Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




fotoag1.jpg

Frederico Varandas viu o Relatório e Contas da época passada aprovado com 52,95% dos votos a favor mas mais votantes contra (55,92%). Isto numa Assembleia Geral quente em que o presidente do Sporting voltou a ser contestado por uma franja de adeptos defensores do ex-presidente destituído e elementos das claques.

Resultados da AG: No que respeita a votos, foram 52,95% a favor e 47,05% contra, num total de 7431 votos. Quando a votantes (1352), 55,92% (756) votaram contra, ao passo que 44,08% (596) votaram a favor. Apesar de mais associados terem votado contra, o facto de alguns sócios terem mais votos acabou por ditar o resultado final.

Em nota separada mas relacionada com a Assembleia Geral, José Sousa Cintra, que não conseguiu falar devido às vaias, teve isto para dizer após sair da reunião magna:

2019-10-10 (3).png

"Varandas não está a conduzir bem os destinos do Sporting e queria dizer isso frente a frente. Só disparates. Não entendo como não houve uma palavra de agradecimento ao trabalho fantástico da Comissão de Gestão, uma coisa absurda. Estiveram lá por amor ao clube, sem ganhar nada.

Depois o chorrilho de disparates, disse-lhe que lamento bastante, ele disse coisas que não são verdade. Sobre Bas Dost, aumentei apenas o empresário. Sobre Bruno Fernandes, tive de aumentar o empresário que o Sporting devia-lhe dinheiro. Fiz o que era possível fazer. E o que ele tem feito? Não respeita minimamente os sócios, não tem jeito para ser presidente do Sporting, para isto. Parece que é dono da quinta, só ele basta".

Aumentou os empresários?... Há aqui qualquer coisa que me ultrapassa. Mais um episódio típico do antigo presidente, em que privilegia o ego e a vaidade em detrimento do bom senso.

No que diz respeito à votação, ou melhor, aos 756 sócios que votaram contra o Relatório e Contas, só fica por esclarecer a inexactidão da informação apresentada que os afrontou, ou se votaram apenas para fazer oposição.

Quanto à inadmissível conduta dos arruaceiros que marcaram presença na reunião, que dá para imaginar que serão a maioria dos acima referidos 756, composta por apoiantes do lunático ex-presidente e elementos das claques, uma qualquer medida terá de ser tomada. O Sporting não pode continuar a ser subjugado a este indecoroso clima de ordinarice e desestabilização.

Considerações de Rogério Alves, presidente da Mesa da Assembleia Geral:

rogerioalves2.jpg

"Não compete à Mesa fazer análise política dos votos. Compete à Mesa fazer aquilo que os Estatutos mandam. Uma vez mais, todas as pessoas que se inscreveram usaram a palavra e o Conselho Directivo respondeu através de vários dos seus membros. Agora compete ao Conselho Directivo analisar estes resultados. Da minha parte, tivemos aqui 1352 sócios, mas temos um universo muito mais vasto.

Temos de encontrar uma maneira - que, na minha opinião, passa por uma reformatação dos Estatutos - para que muitos mais sócios participem na vida do clube. Os resultados são o que são, os sócios votaram como quiseram e relatório foi aprovado. As ilações políticas deverão ser tiradas pelo Conselho Directivo.

A divisão no clube está patente. Por vezes é mais exacerbada, outras menos, o que desejo é que o sucesso do Clube seja o reboque que vai levar à união. Como sportinguista interessa-me muito que sejamos capazes de fazer esse trajecto. Não podemos olhar para uma ou outra coisa que correu mal e hipotecar um projecto que terminará em 2022. Por isso, digo que, como factor crítico do sucesso, deve estar a nossa união e o nosso apoio".

publicado às 04:02

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


56 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2019 às 04:53

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De Vieirinha a 11.10.2019 às 06:10

A contestação faz-se com argumentos e votos, não com ruído e ofensas. Os associados do Sporting sempre foram um exemplo neste país de respeito e elevação mesmo nos piores momentos. Este tipo de comportamento não pode se tornar lugar comum na vida do clube. Envergonha-nos a todos e prejudica acima de tudo a imagem do clube. E já agora, essa tentativa de ironia fica-lhe muito mal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.10.2019 às 13:20



P.S.: Esse outro é melhor ignorado. Por isso foi apagado!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.10.2019 às 08:18

So sócios têm todo o direito de votar contra e querer que Varandas se demita. O que não têm direito é a estar aos berros na AG, insultar pessoas nem impedir outras pessoas de falar como fizeram a Sousa Cintra. Por mim, qualquer sócio que seja apanhado a fazer isto, deveria ser removido da AG imediatamente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.10.2019 às 13:22

Cada vez mais fico com a ideia que Rogério Alves, com a sua política de querer agradar a gregos e troianos, não tem a mão necessária nas assembleias gerais.

É puramente inadmissível o que se passou, com impunidade!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.10.2019 às 08:10

"...trabalho fantástico da Comissão de Gestão..."

LOOOOOOOOOOOOOOOL
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 11.10.2019 às 08:32

O Sporting está dividido e só falta saber em quantas partes ( ou cacos).

Temos brunistas a insultar, ex presidentes a ser vaiado e depois a criticar duramente FV, temos indivíduos (oportunistas) a dizer que não houve nenhum reestruturação, enfim...

Temos 60% dos sócios que se deslocaram á AG a votar contra o orçamento.

Eu não sei qual o problema do Sporting mas é muito grave.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 11.10.2019 às 16:09

Na minha opinião, essa dos 60% tem muito de culpa da Direcção.

AG's às 20.30 h em dias de semana? quem é que achavam que estava mais mobilizado para lá aparecer? Já agora, o SCP não é só Lisboa.... um bocadinho de consideração por quem mora mais longe não fazia mal nenhum.


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.10.2019 às 16:46

Isso não passa de um mito repetido muitas vezes.

Mesmo num outro dia e numa outra hora, quantos sócios de fora de Lisboa - e aqui estou-me a referir a distâncias consideráveis - participariam numa AG Ordinária que, em princípio, era apenas para a aprovação do Relatório e Contas.

A realidade é que mesmo muitos sócos de Lisboa e arredores não se dão ao "trabalho" de participar.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 11.10.2019 às 17:16

Certamente mais do que os que vieram a uma quinta à noite. Se muitos ou poucos não sei.

De qualquer forma, nós aqui podemos achar que teria impacto ou não, mas a Direcção nunca pode partir desse principio de que é indiferente porque as pessoas não vêm de qualquer maneira.

Isso de Ag's ordinárias é coisa do passado. Com o circo que está montado, já não dá para pensar que não vale a pena lá ir. É que os saudosistas estão lá todos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.10.2019 às 17:24

Acho que as AGs Ordinárias do passado provam o que eu indiquei no meu outro comentário.
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 11.10.2019 às 08:36

Não marquei presença na Assembleia julgando que dado o ponto único da ordem de trabalhos, a mesma seria pacífica e sem problemas.
Reconheço que fiz uma má avaliação e errei, pois seriam mais votos favoráveis à aprovação.
A má educação, a cretinice, o insulto e a perturbação das Assembleias, têm que ser banidas e expurgadas definitivamentem.
Exigência de um sócio com mais de 40 anos de antiguidade.
Em Democracia respeitam-se as pessoas, as instituições e os mandatos.
No futuro imediato, quem adotar este tipo de comportamento, deverá ser imediatamente identificado e expulso do local, pelas autoridades, sem qualquer contemplação.
Estes energúmenos não têm qualquer direito de perturbarem os trabalhos de uma instituição de utilidade pública, violando de forma sistemática e concertada, a Lei, os Estatutos e as mais elementares regras de urbanidade e civismo.
Tolerância zero para esta gente, que apenas vandalizam, prejudicam e ofendem.
SL





Sem imagem de perfil

De Ferreira a 11.10.2019 às 22:29

Boa noite,

Eu não fui, como vários familiares de amigos também não.
Iriamos votar CONTRA este orçamento.
Esta direcção está a fazer um mau trabalho.
Mas, como somos a favor da estabilidade, não queremos confusão.
Mas a longo prazo, estamos a prejudicar o clube... Logo, tem de ser a própria direcção a tirar ilações da sua fraca popularidade.

SL

Filipe Ferreira
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.10.2019 às 22:56

Não havia "orçamento" nenhum para ser votado, mas sim o Relatório e Contas referente ao período de 2018/19.

Nem sequer lhe peço para explicar mais, porque já vi que não vale a pena.

Com este comentário já exerceu o seu direito a liberdade de expressão, valha esta pouco ou nada.
Sem imagem de perfil

De João Daniel a 11.10.2019 às 23:50

E é isto. Nem sabem o que estão a votar. É contra o Varandas? Bora lá! O Sporting? O que é que isso interessa?

Tem algum ponto em concreto que queira referir do Relatório e Contas para ilustrar a razão porque ia votar CONTRA?

Sem imagem de perfil

De LG a 11.10.2019 às 08:49

"Vive-se um clima de ordinarice..."
Mais do que isso, vive-se um clima de desunião.

Varandas, com um ano de mandato, está neste aspeto a fazer o contrário do que prometeu (a não ser que seja unir o Sporting contra si). A desunião nota-se quando tivemos mais 160 sócios a votar contra do que a favor. E serão todos brunistas ou de claques?
Varandas acabou a assembleia perdido, e ficou sem a (pouca) margem de manobra que tinha

Solução: vamos começar a ver alguém defender o fim da AG e a criação de uma assembleia de delegados em substituição. RA já começou ontem a defender a revisão dos estatutos, por alguma coisa será
Sem imagem de perfil

De Mario a 11.10.2019 às 09:34

"Da minha parte, tivemos aqui 1352 sócios, mas temos um universo muito mais vasto."
"Temos de encontrar uma maneira - que, na minha opinião, passa por uma reformatação dos Estatutos - para que muitos mais sócios participem na vida do clube"

Isto dito por quem marca uma AG para as 20.30h de um dia a meio da semana... realmente é preciso não ter vergonha nenhuma na cara, mas vindo deste senhor já nada me espanta.
Sem imagem de perfil

De William a 11.10.2019 às 10:46

De mexer e de os alterar como ele quer gosta ele...

SL
Sem imagem de perfil

De LG a 11.10.2019 às 12:05

Não duvido que esteja na intenção a criação de uma assembleia de delegados, uma espécie de Parlamento, a substituir a AG.

Todos votariam para eleger os delegados,com a possibilidade de votação descentralizada, o que iria ao encontro do que disse RA ontem, indiretamente mais sócios participariam "na vida do clube".
E seria uma assembleia muito mais domesticada, como é evidente
Sem imagem de perfil

De Luis Carlos a 11.10.2019 às 09:40

Este tipo de atitudes têm de acabar!

Todos são livres de ser oposição, mas dentro do respeito..podem votar contra, criticar.. Mas insultar e enxovalhar, e impedir sócios de falar, isso jamais!
Sem imagem de perfil

De João Paulo Gonçalves a 11.10.2019 às 10:03

Não consigo entender tanta contestação a um presidente que conseguiu o milagre de a banca (que recebe constantes injeções de capital dos portugueses) perdoar 94 milhões de euros ao Sporting. Verdade que foi um processo iniciado por Bruno de Carvalho, mas a assinatura final será de Frederico Varandas.

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.10.2019 às 10:18

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De V. Guerreiro a 11.10.2019 às 11:09

Há uns meses negociei o empréstimo da minha casa com o meu banco. Acordámos numa redução de spread, o que significa que vou pagar menos do que aquilo que tinha acordado inicialmente. No fundo, tratou-se de um perdão de dívida.

Eu bem sei que não devia ser indiferente à miséria que assola muitos portugueses, mas fui um egoísta e um fraco. Peço desculpa por defender os meus interesses. O governo devia, de facto, de pôr mão nisto e acabar com estas poucas vergonhas.
Sem imagem de perfil

De mmoedas a 11.10.2019 às 10:42

O que se tem passado nas AG's do Sporting é uma vergonha, existem elementos que apenas lá vão para ofender a Direção e agir de forma agressiva perante outros sócios do Sporting.
Para mim, estes elementos deveriam ser identificados e levantado um processo disciplinar aos mesmos, pois não se sabem comportar.
Podemos não concordar com esta Direção, mas temos de exigir respeito na crítica e na forma como a mesma é feita.
Gostaria igualmente de saber se alguém conseguiria conviver com a ofensa contínua como esta Direção tem convivido e atenção que não votei Varandas...se fosse comigo já tinha batido com a porta !!!

Comentar post


Pág. 1/3





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo