Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Viver o Clube

Rui Gomes, em 07.11.22

Nós adeptos clubísticos ficamos satisfeitos com as vitórias e aborrecidos com as derrotas. É uma evidência bastante compreensível. Por outro lado, gostamos de comentar os jogos, assumindo muitas vezes o papel de treinadores de bancada.

312973197_674703540688335_7504944390629855453_n (4

Exceptuando as "bate bocas" directas com amigos ou conhecidos, não costumo comentar jogos, nas redes sociais. porque não possuo competência para o fazer. Admito, porém, que há quem o faça, com todo o direito, independentemente de ter ou não ter competência. O problema é quando se assume o comentário, como uma verdade absoluta.

Apesar de não comentar, leio sempre os comentários aqui publicados depois dos jogos, e também verifiquei o número bastante reduzido de participações após o jogo de sábado, em contraponto com o jogo anterior, no qual sofremos uma derrota.

Acontece que esses comentários servem na sua maioria para "malhar na equipa", sem ter em consideração factores condicionáveis. Esta forma de desfrutar dos jogos, criticando nas derrotas e não elogiando nas vitórias, leva-me cada vez mais a verificar que alguns adeptos têm uma muito estranha forma de viver o Clube. Até parece que gostam que o Clube perca, diria um cínico.

Texto da autoria de Nação Valente

publicado às 04:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


37 comentários

Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 08:22

Bom dia

Nesse post fiz um comentário normal em que não digo mal de ninguém, houve comentários que disseram e o meu não foi publicado, compreendo que os meus comentários não contem para o Totobola. A verdade é que sigo o clube desde 1966 e fui ver o jogo que nos deu o título nesse ano na Póvoa de Varzim, fui pela mão do meu pai e de um tio meu que ainda é vivo com 93 anos. O que eu desejo é que o Sporting ganhe sempre, independentemente do treinador e das direções.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.11.2022 às 13:21

Perry,

Obrigado pela participação que é sempre bem vinda, desde que feita com urbanidade. Os seus comentários como todos os que respeitam as regras são importantes no contexto em que se inserem. Agora se contam ou não para o totobola, é outra "estória". Como já escrevi, muitas vezes servem para desabafar, dar opiniões e por aí fora. Valem o que valem.
Sem imagem de perfil

De Miguel V a 07.11.2022 às 08:33

Caro Rui Gomes,
Sou leitor assíduo deste blog onde se discute com educação a verdadeira alma Sportinguista. Parabéns. É a primeira vez que comento e não podia estar mais de acordo,mas julgo ser uma condição humana, mais do que apenas característica dos Sportinguista, aparecerem nos momentos menos bons para malhar em tudo do que elogiar o trabalho invisível que vem sendo feito nos bastitores, apesar dos resultados este ano não estarem a ser famosos, muito em virtude de uma talvez deficiente preparação da epoca, há que assumir, mas também devido a outrora fatores externos. A estrelinha de 2020 tem andando afastada definitivamente de Alvalade este ano.
Dito, um verdadeiro sportinguista como eu, sócio desde 1983 e a viver à distância na ilha de São Miguel, nunca vira as costas ao clube do seu coração. Ainda no passado dia 1 de novembro, desloquei-me de propósito a Alvalade para apoiar o nosso grande Sporting e voltei a casa ainda mais orgulhoso em pertencer a este grande clube, apesar do resultado menos positivo.
Bem haja ao blogue e viva o nosso Sporting.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.11.2022 às 13:15

Subscrevo muito do que diz.

É sempre bem vindo neste espaço verde e branco.

Um abraço.
Sem imagem de perfil

De Paulo Gonçalves a 07.11.2022 às 08:43

Infelizmente, o Nação valente está coberto de razão.
O nosso clube está cheio de gentinha que só está bem quando o Sporting está
mal e só querem destabilizar e criar discórdia e estão bem no caos total.
É por isso que não precisamos nos preocupar com os nossos rivais pois estamos
cheios de inimigos dentro do seio do clube.
Tenho 52 anos e digo isto com muita pena minha.
Enquanto não nos unirmos todos em torno do clube e estarmos coesos nos
bons e maus momentos pois era muito fácil chegar aqui, por trás de um teclado e dizer mal do Varandas, dos jogadores e do Ruben Amorim mas onde é que isso me levava???
Mais lenha na fogueira???
Crises tem todos os clubes ou já se esqueceram das crises existenciais do Porto e Benfica?
Mas ao contrário de nós, nesses clubes passava pra fora uma imagem de união e não discórdia.
Somos um clube grande, muito grande mesmo mas nós adeptos e sócios, temos que mudar mentalidades e acabar de uma vez por todas com as fações e divisões que existem dentro do nosso clube, de uma vez por todas.
Sporting sempre.
Sporting sempre....
Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 09:05

Mas no Porto e no Benfica há democracia? Mal é o que claques do Sporting andam a fazer e fizeram. Isso é que é mau, agora a crítica desde que não tenha nenhuma agenda por trás é sempre saudável. Podemos dizer os pontos positivos e negativos, seja de quem for ou tenho que fechar a boca com um fecho eclair , como se faz em outros clubes ?
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 07.11.2022 às 10:05

"Crises tem todos os clubes ou já se esqueceram das crises existenciais do Porto e Benfica?
Mas ao contrário de nós, nesses clubes passava pra fora uma imagem de união e não discórdia."

Claro... então nos tempos áureos dos Vilavinhos e Azevedos era uma união louca.
Anti-Direcções há em todo o lado, no fecepe a democracia é assim coiso como dizem, musculada(?), no Benfica sempre houve dissidências públicas mesmo no tempo do Vieira, só que como ganhavam... eram abafados. Já nem entrando pelo outro lado, de que alguns assumiam mais ou menos as trafulhices do Vieira, mas como isso dava títulos, aceitavam como um mal menor. Podemos discutir se essa atitude é boa ou má.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.11.2022 às 13:35


Paulo Gonçalves,

O futebol é vivido de forma muito emocional. Faz parte da sua essência. No entanto, há momentos em que é preciso analisar as coisas, com alguma racionalidade, e há quem o faça. Não há nenhum clube que consiga estar sempre no topo. Há bastantes exemplos.

Na minha perspectiva o papel dos adeptos é apoiar o clube, votar para eleger corpos sociais, e participar nas AGs. Não lhe compete fazer guerrilha, procurando condicionar ou interferir em actos de gestão geral ou desportiva. E nesse aspecto somos um pouco suicidas.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 07.11.2022 às 09:04

Não sabia ser precisa "competência" para comentar um jogo nas redes sociais.
Isto é apenas futebol...
Competência seria precisa para comentar vacinações, política, floresta e prevenção de incêndios, gestão de água, justiça, saúde, educação, e no entanto ninguém tem problemas em fazê-lo. E ainda bem.

"O problema é quando se assume o comentário, como uma verdade absoluta."

A questão da falta de empatia e de respeito pela opinião alheia não é exclusiva do Sporting ou dos sportinguistas, infelizmente. As ciências sociais explicam... ou se calhar criam. Cada vez mais há a tendência em ver blocos, seja qual for o assunto, homogéneos, em que um deles representa a virtude e o oposto o vício. É bem mais simples e simpático definir e etiquetar o ser humano por um conjunto de qualidades e defeitos do que assumir a sua complexidade e subjectividade. Não é à toa que as internetes estão repletas do discurso da "coerência", como se alguém fosse "coerente" ao longo da sua vida (a não ser os que não evoluem na idade mental). Apenas os tansos sem capacidade de auto-crítica se acham coerentes.

Estranha forma de viver o clube?

Dois pontos: 1) não discordo de que existe, como sempre existiu, quem discorde na Direcção / rumo actual, e como tal querem que saiam. E o meio mais rápido para tal acontecer é o futebol derrocar. Mas não acho que sejam uma maioria, podem fazer barulho, mas são minoritários. Se calhar não seria nesses que se devia centrar a atenção. 2) outra discussão recorrente, cada um vive o clube como quer e melhor acha, uns gritam, outros estão calados, uns vivem as vitórias outros sentem as derrotas, cada um é como é. Gostaria de pensar que não sou menos sportinguista porque nunca saí ao Marquês e prefiro comemorar os títulos em silêncio contemplando as estrelas enquanto degusto um porto.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.11.2022 às 13:57

Anonimus,

Obrigado pelas questões que levanta. Em relação à competência vou ser mais preciso. Não tenho competência técnica para me pronunciar, sobre tácticas, modelos, dinâmicas de jogo, da mesma forma que não a tenho, nalgumas das questões que refere. O que não quer dizer que não possa manifestar opinião.

E precisamente porque conheço a complexidade e a subjectividade do ser humano, não ponho etiquetas em ninguém, para usar a sua formulação. E quando o faço é no recanto do meu pensamento, porque tenho consciência das limitações que todos temos. Mas o que vejo, na minha subjectividade, é muito gente a fazer juízos condenatórios, sem conhecimentos ou provas. Quanta gente foi atirado à fogueira pela opinião pública, mesmo estando inocente?

Não há nenhuma cartilha de como ser sportinguista. O que há são regras expressas nos estatutos, que para alguns não existem. E sejam muitos ou poucos, há histórico de prejuízos que já causaram
Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 09:27

Falando em futebol, vão buscar o Rodrigo Néstor ao São Paulo que é um médio centro do caneco, o Textor que comprou o Botafogo anda doído para o levar para lá, tem um valor de mercado de 7 milhões de euros no transfermarkt e tem 22 anos
Sem imagem de perfil

De João F. a 07.11.2022 às 10:12

Pois, vai-se ao Brasil e diz-se ao jogador" bem jogar para o Sporting que precisa de ti" e o assunto fica arrumado!

Quem vai entrar com o "cacau" é você? Se é. avance que o Sporting e os sportinguistas agradecem!
Mas primeiro falta saber se o jogador está interessado e o clube disposto a cedê-lo. Não será assim?

A facilidade com que certa gente olha para o que envolve o negócio do futebol...espanta! Eu não conheço nada do processo, mas imagino que não será nada fácil bater a concorrência, negociar o preço, convencer o clube do jogador e especialmente o próprio jogador.


Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 10:20

Estou a ver que consigo não se pode falar conversa de café em futebol. Porta todos sabemos aquilo que você disse. Eu só omiti aqui uma opinião, era um bom jogador para a equipe, mais nada. E a minha opinião pode até nem ser a de outros adeptos
Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 10:27

Isso que o caro amigo escreveu, toda a gente sabe, eu só emiti o meu parecer sobre um jogador que caía bem na nossa equipa. E a minha opinião até pode nem ser a de outros adeptos. Relaxe, nunca falou de futebol com amigos ? Você vê em tudo um ataque á direção, isso é doentio
Sem imagem de perfil

De João F. a 07.11.2022 às 10:46

Falei e continuo a falar de futebol com os amigos e conhecidos, mas nunca ouvi alguém com bom senso dizer uma barbaridade desse calibre!
Talvez quando era um jovem, mas passou-se numa época em que não se discutiam tácticas como agora, quando se ia ver um jogo de futebol era para ver os jogadores da sua equipa ganhar. Agora, veem-se "cientistas da bola" por todo o lado e convencidos do que dizem, sem nunca terem sequer frequentado de perto ou de longe o mundo do futebol.

Você não deve considerar que comentar neste ou noutro blogue, é a mesma coisa que fazê-lo entre amigos numa mesa de café, onde se pode tecer toda a espécie de comentários sem nexo, com gargalhadas à mistura. Aqui, será sempre feito um julgamento severo em função do que escreve. É a Net...


Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 11:11

Também com a educação que me deram, não falo para as pessoas aqui ou em algum lado, dizendo " Esta gente ". Como o Sr João fez no seu primeiro comentário. Para mim o blogue é um espaço de Sporting e desde que educadamente podemos falar livremente e dar as nossas opiniões, como já tenho uma certa idade, possivelmente já estou fora de caixa
Sem imagem de perfil

De João F. a 07.11.2022 às 13:08

"Também com a educação que me deram, não falo para as pessoas aqui ou em algum lado, dizendo " Esta gente ""

Por essa gente que me refiro, não tenho consideração nenhuma!

Você ao tentar desviar a discussão para a educação, quer-me chamar mal-educado, mas não me ofende quem quer, porque só o consegue, quem eu tenho em consideração! Eu não insultei ninguém, enquanto você revela que não tem estaleca e nem competência para manter uma conversa séria, quando vê que lhe faltam argumentos.
A sua irracionalidade sobre as coisas do futebol, tem sido demonstrada por si, nos vários comentários que aqui tem feito. O que disse noutro comentário mais acima, está na mesma linha de pensamento, que é habitualmente o seu.

Sem imagem de perfil

De João F. a 07.11.2022 às 11:06

Quero acrescentar que está enganado, quando diz que vejo em tudo ataques à direcção!
Eu defenderei esta direcção, enquanto procurar e conseguir levar "a água ao seu moinho" que é de servir bem o Sporting.
Já fez erros? Claro que fez, como todos nós já fizemos nas nossas vidas, mas não tem uma conta-corrente com um saldo negativo! Em menos de 3 anos de gerência ganhou 6 títulos no futebol, entre os quais o de CAMPEÃO NACIONAL. Ninguém fez melhor nos últimos 65 anos no Sporting! E se se meter os títulos Europeus e nacionais nas modalidades, então esta direcção arrasou!...

Eu apenas tenho denunciado alguns que têm tentado mudar de "casaca", apenas porque viram que falharam em todas as afirmações que fizeram quando da chegada do Varandas e procuram agora "lavarem-se" dos "pecados" dum passado ainda recente. E eu conheço alguns de ginjeira, porque os li durante vários anos na blogosfera.
Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 11:16

Quando se refere a alguns, não deve ser a mim que se está a referir
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.11.2022 às 11:46

Lamento que não respeite o tema do post. Onde no texto há referência a reforços para a equipa de futebol?

E nãp diga "Falando em futebol".
Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 11:56

Bom dia Sr. Rui, dou-lhe toda a razão no que o Sr. Rui se está a referir, vi um jogo do São Paulo e gostei muito daquele jogador e trouxe-o para este tema indevidamente. Estou realmente a ficar fora de caixa
Sem imagem de perfil

De João F. a 07.11.2022 às 13:11

Atirar ao lado, tem sido sempre o seu hábito...
Sem imagem de perfil

De De Perry a 07.11.2022 às 13:13

É verdade, ainda consigo ser pior que o Paulinho, na hora de atirar á balisa 🧐🧐
Sem imagem de perfil

De verdepordentro a 07.11.2022 às 09:44

Bom dia a todos.
Quem diz que os comentários são todos de adeptos!!!
Também se joga fora do campo e eu acredito que uma grande percentagem de comentários são de grupos fora do Sporting.

Verdepordentro
Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 07.11.2022 às 11:07

É perfeitamente normal. Quando as coisas correm sobre rodas está tudo satisfeito e não há nada a dizer. Quando é o contrário, todos dão a sua opinião sobre o que está errado e o que se deve fazer para consertar.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 07.11.2022 às 11:21

É um facto, há sempre mais comentários nas derrotas, do que nas vitórias. Mas diria que o titulo do artigo infere num equivoco, viver o Clube não é correcto, viver o futebol do Clube. Porque post atrás de post das modalidades, quase ninguém comenta. Apregoa-se muito o ecletismo, mas vive-se pouco, pelo menos aqui no Camarote. P.S. Não é uma critica ao Rui Gomes que se esforça e bem por trazer notícias das modalidades.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.11.2022 às 15:36

Luis Carvalho

Tem alguma razão, mas viver o Clube, de forma genérica, significa viver o futebol, e para ser mais preciso, viver o futebol profissional. Questões de semântica.

Vive-se pouco o ecletismo de uma forma geral, O Sporting começou como um equipa de futebol e é essa modalidade que atrai adeptos, aqui e noutros países. E como diz, no Camarote as modalidades têm o seu espaço
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 07.11.2022 às 16:39

Há dias atrás disse-me, por escrito, que eu enquanto adepto do Sporting o tinha desiludido. Pois olhe meu caro, desilusão é vê-lo de certa forma ignorar a história, tendo começado como um Clube de futebol, o Sporting fez-se um clube quase sem paralelo no panorama europeu, pelo títulos alcançados no atletismo, no andebol, no futsal, no hóquei em patins, no judo, no goalball a nível internacional, pelos inúmeros títulos nacionais em quase 50 modalidades, pelos êxitos Olímpicos, por ter tido atletas como Carlos Lopes, Fernando Mamede, Joaquim Agostinho, Patrícia Mamona, Rui Silva, Jorge Fonseca, Francis Obikwelu, etc, etc. Vive-se muito o futebol, sem dúvida, mas a grandeza do Sporting está muito mais alicerçada nas modalidades, do que no futebol e contribuir para isso ignorando-as é não conhecer o Clube.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.11.2022 às 19:20

Luis Carvalho,

Escrevi que o Sporting começou como uma equipa de futebol, por vontade de pessoas que gostavam de jogar à bola, embora o ecletismo já tivesse presente, nomeadamente no ténis, com comparticipação feminina.

Conheço as modalidades, e os seus êxitos, e nunca desvalorizei a sua importância Quando vivi em Lisboa costumava assistir a provas de atletismo, e posso-lhe garantir que os adeptos que assistiam comparados com os que iam ao futebol, eram uma minoria, e foi isso que quis dizer.

O crescimento do Sporting, como equipa de âmbito nacional, fez-se à conta do futebol, que chegava aos sítios mais recônditos através da rádio, e de uma modalidade que não referiu, o ciclismo, que levava os símbolos do Sporting por todo o país, ou do hóquei patins, também divulgado pela rádio.

Não sei se a grandeza do Sporting está mais alicerçada nas modalidades. Eu não consigo fazer essa diferença, até porque o futebol também é uma modalidade, que não se deve isolar. E quando se diz que o Sporting é dos clubes com mais títulos a nível europeu temos de incluir tudo. Agora o que continuo a dizer é que é o futebol é o cimento que garantiu três milhões de adeptos.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 07.11.2022 às 21:49

Concordo consigo, o futebol é certamente o desporto com maior implementação no nosso planeta, apesar de em alguns países como os EUA não ter o impacto de outros desportos como o futebol americano, o basebol ou o basquetebol. Também no Oriente o fenómeno futebol é algo recente, mas sejamos claros o futebol é o futebol, uma indústria montada no desporto, na modalidade. Conheci o Sporting muito novo, obviamente pelo futebol, mas ainda muito novo, escola primária , devorava as páginas do hoje pasquim desprezível, “ redondo”, à procura das notícias do basquetebol, do andebol, do hóquei, do ciclismo( o que adorei o Agostinho), do atletismo, adorava o basket que mais tarde pratiquei( não no Sporting). Enfim, sendo obviamente o futebol sempre o motor, o Sporting foi para mim muito mais que o futebol e ainda é. Quando fui estudar para o IST, finalmente tive a oportunidade de “ viver o Sporting” e tanto ia ao futebol, como ao basket ou ao andebol, passava o fim‑de‑semana entre o velho pavilhão e o estádio. E depois passei a acompanhar o basket fora de casa, com amigos, foi fantástico, sobretudo o bicampeonato do início dos anos 80. Talvez por este passado não aceito com facilidade que não se fale mais nas modalidades, que não se discutam mais, que veja o João Rocha tão despido, quando temos equipas fantásticas. Percebo que com o erro crasso que foi não construir um pavilhão no início deste século, as modalidades “ secaram”, mas o voleibol, o hóquei e o basquetebol voltaram, o “ destituído” não fez tudo mal( e eu ajudei muito a correr com ele, mas sei reconhecer algumas ações positivas), há razões mais que óbvias para não deixar morrer o ecletismo, mas temo que vamos nesse caminho, por isso me revolto, por isso gostaria que aqui no Camarote, todos nós( eu tento fazer a minha parte) se discuta o Sporting Clube de Portugal e não só a Sporting Clube de Portugal- Futebol SAD. SL.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 08.11.2022 às 00:08

Luís Carvalho,
Entendo o seu pessimismo mas enquanto existirem sportinguistas com o seu pensamento e dedicação às modalidades o ecletismo do Sporting não morrerá. E creio que ele é mais comum do que possamos pensar.
Infelizmente, por indisponibilidade no acompanhamento (presencial ou televisionado), não posso comentar ou discutir com propriedade vários posts das modalidades, mas tal não implica que não os leia e não aprecie muitos dos comentários. Gosto muito de futebol mas ainda mais de desporto.
Sem imagem de perfil

De AHR a 07.11.2022 às 12:37

Caro(a) Nação Valente,

Aos adeptos de um clube pesa-lhes mais o desgosto de uma derrota do que o sabor de uma vitória. É assim no Sporting e em qualquer clube. O que está bem não precisa de ser comentado. É encarado como natural. Apenas se comenta o que está mal. É assim em todo o lado. Olhe para os noticiários. Há algum noticiário que dê noticias boas? A estação fechava logo as portas. Os próprios adeptos dividem-se em duas categorias: aqueles que criticam o clube e aqueles que criticam os que criticam o clube.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.11.2022 às 15:46

AHR,

No desporto perder e ganhar é natural. Ninguém ganha sempre. Estou convencido que há sempre coisas para comentar em qualquer circunstância. o que acontece nas derrotas é que se faz maledicência, sem qualquer intuito positivo.

A questões dos noticiários televisivos insere-se na luta por audiências/receitas. No blog, embora seja importante ter leitores, não há qualquer proveito económico.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 07.11.2022 às 14:00

Na "mouche", Nação Valente


Beijinhos, Rui
Uma Semana Feliz
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 07.11.2022 às 15:48

Obrigado Luísa,

Beijinhos

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo