Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

06CIETVG.jpg

 

Começo a escrever com a intenção de não me alargar muito em comentário. Sinto que há algumas considerações a adiantar sobre o jogo, mas não mais do que isso. Esclareço, desde já, no entanto, que qualquer crítica da minha parte não visa de modo algum desvalorizar o feito da nossa equipa. Como sempre, comento não em função do resultado, mas sim da exibição e da globalidade de circunstâncias inerentes à partida. 

 

Primeiro e sobretudo, muito satisfeito com a conquista desta prova pelo Sporting. Já a merecíamos há muito, e como diz o povo, "mais vale tarde do que nunca". Até deu para me enervar (um pouco), ocorrência excepcional para mim hoje em dia.

 

Reconheço, há muito, que finais são para ganhar, mas não posso deixar de expressar a minha decepção pela incapacidade do Sporting em derrotar este vulgar Vitória de Setúbal nos 90 minutos. Demos 45 minutos de avanço ao adversário e até com um golo para coroar uma exibição muito longe do que se desejava e esperava. Além de já ter acontecido em diversos jogos esta época, sinto que nesta final se fica a dever, fundamentalmente, ao facto de termos jogado com oito jogadores e meio no primeiro período. Passo a explicar:

 

3ON8IHL1.jpg

 

- Nem sei bem o que dizer de Bryan Ruiz, depois de tudo o que se passou com ele esta época. Mas, na minha opinião, não oferece condições para ser titular nesta equipa, muito menos num jogo decisivo;

 

- Rúben Ribeiro ainda não me convenceu que é jogador para o Sporting. Mesmo que venha a provar o contrário, neste momento, havendo lógica e sensatez (o que com Jorge Jesus talvez seja exigir muito), não devia integrar o onze inicial;

 

- Temos, por fim, Fredy Montero. Ainda lhe dou meio valor, pela sua entrega, apesar da caricata condição física. Não podemos esquecer que fez apenas meia dúzia de treinos desde que chegou, depois de estar parado desde o dia 3 de Novembro.

 

Felizmente, Jorge Jesus também reconheceu esta lacuna da equipa e fez para corrigir o seu erro, dando entrada a Battaglia e Acuña logo a seguir ao intervalo. Este último também não tem estado muito bem, mas com o seu espírito combativo, sempre contribui mais do que Bryan Ruiz.

 

No segundo período, o Sporting criou oportunidades suficientes para chegar ao empate e então vencer o jogo. Muito se fica a dever à ansiedade de alguns jogadores, com alguma infelicidade à mistura. Mas, sobretudo, notou-se a falta de Gelson Martins e, em grau inferior, até de Daniel Podence. O jogo exigia velocidade e criatividade, características natas destes dois jogadores. Acho que ficou bem vincado quão importante Gelson é para esta equipa.

 

J53CVDGN.jpg

 

Uma palavra final sobre Rui Costa, o árbitro da partida, com uma actuação no mínimo sofrível. Não comento vários lances em que me irritou com as suas decisões e até admito que não tenha visto a defesa com a mão de Podstawski aos 79 minutos, mas fica por explicar a flagrante omissão do cartão vermelho. Quem comete um erro tão grosseiro, não tem competência para trabalhar jogos a I Liga. Não deixa de ser justiça irónica que quem falhou um penálti pelo Vitória de Setúbal, foi precisamente o jogador que não devia estar em campo.

 

P.S.: A escolha de William Carvalho para marcar a quinta grande penalidade, dá validade ao velho ditado que diz que treinadores são bestas ou bestiais. Jorge Jesus safou-se desta !

 

publicado às 03:37

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


80 comentários

Sem imagem de perfil

De Nelson a 28.01.2018 às 06:12

Meu caro,
Chega de vitórias morais.
Há 10 anos contra o Setúbal ganhamos moralmente mas o caneco não foi nosso.
Vencemos também moralmente a taça Lucílio, com roubalheira á mistura
Final da taça contra Académica outra moral. Campeonato 15/16 com o que sabemos hoje do polvo. Lampeonico, que vitória moral.
Podem ficar com essas vitórias morais todas, que até permitem no pós jogo satisfazer o ego dizendo mal do treinador é afins.
Mesmo com os 45m de avanço, com o mau futebol, com o William a tremer, soube tão bem acordar às 5:45 da matina aqui em Dili para ver os nossos leões. Façam como eu, um camarão a beira mar, umas bolas e festejam.
E não me importo mesmo nada de ganhar o campeonato a jogar mau futebol e tendo um presidente labrego, e um treinador com um ego tamanho da torre Eiffel. Estou farto de vitórias morais.
Sem imagem de perfil

De Transmontano a 28.01.2018 às 08:47

Foi mais uma Vitoria arrancada a ferros como vem sendo o nosso karma , finalmente ganhamos a Taça da Liga algo que vem com 10 anos de atraso..

Apesar de ficar satisfeito e contente com este Troféu , começo a ficar apreensivo com o mau futebol que temos vindo a praticar , onde se nota que um mau resultado pode acontecer a qualquer momento..

Espero JJ consiga por o Sporting a carburar , pois estamos na altura decisiva da época onde vamos ter um enorme desgaste com os jogos com os corruptos e da UEFA..

Força Sporting
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 28.01.2018 às 10:01

Já agora uma pequena informação, visto que esta coisa do cartão vermelho ao jogador do Setubal está a ser falada em todo o lado.

O árbitro, bem, aplicou a nova lei que diz que um jogador que faça penalty só vê o amarelo, a não ser que seja por agressão. A lei visa não deixar a equipa que comete o penalty com um triplo castigo, ou seja, ficar sem um jogador, levar com um penalty e ter o adversário uma oportunidade flagrante de marcar.

Concorde-se ou não é a lei.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:11

Mas este não foi um caso de impedir um adversário que tinha uma oportunidade flagrante. A bola foi impedida de entrar na baliza com a mão, num acto deliberado.
Sem imagem de perfil

De Luis a 28.01.2018 às 22:51

Você muitas vezes é de vistas curtas! Onde é que a bola ia entrar na baliza? Como? O guarda redes estava mesmo atrás para defender ! Você viu o jogo?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 29.01.2018 às 00:27

Não... não vi o jogo. Fiquei à espera do relato do Luís !?!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:19

"Acabou a lei do chamado 'castigo triplo', que estipulava expulsão, penálti e suspensão quando um jogador cometia uma falta dentro da área para impedir uma oportunidade clara de golo. Agora, o árbitro tem de avaliar se o defesa tentava jogar a bola de forma limpa - nesse caso, não é expulso. Mas se obstruir, agarrar ou empurrar o adversário; não jogar a bola ou não ter a possibilidade de a conquistar quando faz a entrada; ou se tratar de uma falta merecedora de cartão vermelho em qualquer parte do campo, como conduta violenta, o jogador é sempre expulso."

Cartão vermelho !!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 12:38

Bom dia a todos
Rui é cartao vermelho se impedir deliberadamente e de forma inégal a entrada da bola n'a baliza.
O arbitro teve en conta que a bola podia nao entrar pelo facto do guarda redes ter possibilidade de defender,porque fica a duvido que se o Podstawski nao faz penalti se a bola entraria porque atras do braço dele esta o braço do guarda redes.
Foi a sua interpretaçao mas aceitava-se tambem o vermelho.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 28.01.2018 às 13:29

Ok, nesse caso deveria mesmo ter sido expulsão e a única "desculpa" é o árbitro ter considerado que o GR ainda poderia ter defendido a bola, mesmo sendo uma "desculpa" esfarrapada.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 10:23

Mike,
A meu ver, isso são os lances em que tu não defendes um golo com a mão!
Essa regra é só para Portugal ou não? Se não for, ainda no outro dia no Real vs Barcelona, já não sei quem defendeu a bola com a mão e foi expulso.

E mais, essa regra dava aso a que qualquer jogador sem amarelo, defenda com as mãos... só leva amarelo e depois até pode ser que o GR defenda ou o avançado falhe...
No lance de ontem só dou um pouco o beneficio da duvida por estar o GR com a mão mesmo atrás... mas mesmo assim deveria ter visto o vermelho!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:25

Não tem nada a ver com o que o guarda-redes fez ou deixou de fazer.

Já deixei aqui as interpretações correctas dessa lei.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 28.01.2018 às 11:01

Então e no penalti feito por Mathieu em Setúbal ? Devia ou não ter sido expulso ?
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 11:09

Na minha opinião, são lances diferentes.
Enquanto o de ontem a bola vai para a baliza, no outro o Edinho fica isolado mas a bola não ia para a baliza. Talvez por esta diferença se possa aplicar a regra da não penalização tripla ao Mathieu e não ao jogo de ontem.

Aqui o que se pode levantar é que qualquer jogador que esteja em campo pode defender com a mão e só levará amarelo. Fica ainda com a esperança de que o jogador adversário falhe o penalti e ou o seu GR defenda! Estaremos a penalizar quem ?
Imagine um jogador isolado passa o GR e um defesa que vem de trás lança-se em voo e defende a bola com a mão, qual o cartão? Nas imagens vê-se deliberadamente o jogador a esticar o braço!
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 28.01.2018 às 11:53

É que nenhum “entendido”, julgo, falou nisso.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 11:55

Não colocaram em duvida, mas se calhar porque se aplicou a regra da não tripla penalização. Neste caso, na minha opinião, é diferente!
Sem imagem de perfil

De Manuel Ferreira a 28.01.2018 às 18:02

Está tudo muito bem, mas o golo (penalty) não devia ter sido sancionado porque o Doumbia estava fora de jogo na jogada.
As imagens são claras, mas ninguém fala nisso.
I wonder why.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 18:13

Ainda não vi esse fora de jogo que apregoam...se estava lá foi erro do VAR não o marcar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 18:14

O fora de jogo é fruto da sua imaginação encarnada !!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:23

Ainda mais:

"Mas atenção! Se ao efectuar essa infracção, o defesa não tentar jogar a bola de maneira honesta e leal (ou seja, se empurrar o adversário, agarrá-lo, tiver uma entrada mais grosseira ou violenta ou até cortar a bola com a mão/braço), desde que essa acção faltosa corte uma clara oportunidade de golo do adversário, ele será sempre expulso do jogo".
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 10:29

É um VAR e um árbitro que deveriam ser punidos por erro grosseiro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:33

Até é incompreensível terem levado tanto tempo para assinalar a grande penalidade.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 10:34

Essa foi outra.
Então aquilo não se vê até no lance corrido... eles ainda estavam a ver se dava para não marcar! Ah ah ah ah ah ah ah
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 12:44

O levar tanto tempo tem explicaçao sim e tem um nome, Rui Costa o VAR diz-lhe que é penalti e ele ainda teve que ir confirmar porque por ele nao marcaria mas com tanta evidencia na falta nao teve outro remedio voltar com a decisao atraz e marcar penalty
Sem imagem de perfil

De hugo gomes a 28.01.2018 às 13:06

Bom dia
Como disseram só é vermelho se tivesse posto a mão num golo certo, como se vê nas imagens a mão do guarda redes está atrás da do jogador do Setúbal logo não era golo certo,até se pode dizer se ele não tivesse feito essa burrada o guarda redes teria defendido,logo o árbitro esteve bem.o único erro do árbitro foi ter Guardado muitos amarelos por mostrar por entradas sem bola,das duas equipas.
Relativamente ao Sporting se continuarem a jogar assim,adeus campeonato,pois no campeonato nos empates não vão a pênaltis,e vão perder pontos, foi impressão minha ou os jogadores do Sporting já estão exaustos e a cair e a segunda volta ainda agora começou?
Cumprimentos a todos
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:25

Muito provavelmente sim mas nunca saberemos.

Se formos ao pormonor á uma imagem que mostra que a mao do Podstawski chega primeiro que a do guarda redes atras de si tambem podemos pensar que a bola entraria porque a mao do guarda redes chega mais atrasada mas de facto nunca saberemos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 15:01

O guarda-redes nunca chegaria a tempo. Ele está posicionalmente mais recuado e age atrasado à bola. De qualquer, há a eminência de golo e o acto deliberado do defesa. Nada mais é preciso para expulsão !!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.01.2018 às 15:35

Comentário apagado.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 15:39

ah ah ah
Fora de jogo da azia.
Vejam bem se não foi o Nelson a soprar!
Sem imagem de perfil

De Diogo a 28.01.2018 às 13:27

Bom dia Rui,

Em complemento, deixo a orientação do International Board sobre a matéria:

Denying a goal or an obvious goal-scoring opportunity
Where a player denies the opposing team a goal or an obvious goal-scoring
opportunity by a deliberate handball offence the player is sent off wherever the offence occurs.

Where a player commits an offence against an opponent within their own penalty area which denies an opponent an obvious goal-scoring opportunity and the referee awards a penalty kick, the offending player is cautioned unless:

• The offence is holding, pulling or pushing or
• The offending player does not attempt to play the ball or there is no possibility for the player making the challenge to play the ball or
• The offence is one which is punishable by a red card wherever it occurs on the field of play (e.g. serious foul play,
violent conduct etc..)

In all the above circumstances the player is sent off.

Posto isto, julgo que dúvidas inexistem quanto à grosseira incompetência (?) do árbitro da partida.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 14:48

Eu não tenho dúvidas algumas e já o afirmei. Em português, também apresentei um resumo da tal nova lei. É expulsão, não há margem para argumento!
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 10:28

Rui,
Estou de acordo com a sua análise ao jogo. Dos três jogadores que mencionou e que entraram de inicio, levantei logo as mesmas questões.
Só deixaria em campo e por necessidade o Ruben Ribeiro e a jogar na ala direita, para o centro....
Adiantava Bruno Fernandes e punha o Bataglia ou outro no miolo.
Bataglia anda a "irritar" um pouco com a mania de fazer fintinhas a meio campo e perder a bola... mas dá mais consistência defensiva e liberta o Bruno para rematar, ontem bem tentou e numa delas fazia um golão, não fosse a excelente defesa do GR vitoriano.
Demos mesmo 45 minutos de avanço!!!
Sem querer criticar o homem, Coates, com a experiência que tem não pode ser "comido" daquela maneira no golo do Paciência (que muito aprecio como PL) - prevejo ali o futuro PL do FCP e da Selecção Nacional.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:32

A questão é que Battaglia, por útil que seja, é um "6" e não um "8". Com William em campo, faz falta um "Adrien", ou seja um "8".

A única esperança neste momento é o Misic, mediante a qualidade dele, por ser um puro "8". Creio que o Wendel também não é. Por agora parece ser mais um médio apenas ofensivo.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 12:56

Rui o principal problema foi a mentalidade dos nossos jogadores da forma como entraram neste jogo pensaram que o ganhariam sem ter que meter o chip do sofrimento sem ter que ir à dor que é provocada pela intensidade que era exigida ao contrario dos jogadores do Setubal que entraram com tudo como se fosse o jogo da vida deles.
Mais rapidos a pensar mais rapidos a chegar e a ganharem todas as 2s bolas

Eu proprio desesperava que chegasse o intervalo porque acreditava que o JJ ia fazer o que teria que ser feito REVOLUÇAO imagino o que lhes deve ter dito e com as respectivas correçoes tirando os jogadores que mais insistiram com açoes individuais quando se pedia jogar simples e rapido e puxar o Bruno para a direita porque naquele lado nao aparecia ninguem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 14:51

O Julius lá arranja estes argumentos. Eu acho que tem muito menos a ver com "mentalidade" do que o facto de, na realidade, estarmos a jogar com apenas OITO elementos aptos a integrar o onze inicial.

Além do mais, e não sei quantas vezes é preciso repetir isto, Bruno Fernandes term de jogar na posição dele e não a "8". Ponto !!!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 15:12

Rui é necessario atitude , entraram algo soberbos que iriam eles proprios gerir o jogo e quando decidissem"apertar" um pouco mais o golo acontecia , faltou atitude e foram apanhados na grande atitude dos jogadores do Setubal , depois essa atitude levou o Rubem a jogar como se estivesse no Rio Ave quando aí podia ser individualista e o Bryan a abusar tambem das ações individuais porque os colegas nao se desmarcavam com a rapidez que se exigia.

Creio que estava destinado a ser o Rubem a aparecer na direita e isso nunca aconteceu com falta de entrosamento com o Piccini e este a perder os duelos individuais e depois enervaram-se e ainda foi pior.

Repare que independentemente das mexidas os jogadores mostraram outra atitude quando regressaram do intervalo a entregarem-se finalmente ao jogo como equipa a cada um fazer a sua parte e o Setubal aí teve que começar a recuar e a jogar feio.

Quanto á teoria dos 8 elementos não me parece de todo correcta , porque nessa fase todos falharam em açoes simples , Piccini perdia todos os duelos individuais , Coates e Mathieu nao acertavam com o Gonçalo chegavam sempre atrasados , William deixava-se cercar facilmente pelos adversarios e deixou o teixeira fazer o que queria naquele meio campo e a bola nem chegava la na frente até o Rui Patricio começou a enervar-se e a perder o tino de lançar a bola isso chama-se atitude e quase que iam pagando bem caro por isso. Acordaram felizmente a tempo e depois sim com as mexidas o futebol começou finalmente a sair , as proprias mexidas tiveram o objectivo de acordar os jogadores .

No intervalo mereciam ser todos substituidos menos o BasDost que nao teve culpa da bola nao chegar lá.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 15:22

Não vale a pena insistir. No final da época falamos novamente.

Há quanto tempo esta equipa não faz um jogo de verdadeira qualidade ?

Couceiro mandou fazer pressão alta e nós não estávamos estruturados para reagir como se exige. Até Rui Patrício - sem ser nada de novo - sentiu dificuldades em colocar a bola em jogo. Foi preciso Jorge Jesus irritar-se e dar-lhe ordens para a pontapear. Claro, como quase sempre com o Rui, em 10 pontapés, 9 vão parar ao adversário, além do desgaste que dá a Bas Dost que é obrigado a lutar pela bola em todos os lances no ar.

Mas o Rúben Ribeiro anda ali a fazer exactamente o quê ? Ou será que sou eu que não consigo ver as coisas ?
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 15:40

Rui e porque o Couceiro nao mandou tambem fazer pressão alta aos seus jogadores contra a Oliveirense? Qual foi a diferença nesse jogo? Pois foi precisamente o mesmo que aconteceu ontem na 1parte ATITUDE , a atitude dos jogadores da Oliveirense fizeram a diferença porque enquanto jogavam o jogo da vida deles os de Setubal fizeram o mesmo que os nosso ontem , a passo e assim perdiam todos os duelos individuais até parecia que a Oliveirense estava a jogar com mais 2 ou 3 jogadores a mais , lá está a jogar com .....8.

Atitude Rui foi e è essa a diferença.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 15:46

Está a querer comparar a Oliveirense ao Sporting ?

E mesmo que o factor principal seja falta de atitude, questão grave até, de quem é a responsabilidade ?
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 16:16

A Oliveirense nesse jogo fez de Setubal e o Setubal fez de Sporting e o que faltou foi atitude ao Setubal e em excesso tiveram os da Oliveirense.

Rui o problema de ATITUDE é evidente que passa pelo treinador, obviamente, mas nem sempre é facil os jogadores entenderam que é hora de sofrer quando andam esgotados com enxurrada de jogos em cima.

Repare as incriveis estratégias que o Benfica utiliza para dar atitude aos seus jogadores sempre a tentarem buscar palavras ditas dos rivais para com elas espicaçarem os seus jogadores para que estes se atirem ao jogo com mais atitude.esquecendo as mazelas.

Um dia tive um jogo contra uma equipa muito mais fraca que a minha que ja tinha levado varias goleadas no campeonato e nesse jogo ao intervalo a minha equipa ganhava 1-0 mas o adversario por varias vezes ameaçou o empate o que seria um escandalo e a minha equipa não teve oportunidades para fazer o 2-0 .
Nem queira saber o que disse aos meus jogadores ao intervalo no balneário, se pudesse substituia-os a todos e disse-lhes isso mesmo ,substitui 3 porque nao se permite mais e na 2 parte marcamos mais 4 golos.

A tactica era a mesma , a estratégia a mesma só que a atitude foi diferente.

A grande diferença na atitude é nos duelos individuais sem atitude no limite, perdes facilmente os duelos e as 2sbolas até parece que o adversário joga em superioridade numerica .

Rui nesta situação nao tenho duvida mas respeito a opinião de todos , eu agradeço sempre o permitir que eu escreva aqui e vivendo longe me faça sentir um pouco mais perto o calor das minhas gentes e do meu clube e se puder transmitir alguma da experiencia que tive fico satisfeito

Abraço
Sem imagem de perfil

De João Sportinguista a 28.01.2018 às 14:05

Wendel é o que os brasileiros chamam segundo volante, um criativo que faz a ligação defesa ataque mas com características mais ofensivas.
Em relação a William, JJ não podia fazer outra coisa, se o SIR não marcasse o penalti o que se diria. Marcou e bem, já anda por essa Europa fora.
O caneco é nosso limpinho, sem esquemas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 14:54

Daí que eu tenha vindo a dizer que o único entre os reforços que poderá preencher a posição que mais precisamos nesta altura ("8") é o Misic.

Esteve parado muito menos tempo do que Montero e já vem com mais de 30 jogos nas pernas. Rúben Ribeiro entrou imediatamente, Montero quase a mesma coisa. Veremos quanto tempo vai levar para Misic entrar.
Sem imagem de perfil

De SMCM a 28.01.2018 às 10:34

Concordo que jogámos com 8. Eu tinha escrito no Post do FCP x SCP que há jogadores que são boas opções como suplentes mas que nunca poderão conviver no onze em simultâneo.
Com Brian, Rúben, Montero, william, dost a equipa não tem intensidade. São 5 jogadores em 6. É muita gente molenga. Na primeira parte o Sporting fez 2 remates o último aos 38 min, montero do meio da rua para as nuvens, muito fraco. Simplesmente não conseguiam empurrar o Vitória para trás.
Começo a achar que a janela de transferência nos fez mal. Foram b7scar dois jogadores molenga, que JJ vai insistir no onze -Montero e Ruben - fazendo o nosso jogo ficar sofrível.
JJ estava morto por voltar ao seu 4.4.2, primeiro colocou Rúben e agora está a puxar por montero para passar ao seu 4.4.2. Mas burro como é não vê que com o William no meio a equipa não vai ter a intensidade no meio campo que um 4.4.2 exige. Portanto, ainda bem que ganhamos a taça Lucílio, porquel a confirmar a mudança para o 4.4.2, vamos perder muitos jogos nesta segunda volta e dizer bye bye à taça, campeonato e europa.
Não é por acaso com os 3 grandes tinham muito pontos no final da primeira volta e todos jogavam em 4.3.3.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:50

E o 4x2x4 que ele tem vindo a usar ?

Não vejo problema algum com o 4x4x2, mas sim com a escolha de jogadores. Aqui reside a real questão.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:05

P problema é mentalidade se ela nao existir nao sao os desenhos geometricos que vao resolver nao à tactica que resista. Se os jogadores nao entrarem com a mentalidade sue vao ter que correr sofrer ate à exaustao acontece o que vimos n'a 1parte.
Todos mereciam ser substituidos ao intervalo.

Depois perceberam que daquela forma nunca iriam la e que perderiam a taça e entregaram-se ao jogo e tudo foi diferente aí sim com essa mentalidade entao ja resultam as tacticas mais adequadas para o momento.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 15:05

Outra vez a "mentalidade" ???

Qual é a sua dificuldade a reconhecer que esta equipa está mal orientada ???

Que as opções técnicas de Jorge Jesus criam problemas desnecessários ???

Que as opções dele quanto a jogadores e no que diz respeito à gestão do plantel, deixa muito a desejar ???

Garanto-lhe uma coisa, para o esclarecer, desde já: a jogar assim, não chegamos ao título!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 15:21

Oh Rui lamento discordar mas nao é assim que sempre funciona que importa meter este ou aquele jogador se a equipa jogar sem atitude? a passo e a deixar o adversario chegar primeiro á bola? Que tem haver a tactica se os jogadores perdem os duelos individuais e desiquilibram a equipa? Acredita mesmo que foram as substituiçôes ou os jogadores que entraram que mudaram tudo? Continuassem eles com a mesma atitude e e os que entraram nao fariam qualquel efeito.

Foram os novos jogadores que fizeram que finalmente Piccini nao se deixasse enrolar nos duelos individuais , que Coates finalmente chegasse primeiro á bola que o Gonçalo? Que William se imposse ao João Teixeira? Primeiro tinham que resolver esse problema chamado atitude depois sim a resolução do problema de chegar á baliza adversária.
Nao viu como todos corriam diferente na 2parte? Que ja nao era de forma isolada mas sim em bloco? E aí o Setubal percebeu finalmente que estava perante uma equipa superior?
Sem imagem de perfil

De SMCM a 28.01.2018 às 18:40

Meu caro, não é uma questão de mentalidades mas de características de jogadores. Há uns assim e outros assado, cabe a quem escolhe o plantel e a quem o gere saber tirar partido, nas diferentes situações, das características diferentes que cada jogador tem. Toda a gente sabe que o William é lento a correr e reposicionar-se em campo. Logo se lhe pedirmos para ir pressionar alto, já sabemos que a defesa vai ficar exposta porque ele não vai recuperar a posição. É assim. Não tem haver com mena posição O Adrien sempre foo um jogador de elevada intensidade, porque sim. Não tem nada com mentalidade. Montero é lento, Brian é lento, Rúben é lento, Dost é lento e William é muito lento. Não tem mal se os combinarmos com outros jogadores que compensem isso no Onze. Agora todos juntos ao mesmo tempo? Só se a outra equipa alugar o seu meio campo e oferecer a posse de bola ao SCP é que ganhamos.
Sem imagem de perfil

De João a 28.01.2018 às 10:39

Então e o fora de jogo de Doumbia no remate que deu origem ao penalti para o Sporting?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 10:48

Está a inventar essa do fora de jogo para quê ???

Não há fora de jogo algum !!!
Sem imagem de perfil

De João a 28.01.2018 às 18:27

No momento em que Coentrão remata, o Doumbia está fora de jogo, no seguimento da jogada irá "lutar" pela bola com Bas Dost.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 18:31

Deve-se informar, antes de vir aqui com bocas. A "luta" dele pela bola com Bas Dost surge depois da bola vir do guarda-redes. Na primeira fase do lance ele não intervém na jogada.
Imagem de perfil

De PSousa a 28.01.2018 às 10:52

ah ah ah ah TANTA AZIA!
Tinham a "caneta" preparada para gozar e tiveram de a guardar!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:15

DEJOAO se esteve tão atento aos pormonores do jogo deve ter visto que o Gonçalo antes de marcar o golo desvia com o braço o Coates do lance.
Sem imagem de perfil

De luis a 28.01.2018 às 11:59

pelo que vi do jogo ,este foi decepcionante , o Sporting tem um jogo atabalhoado
e repetitivo , o Vitoria fez o seu papel apanhou-se a ganhar e defendeu e o Sporting sentiu e de que maneira a falta do Gelson ,enfim ganharam a taça dos bebados ou da cerveja ou a taça Lucilio,como queiram !
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:56

A taça dos bebados? então é por isso que o Benfica tem 6
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 28.01.2018 às 19:06

LOL
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.01.2018 às 12:31

JJ jogou duas vezes na lotaria e teve prémio! Mais uma vez, tal como na quarta feira, o jogo da equipa deixou muito a desejar, tal como em muitos jogos, a primeira fase de construção não sai bem, isto porque falta um box-to-box, um 8 que tenha qualidade na saída e dê consistência ao meio campo (tal como fazia Adrien). José Couceiro viu isto e pôs o Setúbal em pressão alta ganhando claramente o meio e encostando o Sporting lá atrás, na saída de bola quase sempre mal e com imensas perdas de bola. Foi o 1-0 e depois teve o Setúbal chances de aumentar o score, ao intervalo o resultado era lisonjeiro para o Sporting que tinha jogado claramente com unidades que pouco ou nada contribuiram para o jogo da equipa (Montero, Bryan Ruíz e Ruben Ribeiro). Na segunda parte JJ lá tirou RR e BR e o jogo da equipa melhorou, mais consistência a meio campo e pressão sobre o adversário mas a construção do jogo ofensivo continuava a ser pouco eficaz e em oportunidades claras de golo muito poucas. Lá caiu um lance de penalty do céu e empate feito, na lotaria voltámos a sorrir!
Árbitro: claramente mal! É vermelho o lance do penalty e o Setúbal ficaria a jogar com 10, como ainda faltavam uns minutos quem sabe não chegaríamos á vitória dentro do tempo regulamentar?
Outro lance de muita dúvida: golo do Setúbal, a mão esquerda de Gonçalo Paciência empurra claramente Coates na disputa da bola, lance duvidoso.
Uma palavra também para José Couceiro (pessoa que, embora não conheça pessoalmente, muito prezo) de certeza que o Setúbal a jogar assim vai sair da zona de despromoção e manter-se na primeira liga, tem excelentes jogadores.
VIVA O SPORTING e espero que esta Taça seja motivadora para o que resta da época.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 12:42

Muito boa análise. Sublinhando os seus argumentos, já referi várias vezes que a única hipótese de termos o "8" que tanta falta faz é o novo jogador Misic. Ele é puro "8", falta saber a sua qualidade, claro.

Vamos ver quanto tempo Jesus vai levar para o por a jogar. Entretanto vai insistindo com Rúben Ribeiro, obrigando Bruno Fernandes a jogar recuado, claramente fora de posição.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:19

Hahahahaha o lance do penalti caiu do ceu???
Entao nao foi oportunidade clarissima de golo feito?Rezar ao ceu rezariam os jogadores do Setubal nao ter sido golo naquele lance.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.01.2018 às 13:42

No sentido de que até aí as oportunidades de golo claras para o Sporting tinham sido muito poucas ou nenhumas, se acha que tivemos mais que o adversário.... enfim, cada um tem a sua opinião.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:51

Mas eu nao disse que tivemos mais oportunidades que o Setubal que podia ter feito o 2-0 na 2 parte naquele genial lance do Joâo Teixeira que fez tudo e deu ao colega e disse-lhe toma e faz -te famoso , mas o colega nao quis ser famoso e ainda bem para todos nos sportinguistas.

Mas devo referir que a forma como encaramos a 2 parte o resultado acaba por ser justo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 28.01.2018 às 14:57

Essa forma de encarar a segunda parte não anula a muito má primeira, nem o facto de só termos marcado um golo e através de grande penalidade.

Sei que o formato desta Taça da Liga é assim, mas o Julius já reparou que em toda a prova só ganhámos um jogo nos 90 minutos ?
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 15:28

A Italia ganhou o Mundial campeã do Mundo ganhando um unico jogo o da final durante os 90 minutos.

Mas recordo que nao jogamos mal contra o Maritimo e merciamos ter ganho esse jogo , o de Belem esse sim foi algo azedo e batemo-nos menos mal contra o Porto .

Mas tambem nao vejo em nenhum dos jogos disputados que o adversario tivesse sido superior ao Sporting .
De todos os jogos disputados a 1 parte de ontem foi a mais decepcionante ao nivel da 2 parte feita na Luz.

Com aquela "atitude" da 1 parte deixamos 2 pontos em Moreira de Conegos , quando quiseram apertar ja foi tarde.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:35

Nao posso deixar de repetir que os sportinguistas dedicam esta taça á alta figura do futebol portugues que afirmou de boca cheia que o Sporting nao ganharia nada este ano mesmo que comprasse meia duzia de reforços em janeiro, e esperamos ainda poder dedicar-lhe algo mais durante o resto da epoca.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 28.01.2018 às 13:40

Esperemos que a equipa ganhe algo mais, mas pra isso tem que jogar mais, é que o campeonato não se decide nos penalties
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 13:54

Pode decidir-se sim , hehhe, em Setubal com um penalti voaram 2 pontos.

Os jogadores quando querem tornam a vida muito dificil ao adversário é tudo uma questão de mentalidade de chip de sofrimento , porque jogar em intensidade e ter que correr a serio faz ...dôr!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 28.01.2018 às 14:17

Ontem ganhámos um jogo em penaltys que deveria ser ganho nos 90 minutos... a 1a parte não é aceitável, falta de rotinas, falta de condição física, falta de agressividade, e isto foi criado pelo JJ com as suas invenções.

Um título é sempre um título, e por isso estamos de parabéns, mas a jogar assim não vamos ser campeões, que é o grande objectivo da época.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 28.01.2018 às 15:36

Schmeichel , falta de condição fisica? E depois na 2 parte ja tinham condição fisica para correrem como corriam ? Ou pensaram que podiam gerir o jogo impondo o ritmo que queriam? Meu caro quando o adversario tem aquela atitude como vimos nos jogadores do Setubal que faziam o jogo da vida deles só tens uma solução entregares-te tambem ao jogo nos limites de outra forma nao ganhas os lances individuais.

O mesmo Setubal teve esse problema nas meias finais contra a Oliveirense 17º classificado no seu campeonato e vamos dizer que a Oliveirense é melhor que o Setubal? Atitude foi a diferença meu amigoe, aí foi o Setubal que quis gerir o ritmo sem terem que correr muito e quase que se lixavam.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo