Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

UZU6TD3N.jpg

 

Tem sido pedido por vários dirigentes e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) decidiu aceder ao pedido. Os jogos do campeonato nacional vão contar com vídeo-árbitro (VAR) já na próxima época. Os custos desta medida serão suportados pela FPF, que irá gastar cerca de dois mil euros por jogo.

 

Este será, no entanto, um período de testes. Ao contrário do que aconteceu no Espanha-França, jogo particular em que foram utilizadas as novas tecnologias, a equipa de vídeo-árbitros não estará numa carrinha no exterior do estádio mas sim, num centro criado para o efeito na Cidade de Futebol. Nesta fase de testes, só poderá ser dada uma indicação para dentro de campo quando os técnicos têm a certeza absoluta que a decisão do árbitro principal seja errada.

 

img_FanaticaBig$2017_05_04_09_11_46_1259688.jpg

Serão 306 os jogos que vão contar com as novas tecnologias, que permitem ajudar, com o uso de imagens televisivas, a equipa de arbitragem a decidir bem em situações de dúvida durante o jogo.

 

Como já referi em outros textos, sou totalmente contra a implementação do vídeo-árbitro. Não vale a pena reiterar as minhas razões para o efeito, salvo sublinhar que acredito que vai ter um impacte negativo na fluidez do jogo muito além do que é agora antecipado por todos aqueles que consideram a medida como a solução ideal para todos os males de arbitragem no futebol. Além do mais, especialmente em Portugal, tendo em conta a mentalidade tanto de dirigentes como de adeptos, decisões controversas e a respectiva polémica mediática não irão desaparecer, pelo contrário. Como foi referido num outro texto, no futebol português "um empate ou uma derrota é sempre culpa do árbitro e de uma conspiração”. A partir da próxima época, é só uma questão de adicionar o vídeo-árbitro a esta equação.

 

publicado às 11:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Pizzi a 04.05.2017 às 15:17

Meus caros, os problemas do futebol só vão acabar quando for eu que decida sobre todas as dúvidas nos jogos.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 04.05.2017 às 16:16

Meu amigo, isso já é a realidade do futebol português.... receber a bola com as duas mãos dentro da área... não é penalty!!
Sem imagem de perfil

De Pochete a 04.05.2017 às 17:10

Diz o árbitro, o Guerra, o painel do Jogo e a UEFA.

Muito sinceramente, parece-me que a introdução do vídeo-apito vai gerar ainda mais confusão, porque inevitavelmente vamos ter jogadas em que árbitro e vídeo-PIDES vão ter opinião diferente.

Vamos imaginar um caso em que um golo é mal validado por fora de jogo. Muito bem: dá-se a indicação e a jogada volta atrás, digamos assim, e repõe-se a legalidade. E todos aqueles casos em que a apitagem assinala fora de jogo mal? O jogador vai isolar-se tal e a probabilidade de marcar golo é assinalável. Como é? Ou vamos fazer um chavascal por causa de meia dúzia de lances por ano por clube?

E quando o Soares Dias achas que a entrada do Scheloto é limpa, mas o vídeo-coiso Coroado considera que é penaltie? Ou o outro Jorge que considera que o duplo toque do Pizzi 8que seria falta até no basquete ou vólei, não é falta, mas o vídeo-coiso Gomes acha que sim? Já estou a imaginar a discussão dos dois durante largos minutos enquanto a malta da bancada vai ao banheiro ou beber uma jola...

Como diz aí o Carlos, vai ser um circo a cores e ao vivo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.05.2017 às 17:21

Para si, e para a maioria de benfiquistas, imagino, esse lance do Pizzi não é falta, mas para muitos outros não deixa margem para dúvidas. Daí que não há causa para surpresa quando surgirem casos com o vídeo-árbitro em que há diferenças de opinião. E a discussão continua...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds