O Fokobo foi impedido de jogar, salvo erro, desde Janeiro de 2014 e Golas também jogou pouco ou nada na época passada. Torna-se evidente que este processo não valoriza os jogadores.

Há agora grande expectiva por ver o que vai acontecer com Eric Dier.
Sem imagem de perfil

De George a 05.07.2014 às 15:25

Foi uma opção dele, da qual poderá vir a arrepender-se muito, ou não. Apenas me resta desejar ao jogador insucessos desportivos, mas felicidade pessoal. Só deve ficar no SCP quem quer estar de alma e coração. E ele, claramente, não estava.
Não consigo ver as coisas de outra maneira, seja com esta ou outra direcção, os jogadores também têm as decisões deles. Criticar neste caso e noutros semelhantes, parece-me errado. Somos quem somos pelas opções que tomamos na vida, e às vezes ninguém nos consegue influenciar do contrário.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 15:48

Caro George,

Não não estamos em posição para poder avaliar este caso com profundidade, por falta de informações concretas. Em linhas gerais, lamentamos ver sair um jovem talento depois de muitos anos no clube.

No caso do Golas, concretamente, terão havido duas considerações, creio eu: diferenças sobre a questão salarial, prémios, duração do contrato, etc.. A segunda, pelo óptica do Golas, falta de oportunidade para subir à equipa principal, especialmente se Rui Patrício permanecer, e depois deste Mundial, tudo indica que não sairá tão cedo. Boeck está instalado como o segundo guarda-redes e não abdicará do lugar no próximo futuro.

Creio que pela perspectiva de Golas, não lhe agradaria permanecer sabendo que por um tempo indefinido ou ficaria na equipa B ou, muito mais provável, andaria emprestado por clubes de escalão inferior, como já esteve, salvo erro, no Penafiel e no Real Massamá.
Sem imagem de perfil

De Mario a 05.07.2014 às 15:26

Golas sai porque não tem qualidade. Era terceiro. Boeck é segundo. Se Patrício sair precisamos de um primeiro, qual é o espanto ? Só se for por termos uma Direcção que finalmente percebe de futebol e isso provocar admiração e incompreensão a muitos supostos conhecedores, contadores e comentadores.

Da formação se em anos bons subirem 2/3 já é muito bom.
Em anos de colheita mais fraca se se aproveitar algum, já não é nada mau.

A prospecção só terá sucesso se conseguir aportar valores com maior potencial que a formação, e com uma taxa de sucesso equivalente já estaremos bem.

Com ideias claras sobre o papel da formação e da prospecção que me parece ainda não corretamente entendido pela maioria dos adeptos e associados estaremos em condições de construir um plantel suficientemente competitivo e simultaneamente criador de mais valias.


Deixem trabalhar quem sabe e já demonstrou ter competência.
O resto é conversa da treta, de maldicência suportada no diz que disse e não em propostas alternativas, coerentes e realistas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 15:38

O caro cada vez que comenta menospreza tudo e todos de forma pouco recomendável.

Mas quem é o Senhor, ao fim e ao cabo, para vir para este ou qualquer outro espaço armado em dono da verdade e da razão ?

" O resto da conversa é treta, de maledicência suportada no que diz que se disse", etc..

Que conhecimentos concretos tem V. Exa. sobre futebol, em geral, e o caso de Victor Golas, em particular, para afirmar "Golas sai porque não tem qualidade" ?

Se não tem qualidade, qual a razão que levou a SAD a oferecer-lhe proposta de renovação ?

Se não tem qualidade, qual terá sido a motivação da SAD em mantê-lo no clube cerca de 7 anos ?

Como eu não sou dono da verdade e da razão, como é o seu caso, não clamo estar em posição para poder avaliar, concretamente, os quês e porquês das negociações que decorreram. O que eu lamento, em linhas gerais, é ver alguns talentos da Academia simplesmente saírem por falta de acordo contratual, para virem valores desconhecidos do estrangeiro auferir remuneração superior.

A quem é que se refere quando diz "deixem trabalhar quem sabe e já mostrou competência" ?
Sem imagem de perfil

De Mario a 05.07.2014 às 16:07

P: Que conhecimentos concretos tem V. Exa. sobre futebol, em geral, e o caso de Victor Golas, em particular, para afirmar "Golas sai porque não tem qualidade" ?

R : Se tivesse teria ficado. Pelo valor de um terceiro GR, claro.

P: Se não tem qualidade, qual a razão que levou a SAD a oferecer-lhe proposta de renovação ?

R: Diz que disse , lá está ... Como é que sabe dessa proposta ? Ou sabe, ou palpita, não será bem a mesma coisa. Terá sido o jogador a não querer renovar, ou terá sido a Direcção ? O que diz o Rascord para mim não faz fé, nem hoje, nem no passado, nem no futuro.

P: Se não tem qualidade, qual terá sido a motivação da SAD em mantê-lo no clube cerca de 7 anos ?

R: Não sei , mas ou por acreditarem que seria bom para nr. 2 caso o Rui saisse, ou por não terem precisamente motivação nenhuma, apenas incompetência. Dá-me igual, é mais um caso arrumado vindo do passado.

P: Como eu não sou dono da verdade e da razão, como é o seu caso, não clamo estar em posição para poder avaliar, concretamente, os quês e porquês das negociações que decorreram. O que eu lamento, em linhas gerais, é ver alguns talentos da Academia simplesmente saírem por falta de acordo contratual, para virem valores desconhecidos do estrangeiro auferir remuneração superior.

R: Em vez de lamentar tente perceber. Em vez de criticar sem saber as razões, procure informar-se melhor., se calhar os talentos para uns olhos não são os mesmos que para outros. Pelo que sei do ano passado a política remuneratória foi coerente e baseada numa estratégia que deu frutos.

P: A quem é que se refere quando diz "deixem trabalhar quem sabe e já mostrou competência" ?
R: Deve ser a sí. Pior que um cego é quem não quer ver ... Ou quem se deixa cegar pelo ódio.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 05.07.2014 às 21:17

"Da formação se em anos bons subirem 2/3 já é muito bom.
Em anos de colheita mais fraca se se aproveitar algum, já não é nada mau.

A prospecção só terá sucesso se conseguir aportar valores com maior potencial que a formação, e com uma taxa de sucesso equivalente já estaremos bem.

Com ideias claras sobre o papel da formação e da prospecção que me parece ainda não corretamente entendido pela maioria dos adeptos e associados estaremos em condições de construir um plantel suficientemente competitivo e simultaneamente criador de mais valias."

Pois. Mas nao é fácil a todos compreender isto. E convenhamos que permite sempre atirar pedras a quem manda de forma conveniente...
Também é preciso que esta estratégia de resultados práticos para as pessoas irem interiorizando a sua lógica. E isso passa muito pelas classificacoes finais dos próximos 2 campeonatos (leia-se ficar consistentemente entre os 2 primeiros e fazer os tais encaixes de 20-25M ano sim, ano sim).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 22:01

Vou mandar emoldurar este seu discurso para futura referência. Isto, claro, depois de me ser devidamente explicado para eu poder compreender a sua noção "sagrada" das coisas. E aproveitarei o ensejo para fazer o mesmo com o "outro" mais acima que nunca viu uma bola à frente do nariz na sua vida, mas que adora escrever "livros" de histórias.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 06.07.2014 às 12:00

Caro Rui,

Vamos lá a esclarecer as coisas de uma vez por todas.

Em apenas 1 ano de gestao desportiva "à Bruno", com todos os defeitos que esta possa ter:

- o Sporting superou claramente as expectativas em termos de performance na Liga
- pela primeira vez na história do clube fez um encaixe com a transferencia do seu treinador principal
- tem pelo menos 3 jogadores com mercado abundante na Europa (William, Slimani, Rojo) e dificilmente venderá qualquer um deles por um montante total inferior a 12 M€ indo até perto dos 40 M€ no caso de William [escrevo total por causa da questao das percentagens de passes]
- deu a descobrir 2 novos produtos da formacao, anteriormente desconhecidos do público em geral (William, Mané)

Nao me recordo de ver sair um treinador do Sporting contra pagamento de verba. Geralmente somos nós quem paga para eles se irem embora. Nao me recordo de ver jogadores do Sporting, no Sporting, com valor superior a 30 M€ (talvez Nani valesse hoje esse montante). Nao me recordo de ver valorizacoes de atletas como a de Slimani, contratado por 250k€ e agora propalado na Imprensa por 12 M€ ao fim de 1 ano. Nao me recordo de ver tantos talentos potenciais da formacao na calha para a equipa A desde o tempo de Paulo Bento.

Tem defeitos? Tem. Mas as virtudes sao muito superiores. Aceite lá isso e deixe-se de estórias.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 05.07.2014 às 15:38

Não contratamos nenhum GR, por isso não há para já uma comparação directa, mas em relação a Fokobo e Rossel por exemplo, justifica-.se a opção da direcção se Rossel for melhor que Fokobo, para mim é tão simples quanto isso

No entanto acho que a direcção está a apostar este ano um pouco em demasia em jovens promessas de fora, mas não podemos também pensar que todos os que saem da academia têm capacidade para jogar na equipa principal

Se todos os anos tivermos uma media de 2 jogadores a subir e jogar com regularidade da B ou de emprestimos para a equipa principa já é bom - não creio que seja possivel mais

No ano passado tivemos William, Mané e ainda Wilson Eduardo, embora o precurso deste seja diferente, este ano temos João Mario e talvez Tobias e Esgaio

Vamos ter perto de 40% de jogadores da formação na equipa principal - acho que mesmo assim é bastante bom
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 16:04

O único no ano passado que veio directo da formação foi o Carlos Mané. Os outros já jogavam como seniores em outros clubes.

Se Marco Silva ficar com um plantel de 25, que é isso que ele pretende, 40% significa 10 jogadores da formação. Creio que não serão tantos, embora ainda seja cedo para avaliar: Patrício , Cédric , Adrien , Martins, Mané, creio que estão garantidos. Há boa hipótese de William sair, Wilson Eduardo e João Mário estão longe de terem lugar garantidos na equipa principal. Esqueci-me de alguém ?

E ainda vou mais longe: se André Martins não elevar o seu jogo significativamente, vai ter muitas dificuldades em ter lugar. No actual meio campo, para s posições 6 e 8, temos William , Adrien , Slavchev , Uri , Shikabala se for aqui utilizado, possivelmente o jovem Ryan Gauld e ainda João Mário. Não faça ideia do que pretendem de Vítor Silva. E, partindo do princípio que Rinaudi é para emprestar.
Sem imagem de perfil

De Mario a 05.07.2014 às 16:19

Só gostava de perceber qual é o que Rui pensa que deveria ser o plantel dos 25, para podermos avaliar os seus apregoados conhecimentos sobre futebol.
Seria certamente uma discussão muito mais interessante para quem gosta de futebol.
E já agora que explicasse se para si vindo da formação ou formado pelo Clube são coisas diferentes ou idênticas.
Obrigado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 17:16

Responde às minhas perguntas com mais perguntas e acha que eu devo escrever o que seria um muito extenso texto a explicar o tudo que pergunta ? Está muito enganado meu caro.
Sem imagem de perfil

De Mario a 05.07.2014 às 18:25

Desculpe, Rui, ainda não perdi a esperança de ver aqui esplanadas as suas ideias com uma argumentação coerente e realista.
Enquanto isso não acontecer vou andando por cá na tentativa de o ajudar a responder às questões que suscita, na maioria fracas de espírito crítico construtivo, como se propos ao criar este blog, mas que hoje em dia apenas se constituem reveladoras de um estado de alma frustado e amargurado, incapaz de reconheçer o mérito dos factos em previlégio da maldicência, da intriga e da inveja, exactamente o espelho daquilo que diz abominar sobre a personalidade do actual presidente do Sporting?
É pena, o Sporting precisa de espírito crítico verdadeiramente construtivo para deixar de ser o saco de gatos assanhados que tem sido ao longo dos últimos vinte anos.
Só assim poderá voltar a ser o Sporting de todos nós.
Mas como a nossa cor é o verde, eu ainda tenho esperança nesse Sporting.
Sem imagem de perfil

De Noivo de Verde a 05.07.2014 às 21:26

Caro Mário, quando a eloquência de um comentário desarma o destinatário, (aqui) nunca tem resposta.
Parabéns pelas grandes verdades que disse!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 21:44

Quando a eloquência de um qualquer "Mário" e de um "noivo de verde" me desarmar, encerro o blogue.

Não diga disparates ! Confunde "saber responder" e "querer responder", a quem nunca responde a nada e escreve "livros" com histórias.
Sem imagem de perfil

De Tony a 08.07.2014 às 00:39

Isto aqui é só carne para canhão. Não há cá discussão, a unica coisa que há é dizer-se que não se concorda com o que a direcção faz, sem alternativa apresentada, nos posts ou nos comentários.

Mas não é por pouco que o espetáculo dos gladiadores movia, ou o do futebol hoje em dia move, multidões. Quanto mais sangue mais entretidos ficamos.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.07.2014 às 00:42

Ainda bem que nos veio elucidar, caso contrário permaneceríamos na escuridão do desconhecimento !!!
Sem imagem de perfil

De Tony a 13.08.2014 às 07:07

E eu posso agradecer-lhe de vir confirmar o que eu escrevi.

Eu sempre respondi ao post anterior...

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.07.2014 às 01:02

P.S. É mesmo "Tony" ou é um clone do "Petinga" ?
Sem imagem de perfil

De Tony a 13.08.2014 às 07:05

Se sou um clone ninguém me disse :P

SL
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 05.07.2014 às 16:46

Penso que não devemos diferenciar se vem da formação ou de emprestimos

Se são emprestados para ganhar rodagem e depois são promovidos à equipa principal, continuam a ser uma aposta da formação

Tem razão ainda é cedo para fazer essas contas, e apesar de partirmos de 14/15 jogadores nos trabalhos de pre-epoca - o numero final de 10 talvez seja um pouco optimista - creio que fique pelos 8 ou 9

Rui
Cedric
A. Martins
Adrien
Dier/Semedo/tobias, ocuparação uma vaga
William
João Mario (acho que ficará)
Mané e

talvez fique Esgaio, ou Wilson

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 05.07.2014 às 16:51

Só um pequeno "PS"

Se acha assim tanto que Andre Martins tem dificuldade em manter um lugar na equipa com a chegada destes reforços é porque fizemos bem em contrata-los
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 17:14

Tanto para lhe responder, adequadamente, que teria que escrever um livro.

Respondi em contexto da sua afirmação sobre a época passada. O Eric Dier já tinha sido integrado na equipa principal na época anterior. O Wilson Eduardo e o William são da formação, mas já vieram para a equipa principal como seniores, depois de vários empréstimos. Daí, que Mané tenha sido o único que subiu directamente.

O Tobias ainda se encontra no terceiro escalão espanhol, salvo erro. Rúben Semedo, pelo menos neste momento, ainda não foi chamado a fazer a pré-época com a equipa principal.

A total dimensão da formação é muito mais complexa, porque se é assim tão simples ir fora e simplesmente contratar, supostamente "melhor", então não vale a pena ter formação. Por essa óptica, os flops " contratados na época passada até para a equipa B, também foram contratados porque eram melhores dos que já lá estavam. Ilógica total !

Há muito para dizer sobre este tema, mas fico assim por agora.

Sem imagem de perfil

De iorda9 a 05.07.2014 às 17:27

Tem razão é um tema que como se costuma dizer daria "pano para mangas"

O que lhe tentei explicar é que lá por William ou João Mario naõ virem da B, não deixam de representar uma aposta na formação e sobre isso acho que não há qualquer duvida

Tem que haver um equilibrio entre contratações e formação e com decisões tomadas ao pormenor e por posição.

Já disse que preferia que num caso ou outro se apostasse mais num jogador da casa em vez de contratarmos, mas estou também expectante para saber qual o destino de alguns jogadores como Betinho, Chaby, Esgaio,, Medeiros, etc - se a opção for rodar num clube da 1ª liga, ficarei mais satisfeitos do que se marcarem passo na B
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 17:56

Não há regra sem excepção, mas alguns, pelos menos os que já demonstraram estarem a um nível exibicional mais elevado, necessitam é de oportunidade na equipa principal e não no exterior. A essência da equipa B é precisamente essa, de servir de ponte de ligação entre a formação e a equipa principal.

A exemplo, o que é que o Ricardo Esgaio terá de fazer para merecer essa oportunidade ?... E quem diz ele, há lá mais dois ou três.

O conceito de ter uma equipa B não é - e aqui não há margem para discussão - uma equipa de reservas, onde os flops da principal podem fazer rodagem para preencher contratos, como sucedeu a época passada, ou exagerar com aquisições do exterior directamente para ela, em detrimento dos talentos da casa, aquisições essas que invariavelmente vêm auferir salários superiores aos que já lá estão. E depois admiram-se quando aqueles que sentem que têm mercado optam por não renovar longo prazo.
Sem imagem de perfil

De Tywin Lannister a 05.07.2014 às 21:43

O Zakaria Labyad até ao final desta nova temporada não é opção e como tal, não compete com o Esgaio pela posição de extremo/ala direito.

Mas há Carlos Mané que também faz o lugar...

Há Diego Capel, canhoto, que também faz o lugar...

Há André Carrillo que também faz o lugar...

Há Shikabala, canhoto, que também faz o lugar...

Há Junya Tanaka, canhoto, que também faz o lugar...

Há Titín Viola, que também faz o lugar...

Há Heldon, que também faz o lugar...

Há Wilson Eduardo, que também faz o lugar...

E ainda há Diogo Salomão, canhoto, que também faz o lugar...

E ainda há Ousmane Dramé, que também faz o lugar...

E ainda há Iuri Medeiros, canhoto, que também faz o lugar...

Assim por alto, é só uma equipa inteira, se bem que podemos achar que dos três últimos, dificilmente Diogo Salomão terá chances para ocupar o lugar, porque está de momento lesionado enquanto que Dramé parece ser aposta para por agora continuar a rodar na equipa B, enquanto que Iuri Medeiros tem mais utilidade a 10 ou no lado esquerdo do ataque.

O mais provável é Ricardo Esgaio ser emprestado, tendo em conta a duração do seu contrato (expira a 30 de Junho de 2018), a uma equipa de primeiro escalão, para continuar o seu desenvolvimento...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 21:51

Fica por aqui ?... No seu lugar eu iria buscar meia dúzia de juniores para sustentar este insólito argumento.

Agora, até o Ricardo Esgaio não presta, o aleijado do Salomão faz melhor o lugar ? Dizer que é incrível, é dizer pouco !
Sem imagem de perfil

De Leão da estrela a 05.07.2014 às 22:19

Vi Golas jogar algumas vezes nos juniores. Pareceu-me um jogador mediano mas, assumo que pode ser uma conclusão precipitada por ser baseada em poucos jogos.

O que considero mais importante de debater é a "lampionização" do Sporting. Neste momento, estamos a fazer precisamente o mesmo que os lampiosos estão a fazer de há uma década para cá. Cada vez temos/teremos menos jogadores portugueses no plantel. Alguns dirão que isso não interessa nada mas, eu acho que realmente interessa e, poderá trazer no futuro consequências negativas, nomeadamente na capacidade para atrair talentos portugueses.

Esta situação mais me preocupa quando penso que Weldons e Magrões (jogadores medíocres) ocupam lugares no plantel que poderiam ser ocupados por jogadores da formação.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 05.07.2014 às 23:05

Bem... o Welder e o Magrão já sairam, dado que as opções dos seus contratos não foram exercidas pela SAD. No entanto, o argumento não deixa de ser válido em relação a outros.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 06.07.2014 às 12:02

"O que considero mais importante de debater é a "lampionização" do Sporting. Neste momento, estamos a fazer precisamente o mesmo que os lampiosos estão a fazer de há uma década para cá. Cada vez temos/teremos menos jogadores portugueses no plantel. "

Entao mas nao foram contratados 2 jogadores portugueses? Ou queria dizer "jogadores da formacao"?

"Esta situação mais me preocupa quando penso que Weldons e Magrões (jogadores medíocres) ocupam lugares no plantel que poderiam ser ocupados por jogadores da formação."

Já foram ambos recambiados...
Sem imagem de perfil

De Mário a 06.07.2014 às 00:34

Caro Rui,
Por hoje já chega, já me tratou pelo "outro", já me tratou por "Mário", enfim já me tratou de uma forma, que não admite que lhe façam.
Tudo porque defendo algo com coêrencia e em que acredito, sabendo ser sempre mais difícil realizar do que idealizar, tenho de reconheçer o valor de quem o consegue fazer, sem dogmas, nem fanatismos.
A sua conduta, é exatamente a contrária ao que se propôs quando fundou este espaço, o de criar um espaço de crítica construtiva. Para isso é preciso ter idéias, opiniões fundamentadas e raramente isso aparece aqui vindo de si.
Mas antes de lhe desejar boa noite, deixo-lhe um exerto de noticia recente, para que lhe sirva de inspiração para melhores dias.

"O presidente do Sporting falou da contratação de Ryan Gauld e desmentiu problemas na formação do clube, denunciando uma campanha de «mentira e quase pressão» contra o emblema leonino.

«Muito se fala no Ryan Gauld. Os disparates que foram escritos... têm quase ar de criminoso. Uma coisa é enganar-me, outra coisa é mentir e sem sustento algum. E mentiu-se descaradamente nos valores relacionados com o Ryan Gauld. Mentiu-se nos valores, fingiu-se que havia um problema na formação... Isso para mim não conta. Os sportinguistas vão estar atentos àquela que é uma campanha absolutamente inacreditável de mentira e quase pressão», disse à margem da Liga Escolhas que decorreu em Alvalade.

«A formação do Sporting está calmíssima e super satisfeita de voltar ao trabalho. Compreendem perfeitamente o que está feito e aquilo que pretendem é evoluir e crescer. Se a estrutura considera que tem de comprar para se ter mais-valia, porque temos títulos para conquistar, a formação está calma, pois sabe que tem de evoluir e que é melhor do que estes que estão a chegar. Para eles é um desafio extra», disse, acrescentando de seguida:

«Não há uma via verde, pura e simplesmente, porque se é da formação. É importante que estes miúdos percebam que têm de se esforçar cada vez mais e melhor. E eles percebem. Estamos todos satisfeitos.»

Boa noite e até amanhã, que eu cá estarei para o revisitar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.07.2014 às 01:02

Meu caro,

A referência ao "outro" admito ser algo indelicado, agora a "Mário", não compreendo porquê, dado que é o nome ou o nick que usa.

Transcreveu todo esse discurso do presidente desnecessariamente, porque eu não critiquei a contratação do Ryan Gauld e até admiti algum entusiasmo pelo jovem. Dito isto, acho perfeitamente aceitável que se questione a política desta liderança sobre a formação, pelo que foi feito na época passada e pela dificuldade em compreender o que a estrutura pretende a longo prazo.

A realidade é que para bem ou para mal, os resultados das decisões de hoje só serão verificáveis daqui a 4 ou 5 anos, no mínimo, uma vez que o processo em curso não pode, por natureza, apresentar resultados imediatos.

Por fim, mesmo os maiores apoiantes deste presidente devem reconhecer, creio eu, que ele está longe de ser uma autoridade sobre formação futebolística. Quanto muito, poderá vir em defesa da visão de outros que trabalham com ele.
Sem imagem de perfil

De Mário a 06.07.2014 às 07:51

Bom dia caro Rui, e não "Rui"
Mário, e não "Mário", é de facto o meu nome próprio, mas para mim isso não é importante para o contexto de blogs. O mais importante é que Mário ( e não "Mário") é a assinatura da minha opinião, que por considerar genuína, considero insultada/desdenhada quando colocada entre aspas. Estamos esclarecidos.

Assunto Ryan e Bruno de Carvalho comentarei nos post que já criou esta madrugada.

Confesso que me satisfaz a sua constatação de que esta estratégia de formação só poderá ser avaliada pelos resultados e para isso há que esperar por eles. É um ponto de partida sensato que procurarei invocar sempre que se torne importante nas nossas futuras conversas.

Desconhecendo em absoluto as competências do Presidente em matéria de formação, não consigo no entanto admitir possível que por maior que fossem ele sózinho pudesse implementá-las. Nem ele, nem ninguém. O natural é que se rodeie de pessoas de sua confiança para o levar a efeito, o que me parece ser o caso.

Até ao próximo post.
Sem imagem de perfil

De Joao a 06.07.2014 às 02:29

Pode-se concordar ou discordar com a politica desportiva a ser seguida, mas nao e razoavel concordar com uma politica negocial com os jogadores da formacao que essencialmente e que nao ha negociacao com ninguem, e que funciona numa base \"e pegar ou largar\" e nao aceitamos contrapropostas. E errado nao e base para uma relacao profissional saudavel. Por estamos a falar de profissionais e nao putos de escola.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 06.07.2014 às 12:06

" Por estamos a falar de profissionais e nao putos de escola."

Até concordava, se a realidade o demonstrasse.
Bruma portou-se como um profissional?
Ilori comportou-se como um profissional?
Pois. "Putos de escola" nao - de acordo. Mas "profissionais" também tenho sérias dúvidas.

Como em tudo na vida, o futuro permitirá aquilatar desta política; mas nao tenho grandes dificuldades em especular que os que ficarem no Sporting terao muito mais probabilidades de singrar e realizar uma carreira à medida do seu potencial. Os outros arriscam-se seriamente a desaparecer num qualquer clube secundário...

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo