Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




2020-05-18.png

Confrontos entre adeptos marcaram a noite de domingo, no Lumiar, em Lisboa. Membros do Directivo Ultras XXI festejavam o seu 18.º aniversário quando foram surpreendidos por um grupo de 15 homens, supostamente membros de uma claque afecta ao Benfica.

Três dos adeptos do Sporting sofreram ferimentos, dois deles obrigando a internamento hospitalar em estado grave, consequência de agressões a murro e pontapé.

O Sporting já reagiu através de comunicado:

""O Sporting Clube de Portugal repudia, mais uma vez, os episódios de violência que continuam a marcar a vida do Desporto em Portugal. Neste caso, as agressões que tiveram lugar ontem à noite, perto das imediações do Estádio José Alvalade, na zona do Lumiar, que resultaram na hospitalização de dois adeptos.

A visão do Clube assenta no princípio basilar de que o desporto é um meio para atingir um fim – e que tem como objectivo melhorar o bem-estar da vida das pessoas.

No dia em que faz 24 anos da morte de um adepto do Sporting CP, no estádio do Jamor, vítima de um very-light, é lamentável e preocupante que estes episódios continuem a acontecer.

O Clube vai continuar a liderar o processo e debate de promoção de um clima saudável e de melhoria do espectáculo desportivo em Portugal e apela por isso, mais uma vez, à intervenção rigorosa das autoridades num problema que extravasa o âmbito meramente desportivo".

As autoridades locais já estão a investigar o incidente, mas, ao que consta, a PSP ainda não identificou nenhum dos intervenientes:

"Foi accionada para a zona do Lumiar, no dia 17 de Maio pelas 22h19, por haver notícia de alegadas agressões entre indivíduos.  Foram encontrados três feridos, dois dos quais estão hospitalizados.

Terão sido agredidos por um grupo de cerca de 15 indivíduos, desconhecendo-se a sua identidade neste momento. Está-se a desenvolver diligências no sentido de apurar a identidade dos intervenientes.

img_920x518$2015_03_12_09_16_00_943216.jpg

Violência gratuita nunca precisa de razão de ser, mas é deveras perplexo o propósito desta ocorrência. Por ser o 24.º aniversário da morte de Rui Mendes, adepto do Sporting, depois de ter sido atingido com um very light no Jamor?

publicado às 15:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.05.2020 às 16:02

A exemplo dos cobardes de Alcochete, estes também atacaram em matilha. Esperemos que a justiça seja igualmente rigorosa desta vez.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2020 às 16:22

Insiste em não se identificar e não voltará a ser publicado.
Sem imagem de perfil

De Rui Miguel a 18.05.2020 às 16:10

Sinceramente já começo a ficar farto destes episódios, e não somente farto naturalmente pela sua violência, mas muito também farto por o Sporting ser envolvido, nem que seja pelo seu nome.
E digo também, que tanto acuso os presumíveis adeptos rivais (neste caso agressores) como os presumíveis adeptos sportinguistas (aqui, segundo parece, agredidos), porque os classifico como farinha do mesmo saco.

O Sporting é desporto e não luta entre gangs, onde a testosterona e adrenalina precipitada pesa mais do que a razoabilidade e sensatez.

Já sei que este tipo de acontecimentos vai precipitar em sentimentos de acusação mútua, elevando como sempre o nível de picardia entre os clubes e grande parte dos seus adeptos, alimentado sempre por frequentadores de redes sociais e os média, que já "fartos" do tema do coronavirus, estão sedentos pelo regresso do sangue quente da clubite.

Aliás, já pressentia que começava a existir um acumular de energia num certo tipo de adeptos que podia rebentar a qualquer momento. Achei porém que fosse só quando se iniciasse a competição, mas parece que já tivemos ontem um "aquecimento".
É que todos estes meses sem bola, sem programas a debitar raiva, se para uns (como é o meu caso) é o paraíso, para outros dá uma ressaca de todo tamanho, porque para eles a rivalidade e picardia é praticamente um vício.
Porque o mal do futebol português e do desporto em geral não está só nos seus dirigentes, mas muito por este tipo de pessoas que se tomaram o palco do fenómeno desportivo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2020 às 16:24

"Porque o mal do futebol português e do desporto em geral não está só nos seus dirigentes, mas muito por este tipo de pessoas que se tomaram o palco do fenómeno desportivo".

Compete às autoridades, sobretudo, agirem rigorosamente de uma vez por todas e a Justiça fazer real justiça e não para inglês ver.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 18.05.2020 às 18:16

Já escrevi num outro texto que estes tempos extraordinários que vivemos, com condicionamentos e reflexos imediatos, nomeadamente na economia mundial, não vão mudar nada nos comportamentos e atitudes.
Se agíssemos de acordo com bons princípios e refletíssemos à luz do que se está a passar, perceberíamos que a nossa condição humana é extremamente frágil, e deveríamos chegar à conclusão que, para bem de todos, devemos ser mais solidários, mais humildes, mais racionais.
Mas somos o que somos, egoístas, arrogantes,com baixos níveis de formação cívica, porque é essa a genética da natureza humana. Muitos pensadores através dos séculos têm defendido que a natureza humana pode ser melhorada através da educação, mas até agora a evolução é muito reduzida.

Tudo isto se reflecte na incapacidade de nos colocarmos no lugar do outros para o compreender e respeitar. Estes jovens que praticam agressividade gratuita, mostram até que, em certas camadas populacionais, estamos perante uma involução. As claques dos clubes são um refúgio de jovens, sem valores, que se associam , não tanto em função do apoio ao desporto, mas para formarem grupos radicais, que funcionam com gangues violentos.

Desta vez foram um grupo ligado ao SLB que atacou adeptos do SCP, possivelmente a comemorar publicamente, sem autorização, em tempos de confinamento. Foram os agredidos. Mas, noutra altura, poderão ser agressores. Quando é que os adeptos ordeiros percebem, de uma vez por todas, que esta gente não faz falta ao futebol?

Por outro lado, o Rui Gomes diz que o mal não está só nos dirigentes, mas também está nos dirigentes. Veja-se o que se passa a propósito da utilização dos estádios no recomeço do campeonato. Não aprenderam nada, nem vão aprender. O nosso futebol, com raras excepções está inundado por mau dirigismo. E é também graças a isso que estas situações violentas continuam.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2020 às 20:00

Eu referi as autoridades...

O dirigismo português é um grande problema, sempre foi aliás, mas no contexto da violência à volta do futebol as autoridades, que inclui o irrisório sistema de Justiça, também fazem parte desse problema e longe de ser qualquer tipo de solução.
Perfil Facebook

De Luis Garcia Garcia a 18.05.2020 às 20:37

onde é que viu algo que indica-se que eram pessoas ligadas ao Benfica , sonham com o Benfica e os benfiquistas .o que ouvi da PSP é que eram um grupo de 15 indivíduos e nunca falou em Benfiquistas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2020 às 20:41

A referência, pelo menos directa, não é da PSP, mas sim da comunicação social.A fonte dessa informação não foi revelada.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 18.05.2020 às 19:10

Alguém sabe mais pormenores acerca disto ?
Tem a ver com os mais recentes actos de vandalismo perto de alvalade e luz ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2020 às 20:01

É muito possível, mas só as autoridades poderão esclarecer estas questões.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.05.2020 às 02:34

Porque é que quando há problemas (agora até parece que era a comemoração do aniversário de uma claque do Sporting perto da nossas instalações, quando segundo a CS foram cobardemente agredidos) os feridos, os hospitalizados e os mortos são sempre do Sporting?
Penso que não são impunes em Portugal, pois acredito na PSP, GNR e PJ. Aqui há uns tempos ao chegarem ao Pavilhão João Rocha a equipa do Sporting (salvo erro de Hóquei) foi agredida verbalmente e por pouco não foram mesmo agredidos fisicamente, também, por energúmenos de outro clube, que lehe fizeram uma espera (segundo a CS) o que até deu aso a que os Super Dragões se oferecerem a defender as equipas do Sporting...Onde é que isto chegou...E o incompetente Secr. Estado do Desporto, onde anda.
Não se consegue ter paz no desporto em Portugal?
SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.05.2020 às 03:56

Se não se identificar, não voltará a ser publicado. Obrigado.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo